CRB pode fazer a diferença nas lutas contra a queda e por acesso
   19 de outubro de 2022   │     12:00  │  0

CRB tem 46 pontos no Brasileiro da Série B — Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

CRB tem 46 pontos no Brasileiro da Série B — (Foto: AILTON CRUZ)

Galo enfrenta ainda três adversários com ambições na Série B.

O CRB não corre mais risco de queda e também não tem chances de acesso. Nos três jogos finais, segundo o meia Rafael Longuine, vai tentar buscar a melhor classificação possível.
Hoje, o time ocupa a 10ª posição na Série B, com 46 pontos, mas seus próximos adversários ainda têm metas importantes a cumprir. Longuine falou sobre essa reta final da Série B.

– Estamos com um pouco mais tranquilidade, pelo fato de termos atingido esse número antes. Por outro lado, a gente tem o comprometimento com o grupo, o clube, a torcida, todos que trabalham aqui, a gente tem que ser muito profissional. Sem dúvida nenhuma, a gente vai tentar vencer esses jogos para terminar bem o campeonato. É óbvio que não era o que a gente queria, o que almejava, mas, diante das dificuldades desse ano, com uma Série B bastante disputada, bastante difícil, terminar bem o ano, jogando bem dentro de casa, é importante demais – comentou Longuine.

A intervenção dos resultados nos dois lados da tabela aumenta também a responsabilidade dos jogadores regatianos. Na sequência, o CRB enfrenta o Operário, sexta, em casa, e o Brusque, fora.

Esses dois times estão em situação desesperadora no campeonato e lutam para escapar do rebaixamento.

Na última rodada, o CRB enfrenta o Bahia, no Rei Pelé, dia 6 de novembro. O adversário tem hoje 57 pontos e luta diretamente pelo acesso.

No primeiro turno, nessa mesma sequência, o CRB conquistou cinco pontos, empatando com Brusque e Bahia por 1 a 1 e vencendo Operário por 3 a 2.

ORGANIZAÇÃO DA DIREÇÃO DO CRB TAMBÉM FEZ A DIFERENÇA

Mário Marroquim diz que CRB deve anunciar reforços — Foto: Divulgação/CRB

Mário Marroquim comandou uma equipe de trabalho eficiente, evitando sustos para o seu torcedor na Série B — (Foto: Divulgação/CRB)

O torcedor do Galo não pode esquecer, neste ano de 2022, a harmonia imposta pelo presidente Mário Marroquim ao seu grupo de trabalho. Neste quesito o CRB venceu seu maior rival, o CSA, de goleada. 10 x 0 não seria exagero!

Além do comando forte, sem qualquer informação de problemas entre sua diretoria, o Galo manteve os dirigentes certos nos postos mais importantes do seu dia a dia.

O Executivo de Futebol, por exemplo, é uma  reveleção do clube. O jovem e competente Thiago Paes é um estudioso e obvservador da melhor qualidade do futebol brasileiro. Pesquisa os clubes e sempre encontra boas soluções para o CRB, sem, em nenhum momento, procurar destaque na mídia esportiva.

Quando o time tem que jogar fora de casa, o Supervisor Lima Verde, com a sua tradicional ‘Logística’, faz um excelente gerenciamento. Ele também é um profissional alagoano, formado nos dois maiores clubes de Alagoas.

Claro que outros alvirrubros importantes também foram decisivos. O Conselho Deliberativo jogou junto com o time na Série B, apoiando o presidente Marroquim em todos os momentos.

Apesar de tudo, com muita dificuldade pela qualidade da Série B de 2022, recheada de times da Série A, o Regatas conseguiu manter sua vaga em 2023. No meio da tabela, entre os 10 melhores clubes da competição, tem razões de sobra para comemorar.

Textos: Arivaldo Maia e Redação do ge – Alagoas