Category Archives: Treinadores

Santos empata na estreia de Jesualdo Ferreira
   25 de janeiro de 2020   │     0:04  │  0

Jesualdo Ferreira, técnico do Santos

Jesualdo Ferreira, técnico do Santos (Foto: GUILHERME DIONíZIO//ESTADÃO CONTEÚDO)

A estreia de Jesualdo Ferreira como técnico do Santos foi sem gols. O Peixe empatou por 0 a 0 com o Bragantino, na Vila Belmiro, pela primeira rodada do Campeonato Paulista. E poderia ter sido pior: o time de Bragança Paulista assustou a equipe da casa, especialmente no segundo tempo, quando perdeu chance cara a cara com Everson e acertou o travessão santista.

O empate foi suficiente para o Santos, com um ponto, assumir a ponta do Grupo A, já que as outras três equipes da chave perderam: a Ponte Preta para o Santo André (3 a 2), o Água Santa para o São Paulo (2 a 0) e o Oeste para o Novorizontino (2 a 0). O Bragantino divide a vice-liderança do Grupo D com a Ferroviária.

As duas equipes voltam a campo apenas na segunda-feira, encerrando a segunda rodada do Paulistão. O Bragantino recebe a Inter de Limeira em Bragança Paulista, ao passo que o Santos visita o Guarani em Campinas.

A estreia

Jesualdo Ferreira, aos 73 anos, viveu sua estreia pelo Santos. Ao ir a campo, o treinador português teve o nome gritado pela torcida. Depois, durante o jogo, se mostrou muito mais comedido do que seu antecessor, o frenético Jorge Sampaoli. Mas também participou da partida: gesticulou, orientou, trocou ideias com seus auxiliares.

Boa impressão

Foram bons os primeiros recados deixados em campo pelo Bragantino no Paulistão. Com as estreias de alguns de seus principais reforços (Arthur desde o começo e Thonny Anderson no segundo tempo), o time de Bragança Paulista encarou o Santos de frente no primeiro tempo e foi superior na etapa final. Comprovou que o alto investimento, muito acima do normal para um clube do interior, pode trazer resultados práticos em campo.

Blog com Globo Esporte

Barbieri avalia estreia do CSA com nota 11
   24 de janeiro de 2020   │     21:00  │  0

Maurício Barbieri, técnico do CSA — Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

 

O técnico Maurício Barbieri, (foto acima/AILTON CRUZ), avaliou de forma positiva a atuação do CSA na partida de abertura do Campeonato Alagoano. Em Olho d’Água das Flores, o Azulão derrotou o CEO por 1 a 0. Na opinião do treinador, a equipe superou as dificuldades e mereceu além da nota máxima.

– Passamos 20 dias treinando para ser uma equipe leve, com posse de bola , mas o campo não permitia isso. Tinha questão de iluminação, o árbitro se equivocou em algumas decisões, então, minha equipe está de parabéns. De zero a dez, eu dou 11 – comentou o treinador.

Maurício Barbieri ainda falou sobre o comportamento do time.

– A partir de um determinado momento do segundo tempo começou a abrir para os contra-ataques. Nós tivemos oportunidades e é normal acabar pecando um pouco porque era o primeiro jogo oficial. Falta ritmo, os atletas não tinham feito 90 minutos ainda e tiveram que se desdobrar para poder aguentar até o final.

Passada a primeira partida oficial no comando da equipe, Barbieri projeta o duelo com o Sport, sábado, pela Copa do Nordeste.

– O Sport é um time recém-promovido à Série A. Tem um treinador experiente, está fazendo investimentos, tem um bom elenco… Existe uma dúvida sobre a questão se eles vão conseguir regularizar as contratações. Então, nós temos que ter um pouco de ressalva. Já tivemos acesso ao primeiro jogo deles, vamos olhar o segundo para saber como eles vêm. Nós estaremos jogando em casa, temos que ir pra cima e buscar a vitória.

A partida contra o Sport está marcada para amanhã, às 18 horas, no Estádio Rei Pelé. O jogo é válido pela primeira rodada do Nordestão.

Blog e Globo Esporte/AL

Apesar de falha de Vanderlei, Renato elogia estreantes
     │     16:30  │  0

Renato Gaúcho confia na classificação no Gauchão — Foto: Eduardo Moura

Apesar da derrota inicial, Renato Gaúcho confia na classificação no Gauchão  (Foto: Eduardo Moura)

A derrota do Grêmio por 2 a 0 para o Caxias em plena Arena não preocupa o técnico Renato Gaúcho. Até porque trata-se da primeira rodada do Gauchão. E ele já garante que sua equipe estará classificada para a semifinal do primeiro turno. Apesar da falta de ritmo de jogo e falhas de estreantes, o treinador gostou do que viu na noite da última quarta-feira.

Renato, como de praxe, tratou de defender seus jogadores na entrevista coletiva. Disse que a pré-temporada foi muito curta e culminou com os problemas apresentados ao longo dos 90 minutos diante do time grená.

– Essas horas são até difíceis de falar alguma coisa. O grupo vem de férias e você tem oito ou nove dias. Precisa preparar partes física e técnica, mas não tem tempo para nada. É algo normal, a bola pega na canela, domina mal, erra passe. É a falta de ritmo. Não é normal o Grêmio perder na Arena, mas aconteceu. Mas ainda tirei coisas boas – disse o treinador.

Positivo, Renato tratou de elogiar as atuações das contratações. Disse que Vanderlei, Victor Ferraz e Lucas Silva tiveram um bom rendimento, mesmo com falhas nos dois gols do adversário.

– Gostei dos três. O Vanderlei falhou no gol, claro, mas é um dos melhores do Brasil. Ele quase não jogou em 2019 e precisa pegar ritmo. Gostei do Victor, gostei do Lucas. Eles evoluirão bastante. Lucas não joga há muitos meses. Já é difícil para quem volta de férias, imagina quem não joga há muito tempo – ponderou.

Confiante, Renato voltou a bancar o grupo. Lembrou, inclusive, 2018, quando o Grêmio flertou com o rebaixamento no Gauchão, mas recuperou-se e foi campeão. Anda mais com as chegadas de mais reforços e os retornos dos jogadores que estão no pré-olímpico (Matheus Henrique, Pepê, Caio Henrique e Phelipe Megiolaro).

“Confio no meu grupo. Há dois anos, lembro que falavam que meu time cairia. Eu avisei que uma vaga seria do Grêmio e tinham outras sete. Pode chegar mais gente. Aí sim, quem quiser medir forças, o Grêmio estará presente”

Com o respaldo de Renato, o Grêmio busca a retomada. Com o resultado, está zerado e em último no Grupo B. Na próxima rodada, o time de Renato Gaúcho enfrenta o Brasil de Pelotas. A partida será disputada neste domingo, às 16h, no Bento Freitas, em Pelotas.

Blog com Globo Esporte

Abel Braga confirma volta de titulares contra o Boavista
     │     13:00  │  0

Abel Braga tem um empate e uma derrota à frente do Vasco

 Abel Braga tem um empate e uma derrota à frente do Vasco (Foto: Bruno Marinho)

 

O técnico Abel Braga antecipou a programação do Vasco no que ele afirma ainda ser o período de pré-temporada do time. Depois da derrota dos reservas para a equipe sub-20 do Flamengo, o treinador afirmou que o Cruz-maltino terá a formação titular contra o Boavista, amanhã.

Na partida seguinte, contra a Cabofriense, dia 30, novamente virá com os titulares em campo. Por causa da estreia do Vasco na Sul-Americana, poupará os jogadores no clássico contra o Botafogo.

A equipe jogará pela competição internacional dia 5, contra o Oriente Petrolero, da Bolívia. Antes, dia 2, jogará contra o Botafogo, no Nilton Santos.

– Estou ainda em pré-temporada. Basta ver o que o Botafogo está fazendo, ainda em pré-temporada. Nossos titulares trabalharam em dois períodos nesta quarta. Enfrentamos um adversário que ganhou tudo ano passado, com coletivo muito bom. Fomos excepcionais até os 30 minutos do primeiro tempo. Nossa preocupação é com o grupo que nós temos, queremos colocá-lo da melhor maneira possível – afirmou Abel Braga.

O treinador se disse feliz com o desempenho de alguns jogadores que foram testados contra o Flamengo. O único que revelou o nome foi Juninho:

– Alguns jogadores me deixaram muito satisfeito. Tivemos dois, três jogadores que responderam presente para mim. Isso é muito bom. Os garotos tentaram, teve uma hora que não deu. Foi o primeiro jogo do Juninho no profissional. Você acredita? Me lembrou muito o Wendel, quando lancei no Fluminense. Com uma pegada um pouco mais forte. Quem sabe um deles aparecem no time titular neste sábado.

Blog com EXTRA

Renovação de Jorge Jesus: ‘não haverá problema’
     │     0:02  │  0

Jesus desembarcou no aeroporto do Galeão na manhã desta segunda-feira — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

O treinador Jesus desembarcou no aeroporto do Galeão na manhã de ontem (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

O Mister voltou, e pelo jeito vai ficar mais tempo. Ao desembarcar no Rio de Janeiro o técnico Jorge Jesus afirmou que não deve haver problema para renovar seu contrato com o Flamengo, que termina em maio.

– Vamos acabar com essa especulação. Quero que todos os flamenguistas percebam isso. Nós, Braz, eu, Bruno (Spindel) e o presidente, antes de acabar a temporada nos reunimos para pensar nesta possibilidade. Da minha parte, disse que só queria pensar nisso quando acabasse o Mundial. Foi isso. Estou chegando ao Brasil, e seguramente estamos em sintonia e vamos conversar. Não vai haver problema – afirmou.

Apesar do retorno do Mister, a equipe do Flamengo no Carioca continuará a ser comandada por Mauricio Souza, com os meninos do sub-20. Jesus afirmou que vai aproveitar para observar melhor os garotos.

– Vou acompanhar mais os meninos, vou ver os jogos, o treinador vai continuar a ser o Mauricio. Para mim, vai ser bom, porque alguns meninos da equipe sub-20 que não conheço vou ter oportunidade de conhecê-los melhor.

– Chegamos com o mesmo objetivo, a mesma determinação que chegamos no primeiro dia ao Brasil. A ideia é a mesma, sabendo que hoje temos mais responsabilidade, mas também temos mais créditos. E o Flamengo, para ser a equipe que todo os flamenguistas desejam, o maior clube do mundo, tem que continuar a ganhar títulos.

– Todas as aquisições tiveram critério técnico e tático. Não é fácil qualquer jogador no Brasil entrar na equipe do Flamengo. Eles vêm acrescentar qualidade ao plantel. Estou muito satisfeito com a direção de ter conseguido já estes jogadores.
Praticamente estão quase todos, ainda faltam alguns jogadores que achamos que podem melhorar a quantidade do time. Nós procuramos um jogador dentro das características que a equipe tem para jogar. É nisso que temos nos baseados e estamos muito satisfeitos com o que fizemos até hoje.

Propostas de outros clubes

– Isso pouco importa. O importante é que estou no Flamengo, num dos melhores clubes do mundo. Estou focado. O resto para mim é secundário.

Planejamento da pré-temporada

– A final da Supercopa fez com que chegássemos mais cedo, porque estava marcada para 27 (de janeiro). Não estávamos à espera de que fosse marcada para duas semanas depois de começarmos a trabalhar. Temos que acelerar nossa preparação.

Blog com Globo Esporte