Aos 32 anos, Hazard anuncia aposentadoria do futebol
   12 de outubro de 2023   │     3:00  │  0

Eden HazardAtacante Eden Hazard anunciou na terça-feira, 10, sua aposentadoria do futebol – (Foto: Reprodução/ Instagram @hazardeden_10)

Atacante estava sem clube desde junho, quando acabou seu contrato com o Real Madrid.

O atacante belga Eden Hazard anunciou na última terça-feira, 10, sua aposentadoria do futebol. O jogador, que teve passagem marcante pelo Chelsea e que também se destacou nas últimas Copas do Mundo pela seleção, estava sem clube desde junho, quando acabou seu contrato com o Real Madrid.

“É preciso escutar a si mesmo e dizer basta no momento adequado. Depois de 16 anos e mais de 700 partidas jogadas, decidi pôr fim a minha carreira como jogador profissional. Pude fazer meu sonho realidade. Joguei e me diverti em muitos campos do mundo inteiro. Durante a minha carreira, tive a sorte de conhecer grandes dirigentes, treinadores e companheiros de equipe. Obrigado a todos por esses grandes momentos. Sentirei falta de todos. Quero agradecer também aos clubes em que joguei: Lille, Chelsea e Real Madrid; e agradecer à Federação Belga de Futebol por minha seleção belga. Um agradecimento especial à minha família, meus amigos, meus assessores e às pessoas que estiveram perto de mim nos momentos bons e ruins. Finalmente, muito obrigado a vocês, meus fãs, que me acompanharam durante todos esses anos, e por seu apoio em todos os lugares onde joguei”, disse Hazard.

O belga iniciou a carreira no Lille, da França, aos 16 anos. Logo na primeira temporada ele foi eleito o melhor jovem do Campeonato Francês. Em 2011, foi um dos destaques do time na conquista da liga francesa e da Copa da França. Em 2012, Hazard assinou com o Chelsea. No clube inglês, viveu a melhor fase e esteve entre os principais jogadores do mundo. Em 2019, o belga foi transferido para o Real Madrid, onde não manteve o mesmo desempenho devido a lesões e problemas com a forma física. Na seleção, Hazard disputou três Copas do Mundo: 2014, 2018 e 2022. Inclusive, ele foi capitão quando a seleção belga eliminou o Brasil nas quartas de final de 2018.

Arivaldo Maia com Redação da Jovem Pan – São Paulo