José Roberto Wright é contra a proibição da paradinha
   1 de outubro de 2009   │     0:01  │  0

JOSÉ ROBERTO WRIGTH ACHA QUE PARADINHA NÃO PODE DEIXAR DE EXISTIR
JOSÉ ROBERTO WRIGHT ACHA QUE PARADINHA NÃO PODE DEIXAR DE EXISTIR

O ex-árbitro de futebol, José Roberto Wright se posicionou contra as declarações do presidente da Fifa, Joseph Blatter, que pretende proibir o uso da paradinha nas cobranças de pênaltis.

– Se o Blatter é contra a paradinha, ele vai ter que mudar a regra. Pois, dá maneira que está, não há dúvidas de sua legalidade. Antes, a regra dizia que o pênalti deveria ser cobrado em um único movimento. Há uns três ou quatro anos atrás, mudou e foi retirado este trecho – disse Wright, que lembrou que o pênalti não pode favorecer quem o comete.

– Tudo bem, é ruim para o goleiro e o atacante leva vantagem. Mas temos de pensar que o pênalti é uma punição ao time que fez uma falta dentro da área, evitando um gol. Assim, se mudarem a regra, estarão beneficiando o infrator. Não concordo com esta posição – concluiu.

Tags: