Category Archives: Uefa

UEFA proíbe partidas entre equipes da Rússia e Ucrânia por causa de impasse
   19 de julho de 2014   │     0:02  │  0

De acordo com a UEFA, as equipes da Rússia e da Ucrânia estão proibidas de se enfrentar na terceira pré-eliminatória da Champions League. Os dois países vivem um impasse político que poderia trazer perigo aos envolvidos com o esporte.

Através de um comunicado, a entidade disse que as federações do países ‘expressaram preocupações quanto à segurança no caso dos respectivos países forem sorteados para um jogo do torneio.”

Desta forma, nesta fase do torneio não poderão se enfrentar: Zenit (da Rússia) e Dnipro (da Ucrânia).

A UEFA também disse que não poderão ser realizados jogos em Israel: ‘devido à atual situação de segurança’. Com isso os clubes que estão em algum torneio poderão apresentar propostas para atuarem fora do país.

De acordo o jornal Folha, Israel está em conflito com palestinos, depois da morte de três jovens israelenses e um palestino.

Após ser flagrado em doping, Sonnen anuncia aposentadoria
   13 de junho de 2014   │     0:02  │  0

<img src=”http://p2.trrsf.com/image/fget/cf/460/340/images.terra.com/2014/06/10/chael-sonnen.jpg” width=”460″ height=”340″ title=”Sonnen já não lutaria com Belfort por ter sido pego no doping Foto: Divulgação” alt=”Sonnen já não lutaria com Belfort por ter sido pego no doping Foto: Divulgação” class=”image” />

Sonnen já não lutaria com Belfort por ter sido pego no doping

 

Depois de ter sido flagrado no teste antidoping surpresa realizado pela Comissão Atlética de Nevada e ser retirado do UFC 175, Chael Sonnen anunciou que está se aposentando do MMA. Na última quarta-feira, durante o programa UFC Tonight, apresentado pelo próprio lutador,  o americano colocou um ponto final em sua carreira.

Sonnen foi um dos técnicos da terceira edição do reality show The Ultimate Fighter Brasil e lutaria contra Wanderlei Silva, seu rival no programa, no dia 5 de julho, em Las Vegas, Estados Unidos. Porém, o brasileiro não apareceu para fazer exames médicos obrigatórios e acabou excluído do evento. Para seu lugar, foi chamado Vitor Belfort, mas a luta também não acontecerá.

Chael Sonnen luta profissionalmente há 17 anos, sendo os últimos cinco pelo UFC. Conhecido por provocar muito seus adversários, o americano conquistou grandes lutas através da sua fama de falastrão. Ele lutou duas vezes, e perdeu ambas, com Anderson Silva, teve sua oportunidade de cinturão com Jon Jones, mas também foi derrotado.

Sonnen criou uma grande rivalidade com os brasileiros ao provocar Anderson Silva e falar mal do Brasil. Em 2012, antes da revanche contra o brasileiro, Sonnen chegou a falar mal da mulher do lutador, dizendo que arrombaria a porta de trás da sua casa e daria um “tapinha na bunda de sua mulherzinha”. Ainda antes do combate, ele também disse que traria na bagagem produtos que não existiam no Brasil, como sabonete e computador.

Porém, depois da participação no TUF 3, Sonnen conseguiu mudar sua imagem no País, acabou aplaudido no Ginásio do Ibirapuera e chegou até a sonhar em lutar no Brasil com a torcida a seu favor. Porém, por suas declarações, essa luta nunca deverá acontecer.

Uefa aprova criação da Liga das Nações
   29 de março de 2014   │     0:02  │  0

Os delegados que participaram do congresso da Uefa, durante esta semana, em Astana, no Cazaquistão, votaram por unanimidade pela criação de um novo campeonato gerenciado pela Uefa: a Liga das Nações.

Ainda não foram divulgados detalhes do torneio, porém, o que se sabe é que todas as 54 seleções filiadas à Uefa participarão e serão divididas em quatro grupos. A competição tem como objetivo substituir os amistosos internacionais e começará a valer a partir de 2018.

 

Uefa seleciona os apelidos mais curiosos do futebol europeu
   5 de fevereiro de 2014   │     0:03  │  0

O futebol brasileiro sempre foi pródigo em apelidos. Inúmeros craques ganharam o mundo sendo chamados por sua alcunha. Aliás, é difícil imaginar que Pelé e Garrincha teriam feito o mesmo sucesso se fossem conhecidos por Edson e Manuel, respectivamente.

Na Europa, é corriqueiro os jogadores serem chamados pelo sobrenome. Mas no quesito apelido o Velho Mundo não deixa tanto a desejar.

O site da Uefa elencou os ‘codinomes’ mais engraçados de todos os tempos do futebol europeu. Na lista, pode-se encontrar também jogadores sul-americanos, mas quem fizeram sucesso na Europa, casos do argentino Zanetti e do mexicano Javier Hernández.

Confira, abaixo, alguns dos apelidos mais pitorescos do futebol europeu, com sua respectiva explicação:

Assassino com cara de bebê (Solskjaer): Fez sucesso no Manchester United nos anos 90. O norueguês, hoje técnico do Cardiff, ganhou o apelido por conta do seu rosto de garoto e a incrível facilidade em marcar gols.

Bieber (Kokorin): Sensação do futebol russo, Kokorin tem algumas semelhanças com o ídolo teen Justin Bieber.

Dino (Koller): No alto dos seus 2,02 de altura, Koller sequer precisava saltar para cabecear. Assim fez muitos gols pelo Borussia Dortmund e pela seleção tcheca. E foi presenteado com a carinhoso apelido de Dino, diminutivo de dinossauro.

Cabeça de dragão (Munteanu): Parceiro de Hagi na seleção romena, Munteanu chamava também a atenção pelo tamanho privilegiado de sua cabeça. Em romeno, era conhecido como Cap de Zmeu, ou cabeça de dragão.

Harry Potter (Quaresma): A eterna promessa do futebol português fez algumas mágicas no início de carreira, quando defendia o Porto.

A pequena ervilha (Javier Hernández): O atacante mexicano do Manchester United herdou o apelido de seu pai, Chicharo, ervilha em espanhol, por conta dos seus olhos verdes. Javier Hernández, então, ficou com a versão mais ‘infantil’ da alcunha.

Homem-cobra (Rensenbrink): O famoso atacante holandês se caracterizava pelo seu corpo esguio, o que lhe rendeu o apelido de De Slangemens, ou homem-cobra.

Trator (Zanetti): Aos 40 anos, Zanetti continua justificando o seu apelido na Inter de Milão. Foi chamado assim por conta de sua entrega em campo, e pelo estilo sempre persistente e batalhador.

Tio (Bergomi): Em um dos seus primeiros treinos na equipe principal da Inter de Milão, Bergomi, então com 18 anos, apareceu com um vistoso bigode. Surpreso, o seu colega Marini questionou: “O quê? Você tem mesmo 18 anos? Parece meu tio”.

Esfinge (Robert Herbin): Técnico do St.Étienne nos anos 70, Herbin ostentava uma não tão bela juba ruiva. Além disso, suas coletivas eram sempre carregadas de um tom enigmático. Daí o apelido.

O gigante adormecido (Pavlyuchenko): Enquanto treinava a seleção russa, o holandês Guus Hiddink se impressionou com a altura de Pavlyuchenko – 1,88m – e o fato de não causar muitos estragos na maioria dos jogos, mas geralmente resolver em partidas decisivas.

Ferguson é nomeado embaixador de técnicos da Uefa
   27 de janeiro de 2014   │     0:07  │  0

Sir Alex Ferguson dirigiu o Mancheter United durante 27 anos. Precisa dizer algo mais?

Sir Alex Ferguson dirigiu o Manchester United durante 27 anos. Precisa dizer algo mais?

A Uefa anunciou no final de semana, durante reunião do seu Comitê Executivo, em Nyon, na Suíça, que foi nomeado novo embaixador de técnicos da entidade que controla o futebol europeu. Aposentado desde maio do ano passado, quando encerrou uma era histórica de 27 anos à frente do Manchester United, o ex-treinador escocês irá supervisionar os programas do organismo voltados aos técnicos e disse que será “uma honra e um privilégio aceitar este papel”.

A Uefa informou que Ferguson terá de formar parte do grupo de estudos técnicos da Liga dos Campeões e dirigirá o Fórum de Treinadores de Clubes de Elite da entidade, em setembro, quando os comandantes dos melhores times do Velho Continente conversarão sobre aspectos táticos e técnicos do futebol.

Ferguson também vai participar da Conferência de Seleções Nacionais, do Seminário de Formação de Treinadores e o Seminário de Intercâmbio de Formação de Treinadores da Uefa, além de compartilhar suas experiências com a nova geração de técnicos.

Atualmente com 72 anos de idade, Ferguson acumulou um total de 38 títulos pelo Manchester United, entre eles os da Liga dos Campeões de 1999 e 2008. Em seu último ano de carreira, conquistou o seu 13º título do Campeonato Inglês sob o comando da equipe de Old Trafford, onde ele ainda trabalha como um diretor do clube.