Category Archives: Seleção do Brasil

Brasil vence jogando pouco no Pré-Olímpico
   20 de janeiro de 2020   │     13:00  │  0

Depois de um bom primeiro tempo, o Brasil teve dificuldades diante do Peru na vitória por 1 a 0 na estreia pelo Pré-Olímpico na noite passada, na Colômbia. Em entrevista coletiva após o jogo, o técnico André Jardine apontou a falta de ritmo como um dos fatores que prejudicaram a Seleção, principalmente na etapa final.

– Acho que a equipe sentiu um pouquinho por ser o primeiro jogo da temporada de todos, um pouco de falta de ritmo, bateu um pouco o cansaço, erros de passe que a gente não costuma ver, o jogo ficou lá e cá o que deixou nosso time distante. Perdemos o controle da partida, mas conseguimos a vitória, que era o objetivo, estamos conscientes do que precisa evoluir.
Jardine ainda pontuou que a falta de pontaria nas finalizações fez com que o Brasil corresse riscos. Para ele, a equipe, que enfrentou forte retranca durante boa parte do tempo, poderia ter matado a partida mais cedo.

Na próxima rodada, o Brasil enfrenta o Uruguai, outro time com três pontos no Grupo B do Pré-Olímpico. O jogo acontece às 22h30 (horário de Brasília) de quarta-feira.

Blog com Globo Esporte

Pré-Olímpico: Seleção sub-23 estreia hoje contra o Peru
   19 de janeiro de 2020   │     0:04  │  0

Ricardo Graça, convocado para a Seleção Olímpica
Ricardo Graça, zagueiro do Vasco, foi o último a ser convocado para a Seleção Olímpica  (Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

 

A seleção brasileira sub-23 começa hoje sua jornada em busca da vaga olímpica. O Brasil estreia contra o Peru no Pré-Olímpico Sul-Americano, na Colômbia, que começou ontem (18), e prossegue até 9 de fevereiro.  O jogo de estreia da seleção, válido pela primeira rodada da fase de grupos, terá início logo mais às 22h30 (horário de Brasília), no Estádio Centenário da cidade de Armênia, a 280 quilômetros (km) da capital Bogotá.

O último a integrar a equipe brasileira foi o zagueiro Ricardo Graça, convocado na noite de ontem (16) pelo técnico André Jardine. Ele vai substituir o jogador Walce, do São Paulo, cortado na última segunda (13) devido a uma grave lesão (ruptura no ligamento cruzado do joelho esquerdo). O jogador se machucou sozinho, durante um amistoso no último domingo (12) contra o Boavista, e terá de passar por cirurgia.

Atual campeã olímpica – o ouro foi conquistado pela primeira vez na Rio 2016 – a seleção está no grupo B que, além do Peru, tem ainda Uruguai, Bolívia e Paraguai. No grupo A estão Argentina, Chile, Colômbia, Equador e Venezuela. Os dois melhores de cada chave avançam para o quadrangular final, e apenas dois vão carimbar o passaporte rumo aos Jogos Olímpicos de Tóquio, em julho, no Japão.

Blog com Agência Brasil

Sub-23: Janela mexe com dia a dia da seleção
   17 de janeiro de 2020   │     0:03  │  0

Propostastas, reuniões, exames médicos para assinatura de contrato… A janela de transferências exe com o dia a dia da seleção sub-23 às vésperas da estreia no Pré-Olímpico.
Com diversos jogadores cobiçados no mercado, o Brasil inicia sua participação no torneio sul-americano neste domingo, contra o Peru, às 22h30 (de Brasília), na cidade de Armênia, na Colômbia.

Embora o técnico André Jardine pregue foco total na busca por uma vaga nos Jogos de Tóquio, inevitavelmente alguns atletas acabam dividindo as atenções com a janela. Isso ficou nítido na última quarta-feira, quando Reinier não viajou com a delegação canarinho para definir sua venda do Flamengo para o Real Madrid, da Espanha.

Antes de ser liberado, o meia-atacante já havia realizado exames médicos sob supervisão de médico do Real Madrid na Granja Comary, onde a Seleção estava treinando. O mesmo aconteceu com o Caio Henrique, lateral-esquerdo que está prestes a trocar o Fluminense pelo Grêmio. Na ocasião, um diretor do clube gaúcho também teve acesso ao local.

Dentre os convocados, um dos que mais têm agitado a janela de transferências é o volante Bruno Guimarães, do Athletico-PR. Nos próximos dias, o empresário e os pais de Bruno Guimarães chegarão à Colômbia. O mesmo ocorrerá com vários outros jogadores, que serão acompanhados de perto por seus agentes.

Outro que pode mudar de clube enquanto está com a Seleção é o goleiro Cleiton. O RB Bragantino apresentou uma proposta para tirá-lo do Atlético-MG. Já Ivan, seu companheiro de posição que pertence à Ponte Preta, foi sondado pelo Milan, de acordo com veículos de imprensa da Itália.

Os meias Pedrinho e Pepê também têm, com frequência, seus nomes ligados a possíveis transferências, mas por enquanto seguem no Corinthians e no Grêmio, respectivamente.
Quem já teve o destino selado é Nino, zagueiro adquirido pelo Fluminense junto ao Criciúma após empréstimo.

Dentre os convocados, um dos que mais têm agitado a janela de transferências é o volante Bruno Guimarães, do Athletico-PR. Nos próximos dias, o empresário e os pais de Bruno Guimarães chegarão à Colômbia. O mesmo ocorrerá com vários outros jogadores, que serão acompanhados de perto por seus agentes.

Outro que pode mudar de clube enquanto está com a Seleção é o goleiro Cleiton. O RB Bragantino apresentou uma proposta para tirá-lo do Atlético-MG. Já Ivan, seu companheiro de posição que pertence à Ponte Preta, foi sondado pelo Milan, de acordo com veículos de imprensa da Itália.

Os meias Pedrinho e Pepê também têm, com frequência, seus nomes ligados a possíveis transferências, mas por enquanto seguem no Corinthians e no Grêmio, respectivamente.
Quem já teve o destino selado é Nino, zagueiro adquirido pelo Fluminense junto ao Criciúma após empréstimo.

– Fico mais tranquilo agora. A minha vontade e a do clube foram feitas. Agora a concentração é toda aqui – disse Nino na chegada à Colômbia.

O Brasil está no Grupo B do Pré-Olímpico, ao lado de Bolívia, Paraguai, Peru e Uruguai. Os dois melhores avançam para o quadrangular final, e apenas dois se classificam para as Olimpíadas.

Blog com Globo Esporte

Torcida rejeita técnico estrangeiro na seleção, diz Datafolha
   19 de dezembro de 2019   │     0:02  │  0

Em uma temporada na qual campeão e vice do Brasileiro foram comandados por treinadores estrangeiros, o torcedor brasileiro ainda se mostra resistente à possibilidade de um técnico de outro país na seleção brasileira, atualmente com Tite, 58.

De acordo com o Datafolha, 46% das pessoas se disseram contra estrangeiros na equipe nacional. Outros 39% se colocaram a favor de treinadores de outras nacionalidades, enquanto 9% foram indiferentes e 7% não souberam responder.

A pesquisa foi realizada entre os dias 5 e 6 de dezembro e entrevistou 2.948 pessoas em 176 municípios do Brasil. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

O ano de 2019 marcou o sucesso de um estrangeiro no comando do time mais vencedor da temporada. Em apenas seis meses no Flamengo, o português Jorge Jesus levou o clube aos títulos do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores. Sábado próximo disputa  o título do Mundial de Clubes.

Esta foi apenas a segunda vez que um treinador de outro país levou uma equipe brasileira à conquista do Nacional. O argentino Carlos Volante foi campeão da Copa Brasil de 1959, reconhecida pela CBF como o primeiro campeonato nacional do Brasil, pelo Bahia.

Compatriota de Volante, Jorge Sampaoli comandou o Santos no vice-campeonato brasileiro deste ano. O argentino não comandará o clube da Vila Belmiro em 2020 e foi procurado pelo Palmeiras, que não chegou a um acordo com ele.

O sucesso de Jesus e Sampaoli no comando de suas respectivas equipes despertou reações por parte dos colegas brasileiros, incomodados com os seguidos elogios por parte da imprensa aos trabalhos dos estrangeiros.

Atual técnico da seleção brasileira, Tite viu sua aprovação neste ano despencar com relação à pesquisa Datafolha de junho do ano passado, feita às vésperas da Copa do Mundo da Rússia, na qual o Brasil caiu para a Bélgica nas quartas de final.

Antes do Mundial, 64% dos brasileiros consideravam o trabalho de Tite bom ou ótimo. Agora, mesmo após o título da Copa América de 2019, somente 37% aprovam o treinador.

O gaúcho tem contrato com a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) até a Copa do Mundo do Qatar, em 2022. De acordo com o presidente da entidade, Rogério Caboclo, não há a possibilidade de troca no comando até a disputa do próximo Mundial.

As eliminatórias sul-americanas começam no próximo mês de março. Com Tite, a seleção teve no ciclo pré-Copa do Mundo da Rússia seu melhor desempenho na história em eliminatórias: 17 vitórias, três empates e apenas uma derrota -85% de aproveitamento.

Blog com Bruno Rodrigues/FolhaPress

Tite confirma 5 alterações no Brasil
   19 de novembro de 2019   │     0:02  │  0

Sem adotar o mesmo mistério que utilizou para esconder a formação do time que foi derrotado pela Argentina por 1 a 0 em amistoso na última sexta-feira, em Riad, na Arábia Saudita, o técnico abriu o último treino da seleção brasileira para enfrentar a Coreia do Sul e confirmou que fará cinco mudanças na escalação da equipe para o amistoso desta terça, às 10h30 (de Brasília), em Abu Dabi, nos Emirados Árabes.

lateral Alex Sandro, fora por lesão muscular, o zagueiro Thiago Silva, o volante Casemiro e os atacantes Willian e Roberto Firmino sairão do time titular, enquanto Renan Lodi, Marquinhos, Fabinho, Philippe Coutinho e Richarlison entrarão como substitutos.

Caso confirme o time titular treinado nesta segunda-feira, o treinador mandará o Brasil a campo com Alisson; Danilo, Marquinhos, Militão e Renan Lodi; Fabinho, Arthur e Lucas Paquetá; Gabriel Jesus, Philippe Coutinho e Richarlison.

Blog com Esportes Band  Continue reading