Category Archives: Seleções

Venezuela joga com camisa comprada em loja e revolta jogadores
   1 de abril de 2019   │     0:02  │  0

Resultado de imagem para Camisa da Venezuela

 

A derrota por 2 a 1, para a seleção da Catalunha ficou em segundo plano entre os jogadores da Venezuela. Curiosamente, a qualidade dos uniformes foi o tema principal. A fornecedora Givova foi acusada pelo elenco de falsificar as próprias camisas oficiais para o jogo.

A marca teria adquirido o fardamento em uma loja e apenas colado emblemas da Venezuela, números e nomes dos atletas. O volante Tomás Rincón foi o primeiro a denunciar o caso. No Twitter, o jogador postou uma foto e cobrou respeito à camisa da seleção.

“Givova, exigimos máximo respeito com a nossa camisa nacional e com cada integrante da equipe”, disse. Horas depois, a loja Decathlon fez uma postagem no Twitter mostrando que vende o modelo utilizado pela Venezuela, que na verdade pertence à marca Quechua, especializada em esportes de montanha.

O produto pode ser comprado online por um preço bem acessível. Até o momento, a Givova não se pronunciou sobre o caso.

Blog com UOL Esporte

Luís Enrique diz que seleção espanhola tem melhor média de gols que Barcelona
   28 de março de 2019   │     0:03  │  0

Resultado de imagem para Luis Henrique, técnico da da Espanha

 

O técnico da seleção da Espanha, Luís Enrique, (foto acima/Record), minimizou preocupações sobre a capacidade da equipe marcar gols ao afirmar que a seleção tem uma média de gols melhor que o Barcelona, atual líder do Campeonato Espanhol.

A Espanha precisou de um pênalti convertido por Sergio Ramos para vencer a Noruega por 2 x 1 na partida de estreia do Grupo F das eliminatórias para a Eurocopa de 2020.

Os atacantes Alvaro Morata e Marco Asensio desperdiçaram chances claras contra a Noruega, mas Luís Enrique debochou das sugestões de que sua equipe tem dificuldade de marcar gols.

“O debate sobre uma falta de gols chegou a mim, mas nós marcamos 19 gols em meus sete jogos”, disse o treinador em entrevista coletiva antes da partida contra Malta.

“Isso dá 2,7 gols por jogo e o Barça tem 2,6 e eles são os que mais marcam gols na Espanha. Então para um time que aparentemente tem problemas em marcar gols, não estamos indo tão mal.”

O técnico também enfatizou a qualidade do desempenho da Espanha em sua última partida, apesar da margem mínima da vitória.

“No outro dia nós jogamos melhor do que quando derrotamos a Croácia por 6 x 0. Houve algumas jogadas muito boas, muitos poucos erros, pressionamos alto e vencemos todas as segundas bolas”, acrescentou.

“Foi uma performance nota 9 de 10, a única razão para não ter sido 10 foi porque perdemos chances de marcar mais.”

A seleção de Malta também tem três pontos depois de vencer sua partida de estreia por 2 x 1 contra as Ilhas Faroe.

Blog com EXTRA

Venezuela surpreende a Argentina pela segunda vez na história
   22 de março de 2019   │     21:44  │  0

Foram quase nove meses de espera. Tempo para descansar, aliviar a pressão, repensar. Mas a dramática história de Messi com a Argentina não tem fim. É bem verdade que foi só um amistoso.

Mas no retorno do camisa 10, a Albiceleste perdeu para a Venezuela por 3 a 1, no Estádio Metropolitano de Madri. Não foi uma derrota qualquer.

Foi com uma grande atuação da Vinotino, que venceu o rival apenas pela segunda vez em 25 jogos na história. Pela primeira vez, os argentinos levaram três gols dos venezuelanos.

Não foi acidente. Foi uma vitória com autoridade. A Venezuela mostrou por que é uma das equipes sul-americanas que mais evoluiu na década. Bem treinada por Rafael Dudamel, a Vinotinto tinha no trio de ataque a sua força.

Rondón, Murillo e Machís infernizaram os argentinos. Abriu 2 a 0 no primeiro tempo com duas jogadas de contra-ataque e lindas finalizações de Rondón e Murillo.

Messi tentou. Criou chances, finalizou e viu as esperanças de uma virada no início do segundo tempo, quando Lautaro empatou.

Mas Josef Martínez, em uma incomum cobrança de pênalti, fez o terceiro da Venezuela e deu a chance para os venezuelanos, maioria no Estádio Metropolitano, gritarem “olé” contra Messi.

Blog com GloboEsporte

 

De olho na Euro-2020, República Checa é convocada para pegar Brasil e Inglaterra
   14 de março de 2019   │     0:01  │  0

De olho na conquista de uma vaga na Eurocopa de 2020, o técnico Jaroslav Silhavy já anunciou a lista de convocados da República Checa para jogos contra Brasil e Inglaterra. Os checos enfrentarão os ingleses em 22 de março, no estádio de Wembley, em Londres, na sua partida de estreia nas Eliminatórias para o torneio continental, e quatro dias depois receberão a seleção brasileira em Praga, palco do segundo amistoso que o time de Tite fará em 2019.

Antes disso, a equipe brasileira pegará o Panamá no dia 23, na Cidade do Porto, em Portugal, no seu primeiro jogo de um ano cujo principal objetivo será a conquista da Copa América, que ocorrerá em solo nacional entre 14 de junho e 7 de julho.

Segundo desafio do Brasil no ano, a República Checa integra o Grupo A das Eliminatórias da Eurocopa, que, além da Inglaterra, conta com as seleções da Bulgária, do Kosovo e de Montenegro. E uma das principais novidades da convocação anunciada por Jaroslav Silhavy foi a presença do atacante Patrik Schick, da Roma, que na última segunda-feira foi o autor do gol que garantiu a vitória por 2 a 1 sobre o Empoli em confronto pelo Campeonato Italiano.

Schick acumula cinco bolas na rede em 14 partidas disputadas pela seleção principal da República Checa e poderá formar dupla ofensiva com Matej Vydra, do Burnley, outro nome chamado para estes duelos contra ingleses e brasileiros.

Na convocação divulgada apenas Schick foi listado como atacante, sendo que Silhavy avisou que vai chamar mais três jogadores para o setor ofensivo e completar o grupo com 23 nomes para estes dois próximos jogos.

Blog com Jornal do Brasil

Com Cueva e Trauco, Peru anuncia convocação para amistosos
   10 de março de 2019   │     0:02  │  0

Gareca destacou importância de Cueva e Trauco (Foto: Divulgação/Peru)

 

Ricardo Gareca anunciou a convocação para os amistosos do Peru, em março. A seleção peruana irá enfrentar o Paraguai, no dia 22, em Nova Jersey, e El Salvador, no dia 26, em Washington. Dois nomes que atuam no futebol brasileiro foram chamados: Cueva, do Santos, e Trauco, do Flamengo.

O meia irá desfalcar o Peixe na partida de ida das quartas de final do Campeonato Paulista, marcada para dia 24, e poderá ficar de fora na volta, no dia 31. O Alvinegro da Vila já está classificado para a próxima fase. Red Bull Brasil e Ponte Preta disputam a outra vaga.

Ainda sem ter feito um gol e dado uma assistência pela equipe paulista, Cueva tem a confiança do treinador da seleção. “Cueva é um jogador muito importante para nós. Ele têm méritos suficientes para ser convocado. Tem mostrado e conquistou isso”, afirmou Gareca, em entrevista coletiva.

Já o lateral-esquerdo irá desfalcar o Rubro-Negro no clássico contra o Fluminense, pela última rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Ainda há a possibilidade de Trauco ficar de fora pela semifinal do estadual, no dia 31.

Blog com Gazeta Press