Category Archives: Torcida

Polícia identifica dois advogados como suspeitos em investigação de racismo em final do Athletico
   25 de dezembro de 2021   │     12:00  │  0

Torcedores foram filmados apontando para a pele, o que seriam supostos gestos racistas Foto: ReproduçãoTorcedores foram filmados apontando para a pele, o que seriam supostos gestos racistas – (Foto: Reprodução)

Dupla de Londrina é apresentada como responsável por gestos nos quais apontam paraCopa a pele durante decisão da  Brasil; outra torcedora já foi indiciada.

A Polícia Civil do Paraná identificou dois torcedores do Athletico que foram flagrados fazendo gestos supostamente racistas durante a final da Copa do Brasil. As investigações apontaram que ambos são advogados do município de Londrina.

Segundo o delegado Luiz Carlos Oliveira, responsável pelo caso, a polícia busca localizá-los para colher os depoimentos deles. Uma das possibilidades seria ouvir os advogados em Londrina. Eles não tiveram os nomes revelados.

— O principal era identificar os torcedores, o que conseguimos. Agora, vamos avaliar se fazemos uma carta precatória, se serão ouvidos em Londrina, depois que os localizarmos — disse Oliveira, que pode ou não indiciá-los. — Acredito que estavam passando a mão na pele, o que pode ser um gesto racista. Vamos apurar.

Um vídeo gravado pela jornalista Bianca Molina e publicado em seu perfil no Twitter mostra os torcedores apontando para a pele e fazendo imitações em direção aos rivas atleticanos. Outra gravação compartilhada nas redes sociais exibe uma mulher em um camarote da Arena da Baixada supostamente imitando um macaco.

A atlheticana, de 24 anos, cujo nome não foi revelado, foi indiciada pela Polícia Civil após prestar depoimento. Em sua versão, ela relatou que gesticulou para torcedores do próprio time que teriam provocado o empresário Luciano Hang, atingido por um copo de cerveja durante o jogo. A mulher alegou que eles estariam agindo como “primatas”, movito pelo qual fez a imitação.

Em nota após os episódios, o Athletico afirmou que “racismo é inaceitável e, mais do que isso, criminoso”. Disse ainda que tomou conhecimento dos atos por meio dos vídeos publicados nas redes sociais e disse que vai “investigar os acontecimentos, identificar os responsáveis e repassar todas as informações às autoridades competentes”.

Blog com O GLOBO

 

Torcida protesta com faixas em São Januário: ‘O Vasco não está a venda’; veja fotos
   4 de dezembro de 2021   │     15:00  │  0

Torcedores protestam contra decisão tomada pela diretoria vascaína - Reprodução
Torcedores protestam contra decisão tomada pela diretoria vascaína - Reprodução
Torcedores protestam contra decisão tomada pela diretoria vascaína – Fotos: Reprodução)

 

Possibilidade de transformar futebol do clube em sociedade anônima gerou irritação.

A possibilidade de transformação do futebol do Vasco em sociedade anônima, solicitada na última segunda-feira pelo presidente do clube, Jorge Salgado, já foi alvo de protesto. Na madrugada de terça para quarta-feira, faixas foram estendidas ao redor de São Januário e nos arredores da atual sede administrativa do clube, no centro.

Inclusive, a transferência de uma das sedes do clube foi criticada – tal mudança se deu há cerca de dez dias. A “Mais Vasco”, chapa que Salgado encabeçou para na última eleição, foi outro alvo. Os protestantes entendem que o carro-chefe do clube, o futebol, está sendo vendido. E discordam.

Dentro de campo, o Vasco viveu o pior momento esportivo de sua história ao ficar sem chance de acesso à Série A faltando quatro rodadas para o fim da competição. Nos bastidores, o departamento de futebol está acéfalo há três semanas.

Zé Ricardo e Ricardo Gomes estão próximos de voltar ao Cruz-Maltino. Mas isso foi dito pelo mandatário num vídeo para um torcedor. Ele ainda não concedeu entrevistas desde a consumação do fracasso na Série B do Campeonato Brasileiro.

Blog com O DIA

Por preço de ingresso para a Nação cobrado pelo Sport, Flamengo aciona o STJD
   3 de dezembro de 2021   │     15:00  │  0

Por preço de ingresso para a Nação cobrado pelo Sport, Flamengo aciona o STJD

Torcida nordestina quer ver seu clube jogando contra o Sport; Leão cobra 10 reais para o seu torcedor e 200 para o torcedor adversário – (Foto: LANCE)

Departamento jurídico tenta diminuir o preço dos ingressos cobrado pelo Sport para a torcida do Flamengo no jogo desta sexta-feira, válida pela 35ª rodada do Brasileirão.

O departamento jurídico do Flamengo acionou o Superior Tirbunal de Justiça Desporitva para tentar diminuir os valores cobrados pelo Sport para a torcida rubro-negra no jogo desta sexta, na Ilha do Retiro, pela 35ª rodada do Brasileirão. Para a Nação, a entrada está custando R$ 200, enquanto para os torcedores mandantes tem ingressos a partir de R$ 10.

O clube da Gávea sustenta o pedido no Regulamento Geral das Competições, que que determina que “os preços dos ingressos para a torcida visitante deverão ter necessariamente, nos respectivos setores do estádio ou equivalente, os mesmos valores dos ingressos cobrados para a torcida local, observadas eventuais disposições contidas nos Regulamentos Específicos das Competições”.

O time pernambucano, rebaixado pela 6ª vez, utiliza dois pesos e duas medidas no valor dos ingressos, prejudicante visivemente os visitantes. Atitude inexplicável!

Já com o segundo lugar da tabela garantido, o Flamengo enfrentará o Sport – que já está rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Com 10 desfalques, o técnico Maurício Souza mandará a campo uma equipe modificada, que, caso vença, dará ao clube a segunda melhor campanha da história rubro-negra na era dos pontos corridos do Brasileirão.

Com vaga garantida na Série B de 2022, o Sport enfrenta o Flamengo, vice-campeão da temporada na Série A, hoje, às 20 horas, na Arena Pernambuco.

Blog com ISTOÉ/LANCE

 

Torcedor do Flamengo não consegue ingresso para Libertadores, vê privilégio a agências de viagens e planeja ir à Justiça
   4 de novembro de 2021   │     17:00  │  0

CT Ninho do Urubu – (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Rubro-Negro decide a final da Libertadores no próximo dia 27.

O Flamengo irá decidir a da Libertadores no próximo dia 27 contra o Palmeiras. No entanto, comprar o ingresso para a decisão contra o clube paulista não tem sido tarefa simples para o torcedor rubro-negro. Além do alto preço cobrado, da viagem para o Uruguai, até a forma de adquirir o bilhete não tem sido fácil.

Um sócio-torcedor do clube carioca, que não quis se identificar, cumpriu à risca todas as recomendações do Rubro-Negro, e mesmo tendo um plano de alta prioridade na compra dos ingressos, não conseguiu efetuá-la.

“Entramos no site do sócio-torcedor para gerar um código no domingo. Foi uma orientação do próprio clube. Até aí tudo bem. Como eu sou sócio “Maior do Mundo”, que é o plano mais caro, eu achei que não teria dificuldade. Estou com passagem comprada, hotel reservado, tudo certo.

Quando entrei no horário indicado, nesta terça-feira, às 15 horas, mesmo tendo total prioridade não consegui.”, afirmou.

O torcedor alega que o Flamengo estaria dando prioridade a torcedores comuns que buscam realizar a compra por meio de agências de viagem. Na opinião do rubro-negro, o clube não está valorizando os torcedores que ajudam mensalmente em suas contas.

“Reparei que o site oficial do Flamengo estava vendendo pacote de viagem. Pacote de hospedagem, passagem aérea. Aí, do nada, a minha prioridade que era a maior de todas, passa a não ser mais. Aí o sócio que paga mais caro, pagando todo mês anuidade, na hora de comprar ingresso eu não consigo. Entrei no horário correto indicado e apareceu para mim que estava esgotado. Ou seja, não consegui exercer o direito que o sócio-torcedor me prometeu.”, disse.

O torcedor afirmou que não irá mais ser sócio do Flamengo e ainda prometeu acionar o Rubro-Negro na Justiça. “O cara que é sócio-torcedor fica sem conseguir comprar. Leva a melhor a pessoa que paga agência de viagens, outros vão ganhar ingressos, e aquele que participa da construção do clube fica em segundo plano”, finalizou.

Em contato com a reportagem, uma agência de viagens que anuncia o pacote para a final da Libertadores garantiu ter tido acesso aos ingressos da partida através da diretoria do clube carioca.

O Jornal O Dia entrou em contato com o Flamengo para abordar o ocorrido. Por meio da sua assessoria, o Rubro-Negro afirmou que não criou nenhuma nova categoria prioritária de sócio-torcedor e que a grande procura por ingressos foi o motivo pelo qual o torcedor não conseguiu efetuar a sua compra.

BloG com O DIA

Veja quanto o torcedor do Flamengo gastou para acompanhar os seis jogos do clube, em outubro, no Maracanã
   3 de novembro de 2021   │     21:00  │  0

A torcida do Flamengo presente no Maracanã, diante do Atlético-MG, pelo Brasileirão (Foto: Gilvan Souza/Flamengo)

A torcida do Flamengo presente no Maracanã, diante do Atlético-MG, pelo Brasileirão – (Foto: Gilvan Souza/Flamengo)

Foto: Lance!

Protagonista na arquibancada diante do Atlético-MG, no sábado, torcida do Flamengo precisou “abrir o bolso” para acompanhar o time nas seis partidas do mês no Maracanã.

O retorno da Nação mobilizou a diretoria do Flamengo nos últimos meses e, no fechamento do mês de outubro, o time fez o sexto jogo no Maracanã, ao lado da torcida, diante do Atlético-MG, no último sábado, pela 29ª rodada do Brasileirão.

O rubro-negro celebrou poder matar as saudades da arquibancada, mas pagou “o preço”. Para acompanhar o time, o torcedor desembolsou a partir de R$ 590, no setor mais popular, com gastos com entradas podendo chegar a R$ 2,6 mil..

A conta foi feita levando em consideração os “preços cheios” dos ingressos para os Setores Norte e Maracanã Mais, que são os habitualmente mais barato e mais caro à disposição do torcedor, respectivamente. Os dois também foram colocados à venda para os jogos contra Athletico (3/10), Juventude (13/10), Cuiabá (17/10), Fluminense (23/10), Athletico (27/10) e Atlético-MG (30/10).

Para os beneficiários garantidos em lei e os torcedores associados ao clube – que pagam mensalidades nos planos de R$ 34,90 a R$ 294,90 – existem as meia-entradas. Além disso, outros setores cujos preços variam entre os do Setor Norte e o Maracanã Mais, como Leste Inferior e Superior e o Setor Sul.

Em meio às restrições sanitárias por conta da pandemia do coronavírus, os custos do torcedor que frequenta o estádio aumentaram. Por exemplo, para acessar o Maracanã só com o esquema vacinal completo (14 dias após dose única ou segunda dose) ou apresentação de teste com resultado negativo – o qual custa cerca de R$ 80 nos laboratórios credenciados pelo Flamengo. Ou seja, o torcedor que precisou realizar exames gastou mais R$ 480, em média.

Ainda há de se somar outras despesas, como estacionamento, transporte e lanche, que fazem parte da experiência de ir ao Maracanã. Em momento de crise econômica no país,, com altas taxas de inflação e desemprego, frequentar a arquibancada é uma experiência cada vez mais dispendiosa para a Nação.

Mesmo assim, quase 30 mil torcedores pagaram ingressos para apoiar o time de Renato Gaúcho na última quarta-feira, quando o Flamengo foi derrotado pelo Athletico, por 3 a 0, e foi eliminado pela Copa do Brasil. Após a queda, no Maracanã, o atacante Gabriel Barbosa pediu um voto de confiança à torcida.

E a Nação “chegou junto”: foram cerca de 24 mil torcedores presentes no último sábado, diante do Galo, apoiando o time na vitória por 1 a 0 no Maracanã.

Após o duelo, o técnico Renato Gaúcho foi só elogios à torcida rubro-negra.

– O torcedor está de parabéns. Na quarta dei razão para o torcedor. É paixão, ele quer ganhar sempre. Mas nem sempre é possível. Por isso tem profissionais no clube. A gente precisa pensar. o torcedor reage só com o coração. Tem hora que o resultado não aparece e o torcedor cobra. Hoje o torcedor foi fantástico, essa energia a gente precisa. enquanto tiver chance a gente vai atrás – afirmou.

Blog com Lance!