Category Archives: Treinadores

Já classificado, Fluminense deve poupar titulares no Fla-Flu
   24 de março de 2019   │     0:03  │  0

Fernando Diniz deve poupar titulares contra o Flamengo (Foto: Lucas Merçon/FFC)

 

A delegação do Fluminense retornou do Chile na última sexta-feira e na tarde de hoje o time já volta a campo pelo Campeonato Carioca para o clássico contra o Flamengo, às 16 horas (de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela última rodada da fase de classificação da Taça Rio, segundo turno.

O Tricolor já está assegurado nas semifinais da competição e, por isso mesmo, o técnico Fernando Diniz tomou a decisão de preservar boa parte dos titulares.

Diniz ainda não se posicionou oficialmente sobre a escalação e vai decidir o time que vai a campo momentos antes antes do clássico. “Vou tomar a decisão nos vestiários, porque realmente existe sim a possibilidade de pouparmos alguns jogadores”, disse Diniz.

Com um intervalo curto de recuperação em relação ao triunfo de 2 a 1 sobre o Antofagasta, no Chile, Fernando Diniz entende que não pode correr riscos, ainda mais que no meio da próxima semana já tem semifinais da Taça Rio.

Alguns jogadores que não atuaram no Chile deverão ser utilizados. Casos do zagueiro Léo Santos e dos meias Allan e Paulo Henrique Ganso. Eles não estavam inscritos na Copa Sul-Americana. Os demais atletas serão avaliados pelos fisiologistas do clube.

Blog com Gazeta Esportiva

Cuca antecipa início de trabalho e vai assumir o São Paulo no dia 2 de abril
   23 de março de 2019   │     0:03  │  0

Imagem relacionada

O técnico Cuca, (foto acima/FOX Sports), vai iniciar seu trabalho no São Paulo no dia 2 de abril. O treinador conseguiu liberação médica após a cirurgia cardíaca realizada em dezembro e vai voltar aos gramados 13 dias antes do previsto. A previsão inicial era que ele começaria a trabalhar no dia 15.

O treinador já vem participando ativamente da vida do clube. Ele visitou o CT na semana passada, conversa diariamente pelo com o interino Vagner Mancini e acompanha as negociações para reforçar a equipe.

Depois de sugerir Tchê Tchê e Keno, jogadores de difícil contratação por questões econômicas, ele pediu a contratação do atacante Marquinhos Calazans, que pode ser trocado por Nenê. A ideia do treinador é mudar o perfil do elenco, apostando em jogadores mais jovens e dinâmicos.

Cuca tem passado seu período de repouso com a família, em Curitiba. Ele não tem nenhuma limitação clínica, mas os médicos recomendaram que ele se afastasse do estresse dos jogos. Em função da evolução clínica, ele estará pronto para voltar no começo de abril.

Na partida deste domingo, o jogo de ida das quartas de final do Paulistão, diante do Ituano, o time vai continuar a ser comandado pelo interino Vagner Mancini. O mesmo acontece no jogo de volta, marcado para a próxima quarta-feira.

Blog e ESTADÃO Conteúdo

Sampaoli diz ter devolvido salário após Santos atrasar pagamento aos atletas
   22 de março de 2019   │     0:02  │  0

Sampaoli diz que devolveu seu salário para o Santos

Sampaoli diz que devolveu seu salário para o Santos (Foto: Ivan Storti/Divulgação / Estadão)

O técnico Jorge Sampaoli confirmou ter devolvido seu salário ao Santos após tomar conhecimento que o grupo de jogadores ainda não recebeu os vencimentos de fevereiro, que deveriam ter sido quitados no começo de março. O treinador apontou que o pagamento precisa ser feito simultaneamente a todos os funcionários do clube.

Inicialmente, a diretoria do Santos quitou apenas os vencimentos dos membros da comissão técnica, mas não efetuou o pagamento dos salários e dos direitos de imagem do elenco santista.

“Sobre os salários, qualquer um teria feito o mesmo. Todos devem receber na mesma data”, afirmou Sampaoli, após a derrota por 4 a 0 para o Botafogo, em Ribeirão Preto, na noite da última quarta-feira, pela rodada final da primeira fase do Campeonato Paulista.

O treinador argentino foi questionado se no fim de 2018, quando negociou para assumir o Santos, se tinha conhecimento dos problemas financeiros do clube. O treinador afirmou que só estava preocupado em conhecer o elenco e declarou que os dirigentes precisam estar no mesmo nível de grandeza do time.

“Não tinha motivo para saber da condição financeira do clube. Cheguei com o conhecimento do elenco, das necessidades que a equipe tinha. É uma realidade que o clube tem de resolver. o Santos é um clube de grande história, e os dirigentes tem de estar à altura”, afirmou.

No início da sua passagem pelo Santos, Sampaoli já havia realizado outras críticas públicas contra a diretoria, reclamando da demora para a chegada de reforços. Posteriormente, boa parte dos seus pedidos foram atendidos.

Blog com Terra Esportes

Rafael Tenório garante que Cabo não deixa o CSA
   20 de março de 2019   │     16:19  │  1

O presidente do CSA, Rafael Tenório, descartou na tarde desta quarta-feira (20) a possível saída do técnico Marcelo Cabo do clube azulino. Após especulações de que o treinador estaria negociando para assumir a Chapecoense, o mandatário disse em entrevista ao repórter Warner Oliveira, da Rádio Gazeta, que não recebeu nenhuma proposta oficial do clube catarinense e lembrou que o Azulão tem contrato com o técnico até o fim de 2019.

“Nós não temos nenhuma proposta oficial da Chapecoense. Apenas um empresário falando em nome do clube se havia a possibilidade da liberação do Cabo e de sua comissão técnica. Mas, nós não temos nada oficial. Além disso, o Cabo tem contrato conosco, está muito bem no CSA e em Maceió”, afirmou.

Na mesma entrevista, o presidente do CSA chamou a saída de Marcelo Cabo do clube do Mutange de “fake news para desestabilizar o ambiente”.

Nota do Blog:

Muito estranho: na verdade, quando se trata de técnico, normalmente o clube que emprega o profissional nunca é consultado. Marcelo Cabo recebeu e vai continuar recebendo propostas, fruto do seu desempenho no CSA desde que chegou em Alagoas.

Independente de ter azulinos que não gostam do seu trabalho, o clube sabe que terá que conviver que esse problema. Ter um contrato assinado até dezembro não garante sua permanência, caso receba uma proposta tentadora. Mas, vale destacar que sua amizade com o presidente Rafael Tenório e o dirigente Raimundo Tavares é muito grande, podendo fazer a diferença na hora de tomar uma decisão.

Arivaldo Maia e Gazetaweb

Sampaoli diz que derrota não pode ‘confundir’ o Santos: “Sabemos o caminho”
   17 de março de 2019   │     0:01  │  0

Sampaoli analisa derrota para o Novorizontino (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

 

O técnico Jorge Sampaoli não quer que a derrota por 1 a 0 para o Novorizontino “confunda” o Santos. O Peixe começou bem na noite da última sexta-feira, no Pacaembu, mas desperdiçou chances, sofreu o gol e não teve repertório para reagir.

“Perdemos os gols, arrancamos bem e com domínio. Não convertemos, eles fizeram e nos complicaram pois não fomos precisos. Dizer que falta centroavante depois de uma derrota pode parecer uma desculpa. Temos que continuar melhorando e nos prepararmos bem para os playoffs”, disse Sampaoli.

“Seguimos em formação, formando um grupo para chegar da melhor forma às definições do Paulista e Copa do Brasil e preparando para o Brasileirão, que é muito mais difícil. Esses eventos, dois jogos sem ganhar, não podem confundir a gente. Sabemos o caminho”, completou.

O treinador destaca a ansiedade da equipe e revela a busca de variações táticas para sofrer menos no mata-mata. O adversário das quartas de final será o Red Bull Brasil.

“Buscamos a todo tempo os caminhos e não encontramos. Estivemos no campo rival, não sofremos com transições, mas futebol tem disso. Ficamos ansiosos, não concretizamos as chances e se foi a partida. Hoje não fomos contundentes em nenhuma das duas áreas”, explicou.

“Estamos buscando variações e não teremos alguns selecionados contra o Red Bull. Escolhemos quem pode jogar melhor o futebol, se são mais altos ou baixos é consequência”, emendou.
Por fim, Sampaoli optou por valorizar o esforço dos jogadores ao invés de estimular a “caça às bruxas”.

“Não ganhar incomoda sempre. Nessa sociedade, quem ganha é bom e quem perde é descartável. Eu valorizo mais do que o resultado, o esforço dos jovens. Tratam de mudar o jeito e defender a ideia. Hoje não conseguimos, mas esforço foi o mesmo”, concluiu.

Com a derrota, o Santos foi ultrapassado em um ponto pelo Red Bull. Na última rodada, o Peixe enfrentará o Botafogo, fora de casa. O RB visitará o Guarani. Ambos os jogos serão na quarta-feira.

Blog com Gazeta Press