Category Archives: Rei do Futebol

Pelé aconselha Vinicius Júnior: ‘Nunca ache que é o melhor craque do mundo’
   23 de agosto de 2017   │     0:04  │  0

Pelé deu conselho a Vinicius Júnior, do FlamengoPelé deu conselho a Vinicius Júnior, do Flamengo (Foto: Reprodução)

Vinicius Júnior voltou a ficar em evidência no Flamengo após marcar os dois gols na vitória contra o Atlético-GO, no sábado, pelo Campeonato Brasileiro. O atacante até recebeu conselhos de Pelé, que deu dicas de como o jovem de 17 anos deve se comportar, principalmente por ter sido comprado por 45 milhões de euros pelo Real Madrid. Em um vídeo exclusivo feito pelo site da CBF, o Rei do Futebol afirmou que o atacante nunca deve achar que é o melhor de todos.

“O Vinícius está mais ou menos na idade que eu comecei, com 16 anos, na seleção, no Santos. O importante, que eu sempre pus em pauta na minha vida, foi o que que meu pai sempre me falou: nunca achar que ele é o melhor craque do mundo, nunca. Sempre achar que há alguma coisa a aprender. Esta é a mensagem que eu posso passar pra ele. Porque o dom de jogar de futebol eu já tinha, Deus me deu. Não podia achar que era melhor do que qualquer um”, disse Pelé no vídeo, que ainda deixou uma clara mensagem a Vinicius Júnior:

“Eu poderia ser igual, estar numa fase boa, mas achar que era o melhor, de botar banca que era o melhor. Essa é a mensagem que deixo pra ele: sempre que entrar em campo, achar que vai ser o Vinicius, vai jogar, vai fazer o seu gol, mas nunca achar que é o cobrão, melhor que os outros’, disse Pelé.

Blog com EXTRA

Pelé prevê Corinthians campeão brasileiro de 2017
   22 de agosto de 2017   │     0:03  │  0

O Rei Pelé prevê Corinthians campeão, mas alertou também para o Santos (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

Pelé elogiou o futebol jogado pelo Corinthians neste Brasileirão e acredita que, se não ocorrer surpresas, o time paulista será o campeão brasileiro. “Se nada de anormal acontecer, se não houver surpresas…”, declarou o Rei do Futebol, antes de ponderar: “Esta fase do Corinthians é uma das melhores, mas o meu Santos está aí”, disse.

Pelé concedeu entrevista coletiva após o lançamento, em Curitiba do Programa Esportivo Lúdico Educacional (P.E.L.E.), voltado para o ensino fundamental e que irá ajudar as escolas a organizar e planejar o currículo de Educação Física. O programa oferece a sistematização de atividades lúdicas esportivas com atividades em contraturno escolar e Curitiba foi a primeira cidade a aderir ao projeto.

O ex-jogador também comentou sobre os altos valores de negociações de jogadores, incluindo Neymar, recentemente negociado pelo Barcelona para o Paris Saint-Germain por 220 milhões de euros. E evitou comparações com o tempo em que era jogador.

“Era uma outra época, claro, poderia sair do Brasil: Milan, Real Madrid, Manchester United. Eu estava bem na Vila Belmiro, não quis sair, mas só quando estive nos Estados Unidos e o [ex-presidente John] Kennedy, [Henry] Kissinger, queriam desenvolver futebol nos Estados Unidos. Já o Neymar acho ele junto com Messi uma das maiores figuras do futebol”, comentou.

Pelé também comentou sobre a situação do País e sobre a importância da educação neste momento. Segundo ele, a educação brasileira está na UTI. “Esse momento é importante para que isso acontecesse, na época em que falei sobre crianças não tivemos isso, a maneira de sair é como estamos fazendo aqui (programa de educação), essa união que vai tirar o País da UTI”, analisou.

O P.E.L.E. é promovido pelo Instituto Pan-Americano de Ensino Telepresencial (Ipett) e pela Rede de Ensino Desportivo (REDE), instituição de ensino direcionada às profissões do universo do esporte. O programa já foi implantado como projeto piloto em algumas escolas privadas e agora é destinado aos alunos das redes públicas.

Amparados pela Lei de Incentivo ao Esporte, prefeituras e governos estaduais de todo o país podem buscar recursos oriundos de renúncia fiscal para cobrir o custo de implantação. Pela legislação brasileira, os programas de incentivo podem receber até 6% do imposto de renda devido por pessoas físicas e até 1% do imposto a pagar das empresas tributadas pelo lucro real.

Blog com Band Esportes

Aos 75 anos de idade, Pelé se casa pela terceira vez
   11 de julho de 2016   │     0:02  │  0

 

Empresária Márcia Cibele Aoki é terceira esposa de Pelé (Foto: Divulgação)Empresária Márcia Cibele Aoki é terceira esposa de Pelé (Foto: Divulgação)

Pelé se casou pela terceira vez na noite do último sábado. Aos 75 anos de idade, Édson Arantes do Nascimento, o melhor jogador de futebol de todos os tempos, oficializou sua união com a empresária Márcia Cibele Aoki em cerimônia reservada realizada na cidade do Guarujá.

Aproximadamente 100 convidados participaram da celebração no litoral paulista. Pelé e Márcia se conheceram durante uma festa em Nova York na década de 1980. Em 2010, após reencontro inusitado no elevador do prédio em que moravam em São Paulo, ambos iniciaram a relação, assumida publicamente em 2012.

Pelé casou pela terceira vez. Em sua primeira boda, com Rosimeri Cholbi, Pelé teve três filhos, entre eles o ex-goleiro Edinho, irmão de Jennifer e Kelly. Com a cantora gospel Assíria Nascimento, o antigo camisa 10 teve os gêmeos Joshua e Celeste.

Blog com Gazeta Esportiva

Leilão de ‘relíquias’ de Pelé pode alcançar R$ 17 milhões em Londres
   8 de junho de 2016   │     0:04  │  0

Pelé venceu a primeira Copa do Mundo com apenas 17 anos, em 1958 (Foto: copadomundo.uol.com.br)

Uma casa de leilões está negociando em Londres objetos pessoais, medalhas e até uma réplica da taça Jules Rimet que pertencem a Pelé.

A oferta do acervo do Rei do Futebol está ocorrendo durante um período de três dias, e foi iniciada na manhã de ontem. A expectativa é de uma arrecadação de até US$ 5 milhões (cerca de R$ 17 milhões).

Além de itens pessoais, Pelé colocou à disposição dos leiloeiros uma variedade de presentes que ganhou durante a carreira e após sua aposentadoria dos campos.

O catálogo cobre 60 anos da vida do ex-jogador de 75 anos – ou seja, desde que Pelé assinou contrato com o Santos, aos 15 anos de idade.

Além de medalhas e chuteiras, o leilão vai incluir camisas usadas em jogos e até a mesmo bola do milésimo gol, marcado pelo artilheiro em um 2 a 1 do Santos sobre o Vasco em 1969.

Raridades e curiosidades

Entre os itens mais valiosos e raros estão as três medalhas que Pelé ganhou quando venceu com a seleção brasileira as Copas de 1958, 1962 e 1970.

O preço estimado de cada uma é de R$ 750 mil.

O objeto mais caro – poderá alcançar um valor entre R$ 1,4 milhão e R$ 2,1 milhões – é uma réplica da taça Jules Rimet feita especialmente para o jogador depois do tricampeonato no México.

Interesse

O Leiloeiro Nelles afirma que a Julien’s Auctions fez uma “estimativa conservadora” de que o leilão poderá arrecadar entre US$ 3,6 milhões e US$ 5 milhões, mas que “os lances que vão determinar o preço final”.

“Há tantos coringas: a taça Jules Rimet, as medalhas das Copas, chuteiras. Idealmente, estamos pensando em chegar a três vezes (o valor) da estimativa conservadora e talvez até dez vezes mais.”

Nelles diz esperar que o leilão atraia um público variado: desde torcedores de futebol e colecionadores a museus de esportes e grandes corporações.

“Apesar de o leilão ser em Londres, não vamos vender apenas para os clientes da Grã-Bretanha. O leilão será transmitido ao vivo em nosso site para que os interessados em outros países participem.”

O leiloeiro afirmou que já há interessados de regiões tradicionalmente fãs de futebol, como Europa e América do Sul, mas que os itens também devem atrair também compradores de lugares como EUA, Japão, China, Coreia do Sul e países árabes.

Blog com iG Esportes

Em entrevista, Pelé fala sobre seu filme e coloca Messi como “príncipe”
   17 de maio de 2016   │     0:02  │  0

O Rei tem novo filme já lançado sobre sua vida que orgulha todos os brasileiros (Foto: exame.abril.com.br)

Prestes a ter o filme sobre o começo de sua carreira estreando em solo espanhol, o Rei do Futebol, falou à revista Magazine de La Vanguardia sobre suas origens e a emoção de ser homenageado em mais um filme. Perguntado, ainda, sobre “quem seria o príncipe do futebol”, Pelé não titubeou em apontar o argentino Lionel Messi.

“Dos últimos 15 anos Messi é o príncipe. Não digo que é o Rei porque meus pais fecharam a fábrica e quebraram o molde. O Rei só tem um”, brincou Pelé. “Dos argentinos, acho que Di Stefano foi o mais completo, mais ainda que Maradona ou Messi”, acrescentou.

Para o futebolista, o esporte mundial poderia ter muitos Reis. “Muhammad Ali por ter marcado toda uma época. Ou Roger Federer. É muito difícil falar. O.J. Simpson também fez coisas incríveis e, claro, tem o velocista jamaicano Usain Bolt, que eu conheço pessoalmente”, comentou o Rei do Futebol.

Pelé ainda falou que não gostaria de jogar no futebol dos dias de hoje, em que o esporte está cercado de muitos meios de comunicação que não existiam à época. “Estou contente em ter jogado na minha época. É verdade que hoje tudo seria mais fácil. Jogadores como Di Stefano e eu poderíamos ter muito mais registros de nossas partidas”, apontou. “Esse filme vai servir para que muita gente se familiarize com a minha figura”, adicionou Pelé sobre a produção “Pelé – o nascimento de uma lenda”.

Tendo estreado no dia 13 de maio nos Estados Unidos e chegando à Espanha, Pelé contou que se emocionou muito ao lembrar de seu pai e de seus ensinamentos durante as filmagens do filme. “Espero que esse filme possa mostrar para as futuras gerações que uma pessoa precisa ter base, apoio familiar e humildade”, disse o Rei.

Dirigido por Michael e Jeff Zimbalist e todo em inglês, o filme irá ilustrar o início de Pelé no futebol até a conquista da Copa de 1958. Com Leonardo Lima Carvalho e Kevin de Paula vivendo o Rei em sua infância, o filme ainda conta com Seu Jorge como Dondinho, pai do craque, Felipe Simas como Garrincha e Vincent D’Onofrio como Feola, técnico da Seleção Brasileira em 1958.

“No filme se vê de onde saí, que eu engraxava sapatos em Bauru quando meu pai estava doente. É uma mensagem simples: um atleta que pode se comunicar com o mundo pela linguagem universal, o futebol”, completou.

 

Blog com Footstats