/BLOGS

Arivaldo Maia

Category Archives: UFC

Cormier espera que o UFC ajude Jon Jones
   2 de abril de 2020   │     15:00  │  0

 
Jon Jones com o cinturão da categoria meio pesado do UFC© Josh Hedges/Getty ImagesJon Jones com o cinturão da categoria meio pesado do UFC
O telefone de Daniel Cormier começou a explodir com mensagens na última quinta-feira de manhã. Seu arquirrival, Jon Jones, acabara de ser preso por estar dirigindo bêbado e uso negligente de arma de fogo. Amigos no círculo interno de Cormier mandavam mensagens no tom de comemoração para o ex-campeão dos meio-pesados e dos pesados do UFC. 

“Mas eu não. Não comemorei. Não comemorei o garoto se metendo em problemas novamente”, disse Cormier durante a edição de DC & Helwani. “Eu não acho que você deva comemorar ou dançar no túmulo de alguém nos momentos mais sombrios.”

Cormier acredita, no entanto, que Jones não vai conseguir facilmente superar este último incidente – o qual fecha uma longa lista de problemas. Ele acredita que o UFC precisa tomar medidas drásticas, não demitindo o campeão dos meio-pesados, mas “salvando-o”.

“Acho que o UFC precisa salvá-lo”, disse Cormier. “Mantenha-o na organização, mas tente realmente ajudá-lo a melhorar”. Ele não especificou quais medidas ele acredita que a organização deveria tomar, mas relembrou as suspensões anteriores, que “tiraram um tempo” do lutador sem descartá-lo totalmente.

Blog com msn.com

UFC: Dana quer lutas em 18 de abril
   31 de março de 2020   │     0:03  │  0

Dana White revela que tem “quatro ou cinco” opções para realizar o UFC 249

Diego Ribas(Foto:ReproduçãoDiego Ribas)
O desafio está lançado. Enquanto os números de casos de infectados e mortos pelo coronavírus não param de crescer, principalmente no EUA, Dana White, presidente do UFC, promete não mudar de postura. De acordo com o cartola, nada o impedirá de colocar o card de número 249 em ação no dia 18 de abril.

Como luta principal, o show conta com a disputa cinturão dos pesos-leves (70 kg) entre Khabib Nurmagomedov e Tony Fergunson, embate este que já foi cancelado em outras quatro ocasiões. Talvez por isso, Dana se mantenha calado sobre suas opções para colocar o evento em prática.

“Tenho quatro ou cinco locações agora, e nós vamos realizar esse show. Depois vamos ver quem pode, quem não pode e o que poderemos fazer. Depois disso nós vamos o construir o card”, detalhou Dana durante entrevista ao podcast do ex-pugilista Mike Tyson.

“Vou tentar realizar Tony vs Khabib no dia 18 de abril e trazer alguma normalidade para esse país. Todo dia que eu trabalho com isso, recebo outra bola jogada na minha direção. Toda vez que planejamos algo, dá errado. Aí tenho que refazer e refazer”, finalizou.

Até o momento, o UFC cancelou três edições programadas para o fim de março e início de abril. Com as demais ligas esportivas canceladas ao redor do planeta, caso o show do dia 18 de abril saia do papel, a expectativa de altas margens de lucro é enorme.

Blog com msn.com

Jon Jones é flagrado com drogas
   30 de março de 2020   │     20:30  │  0

UFC: Jon Jones estaria sob efeito de maconha segundo relatório de prisão.

O novo problema com a lei de Jon Jones começa a ganhar mais detalhes. O campeão meio-pesado (93 kg) do UFC foi preso na quinta-feira (26) por quatro diferentes delitos: dirigir enquanto intoxicado, uso negligente de armas de fogo, posse de uma garrafa de bebida alcoólica aberta em seu veículo e por estar sem provas do seguro do carro. Horas depois, o site ‘MMA Junkie’ conseguiu acesso aos relatórios dos dois policiais responsáveis pela prisão do atleta.

Membros do Departamento de Polícia de Albuquerque, Jason Brown e Brian Johnson foram levados ao local ao ouvirem o som de disparo por arma de fogo e, após averiguarem a situação, levaram o campeão do UFC sob custódia. Em seu relatório, Brown apontou que Jones: “tinha uma substância de folha verde em sua camisa e calça, consistente com maconha (…), (e) um odor de álcool vindo de sua área do rosto”. O oficial ainda confirmou que uma arma foi encontrada embaixo do banco do motorista, além de uma munição gasta compatível com a mesma, ao lado da porta do condutor.

Por sua vez, o policial Johnson, responsável por conduzir os testes de sobriedade, observou em seu relatório: “(Jones) tinha olhos avermelhados e úmidos, e um forte odor de álcool vindo de sua região facial. (…) Jonathan fez os testes de sobriedade e performou mal em todos os três. Ele também teve um desempenho ruim em dois dos três testes alternativos. Ele foi revistado e preso”.

Solto após pagamento de fiança, o atleta voltará à corte no dia 8 de abril, para ser ouvido pela Justiça. Reincidente, Jones já havia sido preso em 2012, quando foi flagrado dirigindo embriagado após colidir seu carro no estado de Nova York. Três anos depois, o veterano do UFC fugiu de uma batida de carro deixando em seu veículo uma pequena quantidade de maconha.

Blog com ESPN

Derrick Lewis tem problema grave não revelado
   13 de fevereiro de 2020   │     0:02  │  0

O Peso-pesado do UFC revela batalha contra condição médica de “vida ou morte”.

Derrick Lewis não deu detalhes sobre a condição médica que o atormenta, mas afirmou que sintomas surgiram durante luta no sábado.

Derrick Lewis derrotou Ilir Latifi na decisão unânime dos juízes após três rounds parelhos na primeira luta do card principal do UFC 247, realizado em Houston (EUA).

Porém, esta pode não ter sido a única batalha que o lutador teve que superar. Em entrevista à emissora americana ESPN, o peso-pesado revelou que tem lidado com um sério problema de saúde há um ano, e que o mesmo afeta seus treinamentos.

Apesar de não entrar em muitos detalhes sobre a condição médica que o atormenta, Lewis ressaltou que não se trata de uma simples lesão, mas de um problema de saúde que pode levá-lo à morte.

De acordo com o peso-pesado, seu médico pessoal havia sugerido que ele não entrasse no octógono no último sábado, mas, após consultar-se com os especialistas do UFC, ele acabou liberado para lutar normalmente.

Blog com UOL Esporte  Continue reading

Jon Jones admite revanche com Reyes
   12 de fevereiro de 2020   │     15:00  │  0

O resultado da luta principal do UFC 247 gerou polêmica. No entanto, assim como Jon Jones, seu técnico também está convicto de que o campeão fez o necessário para defender seu reinado nos meio-pesados (93 kg) e sair com o braço erguido da arena em Houston (EUA), no último sábado. Apesar de reconhecer as credenciais de Dominick Reyes e também que o confronto foi parelho, Mike Winkeljohn pontuou três rounds favoráveis a ‘Bones’.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, o responsável por afiar as habilidades de Jones admitiu que em certo momento do confronto – quando o campeão foi ao chão após sofrer um golpe – temeu pelo cinturão do americano. No entanto, na visão de Mike, a durabilidade e o preparo físico de Jones foram cruciais para sacramentar o triunfo diante do habilidoso desafiante.

“Perdemos o primeiro round. Acho que no segundo round nos recuperamos. O terceiro, podemos não ter ganho este também. Honestamente, marquei (os rounds) 2,4 e 5 a nosso favor. Mas acho que o segundo e o terceiro foram bem parelhos. Nunca se sabe com esses juízes. Dizia para o Jon manter a pressão, porque estava funcionando. Continuar trabalhando o corpo, atacado as pernas para ‘quebrar’ aquele cara. Claro que queria algumas quedas também, mas o Dominick é um atleta incrível, ele é muito bom no que faz. Queria que Jon acabasse com o gás dele porque ele (Jones) é conhecido por sua durabilidade, e acredito que isso funcionou bem”, analisou Winkeljohn, antes de admitir.

“Não vou mentir, quando ele acertou o Jon com o soco que o derrubou, eu fiquei tipo: ‘Que m***’. Realmente achei que ele tinha acertado o queixo, porque minha visão estava coberta. Claro que depois vi que não tinha sido o caso, mas ele (Reyes) veio com tudo. Ele jovem tem um futuro brilhante pela frente”, completou o técnico.

Continue reading

© Copyright 2000-2016 Gazeta de Alagoas Online Ltda. Todos os direitos reservados