Com morte de Zagallo, Dino Sani se torna o mais velho campeão do mundo vivo; lista
   7 de janeiro de 2024   │     9:00  │  0

Dino Sani se torna o mais velho campeão do mundo vivoDino Sani se torna o mais velho campeão do mundo vivo — (Foto: Arquivo / Agência O Globo)

Outros cinco ex-jogadores brasileiros aparecem entre os mais velhos campeões da Copa.

Com a morte de Zagallo, último titular da final da Copa de 1958 a dizer adeus, o posto de mais velho campeão do mundo vivo foi passado para um outro ex-jogador: o brasileiro Dino Sani, de 91 anos. O ex-volante foi companheiro do Velho Lobo no título Mundial de 1958, na Suécia, embora não fizesse parte do time titular.

Segundo o levantamento feito pelo Torcedores.com, outros cinco ex-jogadores brasileiros aparecem entre os campeões do mundo mais velhos vivos. Três venceram o Mundial de 1958

— Pepe, Moacyr e Mazzola —, um foi campeão de 1962 — foi o caso de Amarildo — e um conquistou o título em 1970 — Brito.

Além dos brasileiros, dois jogadores da Inglaterra, presentes na conquista de 1966, também estão vivos. George Eastman e Terry Paine, que integraram aquela equipe que derrotou a Alemanha na final, são os jogadores na lista dos campeões do mundo mais velhos vivos integraram aquela equipe que derrotou a Alemanha na final.
Os campeões do mundo mais velhos vivos:

Dino Sani (Brasil) – 91 anos
Pepe (Brasil) – 88 anos
Moacyr (Brasil) – 87 anos
George Eastman (Inglaterra) – 87 anos
Mazzola (Brasil) – 85 anos
Terry Paine (Inglaterra) – 84 anos
Amarildo (Brasil) – 84 anos
Brito (Brasil) – 84 anos

Arivaldo Maia com Redação do EXTRA