Brasil começa empatando na Copa da Rússia
   17 de junho de 2018   │     17:49  │  0

Seleção fica no empate na estreia da Copa

Foram 19 minutos do melhor futebol possível da seleção. Envolvente, preciso nos passes, soberano. Depois, outros tantos de jogo calculista, de poucos sustos, em busca de um contra-ataque que não veio. A bola cruzada na área e o gol da Suíça em falta de ataque trouxe dramaticidade inesperada para o Brasil em Rostov-do-Don. O empate em 1 a 1 deixou a lição de que se a equipe é melhor, seja. Não dose qualidade porque o imponderável sempre pode dar as caras, quando você menos imagina.

O resultado não chega a ser um desastre, mas traz uma dificuldade que há muito tempo a seleção não vivia. A última vez que a equipe não venceu um jogo de estreia na Copa do Mundo foi em 1978 – empate em 1 a 1 com a Suécia. Isso significa que a equipe de Tite chegará à última rodada da fase de grupos, contra a Sérvia, que venceu a Costa Rica, com uma pressão por resultado que não está acostumada a ter a essa altura em Mundiais. E nem sob o comando de Tite.

Foram 19 minutos do melhor futebol possível da seleção. Envolvente, preciso nos passes, soberano. Depois, outros tantos de jogo calculista, de poucos sustos, em busca de um contra-ataque que não veio. A bola cruzada na área e o gol da Suíça em falta de ataque trouxe dramaticidade inesperada para o Brasil em Rostov-do-Don. O empate em 1 a 1 deixou a lição de que se a equipe é melhor, seja. Não dose qualidade porque o imponderável sempre pode dar as caras, quando você menos imagina.

O placar igual em Rostov deixa lições para o próximo compromisso na Copa, contra a Costa Rica, sexta-feira, em São Petersburgo. Neymar e Gabrel Jesus sofreram com a marcação adversária e pouco produziram. A defesa cometeu uma rara falha. A outra reflexão é que talvez um outro árbitro possa ser mais enérgico e coibir os lances violentos.

Blog com EXTRA

 

COMENTÁRIOS 0

Alemanha ‘negou fogo’ na estreia da Copa do Mundo
     │     14:02  │  0

Lozano comemora o gol do México

Lozano comemora o gol do México (Foto: REUTERS/Christian Hartmann)

Cadê a campeã?

A Alemanha decepcionou no início de sua campanha na Copa do Mundo da Rússia. No Estádio Luzhniki, os atuais detentores do título foram dominados pelo surpreendente México durante a manhã deste domingo e acabaram derrotados por 1 a 0.

Com o triunfo, a seleção dirigida pelo colombiano Juan Carlos Osório marca seus primeiros três pontos na Copa do Mundo. Os dois classificados do Grupo F, completado por Coreia do Sul e Suécia, cruzam nas oitavas de final com os integrantes da chave do Brasil.

Pela segunda rodada da Copa do Mundo da Rússia, o México volta a campo para enfrentar a Coreia do Sul às 12 horas (de Brasília) deste sábado, em Rostov. Às 15 horas do mesmo dia, no Estádio Olímpico de Sochi, a seleção alemã encara a Suécia.

FICHA TÉCNICA
ALEMANHA 0 x 1 MÉXICO

Local: Estádio Luzhniki, em Moscou (Rússia)
Data: 17 de março de 2018 (Domingo)
Horário: 12h (de Brasília)
Árbitro: Alireza Faghani (Irã)
Assistentes: Reza Sokhandan (Irã) e Mohamed Mansouri (Irã)
Cartões amarelos: Muller (ALE); Moreno (MEX)
Gol:
MÉXICO: Lozano, aos 34 minutos do 1º tempo

ALEMANHA: Neuer; Kimmich, Hummels, Boateng e Plattenhardt (Gomez); Kroos, Khedira (Reus) e Ozil; MUller, Draxler e Werner (Brandt)
Técnico: Joachim Löw

MÉXICO: Ochoa; Salcedo, Moreno, Ayala e Gallardo; Herrera, Guardado (Rafael Marquez), Layun, Vela (Alvarez) e Lozano (Jimenez); Chicharito
Técnico: Juan Carlos Osório

Blog com Gazeta Press

COMENTÁRIOS 0

CSA empata na Curuzu; CRB inicia semana do ‘Papão”
     │     0:05  │  1

 CSA RESISTE NO EMPATE SEM GOLS DA CURUZU
Resultado de imagem para Paysandu x CSA

 

A estratégia do Paysandu no duelo da noite passada com o CSA, trocando o Mangueirão pela Curuzu, não funcionou.

Suportando uma forte pressão nos dois tempos do jogo, o CSA, visitante ‘abusado’, conquistou um valioso ponto em Belém do Pará, no empate sem gols.

O azulino de Alagoas tem agora 20 pontos e ocupa o 4º lugar no G4. Seu próximo jogo será em Campinas/SP, terça, dia 19/06. às 19h15, contra o time da Ponte Preta.

Melhor ainda: no jogo de Campinas o CSA terá reforços importantes, já que vai contar com Celsinho, provavelmente com Rafinha, além de Didira e Walter.

O clube do Mutange faz uma das melhores campanhas da Série B como visitante. De Belém do Pará, a delegação alagoana seguirá direto para Campinas, desembarcando no Aeroporto de Viracopos ainda neste domingo.

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU: Renan Rocha; Matheus Silva, Diego Ivo, Edimar e Matheus Muller; Renato Augusto, Nando Carandina e Danilo Pires (Pedro Carmona); Cassiano, Dionathã (Moisés) e Mike (Magno)

Técnico: Dado Cavalcanti

CSA-AL: Mota; Dawhan, Leandro, Xandão e Echeverria; Edinho, Ferrugem (Taiberson) e Daniel Costa (Roger); Michel Douglas, Hugo Cabral (Yuri) e Niltinho.

Técnico: Marcelo Cabo

ÁRBITRO: Bruno Abreu Araújo (RJ)

ASSISTENTES: Carlos Henrique Souza (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)

CARTÕES AMARELOS: Matheus Silva (PSC); Edinho,Leandro, Rawhan e Niltinho (CSA)

RENDA: R$ 40.250,00

PÚBLICO PAGANTE: 1.078

CREDNCIADOS: 1.320

PÚBLICO TOTAL: 4.024

LOCAL: Estádio Leônidas Castro / Curuzu

CRB INICIA SEMANA DO PAYSANDU

Mazola ganhou espaço no time titular do CRB contra a Ponte Preta (Foto: Ailton Cruz - Gazeta de Alagoas)

O atacante Mazola foi um dos destaques do CRB na boa vitória diante da ‘Macaca’ (Foto: AILTON CRUZ)

Depois de 41 dias sem vencer em casa o CRB deu uma boa resposta ao seu torcedor ao vencer  a Ponte Preta por 2 a 0, no Estádio Rei Pelé. Lucas Siqueira no primeiro tempo e Willians Santana no tempo final construíram a 3ª vitória do CRB na Série B.

O time regatiano fez um jogo seguro e não correu mais riscos ao longo da partida contra um adversário que teve dificuldade de agredir o adversário.

O CRB chegou aos 11 pontos, mas não saiu da da zona de rebaixamento nesta rodada. A vitória revelou que o time tem muita lenha para queimar com seus jogadores melhorando o desempenho dentro de campo. Se vencer o Paysandu no Rei Pelé, o Regatas sairá da Zona de Rebaixamento, abrindo espaço para estabelecer uma boa posição na tabela da Série B.

2 x 0 foi pouco para retratar o melhor jogo do Galo diante da  Macaca de Campinas. Mazola, por exemplo, fez uma boa partida, participando do jogo em suas duas etapas, com chutes fortes para o gol e boas assistências. Na verdade, todos os jogadores juntaram forças para vencer e demonstraram que o ambiente, apesar da campanha, é bom no Regatas.

Na próxima rodada, o CRB voltará a campo no sábado, dia 23, enfrentando o Paysandu, no Estádio Rei Pelé, ás 21h. Já a Ponte Preta estará em campo já na terça-feira, 19, às 19h15, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, contra o CSA.

Os treinos após o triunfo da última sexta já estão acontecendo no CT Marcos Barbosa, o Ninho do Galo

Textos: Arivaldo Maia, Gazeta de Alagoas e Diário do Pará

COMENTÁRIOS 1

Tite alerta que Neymar não está 100%, mas afirma: ‘Tudo para fazer uma grande estreia’
     │     0:04  │  0

Resultado de imagem para Time do Brasil que enfrentou a Áustria

 

Rostov-do-Don – Tite foi ao socorro de Neymar na primeira pergunta a respeito do estado físico do atacante para a partida de hoje contra a Suíça, na Arena Rostov, pela primeira rodada da Copa do Mundo da Rússia. O treinador tratou de tirar parte do peso sobre o jogador e destacou que ele ainda não está 100% recuperado depois do longo tempo parado por causa da fratura no pé direito, sofrida em fevereiro.

– Neymar ainda não está 100%, mas ele é muito privilegiado fisicamente. O nível de arranque dele é impressionante, mas não está na plenitude ainda. Está num processo bem evoluído, mais do que imaginávamos, o suficiente para fazer um grande jogo – destacou.

Ao lado dele, Marcelo ressaltou a responsabilidade de ser o capitão do Brasil na estreia na Copa do Mundo. O lateral-esquerdo destacou a experiência acumulada, inclusive com a presença em campo no fatídico 7 a 1 para a Alemanha, em 2014.

– Com o tempo você vai ganhando experiência, maturidade, convivendo na seleção e no clube também, a cada jogo. Todos os jogadores na seleção cada um contribui com um pouquinho para conseguir um só objetivo. Não tenho nenhum trauma quanto à Copa de 2014. Se tivesse, não estaria mais jogando futebol, teria largado. Tenho de traçar novos desafios, é assim na vida. Minha vida foi feita de desafios, não levo traumas, derrotas, falhas, não me afetam.

O Brasil, (foto acima/Diário Potiguar), vai entrar em campo na tarde de hoje com: Alisson; Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Philippe Coutinho; Willian, Neymar e Gabriel Jesus.

Esta mesma equipe derrotou a Áustria por 3 a 0, em um amistoso disputado no último domingo (10) em Viena.

Blog e Extra

 

COMENTÁRIOS 0

Abel Braga pede demissão do Fluminense: ‘Chegou a hora de descansar’
     │     0:03  │  0

Resultado de imagem para Abel, técnico do Flu

 

Em queda livre no Brasileiro, o Fluminense agora também está sem treinador. O técnico Abel Braga, (foto acima/iG Esporte), pediu demissão para o presidente Pedro Abad. A saída foi anunciada pelo clube na tarde passada.

“O Fluminense informa que Abel Braga não é mais o técnico da equipe tricolor. A decisão sobre a interrupção do trabalho, por desejo do treinador. A terceira passagem do comandante pelo clube se encerra após um ano e meio de parceria”, informou o Fluminense.

O treinador falou sobre seu carinho pelo Fluminense e agradeceu ao presidente Pedro Abad, com quem trabalhou nesta sua terceira passagem pelo clube. Mas citou o cansaço e à família como motivos para sua decisão.

“Acho que chegou a hora de descansar, de dar um tempo. Durante toda essa minha passagem como treinador do Fluminense, clube que todos sabem que tenho um carinho e uma identificação enormes, pensei no presidente, nos jogadores, na minha comissão técnica, na torcida, mas pouco pensei em mim e na minha família. Não me arrependo de nada, porque sempre fiz tudo com o coração e com o maior profissionalismo possível, mas o desgaste do dia a dia tem sido muito grande. Só tenho a agradecer a todo mundo. Primeiramente, ao Abad, um cara sensacional e correto, que busca fazer o melhor, e a toda diretoria. Aos jogadores, o meu muito obrigado pela parceria e dedicação. Realmente, temos uma equipe com alma. O meu agradecimento se estende a todos os funcionários, verdadeiros guerreiros. E um à parte especial aos torcedores, a quem sempre fui e serei eternamente grato”, disse Abel por meio de sua assessoria de imprensa.

Abel deixa o Fluminense como o segundo técnico que mais comandou o time. Ao todo, foram 329 partidas. Nesta última passagem, de um ano e seis meses, foram 109 jogos, com 43 vitórias, 29 empates e 37 derrotas.

Blog com EXTRA

COMENTÁRIOS 0