Zagueiro que tietou Messi em amistoso em março é morto a tiros no Panamá
   5 de setembro de 2023   │     13:30  │  0

Messi e Gilberto Hernández (Matias Baglietto/NurPhoto via Getty Images)
Gilberto Hernández em lance tentando parar Messi no recente amistoso com o Panamá –
(Foto: Divulgação)

 

Uma tragédia tomou conta do futebol do Panamá na madrugada do último domingo. O zagueiro Gilberto Hernández, do CA Independiente, foi morto a tiros enquanto estava na rua na cidade de Colón. Ele foi levado ao hospital, mas não resistiu. Outras sete pessoas ficaram feridas pelo tiroteio.

O episódio aconteceu quando dois homens chegaram de táxi ao local onde estava Hernández e começaram a abrir fogo. Houve um aumento no número de assassinatos no local em razão do conflito entre duas gangues que disputam território para a venda de drogas. Porém, não se sabe se o defensor tinha alguma relação com o crime ou não.

Além do CA Independiente, Gilberto Hernández também defendia a seleção do Panamá. Em março deste ano, esteve presente no amistoso com a Argentina realizado no Estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires.

O time argentino levou a melhor por 2 a 0, mas o defensor panamenho levou para casa um troféu: uma foto com craque Lionel Messi, um dos autores dos gols argentinos na partida.

A Federação Panamenha e o clube que Hernández defendia se manifestaram nas redes sociais. “A Federação Panamenha de Futebol lamenta a sensível morte de Gilberto Hernández, jogador do CAIPanama do LPFpanama . A FEPAFUT (Federação Panamenha de Futebol)apresenta suas condolências à sua família e entes queridos, bem como a toda a família do CAI e do futebol panamenho. PAZ PARA SUA ALMA”, postou a entidade.

Gilberto Hernández, da seleção do Panamá, tirou foto com Messi após amistoso — Foto: Reprodução

Gilberto Hernández, da seleção do Panamá, tirou foto com Messi após amistoso recente — (Foto: Reprodução)

Arivaldo Maia com  Redação do ge — Colón, Panamá

© Gazeta de Alagoas Online Ltda. Todos os direitos reservados.