CRB apresenta Gegê e Formiga, e Paes destaca a versatilidade dos reforços
   6 de janeiro de 2024   │     5:00  │  0

O CRB apresentou ontem o meia Gegê e o lateral-esquerdo Willian Formiga, dois dos nove jogadores contratados até agora para a nova temporada.

Gegê estava no Vitória, e Willian vem do Ceará. Executivo de futebol do CRB, Thiago Paes falou na coletiva sobre os novos atletas e deu boas-vindas a eles.

– Atletas versáteis. Formiga é um jogador que já há alguns anos é acompanhado por nós, já houve tentativas de contratá-lo, e vem com um título de Copa do Nordeste na última temporada pelo Ceará.

O Gegê dispensa maiores apresentações, acabou de ser campeão com o Vitória, um jogador de extrema importância também. A gente agradece muito pela escolha que eles fizeram.

Willian Formiga e Gegê são apresentados pelo CRB — Foto: Francisco Cedrim/ASCOM CRB

Willian Formiga e Gegê são apresentados pelo CRB — (Foto: Francisco Cedrim/ASCOM CRB)

Aos 28 anos, Formiga tem 1,85 e falou sobre suas características. Ele chegou para substituir Guilherme Romão, negociado com o Atlético-GO.

– Sou um lateral de bastante força, de arrasto. Um pouco mais defensivo, mas vou sempre procurar trabalhar para chegar bem ao ataque – disse o lateral, que também pode atuar na zaga.

Gegê é um meia canhoto, de 29 anos, e avisou que seu objetivo é lutar pelo acesso na Série B. Ano passado, ele foi campeão com o Vitória e conhece bem o caminho.

– Vim porque gostei muito do projeto do CRB. Ano passado, pude ser campeão brasileiro e esse ano estou com muita vontade, muita sede de conquistar coisas grandes novamente. Vi no Thiago, na comissão técnica e no presidente essa vontade também de conquistar coisas grandes. Meu objetivo é chegar à Série A. É o meu objetivo e do clube também. Não será fácil, mas vamos trabalhar muito para isso.

Paes destacou na coletiva que Gegê pode ainda atuar como segundo volante, como atacante e ser um autêntico camisa 10. O meia falou sobre essa versatilidade.

– Há um tempo eu tinha um pouco de dificuldade de jogar em outras posições. Eu amadureci e hoje eu procuro dar o meu melhor para ajudar o meu grupo e o meu time.

Arivaldo Maia e Redação do ge – Alagoas