Abel Ferreira evita cravar permanência no Palmeiras ao desembarcar em Portuagal
   19 de dezembro de 2023   │     23:00  │  0

Abel Ferreira durante entrevista coletiva no Palmeiras após o título do PaulistãoAbel Ferreira é o treinador com mais títulos na história do Palmeiras – (Foto: Reprodução/TV Palmeiras/FAM)

Treinador voltou a falar sobre o exaustivo calendário do futebol brasileiro e declarou que, no momento, seu foco é descansar.

O técnico Abel Ferreira, do Palmeiras, desembarcou em Portugal, onde passará as férias com seus familiares. Em rápida entrevista com a imprensa local, o comandante lusitano até ressaltou que tem contrato com o Verdão até o fim de 2024, mas evitou cravar sua permanência no Palestra.

Mais uma vez, o treinador falou sobre o exaustivo calendário do futebol brasileiro e declarou que, no momento, seu foco é descansar. “Eu tenho contrato, isso é o que é certo. A única coisa que é certa é isso, é que tenho contrato e gosto de estar no Palmeiras. Agora, nós sabemos que a única certeza no futebol, a única constante no futebol, e não é só no futebol, é na vida, é a incerteza.

Mas a verdade é essa: eu tenho contrato com o Palmeiras, gosto de estar no Palmeiras, mas agora o mais importante é vir para casa, descansar, porque o Campeonato Brasileiro é muito exigente e não são três meses, são três anos. O importante agora é descansar”, declarou.

Na semana passada, pouco depois da conquista do Brasileirão 2023, a diretoria do Palmeiras indicou que Abel Ferreira não deixaria o clube. “Em reunião com a presidente Leila Pereira, nesta sexta-feira (08), na Academia de Futebol, o técnico Abel Ferreira reforçou ter contrato vigente com o Palmeiras até dezembro de 2024.

Leila e Abel avaliaram os objetivos alcançados pelo clube em 2023, com a conquista de três títulos em cinco competições disputadas, e deram continuidade ao planejamento para a próxima temporada, que tem sido desenvolvido há meses pela comissão técnica em conjunto com o Departamento de Futebol”, disse a diretoria do Verdão, em nota divulgada nas redes sociais.

A permanência de Abel Ferreira foi colocada em xeque após uma proposta do Catar chegar na mesa do comandante. De acordo com o apresentador Thiago Asmar, o Pilhado, da Jovem Pan Esportes, o Al-Sadd ofereceu 10 milhões de euros por temporada ao português.

Em diversas declarações públicas, Abel também demonstrou estar cansado da rotina do futebol brasileiro, que implica em longas viagens.

Contratado pelo Palestra em 2020, o treinador levou a equipe a nove títulos em três anos, sendo dois da Libertadores e outros dois do Brasileirão. Caso permaneça, ele já terá outra disputa no início de fevereiro, diante do São Paulo, pela Supercopa do Brasil.

Arivaldo Maia com Redação da Jovem Pan – São Paulo