Criciúma rescinde com dupla por ‘comportamento inadequado’
   16 de setembro de 2020   │     19:31  │  0

Invicto na Série C do Campeonato Brasileiro, o Criciúma-SC precisou contornar neste meio de semana uma crise interna após uma briga envolvendo dois jogadores do seu elenco. O conflito foi registrado na noite da terça-feira, no Centro de Treinamentos Antenor Angeloni. A discussão entre o atacante Jajá e o zagueiro Cayque foi tão acalorada que a Polícia Militar precisou ser acionada.

“Houve um desentendimento entre dois jogadores do Criciúma e a Polícia Militar esteve no local e registrou o B.O. de ameaça, sendo que apenas uma das partes se encontrava no local”, afirmou a PM, em nota oficial.

O clube, após reunião entre diversas partes, incluindo os atletas, optou por rescindir o contrato com ambos, conforme divulgado também através de nota oficial. “O Criciúma comunica o desligamento dos atletas Jajá e Cayque na manhã desta quarta-feira (16/09) por comportamento inadequado no Centro de Treinamento Antenor Angeloni”, registrou o clube.

Jandir Breno Souza Silva, o Jajá, tem 21 anos e chegou ao Criciúma após passagens por Americano-RJ, Goytacaz-RJ, Boavista-RJ e Aparecida-GO. Marcou apenas um gol em 16 jogos com a camisa tricolor.

Cayque Ramos de Andrade, conhecido apenas como Cayque, é pouco mais novo, já que tem apenas 19 anos, e integrava o plantel sub-20 enquanto aguardava uma chance com o elenco profissional, comandado pelo técnico Roberto Cavalo.

Blog com ISTOÉ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *