Category Archives: Série A

CSA vence o Boa e segue entre os melhores da Série B
   12 de maio de 2018   │     18:34  │  0

Um gol de Didira deu mais uma importante vitória ao CSA na tarde de hoje, diante de um bom público no Rei Pelé.

O time azulino chegou aos 12 pontos e assumiu provisoriamente a liderança da Série B,  porque o Vila Nova, que tem 12, e o Fortaleza, que tem 10, ainda jogam no encerramento da rodada.

O Boa continua sem pontuar e permanece na lanterna da tabela.

O CSA agora vai enfrentar o Londrina no próximo sábado (19), às 16h30, no Estádio do Café, no Paraná.

Aguarde mais detalhes.

Arivaldo Maia

Em jogo com arbitragem catastrófica, Flamengo estreia com empate no Brasileirão
   16 de abril de 2018   │     0:04  │  0

Vitória e Flamengo fizeram jogo polêmico no Barradão

Na tarde do último sábado,Vitória e Flamengo fizeram jogo polêmico no Barradão (Foto: Divulgação/Flamengo)

O Flamengo tinha tudo para uma estreia tranquila no Brasileirão ao abrir o placar aos 16 segundos. Só não contava com uma arbitragem pavorosa de Wagner Reway, que expulsou Éverton Ribeiro aos 9 minutos do primeiro tempo em pênalti inexistente. Ainda assim, o Rubro-Negro, que depois seria beneficiado com a não marcação de impedimento claro no segundo gol, lutou com um a menos, mas só empatou em 2 a 2 com o Vitória, no último sábado, no Barradão.

O início não poderia ter sido melhor. Mal a bola rolou e o Flamengo abriu o placar com Lucas Paquetá após passe de Vinicius Junior, titular com a saída de Everton para o São Paulo. Tudo mudou após nove minutos, quando a arbitragem cometeu erro grave e mudou o jogo.

Após confusão na área, a bola bateu no rosto de Éverton Ribeiro, mas o árbitro Wagner Reway viu mão inexistente, marcou pênalti e ainda expulsou o meia. Yago cobrou e empatou para o Vitória.

Com um a menos, o Flamengo precisou mudar a forma de jogar (Henrique Dourado saiu para a entrada de Willian Arão) e a análise do trabalho do técnico interino Mauricio Barbieri em seu primeiro jogo oficial ficou prejudicada. Ainda assim, apesar do maior domínio de bola do Vitória, foram os cariocas que tiveram chances, com Paquetá e Réver.

No intervalo, dirigentes e membros da comissão técnica do Flamengo partiram para cima da arbitragem e houve princípio de confusão no vestiário.

Na segunda etapa, o Vitória tentou forçar, mas o Flamengo se segurou e só levou um susto. Aos 10, Barbieri tirou um cansado Paquetá, o melhor em campo, para colocar Geuvânio. O time caiu de produção e ainda assim rondou com mais perigo a área adversária até marcar o segundo gol, aos 26. E de novo numa falha grave da arbitragem. Arão, impedido, cabeceou, Geuvânio cruzou e Réver marcou. Mal deu tempo de comemorar. Em erro defensivo, Denilson subiu sem marcação de Juan para empatar, aos 30.

Blog com O DIA

Brasileirão vive ano atípico por causa da Copa do Mundo e terá pausa de 32 dias
   15 de abril de 2018   │     0:03  │  0

O Campeonato Brasileiro de 2018, que começou na tarde de ontem, certamente será diferente do que retornará no dia 18 de julho, após mais de um mês de paralisação. Em ano de Copa do Mundo, o principal torneio nacional ganha uma espécie de intertemporada capaz de reequilibrar as forças em meio à disputa.

Serão 12 rodadas até 13 de junho, data da última jornada antes de os clubes ganharem a folga forçada por conta do Mundial na Rússia, que terá início no dia seguinte. Passado o torneio da Fifa, os brasileiros voltarão à guerra em 16 de julho, uma segunda-feira. Ou seja, 32 dias de abstinência.

Acha que é pouco tempo provocar uma reviravolta nos rumos do campeonato? Bem, então vale recordar que, das três edições de pontos corridos no atual formato disputadas em anos de Copa, apenas uma vez quem liderava a tabela antes da pausa acabou confirmando o título nacional posteriormente: em 2014, o Cruzeiro chegou ao período de interrupção da competição três pontos à frente do vice-líder Fluminense (19 a 16). Foi campeão com 80, 10 a mais do que o São Paulo, que terminou em segundo – era o quarto antes do Mundial. Já o Flu despencou para a sexta posição.

Em 2010, o Brasileirão foi paralisado na sétima rodada, quando o líder era o Corinthians. O clube paulista somava 17 pontos, dois a mais do que o Fluminense, que arrancaria depois para o título e deixaria os paulistas na terceira colocação.

Já em 2006, a pausa aconteceu após 10 jogos e quem despontava era o Cruzeiro, que perdeu muito fôlego (fechou a sua participação em 10.º) e viu o São Paulo ficar com a taça. Vale lembrar que foi justamente a partir de 2006, ano em que a Alemanha sediou o Mundial, que o Brasileirão adotou o formato de pontos corridos com 20 clubes.

Neste ano, a fórmula se repete: todos contra todos, em turno e returno. Quem pontuar mais após 38 rodadas será o campeão, condição que o Corinthians buscará manter depois do troféu erguido na última temporada – e com moral reforçado pela recente conquista do Campeonato Paulista.

Além do campeão, os três colocados subsequentes garantirão vaga diretamente na fase de grupos da Copa Libertadores de 2019. Já o quinto e o sexto vão para a etapa prévia da competição continental. Lembrando sempre que se os ganhadores de Copa do Brasil, Libertadores e/ou Sul-Americana estiverem também dentro desse G6, as vagas brasileiras à Libertadores vão sendo preenchidas pelos melhores colocados seguintes.

A CBF costuma divulgar os valores da premiação em meados de setembro. Na última edição, o Corinthians embolsou cerca de R$ 18 milhões dos mais de R$ 63,7 milhões distribuídos aos 16 clubes que permaneceram na Série A. A expectativa é de valores próximos para esta temporada.

ESTADÃO conteúdo

CBF divulga tabela detalhada das primeiras rodadas do Brasileirão
   18 de março de 2018   │     0:04  │  0

Atual campeão, Corinthians vai receber o Flu (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

 

A CBF já divulgou a tabela das primeiras 12 rodadas do Campeonato Brasileiro. Cruzeiro e Grêmio farão o primeiro jogo da competição, no dia 14 de abril, um sábado às 16h00, horário de Brasília.

Atual campeão, o Corinthians fará sua estreia diante do Fluminense, às 16h, na Arena Corinthians. A partida é parte da cerimônia oficial da abertura do Brasileirão, organizada pela entidade. Curiosamente, o Timão e o Tricolor Carioca fizeram o jogo que sacramentou o título do time de Fabio Carille, no ano passado.

O Palmeiras, que ergueu a taça em 2016, vai pegar o Botafogo, na segunda, dia 16, às 20h00, no Rio de Janeiro. O jogo está previsto para o Estádio Nilton Santos.

Vice em 2016 e terceiro no ano passado, o Santos jogará no sábado, dia 14, contra o Ceará. A princípio, a partida está marcada para o Estádio do Pacaembu às 21h00. O Peixe atuará na data de seu aniversário. O clube completará 106 anos de história no mês que vem.

Por fim, o São Paulo receberá no Morumbi o Paraná, também na segunda às 20h00. Vasco e Atlético-MG e Vitória e Flamengo são os outros jogos de destaque da rodada inicial do Brasileiro.

Na quinta rodada, o primeiro clássico paulista será disputado: Corinthians e Palmeiras entrarão em campo, no dia 12 de maio às 19h00, na Arena Corinthians, em Itaquera.

Confira a 1ª rodada do Campeonato Brasileiro:

Sábado, 14/04
16h00 Cruzeiro x Grêmio
19h00 Vitória x Flamengo
21h00 Santos x Ceará

Domingo, 15/04
11h00 América-MG x Sport
16h00 Vasco x Atlético-MG
16h00 Corinthians x Fluminense
16h00 Internacional x Bahia
19h00 Atlético-PR x Chapecoense

Segunda, 16/04
20h00 Botafogo x Palmeiras
20h00 São Paulo x Paraná

Blog com Gazeta Press

Com gol no último minuto, Coritiba é rebaixado
   3 de dezembro de 2017   │     21:47  │  0

Após perder por 2 a 1 para a Chapecoense na tarde deste domingo (3), na Arena Condá, o Coxa termina o campeonato na 17.ª posição, 43 pontos, e voltará a disputar a Segunda Divisão, fato que não acontecia desde 2009.

Foi um desfecho dramático para o Coxa, que poderia ter sido salvo, pois a rodada ajudou. O rebaixamento foi selado no último minuto.

O Vitória tomou o segundo gol do Flamengo nos acréscimos (1 x 2), placar que salvava o Coxa, mas o Alviverde tomou a virada também nos minutos finais. Um desfecho triste e inesperado.

Avaí, Atlético-GO e Ponte Preta também foram rebaixados.

Blog com Gazeta do Povo