CSA tem contrato com Ray Vanegas, Paulo César e Marciel até 2024
   30 de agosto de 2023   │     9:00  │  0

Ray Vanegas segue como jogador do Azulão – (Foto: Morgana Oliveira – CSA)

Jogadores ainda podem receber propostas de clubes da Série B e saídas não estão descartadas.

Nos bastidores, o CSA ainda tenta juntar os cacos da eliminação para montar o time de 2024. O planejamento está em fase inicial, contudo, alguns pilares podem ser mantidos. Alguns jogadores do atual elenco possuem contrato até o ano que vem, casos do atacante Ray Vanegas, o zagueiro Paulo César e o volante Marciel Silva.

Nenhum deles foi titular com o técnico Marcelo Cabo, mas, de acordo com a apuração da Gazetaweb.com, o atacante e o meia possuem contrato até abril de 2024. Paulo César é o único com o vínculo mais longo, até novembro do ano que vem. Além deles, jogadores formados no Azulão também seguem com contrato, casos do zagueiro Tito e do volante Almir Luan.

Entretanto, isso não é uma garantia de que o trio permaneça no clube para o ano que vem. Com a “nova janela” da Série B aberta até o dia 15 de setembro, esses atletas podem ser negociados, em caso de interesse de algum clube da Segundona. Algo parecido com o que aconteceu com Gabriel Taliari, Iago Teles, Rafael Forster e Tomas Bastos.

A reportagem também apurou que, com exceção desses jogadores citados, a maioria do elenco possui contrato até o dia 15 de novembro. Sendo assim, caso não haja renovação, os jogadores ficarão livres no mercado. Inclusive, já podem assinar pré-contrato com outro clube. Um que encaixa nesse perfil é o goleiro Dalberson, destaque do time na Série C.

Por parte da torcida, o arqueiro é querido e uma permanência seria bem-vinda. Todavia, as partes precisam negociar uma possível renovação de contrato.

Um outro jogador que deve estar de malas prontas para deixar Maceió é o volante Bruno Matias. De acordo com o repórter do Timaço Warner Oliveira, o meia tem proposta do Tombense. Rhayner, que nem foi relacionado para o jogo contra o Amazonas, também não deve ficar.

Arivaldo Maia, Guilherme Nobre e Fernanda Medeiros – Redação da Gazetaweb