Category Archives: Sem categoria

Veja:Tite faz última convocação do Brasil em 2018
   26 de outubro de 2018   │     11:32  │  0

Allan (D), da Napoli, foi convocado pela primeira vez para seleção (Foto: CHRISTIAN HARTMANN / REUTERS)

 

Acaba de sair mais uma convocação da seleção brasileira. Novidades chamam a atenção na última lista do técnico Tite em 2019. Para os amistosos contra Uruguai e Camarões, respectivamente, nos dias 16 e 20 de novembro, o treinador convocou o goleiro Brazão, do Cruzeiro, e o meia Allan, da Napoli.

– O desafio da nossa comissão é o constante acompanhamento, porque faz com que o atleta evolua, se mostre, cresça, se afirme. Essa é a nossa função. O Firmino foi usado ocmo meia de articulação em jogo importante. No Liverpool começou a ser usado também como meia. Esse acompanhamento que os clubes dão, ele é importante. Não há uma verdade definitiva. É inevitável falar de Arthur e Richarlison – disse o treinador.

O zagueiro Dedé, do Cruzeiro, é o único jogador brasileiro convocado, já que isso não prejudica os postulantes ao título do Campeonato nacional.

– Em relação ao Dedé, não é só o fato de ter superado. Seleção não é para favor. Ele tem o plus da capacidade de reação. Eu passei pela angústia que ele passou. E também sei por ser professor que o maior problema do atleta não é ficar no banco, mas estar impossibilitado de executar sua função. Tenho um treinador de goleiros do mais alto nível. A decisão final é minha. Em relação ao Fabio, ele tem grandes virtudes. O que não posso é corrigir situações de outros momentos que ele deveria ter sido convocado, não posso trazer isso para mim. Tenho dois goleiros de 25, 26 anos. Podemos trabalhar com eles – disse.

A seleção vai começar a treinar em Londres no dia 12 de novembro. A partida contra o Uruguai será no Anfield, estádio do Liverpool, às 17h (de Brasília) Já o duelo contra Camarões acontecerá na capital britânica no dia 20, às 17h30 (de Brasília), no Stadium MK.

Veja a convocação:

Goleiros

Alisson (Liverpool)

Ederson (Manchester City)

Brazão (Cruzeiro)

Laterais

Marcelo (Real Madrid)

Filipe Luis (Atlético de Madrid)

Danilo (Manchester City)

Fabinho (Liverpool)

Zagueiros

Miranda (Inter de Milão)

Marquinhos (PSG)

Dedé (Cruzeiro)

Meio-campistas

Alan (Napoli)

Arthur (Barcelona)

Casemiro (Real Madrid)

Paulinho (China)

Philippe Coutinho (Barcelona)

Walace (Hannover)

Atacantes

Douglas Costa (Juventus)

Roberto (Liverpool)

Gabriel Jesus (Manchester City)

Neymar (PSG)

Richarlison (Everton)

Willian (Chelsea)

Blog com EXTRA

Quem é o próximo? Flamengo põe multas de 50 milhões de euros, mas saídas expõem fragilidade
   23 de outubro de 2018   │     0:04  │  0

Léo Duarte ganha de Ibañez pelo alto e marca o segundo do Flamengo sobre o Fluminense: zagueiro valorizado no clube — Foto: André Durão

Léo Duarte, (43), ganha de Ibañez pelo alto e marca o segundo do Flamengo sobre o Fluminense: zagueiro valorizado no clube  (Foto: André Durão)

É possível prevenir saídas de grandes talentos do futebol brasileiro para o exterior? A pergunta é feita há anos no futebol brasileiro e a resposta é simples: não. A última – e frequente – vítima no futebol é o clube de maior arrecadação no país – se em 2017 fechou as receitas em quase R$ 650 milhões, este ano o Flamengo, com a venda de Lucas Paquetá, mesmo com o parcelamento, vai fechar a conta mais uma vez com meio bilhão de reais contabilizados num ano.

Paquetá ainda tinha mais dois anos de contrato pela frente e o Flamengo não resistiu à primeira investida forte do exterior. Em coletiva, o presidente do clube Eduardo Bandeira de Mello afirmou, sem esconder a fragilidade mesmo num clube que diminui dívidas e aumenta arrecadação:

– Ainda é impossível competir com os grandes da Europa.

Os motivos para essa incapacidade de reter atletas aqui são variados e não mudam de clube a clube. Jogar fora hoje significa ter mais chances na seleção brasileira, jogar grandes ligas, (evidentemente) viver na Europa, aumentar o salário, receber em outra moeda, ter contato com outras culturas, levar outra vida a familiares…

Se o Flamengo sofre agora com a perda de Paquetá, outro clube brasileiro deve ver uma das principais atrações bater asas já já. Em Porto Alegre, por exemplo, a renovação de Everton já foi vista como a última alternativa do Grêmio para ganhar mais dinheiro na inevitável negociação – que deve girar em torno de 30 milhões de euros na janela europeia do fim do ano – valor da antiga multa contratual do jogador. Na renovação, a indenização contratual dobrou.

Multa de Cuéllar é mais alta: 70 milhões de euros.

O Flamengo fez movimento parecido em jogador que desperta cada dia mais as atenções pela sequência de jogos no futebol brasileiro. Léo Duarte, titular absoluto do time de Mauricio Barbieri e de Dorival Junior, tem multa padrão no Flamengo: 50 milhões de euros. O clube o procurou para estender o vínculo, aumentar o salário e a multa.

– No Flamengo este ano ninguém mais entra e ninguém sai. Que nem na gafieira – brincou o presidente Bandeira.

Este ano, realmente, Léo está garantido no Flamengo. Mas o assédio cresce. Zagueiro, tradicionalmente, não sai por valores muito elevados. Em 2007, o São Paulo vendeu Breno ao Bayern de Munique por 12 milhões de euros. Até hoje a maior transação de defensor na história do futebol brasileiro. Uma oferta desse nível para Léo Duarte já tornaria difícil o papel do Flamengo em manter o zagueiro no clube para a temporada de 2019.

Novos contratos em 2018:

– Lincoln – assinou 29/3/18 – Vínculo até 15/1/22 – multa exterior: 50 milhões de euros;

– Reinier – assinou 29/1/18 – Vínculo até 31/12/20 (primeiro contrato profissional do atleta de 16 anos) – multa exterior: 50 milhões de euros;

– Matheus Thuler – assinou 30/7/18 – Vínculo até 14/7/23 – multa exterior: 50 milhões de euros;

– Cuéllar – assinou 15/6/18 – Vínculo até 30/5/22 – multa exterior: 70 milhões de euros;

– Léo Duarte – assinou 17/9/18 – Vínculo até 31/12/22 – multa exterior: 50 milhões de euros.

Blog com Globoesporte

 

CSA terá alterações para bater de frente com o Brasil/RS
   22 de outubro de 2018   │     19:43  │  2

O time azulino será modificado pelo treinador Marcelo Cabo, já que os jogadores Juan, Pio, Dawhan e Walter disputam vaga no time titular que vai enfrentar o Brasil-RS, amanhã, no Estádio Rei Pelé, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Estas dúvidas do treinador azulino existem porque Juan e Pio voltam a ficar à disposição após terem cumprido suspensão pelo terceiro cartão amarelo recebidos diante da Ponte Preta.

Dawhan e Walter apresentaram um bom rendimento e poderão ter uma nova chance no time titular.

Leia mais na edição desta terça do seu blog preferido.

Arivaldo Maia

CRB precisa ‘secar’ o Sampaio Corrêa; CSA espera o Brasil/RS
   20 de outubro de 2018   │     10:39  │  0

O CRB voltou a vencer após sete jogos e conquistou um resultado muito importante na briga contra o rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro. O time alagoano recebeu o Goiás, no Rei Pelé, venceu com sobras por 2 a 0, pois perdeu uma penalidade máxima quando o placar estava em 0 x 0, e mesmo assim fez os gols da vitória, deixando a Zona de Rebaixamento.

O triunfo levou o CRB à 16ª colocação com 35 pontos, três a mais do que Sampaio Corrêa e Paysandu, que ainda jogam neste sábado e são os primeiros dentro do Z4, podendo prejudicar o Regatas.

O Goiás, com 53 pontos, segue na segunda colocação com seis pontos de vantagem em relação ao rival Atlético-GO, primeiro time fora do G4. O Avaí, em terceiro com 51, tem um jogo a menos e pode ultrapassar os goianos.

PRESSÃO DO CRB
A primeira etapa foi de domínio do CRB. O time da casa pressionou e só não abriu o placar porque o goleiro Marcos estava em noite inspirada, sendo muito exigido e praticando uma série de defesas antes do intervalo.

Na melhor chance do primeiro tempo, Willians Santana passou até por Marcos e rolou para Mazola finalizar, mas o zagueiro David Duarte se atirou na frente da bola para salvar o Goiás.

VITÓRIA MERECIDA
Na segunda etapa, o CRB seguiu desperdiçando chances. Aos dez minutos, Renato Cajá derrubou Willians Santana dentro da área e o árbitro paulista Leandro Bizzio Marinho não teve dúvidas para marcar pênalti. Na cobrança, no entanto, Everton Sena pegou mal na bola e mandou para longe.

De tanto insistir, aos 22 minutos, finalmente a torcida alagoana conseguiu tirar o grito de gol da garganta. Willians Santana arrancou pela direita e cruzou rasteiro para Iago pegar de primeira e estufar as redes.

Para garantir a vitória, já aos 44 minutos, Luiz Otávio marcou um golaço. O volante recebeu na entrada da área, cortou um marcador e bateu sem força, mas acertou o ângulo direito de Marcos, que pulou e não conseguiu alcançar.

PRÓXIMOS JOGOS
O Goiás volta a campo na próxima sexta-feira, quando recebe o Avaí, no Estádio Olímpico de Goiânia (GO), pela 33ª rodada da Série B. No dia seguinte, o CRB enfrenta o São Bento no Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP).

CSA TREINA FORTE PARA BATER O BRASIL/RS

O CSA retornou ontem aos treinamentos normais e poderá ter uma nova formação para o duelo da próxima terça, às 19h15, no Rei Pelé, diante do Brasil/RS, já que o lateral Juan e o volante Pio – até então titulares -, voltam a ficar à disposição da comissão técnica após terem cumprido suspensão na rodada passada. Se voltarem, resta saber quem sai porque o time se superou contra o Coritiba e trouxe para Maceió um empate (1×1) com sabor de vitória.

Diante do Coritiba, o CSA entrou em campo com Lucas Frigeri, Celsinho, Leandro Souza, Matheus Lopes e Rafinha (Rubens); Yuri, Dawhan, Daniel Costa (Echeverría) e Didira; Walter e Hugo Cabral (Xandão).

No Paraná, até quem vinha há um bom tempo afastado se destacou, como volante Dawhan e atacante Walter. A ultima vez que Dawhan esteve em campo foi no dia 8 de setembro, pela 26ª rodada. Foi inclusive o autor do gol da vitória por 2×1 sobre o Figueirense, em Florianópolis.

Walter vinha parado há mais tempo: desde o dia 20 de julho, no empate por 0x0 contra o Fortaleza, no Trapichão, pela 16ª rodada. Sua parada por quase três meses foi por causa de uma lesão no joelho esquerdo. Contra o Coritiba, foi dele a assistência para Didira fazer o gol do CSA e conquista um ponto.

Marcelo Cabo vai comandar treinos até segunda-feira, quando será iniciado o regime de concentração para o jogo contra os gaúchos.

Textos: Arivaldo Maia, Futebol Interior e Francisco Cardoso/Gazetaweb

Botafogo revela previsão de déficit de R$ 49 milhões em 2018 e aprova a antecipação de R$ 18,8 milhões
     │     0:01  │  0

   Viatura da PM garantiu a segurança reforçada do lado de fora do clube — Foto: Renan Moura
Viatura da PM garantiu a segurança reforçada do lado de fora do clube (Foto: Renan Moura)

 

Alívio para os cofres de General Severiano, pelo menos momentaneamente. Em reunião na noite desta terça-feira no Conselho Deliberativo, com apenas três votos contrários e uma abstenção, o Botafogo aprovou a operação de antecipação de R$ 18,8 milhões de receitas, referentes a 12% e 13% das cotas de televisão do Campeonato Carioca de 2020 e 2021, respectivamente. Com a quantia, a diretoria poderá pagar os salários atrasados de jogadores e funcionários.

O clube está com os vencimentos de agosto e setembro em atraso, e ainda tem mais três meses para quitar até o fim do ano. Só a folha do elenco é de aproximadamente R$ 3,5 milhões, valor que ao ser multiplicado por cinco dá R$ 17,5 milhões, quase o total da antecipação. Porém, ainda não será suficiente para fazer as contas de 2018 fecharem no azul. Em apresentação na reunião, o vice-presidente financeiro, Luiz Felipe Novis, revelou a previsão de um déficit de R$ 49 milhões.

Por isso, a diretoria não descarta precisar de novos adiantamentos ainda esse ano. A operação de R$ 18,8 milhões é a segunda antecipação de receitas feita em 2018. Em julho, o Alvinegro já havia antecipado parte do faturamento de 2019 para usar como garantia bancária para um empréstimo de R$ 8 milhões junto ao Banco Daycoval – dinheiro usado para quitar parcelas em atraso do Profut, para poder tirar a CND e assinar o contrato com a Caixa Econômica Federal.

Diferentemente da primeira reunião de antecipação de receitas, quando um grupo de aproximadamente 100 torcedores protestou contra a operação e invadiu General Severiano, desta vez não houve nenhum tumulto. Mas com receio de novas manifestações, o clube chegou a pedir reforço policial, e uma viatura da PM ficou estacionada do lado de fora da sede, como registrou o repórter Renan Moura, da “Rádio Globo”.

A longa reunião, de quase duas horas de duração, ficou marcada também por questionamentos de conselheiros da oposição, como por exemplo o ex-vice de futebol Antônio Carlos Mantuano e o vice-presidente da Chapa de Marcelo Guimarães na última eleição, Mauro Sodré. Eles criticaram a diferença de R$ 19 milhões entre os valores gastos em 2018: segundo nota oficial, foram usados R$ 92 milhões, mas o Conselho Fiscal apontou R$ 115,5 milhões.

Outro questionamento foi em cima do limite de 8,33% de antecipação de receitas por ano, anteriormente aprovado no Conselho Deliberativo. Com a nova operação, o adiantamento já está em torno de 16,64%, porém, ainda continua dentro dos limites estabelecidos pelo Profut, que é de 30% do primeiro ano do mandato subsequente – no caso 2021, quando terminará a gestão de Nelson Mufarrej.

Blog com Gazeta Esportiva