Category Archives: Série A

Com falhas na defesa, CSA perde por 3 x 0 para o Fortaleza
   17 de novembro de 2019   │     21:40  │  3

Com gols de Tinga, Paulão e Juninho, o CSA perdeu fácil para o Fortaleza na noite deste domingo, no Castelão/CE, afundando cada vez mais na zona de rebaixamento da Série A.

Com a derrota a situação do clube azulino de Alagoas continua muito difícil em se tratando de permanecer na elite brasileira.

Seu próximo adversário será o Fluminense, também em situação complicada, dia 25, segunda-feira, às 20 horas. no Rei Pelé.

Segundo o consagrado comentarista Antonio Torres, do Timaço da 98.3, foi a pior exibição azulina sob o comando do técnico Argel Fucks.

 

Aguarde mais detalhes;.

Arivaldo Maia

 

Histórico do CSA com o Fortaleza é excelente
   15 de novembro de 2019   │     10:00  │  0

Resultado de imagem para logo de Fortaleza x CSA

 

CSA e Fortaleza estão prestes a se reencontrar. Os adversários nordestinos farão neste domingo (17) o clássico de número 18 na história dos campeonatos brasileiros C, B e A. Nos anos 2000, também no Ceará, se encontraram na extinta Copa João Havelange – o Brasileirão da época.

Em todo esse retrospecto, são seis vitórias do Azulão, quatro do Leão, e impressionantes sete empates. Porém, se feito o recorte do histórico do confronto dentro do Castelão, palco do jogo pela 33ª rodada da Série A, o time alagoano não perde desde 1992.

Na disputa do Campeonato Brasileiro da Série B de 1992, o Fortaleza bateu o CSA por 3×1, pela 10ª rodada do Grupo A da competição. Desde então, as equipes se encontraram outras quatro vezes no Ceará, onde o Azulão ganhou duas e empatou em outras duas oportunidades.

A rivalidade entre CSA e Fortaleza ganhou maiores proporções nos últimos anos. Ambos se encontraram na final da Série C de 2017 e o clube marujo levou a melhor: 2×1 no Castelão e 0x0 no Estádio Rei Pelé.

Na temporada passada, pela Série B, os adversários protagonizaram outros dois grandes confrontos, mas ninguém saiu vencedor: 0x0 no Trapichão e 1×1 na Arena. Apesar disso, ambos alcançaram o objetivo maior juntos, o acesso à Série A.

Na primeira divisão, alagoanos e cearenses jogaram pela 14ª rodada e o Leão rugiu alto: 2×0 dentro do Rei Pelé. À época, o resultado negativo afundou o CSA na vice-lanterna do Brasileirão, com apenas oito pontos.

A partida deste domingo, às 19h, vale a sobrevida para o clube azulino, afinal de contas, continua na zona de rebaixamento, com 29 pontos, e a seis do Cruzeiro, primeiro time fora do Z4.

Blog com matéria de Mauricio Manoel/Gazetaweb

CSA 0 x 3 Vasco: situação azulina ficou complicada
   11 de novembro de 2019   │     7:30  │  0

Após um jejum de quatro jogos, o Vasco enfim conseguiu voltar a vencer para diminuir cada vez mais as chances de rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série A. Jogando fora de casa, no Estádio Rei Pelé, pela 32ª rodada, o time carioca visitou e bateu o CSA, pelo placar de 3 a 0. Raul, Oswaldo Henríquez e Carlinhos, contra, fizeram os gols do jogo.

PRIMEIRO TEMPO
Jogando em casa, o CSA começou fazendo pressão na área adversária e logo no primeiro minuto do jogo, Apodi teve uma grande chance de abrir o placar. O lateral-direito apareceu na área e completou de cabeça um cruzamento de Carlinhos, mas a bola pegou muita força e saiu por cima do travessão do gol defendido por Fernando Miguel. Mas, não demorou para o Vasco responde a altura. Aos sete, Felipe Ferreira cobrou falta com precisão e obrigou o goleiro João Carlos a se esticar todo para fazer a defesa. Ribamar pegou o rebote e chutou para fora.

A partida seguiu movimentada e Fernando Miguel foi obrigado a trabalhar mais uma vez para salvar o Vasco. Aos nove minutos, Ricardo Bueno encontrou Euller livre na área, que cortou para a perna esquerda e bateu firme, mas o goleiro do Vasco conseguiu espalmar para fora. Depois disso, o ritmo do duelo caiu um pouco.

O placar só foi sair do zero aos 25 minutos, quando Raul recebeu um passe açucarado da direita, invadiu a área, deu uma caneta em Luciano Castán e chutou forte na saída do goleiro do CSA, que nada pode fazer e só olhou a bola entrar. Os donos da casa ficaram próximos do empate aos 33. Carlinhos cobrou escanteio na área, Ricardo Bueno escorou de cabeça, mas Dawhan cabeceou para fora. Nos minutos finais, ambos os times seguiram em cima, mas o primeiro tempo terminou mesmo com a vitória parcial do Vasco.

SEGUNDO TEMPO
O inicio do segundo tempo começou bastante movimentado. Atrás no placar, o CSA abusou das jogadas de Apodi pelo lado esquerdo em busca do empate. Porém com mais espaço no setor ofensivo, o Vasco aproveitou para ampliar a vantagem e marcou o segundo gol. Aos 21 minutos, Danilo Barcelos cobrou escanteio e Osvaldo Henríquez subiu mais alto que os zagueiros para testar firme para o fundo das redes, sem chances para o goleiro João Carlos.

A partir daí, o duelo voltou a ficar equilibrado no meio-campo, mas ainda deu tempo do Vasco fazer mais um gol. Aos 35 minutos, Rossi cruzou fechado na área, Raul tocou para o meio, e o lateral-esquerdo do CSA foi tentar afastar o perigo mas acabou empurrando contra a sua própria meta. Nos minutos finais, o arbitro ainda analisou um lance de pênalti dos lados do time alagoano, mas como foi fora da área, ele marcou apenas falta. Até por conta disso, o duelo terminou mesmo com a vitória do time visitante por 3 a 0.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo no próximo final de semana para a disputa da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. No domingo (17), o CSA visita o Fortaleza, na Arena Castelão, às 19h. Já na segunda-feira (19), o Vasco recebe o Goiás, às 19h30.

Blog e Futebol Interior

CSA perde para o Vasco e complica situação na Série A
   10 de novembro de 2019   │     21:13  │  2

Depois de um jogo equilibrado no primeiro tempo na noite deste domingo, o Vasco dominou o CSA na etapa final e venceu por 3 a 0 no Estádio Rei Pelé, pela 32ª rodada do Brasileirão. Raul abriu o placar com um golaço na primeira etapa, e Oswaldo Henríquez e Carlinhos (contra) marcaram na parte final

Com o resultado, o Vasco chegou aos 42 pontos e ocupa a 11ª colocação. Na próxima quarta-feira, o Cruz-Maltino enfrenta o Flamengo, às 21h30, no Maracanã, em jogo adiantado da 34ª rodada.

O CSA manteve os 29 pontos e é o 18º colocado. Na próxima rodada, os alagoanos jogam contra o Fortaleza, no domingo, às 19h, no Castelão.

Com essa derrota o CSA  fica em situação complicada para continuar na Série A.

Aguarde mais detalhes.

Arivaldo Maia e Globo Esporte/AL

Flamengo tenta vencer o Bahia para ampliar vantagem
     │     0:05  │  0

William se desespera com empate do PalmeirasWilliam se desespera com empate do Palmeiras (Foto: RAHEL PATRASSO / REUTERS)

A maior torcida do Brasil ganhou um incentivo a mais para o jogo contra o Bahia, neste domingo. O Palmeiras, seu maior perseguidor, ficou apenas no empate em 1 a 1, na noite de ontem, com o Corinthians, no Pacaembu. Com isso, um triunfo no Maracanã fará com que a distância do líder para o segundo colocado suba para 10 pontos.

Neste momento, a distância entre os dois é de sete. Com o empate no Pacaembu, os palmeirenses chegaram a 67 pontos. Com 74, o Flamengo pode ir a 77 em caso de triunfo diante dos baianos.

Superior na maior parte do jogo, o Palmeiras esteve muito perto de abrir o placar quando, aos 29 do segundo tempo, a arbitragem usou o VAR para ver mão de Manoel na bola dentro da área. O pênalti, cobrado por Gustavo Scarpa, foi defendido pelo goleiro Walter. Aos 44, o segundo colocado do Brasileiro mais uma vez quase chegou lá com Dudu, que acertou a trave.

Mas coube ao Corinthians abrir o placar. Numa finalização certeira, Michel pegou a sobra e acertou em cheio o ângulo do goleiro Weverton. Um golaço aos 46 da etapa final.

O Palmeiras reagiu e, apenas dois minutos depois, empatou. Após cruzamento na área, a bola sobrou para Bruno Henrique, livre na área, concluir com uma bomba.

O Verdão sabe que não será fácil superar o Mengão. O site INFOBOLA refez seus cálculos no final da noite passada. Agora o Flamengo tem 98% de chances de conquistar o título da Série A, em 2019, contra 2% do Palmeiras.

Blog com EXTRA