Category Archives: CBF

CBF exige, e Federação Alagoana providencia laudos para jogos de ASA e Murici na Copa do Brasil
   17 de fevereiro de 2024   │     17:00  │  0

Felipe Feijó assegurou que ASA e Murici jogarão no Coaracy e no José Gomes da Costa na estreia da Copa do Brasil — Foto: Augusto Oliveira/ASCOM CSA

Felipe Feijó assegurou que ASA e Murici jogarão no Coaracy e no José Gomes da Costa na estreia da Copa do Brasil — (Foto: Augusto Oliveira/ASCOM CSA)

Presidente da FAF garante que partidas serão no Coaracy da Mata Fonseca e José Gomes da Costa.

A CBF ainda não definiu os locais de estreia de ASA e Murici na Copa do Brasil. No dia 28, o Alvinegro inicia a competição contra o Internacional, enquanto o Verdão encara o Confiança na rodada de abertura.

Presidente da Federação Alagoana de Futebol, Felipe Feijó explicou ao ge as exigências feitas pela CBF e garantiu que as partidas serão realizadas nos Estádios Coaracy da Mata Fonseca e José Gomes da Costa, respectivamente.

– Na verdade, houve uma alteração na portaria que fala sobre os laudos. Alguns deles e documentos não são mais necessários para os Estádios Coaracy e José Gomes. Porém, a CBF informou que, mesmo não sendo exigido pela portaria, eles iriam exigir esses laudos e documentos – disse o dirigente, confirmando os locais dos confrontos.

“Estamos juntando isso de hoje pra amanhã pra resolver. Mas os jogos serão em Arapiraca e Murici.”

Feijó também detalhou quais são as exigências feitas pela confederação.

– Pela portaria nova, em Arapiraca não necessita de laudo de segurança, mas só o plano de segurança, esse que estamos juntando. Ainda assim, estamos juntando o laudo também. Em Murici, pela portaria nova, também não precisaria de laudo de segurança e de vigilância sanitária, só seria necessário o plano de segurança e alvará de funcionamento. Aí estamos juntado o laudo de segurança e vigilância.

O Murici recebe o Confiança no dia 28 deste mês, às 19h30. No mesmo dia, às 20h, o ASA encara o Internacional.

Arivaldo Maia e Denison Roma – Redação do ge – Alagoas

 

CBF de Ednaldo Rodrigues completa mais um vexame no cenário mundial
   13 de fevereiro de 2024   │     1:00  │  0

Ednaldo Rodrigues – Presidente da CRB – viu o Brasil desclassificado dos Jogos de Paris.

(Foto: Divulgação)

Futebol brasileiro fica fora dos Jogos de Paris. Outra gafe da administração do cartola sonhador.

Que a CBF, a partir de agora com o departamento de seleções comandado por Rodrigo Caetano, saiba tirar melhor proveito da geração trabalhada por Ramon Menezes no Torneio Pré-Olímpico. Porque o time em nenhum momento exibiu um bom futebol. E não falo de resultado. É sobre o jogo.

A derrota para a Argentina espelhou o esfacelamento de uma estrutura carcomida, montada a partir de arranjos políticos e dirigida por um presidente que não sabe o que faz no cargo.

Ednaldo Rodrigues, o presidente que CBF sustenta por uma liminar do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), coleciona derrotas que mostram o quanto demorou para enxergar a óbvia necessidade de ter abaixo de si um diretor de seleções com conhecimento de causa.

Foi eliminado pela seleção de Israel nas quartas de final do Mundial sub-20, caiu para a Argentina nas quartas do Mundial sub-17 e agora perde a vaga na Olimpíada, eliminada num grupo com Paraguai e Venezuela.

Arivaldo Maia com o blog de Gilmar Ferreira – Redação do EXTRA – Rio de Janeiro

Brasil vence o Equador de virada e garante vaga no quadrangular final do Pré-Olímpico
   31 de janeiro de 2024   │     1:00  │  0

 

(Foto: Joilson Marconne/CBF)

Com um primeiro tempo sofrível e uma etapa complementar bem convincente, o Brasil derrotou o Equador por 2 a 1, na última segunda-feira, em Caracas, e garantiu a classificação antecipada para a fase final do Torneio Pré-Olímpico. O triunfo veio de virada. Após ver a seleção rival sair na frente com um gol de Patrick Mercado, Marlon Gomes e Gabriel Pirani garantiram a vitória.

O resultado coloca o Brasil na liderança do Grupo A. Único time com 100% de aproveitamento na competição, a seleção nacional tem agora nove pontos. O Equador, com um jogo a mais, aparece em segundo com sete. Pelo regulamento do torneio, as duas melhores equipes de cada grupo se garantem para o quadrangular final.

O Brasil, que folgou na primeira rodada do Grupo A, estreou no torneio com vitória de 1 a 0 sobre a Bolívia. O segundo confronto foi diante da Colômbia e a equipe do técnico Ramón Menezes obteve novo triunfo: 2 a 0.

Com um jogo a mais, o Equador chegou para o duelo na condição de líder isolado da chave. Com duas vitórias e um empate, os equatorianos bateram os colombianos na primeira rodada por 3 a 0, ficaram no empate sem gols diante da Venezuela, e derrotaram os bolivianos por 2 a 0.

Depois do confronto diante dos equatorianos, a seleção brasileira pré-olímpica volta a campo amanhã, 1/2, pela competição. O desafio será válido pela quinta rodada, vai ser contra a Venezuela.

FICHA TÉCNICA:

BRASIL 2 x 1 EQUADOR

BRASIL – Mycael; Khellen, Arthur Chaves, Lucas Frasson e Rikelme (Gabriel Pirani); Andrey Santos, Alexsander, Marlon Gomes e Maurício (Gabriel Pec); John Kennedy e Endrick (Marquinhos). Técnico: Ramón Menezes.

EQUADOR – Villa; Carlos Sánchez, Christian Garcia, Oscar Quiñónez e Layan Loor; Plúas (Ayovi), Patrick Mercado (Ochoa) e Vite; John Mercado, Obando e Medina (Perlaza). Técnico: Miguel Bravo.

GOLS – Patrick Mercado, aos 13, e Marlon Gomes, aos 19 do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Arthur Chaves (Brasil); Christian García (Equador).

ÁRBITRO – Gustavo Tejera (URU).

Arivaldo Maia com Redação do ESTADÃO CONTEÚDO

 

CBF repudia declaração de CEO francês e descarta manipulação de resultados no Brasileirão
   29 de janeiro de 2024   │     22:30  │  0

 

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) se manifestou na última quinta-feira sobre as declarações do francês Thierry Hassanaly, CEO da empresa Good Game! e repudiou qualquer possibilidade de possíveis manipulações de partidas no Campeonato Brasileiro de 2023.

No comunicado, a CBF “vem a público rechaçar qualquer resultado de auditorias externas realizadas por empresas estrangeiras, alheias ao futebol nacional e cujas metodologias a entidade desconhece”.

Em entrevista concedida na semana passada, Thierry Hassanaly dizia estar 99% convencido de que os jogos do Campeonato Brasileiro haviam sido manipulados. Em resposta ao francês, a entidade informou ainda, em nota que, “não há, até o momento, evidência de fraude ou manipulação por parte de árbitros e jogadores.”

A entidade fez ainda menção às declarações de John Textor, dono da SAF do Botafogo, que levantou essa suspeita após a equipe carioca perder o título do Brasileiro nas rodadas finais depois de abrir larga vantagem no topo da classificação.

“As denúncias apresentadas ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pelo Botafogo serão apuradas e as medidas, caso necessárias, serão tomadas no âmbito da Justiça brasileira, como deve ser.”

Por fim, a CBF reforçou a legitimidade do título conquistado pelo Palmeiras a despeito dos relatórios apresentados pela Good Game!, empresa contratada pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro, para analisar os jogos do Campeonato Carioca.

Arivaldo Maia com Redação do ESTADÃO CONTEÚDO

Em meio à crise, presidente da CBF reúne clubes e busca pacificação
   12 de janeiro de 2024   │     3:00  │  0

Screenshot 63Augusto Melo, Ednaldo Rodrigues e Reinaldo Carneio Bastos – (Foto: Leandro Lopes/CBF)

Em meio a algumas cobranças, porém, o tom das conversas foi de alinhamento de posições a fim de buscar um entendimento após a crise política na CBF.

Tudo acabou em pizza. com os clubes apoiando Ednaldo Rodrigues e pregando união em prol de uma melhora no futebol brasileiro.

O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, usou o tom da conciliação ao reunir os clubes das Séries A e B do futebol brasileiro para cuidar da pacificação do ambiente político em reunião nesta terça-feira, na sede da entidade, no Rio.

O encontro teve a duração de duas horas. Em meio a algumas cobranças, porém, o tom das conversas foi de alinhamento de posições a fim de buscar um entendimento após a crise política que culminou com o afastamento do presidente e depois com a sua volta ao posto de mandatário.

O dirigente classificou o encontro como produtivo e disse que clubes e CBF acabam saindo fortalecidos desta situação. “A nossa pretensão é construir um futebol brasileiro cada vez mais forte e com a participação direta dos clubes”, afirmou dirigente que agradeceu a solidariedade prestada na reunião.

A crise na CBF teve como clímax a visita de executivos da Fifa na última segunda-feira por causa da saída e do retorno de Ednaldo do cargo de presidente da entidade que comanda o futebol brasileiro.

Emílio Garcia, diretor de assuntos jurídicos da Fifa, exaltou a postura de Gilmar Mendes, ministro do Superior Tribunal Federal, de garantir Ednaldo Rodrigues à frente da entidade.

“A presença da Fifa aqui foi para garantir a independência da CBF e o cumprimento dos estatutos da Fifa e da Conmebol. Ficamos aliviados com a decisão do STF (Superior Tribunal Federal) e ficamos contentes que voltamos à situação original”, disse Garcia.

OPINIÃO DO BLOG

Deus é bom. Treminou tudo bem com assinatura da Fifa.

C’est fini.

Arivaldo Maia

Blog com  Agência Estado