Category Archives: Fifa

Fifa ‘rifou’ Del Nero após ser acusada por investigadores dos EUA de protegê-lo
   3 de março de 2018   │     0:02  │  0

Del Nero foi afastado em dezembro até 15 de março. Suspensão pode ser ampliada por mais 45 diasDel Nero foi afastado em dezembro até 15 de março. Suspensão pode ser ampliada por mais 45 dias

 

A Fifa só suspendeu Marco Polo del Nero, presidente afastado da CBF, depois que ganhou força a tese entre os investigadores de Nova York de que estava protegendo o brasileiro, um dos principais cabos eleitorais de Gianni Infantino na América do Sul. O temor da entidade era ser acusada de cumplicidade. Por isso, afastou temporariamente o dirigente no final de 2017 como um sinal de que não estava sendo conivente com a gestão do futebol brasileiro.

Del Nero foi afastado em dezembro até 15 de março. Sua suspensão pode ser ampliada por mais 45 dias, se a Fifa precisar de mais tempo para completar sua investigação interna.

Fontes próximas à investigação nos EUA confirmaram que a condenação de José Maria Marin e outros cartolas não significa que o inquérito esteja concluído. Nos próximos dias, Jeff Webb, ex-vice-presidente da Fifa, deveria conhecer sua sentença. Mas um novo acordo foi estabelecido para que ele colabore por mais seis meses com o inquérito. De forma paralela, o FBI continua investigando a corrupção na entidade máxima do futebol.

A estimativa dos técnicos é de que os documentos confiscados e os indícios podem levar a Justiça norte-americana a conduzir pelo menos mais cinco anos de investigações, em especial sobre tentativas de pessoas dentro da Fifa em abafar escândalos ou suspeitas.

Por dois anos e meio, a entidade com sede em Zurique não tomou qualquer medida contra Del Nero, mesmo depois de ele ser indiciado nos EUA. A situação do brasileiro acabou sendo exposta pelos relatos de testemunhas que apontaram em dezembro, na Corte do Brooklyn, como Del Nero teria recebido e pedido propinas. Ele nega.

Blog com Jornal do Brasil

Fifa estuda acabar com janela europeia de janeiro
   21 de fevereiro de 2018   │     0:01  │  0

Ginni Infantino, presidente da Fifa, deseja promover algumas mudanças radicais nos processos de vendas e contratações de jogadores. No próximo dia 28, o Comitê de Partes Interessadas no Futebol vai se reunir na sede da entidade máxima do esporte, localizada em Zurique, para analisar algumas das propostas de Infantino.

O Comitê de Partes Interessadas no Futebol tem a função de assessorar e dar assistência ao Conselho da Fifa em assuntos como a estrutura do futebol, questões técnicas e a relação entre jogadores, clubes, federações, ligas confederações e a própria Fifa. Na próxima reunião, Ginni Infantino vai encaminhar 11 propostas a esse comitê.

A mais importante das propostas é a de acabar com a janela europeia de transferências em janeiro. O presidente deseja que haja apenas uma janela, preferencialmente a do meio do ano, com abertura no dia 1° de julho. Além disso, o mercado se encerraria antes do início dos campeonatos europeus. Na maioria deles, portanto, no início de agosto. Segundo Infantino, a ideia surgiu do Campeonato Inglês , que adotará essa regra a partir da próxima temporada.

Outra medida seria aumentar para até 7% a comissão que deve ser paga aos clubes formadores quando algum jogador é vendido. Além disso, as federações nacionais formadoras também receberiam uma parte do dinheiro.

“Temos que assegurar que, de todo o dinheiro que há nas transferências do futebol, uma parte, 5%, 6% ou 7%, vá para os clubes e federações que formaram os futebolistas. É algo que hoje não acontece. Temos que fazer isso”, disse o presidente no último sábado, em encontro com jornalistas em Cabo Verde.

Visando evitar corrupção, subornos e lavagem de dinheiro, Infantino também propõe regular as comissões pagas a agentes e impor um teto salarial a todos os clubes.

Por fim, a última dentre as propostas mais polêmicas é a de limitar o número de jogadores que um clube pode emprestar.

“Há equipes com 50, 60, 70 jogadores, que poderiam jogar em times de muitos países, mas eles preferem ser o número 50 em outro país, porque ganha um pouco mais, mas não joga”, completou Infantino.

Se o comitê enxergar como positivas as propostas, elas poderão ser levadas para o Conselho da Fifa, onde serão discutidas em reuniões que ocorrerão nos dias 15 e 16 de março em Bogotá, na Colômbia.

Blog com Terra Esportes

Fifa recebe 2 mi de pedidos para compra de ingressos da Copa
   24 de dezembro de 2017   │     0:02  │  0

A Fifa anunciou que recebeu mais de 2,3 milhões de pedidos de compra de ingressos para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Os pedidos são apenas da segunda fase de vendas de ingressos ao Mundial, que começou no dia 5 de dezembro e se estenderá ao público até o dia 31 de janeiro. Nela, os torcedores podem solicitar os ingressos para qualquer partida, menos para os jogos de abertura e final do torneio.

Apenas no primeiro dia de vendas, houve 1,3 milhão de pedidos. De acordo com a entidade que rege o futebol no mundo, os russos foram os que mais fizeram solicitações pelos tickets. Em seguida, ficaram os torcedores da Argentina, México, Peru, Colômbia, Estados Unidos – que não está na Copa -, Espanha, Alemanha, Egito e, por fim, China – que também não no Mundial.

Todos os torcedores que solicitaram os ingressos vão saber se conseguiram as entradas após o dia 31 de janeiro. Os bilhetes deverão se entregues entre abril e maio, um mês antes do início da Copa do Mundo.

Na primeira fase de venda de ingressos, entre 14 de setembro e 28 de novembro, foram adquiridos 742 mil bilhetes. As solicitações aumentaram na segunda fase de vendas porque a Fifa realizou somente em 1º de dezembro o sorteio dos grupos. A terceira e última fase é chamada pela Fifa de “vendas de última hora” e acontecerá de 18 de abril a 15 de julho, dia da final da Copa do Mundo de 2018. Ela também acontecerá no site oficial da Fifa. Na última Copa, disputada em 2014, no Brasil, foram vendidos ao todo 3,4 milhões de ingressos.

Blog com Agência ANSA

Fifa diminui pena de Guerrero para seis meses
   20 de dezembro de 2017   │     17:43  │  1

Paolo Guerrero poderá jogar a Copa do Mundo pelo Peru – (Foto: MARCOS BRINDICCI / Reuters)

Bem diferente do que ocorreu com o Volante Olívio do CRB, a Comissão de Apelação da Fifa diminuiu a pena por doping do peruano Paolo Guerrero para seis meses.

A decisão, em segunda instância, foi conhecida nesta quarta-feira, em Zurique, na Suíça. Ele havia sido condenado a um ano de suspensão pela Comissão Disciplinar da entidade no dia 8 de dezembro (o julgamento aconteceu no dia 30 de novembro).

Agora, o jogador está apto a jogar a Copa do Mundo em junho, na Rússia.

O advogado Bichara Neto afirmou que mesmo assim a defesa irá recorrer à última instância, na Corte Arbitral do Esporte (CAS) pela absolvição. Explicou que até sexta-feira deverá receber a fundamentação da decisão da Comissão de Apelação da Fifa e, com os documentos em mãos, poderá recorrer ao CAS.

– Ele quer a ficha limpa – explicou Bichara, que trabalha em conjunto com o advogado Pedro Fida.

Blog com Globoesporte

Bomba: Fifa suspende Del Nero por 90 dias
   15 de dezembro de 2017   │     11:44  │  0

Marco Polo Del Nero está impedido de realizar funções ligadas ao futebol por 90 dias (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

O Comitê de Ética da Fifa anunciou nesta sexta-feira a suspensão do presidente da CBF, Marco Polo del Nero,(Foto acima), por 90 dias. Neste período, o dirigente ficará impedido de realizar qualquer atividade ligada ao futebol – e a punição pode ser estendida por mais 45 dias. Segundo o comunicado divulgado pela Fifa, “a decisão foi tomada diante do pedido do presidente da câmara de investigação, levando em conta a investigação formal sobre o senhor Polo Del Nero”.

Del Nero é acusado pelos promotores do Caso Fifa, nos Estados Unidos, de ter recebido US$ 6,5 milhões (R$ 21,5 milhões na cotação atual) em propoinas para beneficiar empresas de marketing esportivo. José Maria Marín, ex-presidente da CBF, é alvo das mesmas acusações.

Antônio Carlos Nunes, o Coronel Nunes, assumirá a presidência da CBF no período, como manda o estatuto da confederação. Presidente da federação do Pará, ele é o vice-presidente mais velho em exercício. Em dezembro de 2015, quando Del Nero se licenciou do cargo por quatro meses, foi Coronel Nunes quem comandou a confederação.

Marco Polo del Nero tinha planos de convocar uma nova eleição para abril de 2018, para tentar mais uma mandato até 2023, quando poderia buscar uma nova reeleição, até 2027. Seu mandato atual terminaria em abril de 2019.

Blog com Globoesporte