Category Archives: Treinadores

Carille diz que ‘ficou difícil, mas não impossível’ para o Corinthians
   19 de maio de 2019   │     0:03  │  0

Resultado de imagem para Fábio Carille, do Corinthians

 

O técnico Fábio Carille, (foto acima/Folha – Uol), mais uma vez admitiu que o ataque do Corinthians deixou a desejar, mas tratou de dizer que o time tem totais condições de reverter a vantagem do Flamengo, que venceu merecidamente o jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil por 1 a 0, na arena do clube em Itaquera.

“O resultado se torna mais difícil, mas não é impossível. É jogo grande, de detalhes, O gol que tomamos foi de infiltração que eu já sabia. O Bruno (Henrique) foi muito bem pela esquerda. São jogos grandes e iguais.

O duelo de volta será disputado em 4 de junho, no Maracanã. O time paulista agora precisará vencer os cariocas por dois gols de diferença para avançar na Copa do Brasil sem a necessidade dos pênaltis.

“Está muito aberto. Tudo pode acontecer. Tivemos exemplos no futebol, que aconteceram na Europa semana passada. É um gol de diferença, um gol que te coloca na disputa de pênaltis. Está muito aberto ainda”, prosseguiu Carille.

Para o treinador, o foco do trabalho seguirá no ataque do Corinthians. No duelo com o Flamengo, ele surpreendeu na escalação e colocou um time ofensivo em campo, com apenas Ralf como volante. O setor ofensivo, com Sornoza, Mateus Vital, Clayson, Vagner Love e Boselli, no entanto, não rendeu o esperado. Como o time não chutou a gol no primeiro tempo, Carille precisou mexer na etapa final, com as entradas de Pedrinho e Jadson.

“Vamos buscar melhorar a parte ofensiva, tentando recuperar jogadores. Gostei da entrada do Jadson hoje. A bola passou por ele e tentou fazer o time jogar. Nunca escondi que tínhamos que melhorar a parte ofensiva. A volta do Júnior Urso que chega bem na frente. É isso que temos que melhorar”, comentou.

O Corinthians voltará a jogar no domingo, quando vai visitar o Athletico-PR, na Arena da Baixada, pela quinta rodada do Brasileirão.

ESTADÃO Conteúdo

Confira o Ranking de treinadores no Brasil
   14 de maio de 2019   │     10:00  │  0

Abel Braga, do Flamengo, entrou no top 10 e Felipão segue líder

Abel Braga, do Flamengo, entrou no top 10 e Felipão segue líder ((Foto: Divulgação Flamengo e Palmeiras)

 

Depois do fim dos Estaduais e com o começo do Campeonato Brasileiro, o mercado de treinadores se movimentou, e o ranking do Globo/Extra que mede o desempenho dos técnicos nos últimos 12 meses teve algumas mudanças. Mas não na liderança: depois de assumir pela primeira vez a liderança, Luiz Felipe Scolari, do Palmeiras, manteve a primeira colocação em abril.

Curiosamente, do top 3, Felipão foi o único que não foi campeão estadual em abril. Porém, como não tem pontos a defender (em abril de 2018 o técnico estava desempregado), o fato não o prejudicou. Renato Gaúcho repetiu a dose vencendo o Gaúcho, mas o fato de Mano Menezes ter sido campeão mineiro fez o treinador do Grêmio cair para terceiro, dando a segunda colocação ao cruzeirense.

Mano, aliás, foi o melhor técnico do mês pela segunda vez consecutiva. Além do título estadual, o bom desempenho na Libertadores foi fundamental.

OS MELHORES TÉCNICOS DE CADA MÊS EM 2019

Janeiro: Sampaoli (Santos)

Fevereiro: Levir Culpi (Atlético-MG)

Março: Mano Menezes (Cruzeiro)

Abril: Mano Menezes (Cruzeiro)

RANKING O GLOBO/EXTRA – TOP 20

1º Felipão (Palmeiras) – 259,1

2º Mano Menezes (Cruzeiro) – 249,7

3º Renato Gaúcho (Grêmio) – 237,1

4º Tiago Nunes (Athletico) – 212,5

5º Odair Hellmann (Internacional) – 164,9

6º Maurício Barbieri (América-MG) – 146,6

7º Enderson Moreira (Ceará) – 129,2

8º Abel Braga (Flamengo) – 120,9

9º Fabio Carille (Corinthians) – 120,3

10º Diego Aguirre (sem clube) – 113,2

11º Roger Machado (Bahia) – 111,5

12º Rogério Ceni (Fortaleza) – 110,9

13º Zé Ricardo (sem clube) – 107,8

14º Geninho (Avaí) – 106,9

15º Alberto Valentim (sem clube) – 101,3

16º Marcelo Oliveira (sem clube) – 97,9

17º Lisca (sem clube) – 97,6

18º Cuca (São Paulo) – 92,7

19º Sampaoli (Santos) – 92,7

20º Levir Culpi (sem clube) – 91,9

Blog com EXTRA

‘O futebol atual me entedia’, diz Sampaoli em evento na CBF
   13 de maio de 2019   │     0:04  │  0

Resultado de imagem para Sampaoli na CBF

 

O técnico do Santos, Jorge Sampaoli, (foto acima/Gazeta Esportiva), participou de um evento promovido pela CBF, no Rio de Janeiro, ao lado dos colegas de profissão como Tite, da seleção brasileira, e Fernando Diniz, do Fluminense. O argentino, depois de ministrar uma palestra, respondeu perguntas e afirmou desejar que o clube paulista ‘volte no tempo’.

“No êxito, tudo se aceita. Na derrota, evidencia-se essa dificuldade. É importante olhar para trás. Vejo jogos do Brasil de 70, de 82, Huracán de César Luis Menotti, Argentina de José Pekerman, Hungria… O futebol atual me entedia. Quero que meu time volte no tempo, mas é muito difícil.”

Sampaoli também reclamou da dificuldade para treinadores no Brasil, pois a impaciência de torcedores predomina. “O que mais me custou treinar é a zona de conforto. Jogador acelera porque o público acelera, o obriga a sair do conforto, não tolera um passe atrás e festeja um chutão para fora do estádio. Por isso o criativo não aparece, oprimido pelo contexto social. Não há paciência. É tudo a curto prazo”, finalizou.

O técnico Tite, da seleção brasileira, também participou do evento da CBF e criticou, por outro lado, a impaciência de dirigentes. “Nos deem tempo para trabalhar. Dirigentes e executivos, escolham bem seus técnicos. Vejam se aquela ideia compactua com a história do clube. Se for o projeto correto para o clube, dê tempo para o técnico trabalhar, buscar uma qualificação e conquistar sua permanência”, finalizou o técnico do Santos.

Blog com VEJA

 

Vasco espera por Luxemburgo para buscar reforços para o Brasileiro
   12 de maio de 2019   │     0:03  │  0

Resultado de imagem para Luxa no Vasco

 

Uma das promessas do Vasco para Vanderlei Luxemburgo, (foto acima/UOL Esporte), é a de reforçar o elenco para a disputa do Campeonato Brasileiro. Mas isso será feito em conjunto com o técnico. A diretoria segurou as buscas no mercado e vai esperar a análise do novo treinador antes de voltar a negociar.

Nas conversas para trazer Luxemburgo, foi revelada a expectativa de contratar até cinco reforços – dois deles viriam de fora do país, na janela internacional. Isso, porém, vai depender da avaliação do treinador em relação ao elenco atual.

Luxemburgo vai iniciar amanhã o seu trabalho no Vasco, mas já começou a assistir as últimas partidas do time para iniciar a avaliação dos jogadores. A análise inicial é de que o elenco cruz-maltino é melhor do que o demonstrado na tabela – o time é o último colocado do Campeonato Brasileiro.

Chance de volta por cima

Nomes pouco utilizados até então podem ganhar chance: é o caso, por exemplo, do volante Andrey. O jovem atuou em apenas sete jogos no ano, totalizando 235 minutos. O experiente Bruno César é outro que conta com boa avaliação da nova comissão técnica.

Busca por diretor com cautela

Enquanto espera para ir ao mercado por jogadores, a diretoria também é cautelosa para trazer um novo executivo de futebol. A avaliação é que não há nomes de peso disponíveis atualmente. Alguns foram oferecidos, como o de Jorge Macedo, ex-Internacional e Vitória, mas não houve continuidade nas conversas.

O Vasco entra em campo neste domingo. A equipe enfrenta o Santos às 16h (de Brasília), no Pacaembu, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Blog com GloboEsporte

 

Veteranos perdem espaço e amargam ostracismo no São Paulo
   9 de maio de 2019   │     0:03  │  0

Resultado de imagem para Cuca no seu retorno ao São Paulo

 

A mudança no perfil do elenco do São Paulo na “era Cuca”, (foto acima/Globo Esporte), está escancarada na escolha dos garotos (Antony, Liziero, Luan, por exemplo) e também nos atletas que foram preteridos até agora. Jogadores consagrados como Bruno Peres, Jucilei e Nenê ainda não foram escalados no Campeonato Brasileiro.

O caso mais emblemático é o do lateral Bruno Peres. O jogador de 29 anos não foi sequer relacionado para as duas últimas partidas (Goiás e Flamengo). Vale lembrar que o time não tinha um lateral-direito de ofício diante do time carioca, pois Igor Vinícius estava cumprindo suspensão automática. Cuca preferiu improvisar o garoto Walce, zagueiro de 20 anos que fez sua estreia no profissional. Durante o jogo, nova improvisação com Hudson, recuando Walce para a zaga.

Semifinalista da Liga dos Campeões em 2017, o ala não tem lesão, está bem fisicamente, mas precisa convencer a comissão técnica de que merece uma chance – no ano passado, Peres foi titular. Ele é considerado muito bom tecnicamente pela comissão técnica, mas está pecando pela falta de intensidade. Bruno Peres foi contratado da Roma por empréstimo até dezembro.

Embora tenham mais espaço do que o lateral no elenco, Jucilei e Nenê foram relacionados nos três primeiros jogos do Brasileirão, mas também não tiveram oportunidade. Havia vaga no meio, mas o escolhido foi Hernanes.

Blog com ISTOÉ