Internacional respira na luta contra o rebaixamento no Brasileirão e afunda o Cruzeiro
   7 de novembro de 2023   │     14:00  │  0

(Foto Reprodução –  Sport Club Internacional)

O Cruzeiro voltou a ficar em alerta na briga contra o rebaixamento no Brasileirão. Depois de conquistar duas vitórias seguidas e dar pinta de que poderia respirar, o time comandado por Zé Ricardo acabou sofrendo a segunda derrota seguida ao ser superado pelo Internacional pelo placar de 2 a 1, mesmo jogando no Mineirão, em Belo Horizonte. Já os gaúchos ganham enorme respira na luta para fugir do perigo.

Com gols de Maurício e Wanderson, o Inter se reabilitou após dois jogos de jejum. Bruno Rodrigues foi quem descontou no fim, de pênalti. Agora o time gaúcho aparece na 11ª colocação, com 42 pontos. Já o Cruzeiro, que saiu de campo com gritos de torcida de “time sem vergonha”, é 16º colocado, com 37 pontos, sendo o primeiro fora da zona de rebaixamento.

Apesar de o Cruzeiro ter começado melhor, tentando aproveitar o fator casa para fazer um abafa inicial, o Internacional conseguiu abrir o placar logo na sua primeira descida ao ataque. Aos 13 minutos, Enner Valencia recebeu na área e tocou para Bustos, que não conseguiu chutar, mas a bola sobrou livre para Maurício. Ele vinha logo atrás e chegou batendo para o fundo das redes, superando o goleiro Rafael.

Depois do gol, o Internacional passou a trocar passes no meio-campo, enquanto o Cruzeiro tinha dificuldades de incomodar o goleiro Rochet. A principal oportunidade de empate aconteceu aos 32 minutos, quando Matheus Pereira cobrou uma falta perigosa e acertou o travessão.

Na volta do intervalo, o duelo seguiu movimentado e não demorou para o Internacional ampliar. Aos sete minutos, Johnny roubou a bola na intermediária, foi avançando e tocou para Wanderson. Ele invadiu a área e tocou no cantinho direito de Rafael, que até se esticou, mas não conseguiu fazer a defesa.

Mesmo atrás no placar, o Cruzeiro não desistiu e continuou assustando em bolas paradas. Aos 26 minutos, em mais uma cobrança de falta, Marlon bateu com capricho e acertou o travessão, outra vez. Mas, depois de tanto tentar, conseguiu descontar nos acréscimos. Aos 46, Bruno Rodrigues foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Ele mesmo foi para a cobrança e não desperdiçou. Não deu tempo de buscar o empate, porém, mesmo com pressão final.

Agora os dois times voltam a campo em momentos distintos no Brasileirão. Amanhã, o Internacional recebe o Fluminense, no estádio Beira-Rio, às 19h, pela 33ª rodada. O Cruzeiro, que estará de ‘folga’ no meio de semana, visita o Coritiba, no sábado, às 16h.

Arivaldo Maia com Redação do ESTADÃO CONTEÚDO