Category Archives: Seleções

Itália não vai participar da Copa da Rússia
   13 de novembro de 2017   │     22:20  │  0

Desde 1958, a seleção da Itália não ficava de fora da disputa de uma Copa do Mundo. Nesta segunda-feira, a Azzurra só empatou com a Suécia pelo placar de 0 a 0 e, por ter perdido pelo marcador mínimo na partida de ida das repescagens europeias para o Mundial da Rússia, se viu sem vaga para o principal torneio de futebol do mundo depois de 60 anos.

Graças ao placar do primeiro confronto, os comandados de Giampiero Ventura precisavam devolver o placar para levar a repescagem à prorrogação e, caso vencessem por dois ou mais gols de diferença, garantiriam vaga direta para a Copa.

Essa é apenas a terceira vez que os italianos ficam de fora do torneio. Com o brasileiro Jorginho em campo, o resultado adverso da Itália fez com que o goleiro ídolo da seleção, Gianluigi Buffon, não chegasse ao seu sexto Mundial.

Pelo lado da Suécia, a equipe nórdica, que não chegava à disputa de um Mundial desde 2006, carimbou seu passaporte para a Rússia sem seu principal jogador: Zlatan Ibrahimovic, com uma lesão no joelho e aposentado da seleção desde a Eurocopa de 2016, não esteve em campo.

Blog com Globoesporte

Brasil mantém liderança em ranking da Fifa; Itália é 10ª
   6 de maio de 2017   │     0:02  │  0

Depois de assumir a liderança do ranking da Fifa no mês passado após sete anos, a seleção brasileira manteve a primeira colocação na lista da entidade divulgada na última quinta-feira (4).

O time comandado por Tite alcançou 1672,69 pontos e aumentou a distância entre a segunda colocada Argentina, que continua com 1603. Na terceira posição aparece a Alemanha, seguida por Chile e Colômbia – reforçando a força sul-americana na classificação.

Entre as seleções europeias presentes no top 10 estão França, Bélgica, Portugal, Suíça e Espanha. A seleção italiana também se manteve na mesma colocação do mês anterior, ocupando a 12ª posição.

Com apenas sete jogos disputados em abril, a primeira mudança no ranking aconteceu com a subida de uma posição da Bolívia para o 73º lugar. A próxima classificação será publicada em junho.

Confira as 10 melhores seleções de acordo com a Fifa:

1. Brasil

2. Argentina

3. Alemanha

4. Chile

5. Colômbia

6. França

7. Bélgica

8. Portugal

9. Suíça

10. Espanha

Blog com Agência ANSA

Sem pestanejar, técnico da Alemanha reconhece: “O 7 a 1 foi definitivamente superado”
   14 de novembro de 2016   │     13:22  │  0

Joachim Löw coletiva Alemanha na Itália (Foto: Stefano Rellandini / Reuters)Joachim Löw está com a Alemanha na Itália para amistoso nesta terça-feira (Foto: Stefano Rellandini / Reuters)

A seleção campeã do mundo está na Itália para uma turnê de seis dias de jogos e compromissos oficiais, que incluiu uma partida das eliminatórias para a Copa de 2018 contra a seleção de São Marino (terminada em goleada por 8 a 0), um encontro com o Papa em Roma e o amistoso contra a Itália.

Apesar da agenda lotada de compromissos, o treinador Joachim Löw não perdeu nem um minuto da vitória do Brasil por 3 a 0 sobre a Argentina no Mineirão. Dois anos e meio depois do 7 a 1 naquele mesmo estádio, o treinador alemão analisa o atual momento da seleção de Tite.

– Creio que o Brasil está numa fase de profunda renovação. Vi o jogo contra a Argentina e posso dizer que o Brasil me impressionou. Me impressionou muito pela maneira como entrou em campo contra uma seleção com o talento da Argentina. Vejo que o time do Brasil também integrou novos jovens que estão crescendo e, pelo que eu tenho acompanhado do Brasil, eu posso dizer que o 7 a 1 foi definitivamente superado – disse Low, em respsota à reportagem do GloboEsporte.com em Milão.

Blog com GloboEsporte.com

 

Comandada por Micale, seleção brasileira sub-20 é campeã no Chile
   18 de outubro de 2016   │     0:02  │  0

A seleção brasileira sub-20 conquistou, na noite deste domingo, o título do Quadrangular de Seleções. Na partida disputada em Talca, no Chile, o Brasil empatou com os donos da casa por 1 a 1 e garantiu a primeira colocação no torneio preparatório para o Sul-Americano da categoria. Foi a primeira conquista do técnico Rogério Micale depois da medalha de ouro inédita na Olimpíada do Rio.

Felipe Vizeu, atacante do Flamengo, marcou o gol do Brasil, que jogava pelo empate para ser campeão – venceu Uruguai e Equador, terceiro e quarto colocados, respectivamente, nas primeiras rodadas. Ainda no primeiro tempo, Lucas Paquetá fez boa jogada pela direita e tocou para o atacante bater cruzado de primeira no canto. A reação chilena veio na segunda etapa, mas o time de Micale conseguiu segurar o resultado para festejar no apito final.

Feliz com o título, Rogério Micale fez questão de ressaltar o principal objetivo alcançado no torneio disputado no Chile.

– Foi serviço completo. O mais importante era conhecer os jogadores, dar oportunidades para criar um leque maior de opções para a nossa convocação para o Sul-Americano. Mas é sempre bom ganhar. O Brasil sempre entra nas competições para ganhar – disse o treinador à página oficial da CBF no Facebook.

No jogo decisivo, o Brasil foi a campo com Cleiton, Gustavo, Nathan, Lucas Cunha e Marlon (Jefferson); Douglas, Caio Henrique e Lucas Paquetá (Ravanelli); Matheus Savio, Felipe Vizeu e Giovanny (Léo Jabá)

Brasil conquista título sub-17 na Índia com direito a goleada na decisão
   16 de outubro de 2016   │     0:02  │  0

brasil sub-17 campeão da brics cup (Foto: CBF)

Seleção brasileira conquistou a BRICS Cup com campanha de 100% de aproveitamento (Foto: CBF)

A seleção brasileira sub-17 conquistou, neste sábado, o título da BRICS CUP 2016, uma competição disputada na Índia entre os países do bloco e que serve de preparação para os compromissos que a equipe terá pela frente – ano que vem, por exemplo, tem Sul-Americano no Chile. Na decisão, diante da África do Sul, uma goleada por 5 a 1 serviu para coroar a campanha de 100% de aproveitamento no torneio.

Os gols da final foram anotados por Paulinho (do Vasco), Vinícius Jr. (Flamengo), Alan (Palmeiras) e Vitinho (Corinthians, que marcou duas vezes). O técnico Carlos Amadeu escalou a equipe para a decisão com Arthur Gazze, Wesley Andrade, Lucas Halter, Matheus Stockl e Kevin Kesley; Vitor Eduardo, Marco Antonio Santos e Alan Souza; Vinícius Jr., Paulinho e Vitinho.

A seleção brasileira venceu todos os cinco jogos da competição. Pela primeira fase, bateu a China por 2 a 0, a Rússia também por 2 a 0, a África do Sul por 3 a 0 e a índia por 3 a 1. Um dos destaques da equipe foi o meia Vinícius Jr., que fez gol em todas as partidas.