Category Archives: STJD

STJD marca julgamento que definirá rebaixamento na Série B
   6 de janeiro de 2020   │     17:00  │  1

O rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série B será definido no próximo dia 9 (quinta-feira). O Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva enfim marcou o julgamento da medida cautelar apresentada pelo Londrina pedindo punição ao Figueirense por W.O. no duelo frente ao Cuiabá.

O Londrina acusa o Figueirense de falta de Fair Play financeiro. O clube quer a perda de três pontos do rival ou a exclusão do torneio. O pedido para a realização do julgamento foi aceito pelo presidente do STJD, Paulo César Salomão Filho.

Apesar do W.O, o Figueirense terminou a Série B na 16ª colocação, com 41 pontos, dois a mais do que o Londrina, o primeiro dentro da zona de rebaixamento. A CBF ainda não confirmou o descenso.

O CASO
As acusações tratam do W.O do Figueirense, que não entrou em campo em partida contra o Cuiabá, pela 17ª rodada. Segundo o Londrina, o W.O foi uma irregularidade na competição já que o Figueirense perdeu apenas os pontos dessa partida, que foi decretada como vitória do Cuiabá por 3 a 0.

Na visão do Londrina, o Figueirense deveria ter o jogo considerado como uma derrota e ainda perder mais pontos.

Além disso, o clube paranaense questiona um caso já julgado pelo STJD, envolvendo atrasos de salário do Figueirense. O clube foi absolvido, mas o Londrina alega que as provas apresentadas não foram suficientes.

Blog com Futebol Interior

STJD suspende classificação final da Série B
   13 de dezembro de 2019   │     22:30  │  0

  • Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) aceitou a denúncia do Londrina contra o Figueirense e pediu que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não homologue a tabela final da Série B do Campeonato Brasileiro. Em despacho, o presidente Paulo César Salomão Filho pediu que o rebaixamento do time paranaense não seja decretado até uma decisão final.

O pedido alviceleste foi feito através do advogado Paulo Schmitt, com base no artigo 203 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que consiste em “deixar de disputar, sem justa causa, partida, prova ou o equivalente na
respectiva modalidade, ou dar causa à sua não realização ou à sua suspensão”. A pena para o descumprimento é de R$ 100 a R$ 100 mil de multa e da perda dos pontos em disputa a favor do adversário – que se dá com a perda pelo placar de 3 a 0.

O Londrina ainda pede que o time catarinense seja punido por atrasos salariais de atletas e o não cumprimento da quitação, que pode acarretar na perda de três pontos por partida, de acordo com o Art. 17 do Regulamento do Campeonato Brasileiro.

Confira na íntegra o despacho do STJD:

“Sem fazer qualquer juízo de valor quanto ao mérito da controvérsia, fazendo uma análise preliminar e perfunctória, avaliando a questão primo ictu oculi própria da apreciação de um pedido liminar, verifica-se que os requisitos extrínsecos e intrínsecos para processamento da medida foram cumpridos pelo clube requerente.                       

Desse modo, sem evidenciar qualquer juízo de certeza sobre o mérito da controvérsia, temos que o simples fato de ser recebida e determinado o processamento da medida intentada traz como consequência a necessidade de se determinar que não seja homologado o resultado da competição, ao menos no que tange aos clubes envolvidos na controvérsia, sob pena de não se obter nenhum resultado prático com o julgamento de mérito do processo.

Pelo exposto, DEFIRO EM PARTE a medida liminar vindicada, determinando que se oficie à CBF para que, por ora, e até ulterior decisão deste STJD, se abstenha de ultimar a declaração do rebaixamento do LONDRINA EC à Série C do Campeonato Brasileiro”.

Blog com Esporte Banda B

Jorge Jesus é advertido, mas não desfalca o Fla
   25 de outubro de 2019   │     22:30  │  0

Jorge Jesus levou apenas uma advertência em julgamento no STJD (Foto: AFP)

 Jorge Jesus levou apenas uma advertência em julgamento no STJD (Foto: AFP)

 

Em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva, o técnico Jorge Jesus foi condenado a uma partida de suspensão convertida em advertência após ser denunciado por ações no jogo contra o Athletico Paranaense, vencido por 2 a 0 pelo Rubro-Negro. Portanto, o português não vai desfalcar o Flamengo em partidas do Campeonato Brasileiro.

Jesus respondeu por ofender a arbitragem e ter uma atitude antidesportiva na entrevista coletiva após a partida. Na ocasião, ele reclamou de um pênalti em que a arbitragem voltou atrás na marcação após consultar o VAR. O português foi enquadrado em dois artigos do código brasileiro de justiça desportiva (CBJD): 243-F e 258. Ele poderia ficar até 12 jogos suspenso, seis por cada denúncia.

Além disso, o Flamengo terá que pagar multa de R$ 2 mil por atraso de dois minutos na volta para o segundo tempo nesta mesma partida. Jesus não esteve no STJD e foi defendido pelo advogado do Flamengo, Michel Assef Filho.

Blog com Lance

STJD confirma denúncias contra Jorge Jesus e Galiotte
   20 de outubro de 2019   │     0:05  │  0

A procuradoria do STJD confirmou as denúncias contra o técnico do Flamengo, Jorge Jesus, e o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, por declarações contra árbitros. O treinador rubro-negro pode pegar até 12 partidas, enquanto o mandatário alviverde pode ser suspenso por um período de 15 a 180 dias.

O STJD divulgou a denúncia da Procuradoria contra Jorge Jesus. A reportagem apurou que o procurador-geral, Felipe Bevilacqua, confirmou ainda a denúncia contra o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte.

A denúncia contra o técnico rubro-negro foi nos artigos 258 e 243-F do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. O primeiro item trata de conduta que desrespeite a disciplina ou a ética, o que pode ser dirigido a árbitros. Após a partida diante do Athletico-PR, em que um pênalti para o Flamengo foi marcado e anulado -, Jorge Jesus afirmou: “Não vim preparado para jogar contra o juiz”. Cada artigo pode gerar advertência, multa ou suspensão de um a seis jogos de suspensão.

Já o presidente palmeirense, Maurício Galiotte, foi denunciado no artigo 258 por suas declarações após o jogo com o Internacional. “Em muitos lances, o VAR não tem atuado em jogos do Flamengo, isso é fato. Ontem foi um exemplo. Tem o jogo do Internacional também, no Maracanã. A gente vem a público pedir uma arbitragem que apite igual para todos”, afirmou o presidente alviverde.

Blog com Alexandre Araújo e Pedro  Ivo Almeida/FolhaPress

STJD admite erro e vai devolver 3 pontos
   11 de outubro de 2019   │     13:00  │  0

Figueirense vai continuar na lanterna da Série B (Foto: Divulgação)

O Figueirense disputou uma partida na última terça-feira e ficou no empate sem gols com o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto. No entanto, foi fora dos gramados que a equipe catarinense ganhou mais três pontos em disputa pela Série B. Depois de ser punido com a perda de três pontos pelo STJD por causa do W.O contra o Cuiabá, pela 17.ª rodada, o Figueirense vai receber os pontos de volta.

A mudança se dará porque, segundo documento divulgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), os três pontos retirados seriam referentes àqueles que estavam em disputa contra o Cuiabá.

“A Quinta Comissão Disciplinar deste STJD deliberou, à unanimidade, por condenar o Figueirense na forma do art. 203 do CBJD, aplicando-lhe a pena prevista, isto é, ‘multa de R$ 100 mil, e perda dos pontos em disputa a favor do adversário, na forma do regulamento’, o que, no caso concreto, implicou em multa de R$ 3 mil, além da perda de 3 pontos em favor do Cuiabá/MT, em conformidade do art. 56, §1º do RGC/2019”, diz o texto.

Logo após a decisão inicial de retirar os três pontos, o Figueirense e o Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina se pronunciaram denunciando que teria ocorrido um erro de interpretação por parte do departamento de competições da entidade, o que acabou se confirmando.

Após a punição, o Figueirense caiu de 23 para 20 pontos. Com o empate da última terça-feira chegou a 21 e, portanto, vai pular para 24 pontos após a nova decisão. Mesmo assim vai seguir na lanterna isolada, porque não vence um jogo há 18 rodadas, praticamente o equivalente a um turno completo.

Blog com Esportes Band