Neymar revela que cogitou deixar Seleção: ‘Vão ter que aguentar de novo’
   23 de julho de 2023   │     20:30  │  0

Neymar pela Seleção Brasileira  –

Neymar na Seleção Brasileira –

(Foto: Lucas Figueiredo/CBF / Jogada10)

 

Camisa 10 revelou que chorou por quase uma semana após a derrota para a Croácia nas quartas de final da Copa de 2022.

Neymar cogitou a ideia de deixar a Seleção Brasileira após a eliminação para a Croácia na Copa do Mundo do Qatar. A afirmação é do próprio jogador que, em entrevista ao streamer Casimiro, também assegurou que vai continuar na equipe Canarinho.

“Eu, pós-Copa do Mundo, sinceridade mesmo, não queria voltar, não. Mas repensei. Porque eu sou muito fominha, né? Eu repensei. Pós-Copa eu não queria, não passar pela dor de perder, mas por ver minha família sofrendo muito, isso pesa bastante. Mas eles vão ter que aguentar de novo (risos). Vai dar bom, tem que dar”, iniciou.

O atacante disse que não segurou as lágrimas por quase uma semana. Ele ressaltou o enredo da partida, em especial o que correu após o gol que marcou na prorrogação:

“Chorei durante uns cinco dias seguidos. Dói muito. Teu sonho ir embora do nada assim, do jeito que foi. Eu preferia muito bem não ter feito gol, estar 0 a 0 e ter perdido nos pênaltis, do que ter feito o gol, tomado o gol, e depois perdido nos pênaltis”.

Neymar: ‘O pior momento da minha vida’
Neymar contou, ainda, que a queda nos pênaltis na disputa frente aos croatas foi a experiência negativa mais marcante que já vivenciou.

“O pior momento da minha vida. Parecia um velório, um chorando de um lado, outro chorando do outro. Um clima completamente pesado. Foi horrível, uma sensação que não quero passar de novo”, frisou.

Por fim, o camisa 10 do Brasil ressaltou que atuou com dores e que não estava com 100% de suas condições físicas após uma lesão no tornozelo no jogo de estreia, diante da Sérvia.

“Foi uma das piores semanas da minha vida. Além de eu estar machucado, isso ninguém sabia, fiquei muito doente. Fazia o tratamento deitado na cama, dormindo o dia inteiro. Só ficava com o pé fora da cama, e o fisioterapeuta ficava lá fazendo todo tipo de tratamento. Primeiro dia fiquei até 10h30 fazendo tratamento, e o Marquinhos ficou me fazendo companhia”, concluiu.

Sem jogar desde 19 de fevereiro, quando sofreu nova lesão no tornozelo direito durante partida do Paris Saint-Germain. Neymar passou por cirurgia em março, no Qatar. Assim, ele vive o período de maior ausência em jogos na carreira. Recentemente, o brasileiro recebeu liberação para participar dos treinamentos coletivos.

O primeiro amistoso de pré-temporada do PSG será nesta sexta-feira (21) frente ao Le Havre. Em seguida, o time segue viagem para amistosos no Japão. Sob o novo comando de Luis Enrique, os franceses enfrentam Al-Nassr (em 25 de julho), Cerezo Osaka (28) e conclui a tour diante da Inter de Milão, em 1º de agosto. O compromisso que marcará a estreia oficial na temporada será em 13 de agosto, contra o Lorient, na capital francesa.

Arivaldo Maia com Redação Jogada10