Category Archives: Seleções

A Itália está fora da Copa do Mundo pela segunda vez seguida
   31 de março de 2022   │     19:00  │  0

Paulo Vinicius Coelho (PVC) – (Foto: Sportv)

Campeã da Europa há oito meses, a Azzurra está fora da Copa do Mundo, eliminada em casa pela Macedônia do Norte.

A Macedônia do Norte venceu Alemanha e Itália na mesma fase eliminatória. Sinal de como o futebol está igualado. Contra a Macedônia, tinha Pandev, bom atacante campeão da Champions League pela Internazionale, em 2010. Neste segundo jogo, nem isso, porque Pandev aposentou-se da seleção.

A Italia escalou sete campeões da Europa como titulares. Mas se lembre de que, depois da final contra a Inglaterra, jogou sete vezes e só venceu duas. O futebol de seleções está assim, equilibrado, porque jogadores de nações diferentes ocupam espaços de protagonistas nos maiores clubes do planeta. O Lille da França tem Jonathan David, da seleção do Canadá. O Levante, da Espanha, tem Bardhi, da Macedônia. O Paris Saint-Germain tem o lateral Hakimi, do Paris Saint-Germain.

Um ano e meio antes da final da Euro 2016, a Albânia ganhou da França e de Portugal. Pois a final daquela Euro aconteceu entre franceses e portugueses.

A Itália reagiu, mas tem problemas estruturais graves. O Brasil também tem. O que se passa com eles serve de alerta para nós. Não hoje, mas para o futuro próximo.

Arivaldo Maia com Blog do PVC

Saiba quando aconteceu e como foi a maior goleada do Brasil sobre a Argentina na história e na Copa América
   3 de junho de 2021   │     16:00  │  0

Brasil e Argentina se enfrentaram pelas semifinais da última Copa América (Foto: Getty Images)

 

Brasil e Argentina se enfrentaram pelas semifinais da última Copa América (Foto: Getty Images)

 

Confronto de maior rivalidade entre seleções pode se repetir em 2021, durante a disputa da Copa América, que acontecerá no Brasil.

Historicamente, a seleção brasileira leva vantagem em confrontos diante da Argentina. Em 106 partidas em todos os tempos, o Brasil venceu 43, contra 38 dos “Hermanos”, e outros 25 empates. O mais recente aconteceu em novembro de 2019, em amistoso na Arábia Saudita. A partida terminou com vitória argentina por 1 a 0.

Porém, houve momentos na história em que uma seleção era muito melhor do que a outra. A maior goleada do Brasil sobre a Argentina aconteceu em 1945, pela Copa Rocca, competição disputada apenas pelas duas seleções. Foi a segunda vitória brasileira em três partidas que valiam o título.

Treinada por Flávio Costa, a seleção brasileira contava com o talento de diversos jogadores, entre eles Leônidas da Silva, Zizinho e Domingos da Guia. Os dois primeiros marcaram um gol cada na goleada por 6 a 2. Ademir Menezes balançou as redes duas vezes, enquanto os outros tentos foram de Chico e Heleno de Freitas.

Já na Copa América, a vitória mais significativa imposta pelo Brasil em cima da Argentina é recente. Trata-se da final da edição de 2007, realizada na Venezuela. Contrariando todos os prognósticos, a seleção então treinada por Dunga venceu por 3 a 0, com gols de Júlio Baptista, Ayala (contra) e Daniel Alves.

Na ocasião, enquanto o Brasil contava com alguns jogadores contestados, a Argentina era a principal favorita ao título, tendo em seu elenco craques como Messi, Riquelme, Tévez e Verón.

Blog com Matheus Hojaij – BOLAVIP

 

Espanha completa 28 anos de invencibilidade nas eliminatórias para a Copa do Mundo
   3 de abril de 2021   │     11:28  │  0

Neste período, a seleção venceu uma Copa do Mundo (2010) e duas Eurocopas (2008 e 2012) – (Reprodução/Instagram)

Disputando uma vaga para a Copa do Mundo de 2022, a seleção da Espanha conquistou duas vitórias e um empate até o momento, garantindo sete pontos e a liderança do Grupo B das Eliminatórias da Europa.

Em um grupo sem outras grandes seleções, os espanhóis não deverão ter dificuldades para garantirem a vaga. Além da situação atual, o histórico do país nas Eliminatórias é animador, uma vez que a seleção completou 28 anos de invencibilidade na disputa.

A última derrota sofrida pela Espanha aconteceu em uma partida contra a Dinamarca, disputada no dia 31 de março de 1993 e que terminou com o placar de 1 a 0 para os dinamarqueses.

Na ocasião, os espanhóis disputavam uma vaga para a Copa do Mundo de 1994, e conseguiram a classificação. Desde então, a seleção não voltou a ser derrotada nas Eliminatórias, estando presente em todas as sete Copas seguintes e conquistando o mundial de 2010.

Ainda neste intervalo, a Espanha venceu duas Eurocopas, em 2008 e 2012. As maiores goleadas pelas Eliminatórias aconteceram na classificação para a Copa de 2018, quando os espanhóis derrotaram a seleção de Liechtenstein duas vezes pelo placar de 8 a 0.

Blog com Jovem Pan

Argentina terá Messi contra o Brasil
   29 de outubro de 2019   │     21:30  │  0

Resultado de imagem para Messi, da Argentina

 

Fora da seleção argentina desde a participação na Copa América do Brasil, Lionel Messi, (foto acima/Globo Esporte), está prestes a voltar vestir as cores de seu país. De acordo diário “AS”, o craque estará a disposição do técnico Lionel Scaloni para os amistosos contra Brasil e Uruguai, em 15 e 19 de novembro.

Ainda segundo o “AS”, Messi estaria entusiasmado com o trabalho de Scaloni à frente da Argentina. O técnico já trabalha para formar o grupo que disputará a Copa do Mundo do Qatar, em 2022, e a Copa América de 2020. Além de Messi, Scaloni quer contar com Di Maria, que atravessa ótimo momento no Paris Saint-Germain, e o centroavante Mauro Icardi, também do PSG.

Messi, que ainda não conquistou nenhum título com a seleção principal, deseja chegar à Copa América 2020 em sua melhor forma, principalmente pelo fato de a edição do ano que vem do torneio continental acontecer na Argentina.

Blog com  EXTRA

Sem Messi, Argentina massacra o Equador: 6 a 1
   13 de outubro de 2019   │     19:00  │  0

Resultado de imagem para Argentina massacra o Equador
Jogadores argerntinos comemora, ‘chocolate’ no Equador (Foto: Globo Esporte) 

 

Próxima adversária do Brasil, a Argentina encerrou a data Fifa em alta. Depois de empatar com a Alemanha, a equipe de Lionel Scaloni goleou o Equador por 6 a 1 neste domingo, em Elche, na Espanha. A Albiceleste não contou com Messi, suspenso. O camisa 10 deve voltar justamente contra a Seleção, em novembro, quando sua punição imposta pela Conmebol acaba.

Scaloni promoveu várias mudanças na equipe e só manteve cinco titulares do time que empatou com os alemães na última quinta-feira. O zagueiro Kannemann, do Grêmio, foi uma das novidades neste domingo. Os argentinos abriram o placar com o atacante Alario, de cabeça, após cobrança de escanteio de Acuña.

Ainda no primeiro tempo, o lateral Espinoza, contra, e Paredes, de pênalti, ampliaram para a Argentina. Na segunda etapa, Mena, em linda cobrança de falta, diminuiu para o Equador. No entanto, a reação não veio. Pezzella fez o quarto dos argentinos, de cabeça, após cobrança de falta de Dybala.

O quinto veio dos pés de um dos jovens do atual time argentino. O meia Nico Domínguez, do Vélez Sarsfield, acertou belo chute da entrada da área e marcou seu primeiro gol com a camisa da Albiceleste. Lucas Ocampos, atacante do Sevilla que já havia deixado sua marca no empate com a Alemanha, completou a goleada ao aproveitar rebote do goleiro Ortíz: 6 a 1.

Provavelmente com Messi, a Argentina volta a campo no dia 15 de novembro, em Riade, na Arábia Saudita, em amistoso contra o Brasil. Depois, encara o Paraguai, também em amistoso, em Dacca, Bangladesh.

Blog com Globo Esporte