Category Archives: Segunda Divisão

Paulista A2: Times tradicionais estarão brigando pelo acesso em 2023
   2 de agosto de 2022   │     13:30  │  0

a 1

Ponte Preta, Novorizontino, Comercial e Noroeste que já estiveram na elite, estarão disputando a Série A2.

A competição em 2023 promete ser uma das mais equilibradas da história.

A Série A2 de 2023 promete ser uma das mais equilibradas na busca pelo acesso à divisão de elite, uma vez que times tradicionais e que já frequentaram a Série A1 estarão na briga por duas vagas à divisão principal.

Da Série A2 deste ano, subiram o Noroeste campeão e o Comercial vice-campeão, por isso, a Série A2 do ano que vem promete ser uma das mais fortes e equilibradas de toda história.

Além da Locomotiva vermelha bauruense e do Leão do Norte riberopretano, o certame deverá ter outras 14 fortes equipes, bem como Ponte Preta e Novorizontino, que disputam o Brasileiro da Série B, mas que foram rebaixados no Estadual. A Macaca campineira com nove pontos e o Tigre de Novo Horizonte com dois pontos.

Com o acesso de Portuguesa Desportos e São Bento para o Paulistão do ano que vem e os rebaixamentos de Audax e Red Bull para a Série A3, os outros 12 times são os remanescentes deste ano, sendo eles: Oeste Barueri (que joga o Brasileiro), XV de Piracicaba, Rio Claro, Velo Clube, Linense e Primavera (que chegaram entre os oito primeiros neste ano e disputaram as quartas-de-finais). Lemense, Juventus, São Caetano, Monte Azul, Portuguesa Santista e Taubaté.

São times tradicionais, por isso, a previsão de uma disputa acirrada da A2 de 2023, que terá início em janeiro de 2023.

Arivaldo Maia com Rivail Oliveira – Futebol Interior

 

Final da Série B do Estadual entre Zumbi e Coruripe é transferida para o Rei Pelé
   14 de julho de 2022   │     21:13  │  0

Na semifinal, duelo entre Zumbi e FF Sport Nova Cruz também aconteceu no Trapichão – (Foto: Augusto Oliveira/FAF)

Estádio Orlandão, em União dos Palmares, não ganhou aval para receber o confronto decisivo.

A final da Série B do Alagoano 2022 acontece neste domingo (17), entre Zumbi e Coruripe. Porém, o duelo teve uma mudança relevante. Antes programado para acontecer no Estádio Orlandão, em União dos Palmares, a partida teve que ser transferida por conta do estado de calamidade pública em União dos Palmares. Dessa forma, o novo palco escolhido não poderia ser outro: o Estádio Rei Pelé, em Maceió. O anúncio da mudança foi feito pela Federação Alagoana de Futebol (FAF), na noite dessa quarta-feira (13).

O horário do embate segue o mesmo, iniciando às 15 horas. O Orlandão não vem recebendo partidas há um bom tempo. As recentes chuvas em Alagoas acometeram muito o estado do gramado. Com isso, o Zumbi teve que se virar nos 30 na reta final da Segundona. Na semifinal, contra o FF Sport Nova Cruz, também mandou no Rei Pelé.

O confronto está cheio de expectativas. Além de conhecermos o novo campeão da 2ª Divisão, o time vencedor terá vaga na elite do futebol alagoano em 2023. No jogo de ida, no Gerson Amaral, em Coruripe, o Hulk conseguiu uma emblemática vitória, por 2 a 1, de virada. Na volta, o Pantera Verde precisa vencer por dois ou mais gols de diferença. Em caso de vitória por um gol, o campeão será conhecido nos pênaltis.

Arivaldo Maia com Guilherme Magalhães – Gazetaweb

 

Coruripe vira no segundo tempo e leva vantagem na final contra o Zumbi: 2 a 1
   11 de julho de 2022   │     15:00  │  0

Em duelo movimentado, Hulk conseguiu virada no segundo tempo e leva vantagem para a volta – (Augusto Oliveira/FAF)

Após 1º tempo sofrível, Hulk cresce na etapa final e joga por um empate para ser campeão da 2ª Divisão.

Foi com muita luta, mas os primeiros 90 minutos da final da Série B do Alagoano deram um gostinho do que será a decisão. No último sábado (9), no Estádio Gerson Amaral, em Coruripe, Hulk e Zumbi fizeram a partida de ida da grande decisão. Com apoio da sua torcida, o Coruripe conseguiu um triunfo de virada, por 2 a 1. Os gols foram feitos por Thiago Uênis e Vô, para os mandantes, enquanto Gabriel marcou para o Pantera.

Com esse resultado, basta um empate em União dos Palmares para o Verdão Praiano levar o troféu e a vaga na elite. Para o Pantera, a missão é mais difícil, já que precisa vencer por dois ou mais gols de diferença. Em caso de vitória do Zumbi por um gol de diferença, o duelo irá para os pênaltis.

As equipes tem o reencontro marcado para o próximo domingo (17), às 15 horas, no Estádio Orlandão, em União dos Palmares, para a finalíssima. Entretanto, há o risco do local ser alterado. As fortes chuvas impediram que o Zumbi jogasse na sua casa durante algumas rodadas e a semifinal do Estadual. Com isso, o Estádio da UFAL e o Rei Pelé, ambos em Maceió, podem virar alternativas, caso não haja disponibilidade.

Ficha técnica

Coruripe – Gean; George (Thiago Uênis), Willames José, Layan e Orlando; Felipe, Rodrigo (Helton), Mayck e Palhinha; Gabriel Mancha (Vô) e Perea (Binho). Técnico: Emanuel Cerqueira

Zumbi – Diogo; Ailton (Élber), Gabriel Santos, Gean e Ramos; Kayllan, Adrian, Didinho e Dakson (Danilo Peppa); Etinho e Soares. Técnico: Jaelson Marcelino

Gols – Gabriel (ZUM – 5’/1T); Gabriel Mancha (COR – 19’/2T); Vô (COR – 32’/2T).

Cartões amarelos – Willames José (Coruripe); Ramos (Zumbi); Orlando (Coruripe)

Árbitro – Márcio dos Santos Oliveira (CBF/AL)

Assistentes – Ruan Luiz de Barros Silva (CBF/AL) e Aldrin Freire Costa Matias (FAF)

4º árbitro – Eder Gregori Viana Silva (FAF)

Arivaldo Maia e Guilherme Magalhães – Redação do ge – Alagoas

Zumbi e Coruripe apostam em nomes experientes na decisão da Segundona do Alagoano
   8 de julho de 2022   │     19:00  │  0

Dakson, Etinho, Willames José, Palhinha e o técnico Jaelson Marcelino estarão na final.

Zumbi e Coruripe começam a decidir amanhã, às 19h30, o título da Segunda Divisão do Alagoano e o acesso à elite do estadual de 2023. Serão jogos de ida e volta, o primeiro no Estádio Gerson Amaral, casa do Hulk. Se as duas partidas terminarem empatadas, o campeão será conhecido nos pênaltis.

Zumbi

O time de União dos Palmares é comandado por Jaelson Marcelinho, que conhece bem a Segunda Divisão do Alagoano. Ele acumula acessos com o CEO, Dimensão Saúde, Jaciobá e CSE. Os experientes Dakson e Etinho fazem parte do elenco.

Jaelson tem a base formada por: Diogo; Ailton, Gabriel, Gean e Ramon; Kayllam, Tesouro, Adrian e Dakson; Etinho e Soares.

A direção do clube informou que o piso é de um salário mínimo e que os valores são variados dentro do elenco. Ao todo, o custo para toda competição é entre R$ 100 mil e R$ 150 mil, com folha e despesas.

Coruripe

Rebaixado em 2021, o Coruripe briga para voltar à Primeira Divisão do Alagoano. A equipe é comandada por Emanuel Cerqueira, mas durante a competição teve o técnico Luiz Carlos Cruz. O zagueiro Willames José e o meia Palhinha são os nomes experientes do grupo. Everson é o principal artilheiro da equipe, com três gols.

Vale lembrar que o Coruripe conquistou a Primeira Divisão do Alagoano em 2014.
A escalação do Hulk é formada por: Alexandre; George, Willames José, Layan e Dudu; Wanderson, Rodrigo, Mayck e Palhinha; Binho e Gabriel.

Segundo a direção alviverde, a folha com elenco e comissão técnica fica em torno de R$ 45 mil por mês. O piso é de um salário mínimo e o teto de R$ 2 mil.

Campanhas

Invicto na Segundona, o Zumbi terminou a primeira fase na liderança, com 16 pontos. Foram cinco vitórias e um empate. Na semifinal, no duelo, com o FF Sport, o time palmarino venceu o jogo de ida, por 1 a 0, e empatou na volta, 1 a 1.

O Coruripe foi o segundo colocado da fase de classificação, com três vitórias e dois empates. A única derrota foi justamente para o Zumbi, por 2 a 0, pela terceira rodada. No mata-mata, a equipe encarou o Penedense. Venceu por 2 a 0, no Gerson Amaral, e empatou, sem gols, no Alfredo Leahy.

Arivaldo Maia com Redação do ge – Alagoas

 

Com decisão em União dos Palmares, FAF define datas das finais da 2ª Divisão de Alagoas
   6 de julho de 2022   │     5:00  │  0

05Zumbi decidirá a grande final da Segundona do Alagoano em casa – (Foto: Augusto Oliveira/FAF)

Zumbi e Coruripe estarão na disputa pela última vaga na elite do futebol alagoano.

A Federação Alagoana de Futebol (FAF) definiu, oficialmente, as datas da grande final da 2ª Divisão do Campeonato Alagoano de 2022. Zumbi e Coruripe disputam o troféu da competição em dois jogos (com ida e volta). A primeira partida acontece em Coruripe, no Estádio Gerson Amaral, neste sábado (9), às 19h30.

Já o confronto da volta está marcado para o dia 17 de julho, na semana seguinte, um domingo. A FAF confirmou que o embate será no Estádio Orlando Gomes de Barros, o Orlandão, em União dos Palmares, casa do Zumbi, às 15 horas. O Pantera Verde ganhou a vantagem de decidir em casa, após ter a melhor campanha geral.

Na fórmula da Segundona, apenas o campeão consegue o acesso para o Alagoano de 2023. O Zumbi alcançou a final no passado, porém, acabou derrotado pelo Cruzeiro de Arapiraca. Diferentemente das semifinais, na decisão não há vantagem dos resultados iguais. Em caso de empate no placar agregado, o campeão será decidido nos pênaltis.

Apesar da confirmação dos locais das partidas, as chuvas em Alagoas podem atrapalhar a realização da final. Com isso, outros estádios tornam-se alternativas, como o Estádio da Ufal, em Maceió, ou o próprio Trapichão, que foi utilizado pelo Zumbi na semifinal.

Arivaldo Maia e Guilherme Magalhães – Gazetaweb