Corinthians é humilhado no retorno de Ronaldo
   21 de setembro de 2009   │     0:02  │  0

FERNANDÃO COMANDOU O "CHOCOLATE" DO GOIÁS EM CIMA DO CORINTHIANS
FERNANDÃO COMANDOU O “CHOCOLATE” DO GOIÁS EM CIMA DO CORINTHIANS

Mesmo jogando fora de casa e diante de um Pacaembu lotado, o Goiás estragou a festa de retorno do atacante Ronaldo e goleou o Corinthians por 4 a 1, neste domingo, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os gols da equipe goiana foram marcados por Iarley (2), Fernandão e João Paulo. Dentinho marcou o gol de honra do time alvinegro.

Com a derrota, o Corinthians, que teve sua série de seis jogos invictos quebrada –três vitórias e três empates –, permanece com 37 pontos.

Já o Goiás, que na última rodada tinha perdido para o Barueri por 3 a 1, reassumiu a quarta posição, com 42 pontos –dois a menos que o líder Palmeiras, que enfrenta o Cruzeiro na próxima quarta-feira, no Mineirão.

A partida marcou o retorno do atacante Ronaldo após 56 dias longe dos gramados em virtude de fraturas no terceiro e quarto metacarpos da mão esquerda –também passou por uma lipoaspiração. A lesão aconteceu no dia 26 de julho, quando o Corinthians foi derrotado pelo Palmeiras por 3 a 0, em Presidente Prudente.

Ronaldo esperava ter uma boa atuação para ser convocado pelo técnico da seleção brasileira, Dunga, para os dois últimos jogos das eliminatórias sul-americanas contra Bolívia e Venezuela, em outubro.

O jogador procurou se movimentar bastante no início do jogo, mas sentiu a falta de ritmo. A sua melhor jogada foi aos 23min da etapa complementar, quando passou por dois adversários e chutou para defesa do goleiro. Ele ainda cobrou uma falta no travessão.

Se Ronaldo estava presente, o técnico do Corinthians, Mano Menezes, tinha vários desfalques. Ele não contou com o atacante Jorge Henrique, com o zagueiro William, com o o lateral-esquerdo Escudero e com o volante Edu, lesionados, além de Paulo André, suspenso. Outro desfalque foi o meia argentino Matias Defederico, que veio do Huracán, mas ainda não estreo, já que não teve sua documentação regularizada.

Com isso, o treinador apostou no esquema tático 3-5-2 e não obteve sucesso. Na etapa complementar, Mano Menezes voltou com o atacante Bill no lugar do zagueiro Chicão, que saiu lesionado. Assim, o Corinthians passou a atuar no 4-3-3. A equipe melhorou, mas não o suficiente para evitar a derrota.

Na próxima rodada, o Corinthians busca a reabilitação contra o São Paulo, domingo, no Morumbi, enquanto o Goiás recebe o Grêmio.

Tags:,