Category Archives: Série B

CRB terá alterações hoje; CSA joga para vencer no Ceará
   6 de novembro de 2018   │     0:05  │  0

O CRB realizou último treino na tarde de ontem com portões fechados, quando o técnico Roberto Fernandes definiu o time que vai enfrentar o Juventude, logo mais às 20h30, no Estádio Rei Pelé, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Para este jogo, o treinador alvirrubro pode voltar a utilizar o lateral-esquerdo Paulinho, que vem de suspensão. Em contrapartida, perde o meia Felipe Menezes, pois recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Boa Esporte. O Galo encara o jogo como “decisão”, já que a vitória pode espantar o rebaixamento.

A vitória contra o Boa Esporte no último sábado (3) cumpriu a primeira parte da missão de fazer seis pontos nesta sequência de dois jogos seguidos em Maceió. Buscando esse objetivo, o grupo já entrou em regime de concentração desde esse domingo e todo o foco está voltado em vencer o Juventude.

Este será mais um confronto de “seis pontos” porque apenas três pontos separam as duas equipes. Porém, o Galo tem duas vitórias a mais em relação ao Juventude: nove contra sete. O clube gaúcho é o primeiro a abrir a zona do rebaixamento. Já o CRB é o primeiro fora da zona do rebaixamento. A preocupação do técnico Roberto Fernandes está na criação do meio-campo.

Sem Felipe Menezes lutam pela posição Diego Rosa, Leílson e Renan Oliveira. A meta é deixar o time ofensivo até porque vai para mais um jogo em casa. Sobre a lateral esquerda, isso não problema porque se Rafael Carioca não for mantido entra Paulinho em seu lugar. Uma provável escalação do CRB para enfrentar o Juventude: João Carlos, Edson Ratinho, Everton Sena, Anderson Conceição e Rafael Carioca (Paulinho); Claudinei, Serginho, Renan Oliveira (Diego Rosa ou Leílson) e Willians Santana; Rafael Costa e Iago.

CSA TEM DÚVIDA NA ZAGA

O técnico Marcelo Cabo, do CSA, precisou fazer uma mudança de última hora na programação para o jogo contra o Fortaleza, logo mais às 20h30, no Castelão. Lesionado, o zagueiro Leandro Souza teve que voltar a Maceió e, assim, o treinador convocou Rony para integrar o grupo que está preparado para enfrentar o líder da Série B.

Leandro sofreu um entorse no tornozelo esquerdo na vitória contra o Sampaio Corrêa e, por conta disso, não tem condições de enfrentar o Leão do Pici.

Fortaleza e CSA dois destaques da Série B, deverão fazer um grande duelo na noite de hoje. O Leão do Pici é o líder da Série B, com 64 pontos, e já garantiu acesso para a Série A de 2019. O Azulão é o vice-líder da competição com 57 pontos e, segundo o site Infobola, tem mais de 90% de chances de chegar à Primeira Divisão do Brasileiro do próximo ano.

Ontem o técnico Marcelo Cabo comandou um trabalho leve na capital cearense, definindo o time que só será conhecido logo mais nos vestiários do Castelão. Sem Leandro Souza, cogita-se o retorno de Elivelton, que teve boa atuação contra o Guarani em Campinas (SP). Esta foi sua última exibição na equipe, pela 28ª rodada, ainda em setembro (dia 22).

Às 20h30 desta terça-feira, na Arena Castelão, haverá um confronto de líder contra vice-líder: o Fortaleza soma 64 e o CSA 57 pontos. Provável escalação azulina: Lucas Frigeri, Celsinho, Elivelton (Matheus Lopes ou Rony), Xandão e Rafinha; Yuri, Dahwan (Pio), Didira e Daniel Costa; Hugo Cabral e Walter.

Blog com Gazetaweb e Globoesporte/AL

 

Oito times brigam por três vagas para o acesso na Série B
   5 de novembro de 2018   │     15:58  │  0

Fortaleza já está garantido na Série A de 2019, e disputa está aberta por três lugares no G-4. CSA, Avaí, Goiás, Vila Nova, Londrina, Atlético-GO, Ponte Preta e Guarani estão vivos.

Com o Fortaleza garantido na Série A do Brasileirão de 2019, outros oito times seguem na briga pelas três vagas restantes para o acesso. Faltando quatro rodadas, CSA, Avaí e Goiás completam o G-4 neste momento e estão em vantagem nessa disputa, mas Vila Nova, Londrina, Atlético-GO, Ponte Preta e Guarani ainda estão vivos em busca desse sonho.

O Fortaleza conquistou o acesso de forma antecipada ao atingir os 64 pontos. Apesar disso, o Guarani, que pode atingir no máximo 61 pontos, ainda têm chances, de acordo com o site Infobola, do matemático Tristão Garcia. Para ele, quem atingir 62 pontos conseguirá o acesso.

A 35ª rodada da Série B do Brasileiro será aberta nesta segunda-feira, com Goiás e Sampaio Corrêa, às 20h (de Brasília), no estádio Olímpico, em Goiânia. Os outros nove jogos serão disputados na terça-feira.

Com relação ao CSA, vice-líder, o time alagoano visita o Fortaleza, que vai fazer o jogo da festa pelo acesso diante do seu torcedor, no Castelão. Depois, são dois confrontos com concorrentes diretos pelo acesso, ambos em casa: Atlético-GO e Avaí. Fecha diante do Juventude, que briga para escapar do Z-4. O CSA só perdeu uma das últimas seis partidas disputadas.

  • Contas: precisa de mais uma vitória e dois empates.
  • Jogos: Fortaleza (F), Atlético-GO (C), Avaí (C) e Juventude (F).

O Azulão tem hoje 91% de chances de subir. Quem afirma é o matemático Tristão Garcia, do site Infobola.

Blog com Globoesporte

Fortaleza tenta quebrar jejum de 28 anos nesta terça
     │     13:06  │  0

Com o acesso garantido, o Fortaleza agora mira a conquista do título da Série B do Campeonato Brasileiro. O time cearense pode levantar a taça nesta terça-feira, quando recebe o valente CSA, na Arena Castelão. Além da conquista, a equipe comandada por Rogério Ceni pode encerrar um jejum incômodo de 28 anos sem títulos nordestinos da segunda divisão.

O último campeão da Série B vindo do Nordeste foi o Sport em 1990. De lá pra cá, o torneio teve diversos formatos, inúmeros clubes, mas ninguém da região faturou o torneio. Além disto, o Fortaleza pode ser o primeiro nordestino a conquistar o título na era dos pontos corridos, que começou em 2004.

Além do Sport, outro time que ostenta o título da Série B na região Nordeste é o Sampaio Corrêa, campeão em 1972, na única edição da história que só times nordestinos participaram do torneio. Naquele ano, o Tubarão derrotou o Campinense nos pênaltis após empate por 1 a 1, no Nhozinho Santos. Os dois clubes, no entanto, não subiram.

Para ser campeão, o Fortaleza precisa de uma simples vitória sobre o CSA, nesta terça-feira, e que o Avaí não derrote o Atlético-GO, em Goiânia, no mesmo dia.

O Blog do Arivaldo Maia lembra: É preciso considerar a qualidade do CSA, adversário vencedor do Fortaleza nos últimos jogos, em duelos no Castelão e Rei Pelé. Será um grande jogo. Os dois melhores batendo de frente nesta Série B.

Arivaldo Maia e Futebol Interior

CRB respira ao vencer o Boa; CSA perto da Série A
   4 de novembro de 2018   │     0:05  │  1

O CRB não fez uma boa partida, mas neste momento o que importa é o resultado. Em um confronto direto, o time alagoano venceu o Boa Esporte na tarde de ontem por 2 a 1, no Estádio Rei Pelé, pela 34ª rodada, e respirou na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B.

A vitória mantém o CRB na 16ª colocação, com 38 pontos, três a mais que o Juventude, primeiro da zona de rebaixamento. Por outro lado, o Boa Esporte está virtualmente na Série C. A segunda derrota seguida fez o lanterna estacionar nos 29.

GALO NA FRENTE
Como não poderia ser diferente, o CRB começou em cima do Boa Esporte e abriu o placar logo aos 11 minutos. Edson Ratinho invadiu a área e foi derrubado por Jadson dentro da área. O árbitro assinalou pênalti, convertido por Willians Santana. Goleiro de um lado e bola do outro.

Mais tranquilo, o CRB passou a valorizar a posse da bola, enquanto o Boa Esporte tinha dificuldades para criar lances de perigo. Aos 27, Anderson Conceição furou e a bola sobrou para Daniel Cruz, que invadiu a área e bateu para boa defesa de João Carlos.

O CRB quase ampliou em chute de fora da área do lateral Rafael Carioca. A bola passou raspando a trave. Nos minutos finais, Felipe Menezes caiu após dividida com Caíque e reclamou de pênalti. Dessa vez, o árbitro nada marcou. Aos 45, Alyson finalizou com muito perigo.

HAJA EMOÇÃO
O Galo da Pajuçara perdeu a chance de ampliar logo aos cinco minutos do segundo tempo. Willians Santana cruzou rasteiro, a bola passou por Felipe Menezes e sobrou para Alípio. Quase na pequena área, o atacante chutou por cima. Na sequência, Willians Santana finalizou fraco e facilitou a defesa do goleiro.

Rafael Carioca evitou o gol de Hélder ao desviar cruzamento de William Barbio para escanteio. Aos 16, Iago recebeu dentro da área, puxou para o meio e finalizou em cima do adversário. O CRB recuou e viu o Boa Esporte esboçar uma pressão, irritando os torcedores presentes no Rei Pelé.

Aos 35, Machado arriscou de fora da área, a bola desviou no meio do caminho e saiu assustando João Carlos. Na cobrança de escanteio, Rafael Carioca só não marcou gol contra porque a bola acertou a trave. O castigo veio aos 40 minutos.

Hélder foi até a linha de fundo e cruzou para desvio de Bruno Tubarão. Dois minutos depois, o CRB voltou a ficar na frente. Renan Oliveira cobrou falta e Everton Sena se antecipou ao goleiro para balançar as redes.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, pela 35ª rodada. O CRB recebe o Juventude, às 21h30, no Rei Pelé, em Maceió, enquanto o Boa Esporte encara a Ponte Preta, às 20h30, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

CSA PRÓXIMO DA SÉRIE A

O CSA conquistou dois acessos nos últimos dois anos e está muito perto do terceiro. Vice-líder da Série B, o Azulão tem hoje 88% de chances de subir. Quem afirma é o matemático Tristão Garcia, do site Infobola.

Os números melhoram após a vitória de sexta, por 3 a 2, em São Luís, sobre o Sampaio Corrêa. Faltam ainda quatro jogos para o time alagoano na competição nacional.A primeira das quatro decisões, como costuma dizer o técnico Marcelo Cabo, está marcada para terça, contra o líder Fortaleza, na Arena Castelão.

Depois, o CSA volta a Maceió para enfrentar, na sequência, o Atlético-GO (dia 10) e Avaí (dia 17). O Azulão fecha sua participação na Série B em 24 de novembro, fora de casa, contra o Juventude.Pelas contas de Cabo, o time alagoano terá uma margem de segurança para chegar à Série A se atingir 62 pontos. Hoje, tem 57. Dependendo de outros resultados, esse número pode até ser menor.

– Mas tem que continuar com os pés no chão, muita humildade, a gente precisa conquistar pontos na sequência da competição. A gente viu o quanto que é difícil a Série B e não é toda hora que vai acontecer o que aconteceu em São Luís (virada por 3 a 2) – comentou Cabo.

Textos: Arivaldo Maia, Futebol Interior e Globoesporte/AL

CSA perto da Série A; CRB enfrenta o Boa em casa
   3 de novembro de 2018   │     0:05  │  1

Em um grande jogo com duas viradas no Castelão, em São Luís (MA), o CSA bateu o Sampaio Corrêa por 3 a 2 na noite de ontem, pela 34ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, e deu mais um grande passo rumo à primeira divisão.

O time da casa, com 32 pontos, segue em situação cada vez mais complicada na zona do rebaixamento e ocupa a 19ª posição. O CRB, primeiro time fora do Z4, já soma três pontos a mais do que os maranhenses.

Na outra ponta da tabela, o CSA é o vice-líder com 57 pontos, quatro a menos do que o Fortaleza. Avaí, com 55, e Goiás, com 54, completam o G4 e o Vila Nova, com 52, é o primeiro fora da zona de acesso à elite do futebol nacional.

VIRADA NA PRIMEIRA ETAPA
O CSA começou melhor e chegou a acertar a trave com belo chute de Hugo Cabral, aos 21 minutos do primeiro tempo. Dez minutos mais tarde, Rafinha cobrou falta, o goleiro Andrey espalmou e Celsinho, no rebote, colocou os visitantes em vantagem.

O jogo parecia controlado pela equipe alagoana, mas o Sampaio Corrêa respondeu nos minutos finais do primeiro tempo. Aos 43, Fernando Sobral fez jogada individual pela direita e tocou para Esquerdinha empatar a partida.

Ainda antes do intervalo, aos 46, Jheimy cruzou para Matheuzinho, livre dentro da área, virar a partida para delírio da torcida maranhense.

NOVA VIRADA
Na segunda etapa, o CSA se lançou ao ataque para buscar o empate e tudo ficou ainda mais complicado após a lesão do zagueiro Leandro Souza. Como o técnico Marcelo Cabo já tinha feito as três substituições, a equipe foi obrigada a atuar com um homem a menos.

Mesmo assim, as substituições fizeram efeito e Neto Berola, que entrou no lugar de Dawhan, garantiu a vitória de virada. O atacante marcou o gol de empate aos 27 minutos, aproveitando rebote do goleiro Andrey e, aos 42, fez o gol da vitória em belo chute de fora da área, saindo como herói da partida.

Nos minutos finais, Luis Gustavo ainda foi expulso por entrada dura em Didira, deixando o Sampaio Corrêa também com dez jogadores em campo. Sem mais forças para buscar o resultado, a equipe da casa acabou perdendo mesmo por 3 a 2.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, pela 35ª rodada da Série B. O Sampaio Corrêa enfrenta o Goiás no Estádio Olímpico de Goiânia (GO), enquanto o CSA vai ao Castelão para encarar o líder Fortaleza.

CRB ENFRENTA O BOA ESPORTE EM JOGO DECISIVO

A reta final da Série B é sempre emocionante e não será diferente para CRB e Boa Esporte, que fazem um confronto direto na briga contra o rebaixamento. As equipes se enfrentam na tarde de hoje, às 16h30, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, pela 34ª rodada.

O time da casa é o primeiro fora da zona do rebaixamento, ocupando a 16ª posição com 35 pontos, na frente do 17º Juventude apenas pelo número de vitórias (8 a 7).

O Boa, com 29 pontos, é o lanterna da competição e precisa pontuar desesperadamente para seguir com chances de escapar da Série C de 2019. Nada melhor do que enfrentar justamente a primeira equipe fora do Z4 e diminuir essa diferença.

GALO VAI PRA CIMA
Jogando em casa e ciente da situação delicada do adversário, o técnico Roberto Fernandes deve mandar a campo uma formação mais ofensiva do CRB. A tendência é que o técnico abandone o esquema com três volantes com a saída de Luiz Otávio para a entrada do meia Felipe Menezes.

Além disso, o lateral-esquerdo Paulinho, suspenso, dá lugar a Rafael Carioca. No ataque, Mazola e Rafael Costa disputam a vaga que seria de Neto Baiano, que está lesionado.

FORÇA MÁXIMA
Se o Boa Esporte não vive bom momento, ao menos o técnico Tuca Guimarães tem uma boa notícia: poderá contar com força máxima para a próxima partida, já que não teve jogadores amarelados na última rodada.

Mesmo assim, o treinador deve promover mudanças no time titular. A tendência é que Thallyson perca o espaço no ataque. William Barbio e Douglas Baggio disputam a posição para atuar ao lado de Daniel Cruz e Manoel, formando um trio ofensivo no sistema 4-3-3.

CRB-AL

João Carlos; Edson Ratinho, Everton Sena, Anderson Conceição e Rafael Carioca;
Claudinei, Serginho, Felipe Menezes e Willians Santana; Iago e Rafael Costa (Mazola).

 

Boa Esporte-MG

Fabrício; Hélder, Rodrigão, Rafael Jensen e Alyson; Djavan, Machado e Bruno Tubarão; Daniel Cruz, William Barbio (Douglas Baggio) e Manoel.

 

Textos: Arivaldo Maia e Futebol Interior