Jefferson exalta campanha do Botafogo e ironiza quem acredita que o time é “cavalo paraguaio”
   5 de agosto de 2023   │     17:00  │  0

Jefferson chegou ao Botafogo em 2003 e se tornou ídolo da torcida alvinegra

Jefferson chegou ao Botafogo em 2003 e se tornou ídolo da torcida alvinegra

(FOTO: ARENA/ESTADÃO CONTEÚDO)

Ídolo do Botafogo, o ex-goleiro Jefferson nunca deixou de acompanhar o clube após a aposentadoria. Em entrevista, ele ironizou quem diz que o Alvinegro, líder do Campeonato Brasileiro com 12 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, é “cavalo paraguaio”.

A expressão é usada para times que lideram a competição durante boa parte do tempo e depois perdem o fôlego.

“Pode deixar todo mundo pensar que vai ser cavalo paraguaio. Enquanto as pessoas falam isso, o Botafogo avança e vai chegando. Quem acha que o Botafogo vai perder força, quando acordar será tarde”, provocou no podcast PodPah.

Jefferson tem acompanhado o time pela televisão e também presencialmente em alguns jogo.

“É a maior campanha que o Botafogo vem fazendo, disparado. O importante é vibrar quando ganha, que é o que estou fazendo”, disse.

Jefferson atuou pelo Botafogo entre 2003 e 2004 e depois voltou ao clube em 2009, permanecendo até 2018, quando se aposentou.

Ele também teve aparições na Seleção Brasileira, como reserva, na conquista da Copa das Confederações de 2013 e na campanha da Copa do Mundo de 2014.

Arivaldo Maia com Redação da Gazeta Esportiva