Category Archives: Futebol Internacional

Flamengo e São Paulão vão estrear na Florida Cup 2019 no dia 10 de janeiro
   19 de outubro de 2018   │     0:01  │  0

Flamengo vai disputar mais uma vez a Florida Cup
Flamengo vai disputar mais uma vez a Florida Cup (Foto: Paulo Whitaker / Reuters)

 

Flamengo e São Paulo serão os dois clubes brasileiros na disputa da Florida Cup de 2019. Os dois clubes vão enfrentar o Ajax, da Holanda, e o Eintracht Frankfurt, da Alemanha, em confrontos que vão acontecer no Orlando City Stadium, casa do Orlando City e do Orlando Pride, que que tem no elenco a brasileira Marta, na Flórida.

A organização do evento divulgou a tabela dos jogos, com as estreias do Rubro-negro carioca e o Tricolor paulista marcadas para o dia 10 de janeiro.

O Flamengo encara o Ajax às 19h. No mesmo dia e horário, acontece o confronto entre Eintracht Frankfurt e São Paulo, em St Petersburg. Já no dia 12 de janeiro, será as finais da Florida Cup 2019.

O Tricolor paulista joga contra o Ajax, às 13h, enquanto o Rubro-negro encara o Eintracht Frankfurt, às 16h.

Entre uma partida e outra, a cantora Ivete Sangalo vai se apresentar na Fan Fest da Florida Cup em pleno estádio.

Blog com EXTRA

 

Em alta no futebol australiano, Usain Bolt recebe proposta de clube europeu, diz agente
   17 de outubro de 2018   │     0:03  │  0

Usain Bolt teve grande atuação em seu último jogo pelo Mariners
Usain Bolt teve grande atuação em seu último jogo pelo Mariners (Foto: PETER PARKS / AFP)

 

Após encerrar o seu período de testes no Central Coast Mariners, da Austrália, o atacante Usain Bolt pode se transferir para o futebol europeu. Tony Rallis, agente do jogador, afirmou que ele recebeu uma proposta de um clube do Velho Continente.

“Há um clube na Europa que ofereceu a Bolt um contrato de dois anos. Eles foram comprados recentemente por novos donos, que querem colocá-los na Liga dos Campeões”, disse Rallis à ESPN.

Também existe a possibilidade de Bolt seguir no Mariners. O clube ainda estuda se vai oferecer um contrato ao ex-velocista.

Bolt, vale lembrar, vem de uma ótima atuação em um amistoso pelo Mariners. Ele marcou dois gols na vitória sobre o Macarthur South West United, na sexta-feira.

O clube europeu que deseja contratar Bolt não foi revelado, mas pode ser, segundo o “The Sun”, o Sheffield United, da Inglaterra. Ou então o Ferencvaros, da Hungria. Os dois clubes têm convênio com o Central Coast Mariners.

Blog com EXTRA

 

Neymar diz que, se pudesse, escolheria CR7, Messi e Mbappé como os melhores do mundo
   15 de outubro de 2018   │     0:03  │  0

Neymar no treino do PSG, desta terça-feira
Neymar no treino do PSG, motivando para mais uma temporada (Foto: FRANCK FIFE / AFP)

 

Como todos já sabem, o meia croata Luka Modric, do Real Madrid, foi eleito pela Fifa o melhor jogador do mundo de 2018 e muita gente não concordou com a escolha. O craque brasileiro Neymar, do PSG, por exemplo. Em entrevista, o jogador disse quais seriam os seus três melhores do mundo.

“Cristiano, Ronaldo, Messi e Mbappé”, afirmou, sem deixar claro quem seria o primeiro, o segundo e o terceiro.

Neymar também falou sobre a nova temporada no PSG.

“Acho que eu me sinto da mesma maneira de quando eu cheguei. Fui bem recebido, não só pelos jogadores, mas pela torcida… A gente procura sempre devolver o carinho de alguma forma. Tem jogo que a gente… que eu não vou falar com a torcida, mas não é porque eu não quero mas é porque estou cansado… e vou tomar banho logo no vestiário. Mas quando dá, a gente vai lá. Nos incentivam muito”, finalizou Ney.

Blog com EXTRA

Paraíso de zebras, Copa Argentina tem gol de juiz e técnico ‘Seu Madruga’
     │     0:01  │  0

Pablo Vico, técnico do Brown de Adrogué, protagonizou algumas das boas histórias da Copa ArgentinaPablo Vico,’Seu Madruga’, técnico do Brown de Adrogué, protagonizou algumas das boas histórias da Copa Argentina (Foto: Luciano Thieberger/Clarin)

Quando entraram em campo as equipes do Brown de Adrogué e do Central Córdoba de Santiago del Estero, a Copa Argentina pôde mostrar a sua principal faceta: a de ser o torneio mais democrático do país.

A competição, que reúne times de todas as divisões do país, se tornou atrativa principalmente para os clubes pequenos, que ganham visibilidade em confrontos contra os grandes e sonham com a conquista de uma vaga na Copa Libertadores, um dos prêmios ao campeão do torneio.

Arsenal de Sarandí e Huracán, equipes tradicionais, mas modestas, já tiveram o gosto de levantar a taça e disputar a competição continental.

Disputada em jogos únicos e eliminatórios, a Copa Argentina abre o calendário do futebol local. Com pouco tempo de preparação para os clubes grandes e jogos realizados em estádios neutros espalhados pelo território nacional, o mata-mata vira terreno fértil para a proliferação das zebras. Como as que protagonizaram o Brown e o Central Córdoba.

A equipe de Santiago del Estero, cidade no noroeste da Argentina e que fica a cerca de 1.200 quilômetros de Buenos Aires, é a principal surpresa até aqui.

Recém-promovida para a segunda divisão, já eliminou nos pênaltis o Vélez Sarsfield, campeão da Libertadores e do mundo em 1994; o Tigre, que também disputa a elite argentina, e o Brown de Adrogué. Na próxima fase, encara o Gimnasia y Esgrima, outro time da primeira divisão, que já deixou pelo caminho o poderoso Boca Juniors.

“Sem dúvidas os times de divisões menores se concentram um pouco mais, têm a guarda um pouco mais alta. Quando chega a oportunidade de jogar partidas contra equipes de divisões superiores, temos que estar muito concentrados. Se o rival se coloca em vantagem, é muito difícil para nós, de menor categoria, conseguir a virada”, conta à Folha o técnico do Central Córdoba, Gustavo Coleoni.

Outro episódio ilustre do torneio aconteceu no duelo entre Platense e Belgrano. Ao ver duas bolas no campo de jogo, o árbitro Pedro Argañaraz tentou afastar uma delas e acabou encobrindo o goleiro do Platense, marcando um golaço. Atletas que estavam próximos comemoraram o lance e brincaram com o talento do juiz.

Entre as zebras da Copa Argentina, houve também a vitória do Sarmiento de Resistencia sobre o Racing, logo na primeira rodada. O gol do triunfo por 1 a 0 foi marcado por Horacio Orzán, experiente meio-campista de 30 anos com boa passagem pelo Newell’s Old Boys, campeão nacional em 2013.

“Não sou de chutar no gol. Este deve ter sido o sexto chute da minha carreira e foi dentro”, disse o volante, que não marcava um gol desde 2014.

Azar do poderoso Racing, que também foi eliminado da Libertadores, torneio que pode ter no ano que vem equipes como o Sarmiento de Resistencia ou o Central Córdoba, do sonhador Corleoni.

“Há de se olhar sempre para frente, ter sonhos. O dia em que deixemos de sonhar, não haverá mais nada na vida.”

Blog com FOLHA DE SÃO PAULO

Depois de estreia no time principal, Vinícius Jr. tenta fugir de ‘desperdício’ de talentos no Real Madrid B
   2 de outubro de 2018   │     0:02  │  0

Vinícius estreou neste sábado pelo time principal do Real Madrid
O brasileiro Vinícius estreou no último sábado pelo time principal do Real Madrid (Foto: OSCAR DEL POZO / STR)

 

Na véspera de cada partida do Real Madrid, o técnico Julen Lopetegui senta-se diante dos jornalistas ciente de ao menos uma pergunta a que terá de responder: “Vinícius joga?”. No último sábado, pela primeira vez, o comandante deu aos torcedores o que todos desejavam: a estreia do garoto no clássico com o Atlético.

Ao entrar aos 43 minutos do segundo tempo, Vinícius Júnior pouco pôde fazer para alterar o placar de 0 a 0. Mas agora terá uma temporada inteira pela frente para provar que seu lugar é no meio de Modric, Bale e cia. Até ontem, suas atuações se limitavam ao Castilla, time B do Real, que disputa a Terceira Divisão.

Apelidado de “Á Fábrica”, o Castilla é o que os espanhóis chamam de “filial”. Na prática, funciona como uma espécie de última categoria das divisões de base, embora não haja limite de idade. Desde que chegou à Espanha, Vinícius tem participado dos treinos com o elenco principal, mas “descido” para manter ritmo de jogo com o Castilla.

O bom desempenho de Vinícius Jr. aumentou a pressão sobre Lopetegui.

— A diretoria quer que ele jogue e tem reclamado da cautela excessiva. Todas as notícias sobre o Vinícius são boas: ele tem treinado bem, tem uma atitude boa e apresenta maturidade. Poxa, se ele é tão bom, por que não joga? — questiona o jornalista Fernando Kallás, do “As”.

Para ser bem sucedido no Real, Vinícius precisará superar um histórico desfavorável no que diz respeito ao aproveitamento de talentos do time B no Real principal. No fim dos anos 1990, o Castilla foi a casa de Eto’o. Mas o camaronês jamais teve espaço em meio aos Galácticos e foi brilhar no rival Barcelona.

Blog com EXTRA