Category Archives: Tênis

Sharapova é a atleta mais bem paga do mundo; tenistas dominam lista
   6 de agosto de 2013   │     0:08  │  0

Problema da russa Sharapova não é dinheiro, é liga para amarrar tanta grana

Problema da russa Sharapova não é dinheiro, é liga para amarrar tanta grana

Dona de uma marca de doces e estrela também fora de quadra, Maria Sharapova é a atleta mais bem paga do mundo pelo nono ano consecutivo, de acordo com a revista americana “Forbes”. Entre o mês de junho do ano passado e o deste ano, a atual número 3 do ranking da WTA acumulou US$ 29 milhões e está bastante à frente da rival americana Serena Williams, que arrecadou US$ 20,5 milhões no mesmo período. Em terceiro lugar, aparece a chinesa Na Li, com US$ 18,2 milhões ganhos.

As tenistas realmente dominam o top 10 da lista, que só toma em consideração atletas do sexo feminino. Somente três mulheres do grupo não são do mundo da raquete e da bolinha: Danica Patrick (5ª), piloto de Nascar; Kim Yuna (6ª), patinadora artística; e Paula Creamer (10ª), golfista. Completam a elite de ricas esportistas: Victoria Azarenka (4ª), Caroline Wozniacki (7ª), Agnieszka Radwanska (8ª) e Ana Ivanovic (9ª).

O ranking da “Forbes” leva em conta prêmios em dinheiro conquistados em competições, cachês, contratos de publicidade e patrocínio e porcentagens de licenciamento.

Federer usa uniforme da seleção para divulgar tour no Brasil
   28 de setembro de 2012   │     0:05  │  0

Tenista Roger Federer com a camisa da seleção brasileira de futebol

O tenista Roger Federer publicou em seu Facebook fotos suas utilizando o uniforme da seleção brasileira de futebol. As imagens fazem parte da divulgação do Gillette Tour, evento de seu patrocinador que trará o número um do mundo para partidas de exibições em São Paulo, no início de dezembro.

“Ficando pronto para o Gillette Tour no Brasil…eu pensei que era um tour de tênis, não de futebol????”, escreveu o suíco em sua conta.

O tenista ainda colocou mais duas fotos. Em uma delas ele pediu sugestões de apelidos para usar na camisa e prometeu escolher a melhor.

Federer ainda aparece em uma imagem vestido como um jogador de vôlei com o uniforme brasileiro. “Preparados para um voleibol?”, escreveu.

Além do suíço, que vai enfrentar o francês Jo-Wilfried Tsonga e o brasileiro Thomas Belucci, o Gillette Tour também vai contar com Maria Sharapova, Serena Williams, Victoria Azarenka, Caroline Wozniacki e a dupla Mike e Bob Bryan.

As partidas vão ocorrer Ginásio do Ibirapuera entre os dias 6 e 8 de dezembro. Os ingressos já estão à venda e custam entre R$ 500 e R$ 990.

Polícia: juíza de tênis falava de Agassi enquanto corpo do marido jazia
   24 de agosto de 2012   │     0:04  │  0

Acusada de matar marido, Goodman foi extraditada para a Califórnia

Respeitada árbitra de tênis, Lois Ann Goodman deixou Nova York no dia de ontem e foi extraditada para responder às acusações de que teria assassinado o marido na Califórnia, onde mora. Ela deixou a Corte Criminal de Manhattan acompanhada por detetives do Departamento de Polícia de Los Angeles.

Fotografada na saída do local, Goodman seguia usando o uniforme oficial do Aberto dos Estados Unidos. Ela foi detida na última terça-feira no lobby de um hotel em Nova York quando estava prestes a entrar em um transporte para Flushing Meadows, complexo onde estão ocorrendo as partidas do torneio qualificatório do Grand Slam, o qual ela arbitraria.

Mãe de três filhas, Goodman, 70 anos, é acusada de ter assassinado o marido, Alan Frederic Goodman, 80 anos, em 17 de abril, na casa onde o casal morava, em Woodland Hills, em Los Angeles.

Conforme informou uma fonte policial ao diário, no dia da morte, Goodman começou a conversar com os policiais diante da cena do crime sobre a sua carreira e sobre o ex-tenista americano Andre Agassi, antigo número 1 do mundo, cujas partidas já dirigiu no circuito profissional. Enquanto o corpo do marido jazia ensanguentado em uma cama, ela teria ainda “lamentado amargamente” a morte de Alan.

Segundo o mesmo diário, procuradores pediram que a fiança para Goodman seja estabelecida em US$ 1 milhão (R$ 2,02 milhões). Nas palavras de David Storaker, funcionário do Departamento de Polícia de Los Angeles, a árbitra se mostrou sempre muito tranquila durante as investigações.

O julgamento da juíza de tênis deve começar na próxima segunda-feira. Nesse mesmo dia se inicia a chave principal do Aberto dos EUA, o qual Goodman se preparava para arbitrar antes da detenção

Árbitra top do tênis é presa acusada de matar o marido com caneca
   23 de agosto de 2012   │     0:04  │  0

A árbitra americana de tênis Lois Ann Goodman foi detida enquanto tomava o café matinal

Uma conhecida árbitra de tênis, escalada para trabalhar na próxima edição do Aberto dos Estados Unidos, foi presa sob a acusação de ter matado seu marido com uma caneca de café.

Lois Ann Goodman, 70, foi detida em cumprimento de mandado expedido há uma semana pela promotoria do condado de Los Angeles, relativa à morte, em 17 de abril, de Alan Goodman, de 82 anos. No momento da prisão ela tomava café da manhã no hotel reservado aos juízes do torneio Grand Slam, um dos principais da temporada.

A promotoria disse que Goodman deve permanecer detida em Nova York enquanto aguarda transferência para Los Angeles, onde pode ser condenada a prisão perpétua. Promotores disseram que vão solicitar que sua fiança seja estabelecida em US$ 1 milhão (cerca de R$ 2 milhões).

O crime teria acontecido na casa do casal, no bairro de Woodland Hills, em Los Angeles.

Segundo a mídia americana, ela alega que o marido caiu da escada de casa no dia 17 de abril. A promotoria diz, porém, que os ferimentos na cabeça de Alan aconteceram devido a ataques com uma caneca de café.

“Foi homicídio. Ele tinha múltiplas lesões por ataque”, afirmou o assistente-chefe das investigações, Ed Winter para o “Los Angeles Times”.

A acusada é amplamente conhecida no mundo do tênis, e seria árbitra no Aberto dos EUA, que começa na próxima segunda-feira em Nova York. Ela começou na carreira na década de 70 e já apitou partidas dos americanos John McEnroe, Martina Navratilova, Andre Agassi e Pete Sampras (todos aposentados).

Ex-número 1 rompe com família e silencia sobre perda de R$ 100 mi
   16 de fevereiro de 2012   │     0:05  │  0

Roubada pelos próprios pais, Arantxa chorou em coletiva

Dias depois de acusar os pais de gastarem uma fortuna de mais de R$ 100 milhões conquistada ao longo da carreira no tênis, a espanhola Arantxa Sánchez concedeu entrevista para lançar sua autobiografia, intitulada “Vamos!”. Emocionada, a ex-número 1 do mundo leu um depoimento no qual evidenciou o rompimento com a família e se negou a falar sobre a polêmica financeira dos Sánchez Vicario, deixando tudo a serviço dos advogados.

“Sou a mesma de sempre, mas agora decido o que quero dizer. Não quero me esconder nem fingir uma relação que não existe”, disse Arantxa, que atualmente é capitã da Espanha na Fed Cup. “Pode algum dos meus irmãos ou meus pais decidirem com quem dividir minha vida? Muitos de vocês sabem que é assim há muito tempo”, salientou.

Irmã mais nova do ex-tenista espanhol Emilio Sánchez Vicario, Arantxa conquistou quatro Grand Slams na carreira, que chegou ao fim em 2002. A espanhola conquistou em premiações um total de US$ 17 milhões, além de aproximadamente US$ 45 milhões em patrocínio. A fortuna, que chega a mais ou menos R$ 103 milhões no câmbio corrente, simplesmente desapareceu, segundo a tenista.

Arantxa contou que todo o dinheiro era gerenciado pelos pais e que ela recebia uma “mesada” para cobrir os eventuais gastos. Quando se aposentou, porém, a espanhola disse ter se dado conta de que havia perdido tudo. Os pais, por meio de comunicado oficial, negaram ter torrado a fortuna.

“Não sou mal-agradecida, sempre agradeci aos meus pais pelo apoio. Todos fazem o que é melhor para os filhos, mas, para mim, fizeram uma proteção que me anularam em momentos cruciais em minha vida. Preciso recuperar a minha normalidade, meus filhos são muito pequenos e quero que estejam à margem de tudo isso”, prosseguiu, antes de começar a chorar e ser aplaudida pela plateia.

Arantxa Sánchez, que se recusou a responder às perguntas dos aproximadamente 80 jornalistas que compareceram ao evento, também disse rapidamente sobre a polêmica que ela mesma levantou sobre seu patrimônio financeiro. “Não posso falar deste assunto. São os advogados os responsáveis por isso”, resumiu.