Category Archives: Dirigentes

John Textor explica planejamento esportivo do Botafogo e projeta título de expressão em 2025
   27 de janeiro de 2023   │     15:00  │  0

John Textor – (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Meta principal da temporada é classificação para a Libertadores.

O acionista majoritário do Botafogo, John Textor, afirmou que o planejamento que tem para o Glorioso é conquistar um título de expressão somente em 2025. O norte-americano afirmou que o principal foco para a atual temporada é de classificar para a Libertadores.

“Vou te dizer quais são meus objetivos. Todo ano tornar o clube melhor. Esse ano conseguimos a vaga na Sul-Americana, no próximo queremos a Libertadores, no outro ficar entre os três maiores e no outro, em 2025, conquistar um título grande. Digo isso porque também gosto de sonhar. Vai ser muito difícil, mas gosto de sonhar”, disse em entrevista ao portal “FogãoNet”.

John Textor ainda fez questão de relembrar as dificuldades que o Botafogo vivia antes dele assumir o controle do futebol do clube carioca, o que aconteceu no meio do ano passado.

“Esse clube foi vendido para mim para sair de situação de falência. Eu comprei o Botafogo nessa situação e tinha que dar um jeito de fazer sobreviver da Segunda Divisão Para a primeira Divisão. Tive dois objetivos no primeiro no ano, não voltar para a Segunda Divisão e classificar para a Sul-Americana. Nós conseguimos”, finalizou.

Arivaldo Maia com redacao@odia.com.br

.

 

Fatal Model, empresa de acompanhantes, patrocina oito campeonatos estaduais
   26 de janeiro de 2023   │     5:00  │  0

Site de acompanhantes patrocina dez campeonatos estaduaisSite de acompanhantes patrocina dez campeonatos estaduais – (Foto: Divulgação/Fatal Models)

Placas de publicidade, que sempre estiveram presentes nos campos de futebol, estão chamando a atenção nos campeonatos estaduais em 2023. Muito por conta da empresa Fatal Model, um site de acompanhantes, que expôs sua marca em oito torneios diferentes espalhados pelo Brasil.

Sergipe, Ceará, Goiás, Amazonas, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Bahia e Rio Grande do Norte são os estados destes torneios que exibem nas placas de publicidade a marca da Fatal Model, cujo o lema é ‘Respeito, segurança e dignidade’.

Para o Fatal Model, o investimento nas competições é uma forma de promover a mensagem da marca a milhões de espectadores espalhados pelo Brasil. O objetivo da empresa é quebrar tabus e fortalecer a sua luta pelo respeito, empoderamento e dignificação da profissão de acompanhante em todos os espaços.

— Os ideais do Fatal Model sobre profissionalismo sempre foram e sempre serão a principal pauta debatida pela plataforma, e em conjunto com a paixão nacional, o futebol, esses ideais vêm se propagando cada vez mais. Patrocinar os campeonatos é uma oportunidade de propagar esses valores e ainda articular a conscientização — Explica a empresa, que prevê uma maior visibilidade dos serviços a partir da transmissão em rede aberta de televisão.

Criada em 2016 e com sede no Rio Grande do Sul, a plataforma brasileira registrou mais de 100 milhões de usuários e 275 milhões de acesso em 2020. De acordo com a empresa, 15 milhões de usuários únicos utilizam o site, que possui mais de 25 mil profissionais cadastrados. O lucro do negócio depende da visibilidade alcançada pela plataforma e pela utilização dos consumidores a partir do tráfego.

A empresa já havia sido assunto quando marcou presença no Campeonato Brasileiro do ano passado em um jogo entre Flamengo e Coritiba, no Mané Garrincha, em Brasília. A companhia aposta em propagandas em diferentes canais de comunicação e o esporte mais popular do país, o futebol virou alvo no início da temporada.

Arivaldo Maia com Redação do EXTRA

Dirigente do Botafogo vê SAF mais bem estruturada que rivais: ‘Em breve vamos engolir todos’
   20 de janeiro de 2023   │     17:00  │  0

Vinicius Assumpção ao lado do presidente Durcesio Mello – (Foto: Reprodução / Instagram)

Alvinegro tem sido cauteloso em janela de transferências.

O vice-presidente do Botafogo, Vinicius Assumpção, comentou as críticas que o clube carioca vem recebendo de torcedores e de parte da imprensa esportiva pela cautela no mercado de transferências de 2023.

O dirigente fez uma comparação entre as SAFs e afirmou que o Glorioso está acima de Vasco e Cruzeiro.

“Foi fluxo de caixa, não foi falta de dinheiro. Foi momento. Porque no Botafogo é isso, o tempo todo, há um incômodo com o sucesso da SAF do Botafogo. O Botafogo tem a melhor SAF, porque é um gigante. Não tenho a menor dúvida que em breve vai estar engolindo todos eles. Está mais bem estruturada. A do Grupo City (no Bahia) eu não conheço, mas posso dizer que nossa foi muito bem estruturada, muito bem pensada. Foi a primeira, saímos na frente”, afirmou em participação no canal do YouTube “Glorioso Connection”.

O dirigente ressaltou o grande investimento que John Textor fez no clube carioca no ano passado e também a evolução do Glorioso, que teve um elenco montado às pressas para o Brasileiro e por pouco não classificou para a Libertadores.

“Olha o time do Botafogo dez meses atrás e hoje. Um time que não teve pré-temporada, saindo da Segunda Divisão, quase foi para a Libertadores. Pagou quase R$ 100 milhões de dívidas, R$ 40 milhões quase de juros, que era o que nos sufocava. A SAF, mesmo pagando, paga juros. Outra coisa, estamos aumentando receita e diminuindo despesas. O clube está tendo capacidade de investir. Mas não vai investir de uma hora para ou outra ou montar uma seleção. O Botafogo tem um contrato, John Textor tem cumprido e ainda tem colocado mais recursos. Mudou um time inteiro, quanto custou isso? Agora não precisa montar novo time, precisa reforçar”, disse.

Arivaldo Maia com

 

Ministério Público se reúne com organizadas de CRB e CSA para definir ajuste de conduta
     │     3:00  │  0

TAC foi firmado nesta quarta-feira — Foto: Divulgação / MPAL

TAC foi firmado na última quarta-feira — (Foto: Divulgação / MPAL)

Partes firmaram normas para entrada nos jogos.

O Ministério Público de Alagoas já se reuniu com integrantes das torcidas organizadas do CRB e CSA para firmar o TAC, Termo de Ajustamento de Conduta. O acordo tem o objetivo de estabelecer um controle na participação dos torcedores nos jogos realizados em Maceió.

Participaram da reunião o MP, a Polícia Militar, a Federação Alagoana de Futebol, CRB, CSA e representantes das torcidas organizadas. Uma das principais ações do TAC é garantir a identificação de todos os associados destas torcidas. O promotor de Justiça Bruno Baptista comentou sobre o encontro.

– A nossa ideia não é impedir as torcidas organizadas de adentrarem aos estados, mas garantir com que os órgãos responsáveis por fiscalizar tenham acesso às informações necessárias para, por exemplo, punir eventuais torcedores que praticarem ilícitos.

Dessa forma, ficou estabelecido que, além do cadastramento, a PM também vai realizar reuniões com com representantes das torcidas para elaboração de um plano de ação, contando também com a participação dos torcedores.
Durante as partidas

Ficou estabelecido no acordo que os torcedores poderão continuar entrando nos estádios usando objetos com os símbolos da organizada, como: faixas, bandeiras sem mastro, bandeirão, instrumentos musicais, sirenes, camisas, calções e bonés.

Além disso, as sedes das torcidas deverão permanecer fechadas quando o time de uma torcida adversária estiver jogando.

Arivaldo Maia e Gabriel Diniz – Redação do ge – Alagoas

Ronaldo Fenômeno é alvo de protestos da torcida do Valladolid
   10 de janeiro de 2023   │     23:00  │  0

Ronaldo durante cerimônia da Bola de Ouro 2022Ex-atacante foi cobrado pela torcida da equipe que é dono – (Foto: EFE/EPA/Mohammed Badra)

Ex-atacante e dono da equipe espanhola foi cobrado por torcedores após mudanças no clube e manifestações a favor de Vinícius Jr.

O ex-atacante Ronaldo Fenômeno foi criticado por torcedores o Real Valladolid, clube do qual é dono. Em protestos feitos no último final de semana, torcedores criticaram o brasileiro pela forma como vem conduzindo o clube e por mudanças no escudo da equipe.

“Ronaldo defende o Real? Madrid? Valladolid”, escreveu em uma faixa a torcida “Valladolid 84”, fazendo referência à relação do ex-camisa 9 com o clube da capital.

O mesmo grupo de torcedores reclama também da alteração do escudo da equipe, que aconteceu no ano passado.

Além disso, a torcida pede que Ronaldo defenda seus torcedores e o clube. O protesto aconteceu dias depois de o presidente condenar o racismo sofrido por Vinícius Jr. no confronto entre Valladolid e Real Madrid.

Recém promovido à elite espanhola, o Valladolid ocupa a 15ª colocação na tabela da La Liga, com 17 pontos.

Arivaldo Maia com Redação da Jovem Pan – São Paulo