Category Archives: Narradores

Morre Luciano do Valle, narrador da TV Bandeirantes
   19 de abril de 2014   │     19:06  │  0

Zanone Fraissat / Folhapress  / Aos 70 anos, Luciano do Vale se preparava para a cobertura de mais uma Copa do Mundo

Luciano faleceu enquanto voava na tarde de hoje para mais uma transmissão no microfone da Band, que ele transformou no “Canal do Esporte” nos anos 1980. Foram oito Copas do Mundo na voz dele, que se preparava para o Mundial do Brasil.

Boa parte da cultura esportiva brasileira de hoje deve-se a Luciano. Na lista das modalidades impulsionadas pelo narrador estão vôlei, basquete feminino, futebol feminino e boxe. Foi ele também o responsável por abrir as portas do Brasil à NBA, ao futebol americano e à Fórmula Indy.

Luciano começou a carreira cedo, na Rádio Educadora, em Campinas, sua cidade natal. Logo estava na Rádio Brasil, ainda em Campinas. A primeira aventura em São Paulo foi na Rádio Gazeta, a convite do lendário narrador Pedro Luiz. Em 1968, mudou-se para a Rádio Nacional (atual Globo), ingressando em seguida na televisão.

Seu último trabalho foi no título paulista do Ituano, nos pênaltis, sobre o Santos, há uma semana. Neste domingo narraria a partida entre Atlético-MG e Corinthians, em Uberlândia, pela primeira rodada do Brasileirão. Estava em um voo para a cidade mineira quando passou mal neste sábado, por volta das 16h15m. Ainda foi atendido pelo Corpo de Bombeiros no aeroporto, mas não resistiu.

Casa das Tintas mantém o ‘Campo do Arivaldo’ no ar por mais 1 ano
   11 de março de 2014   │     0:07  │  4

Depois de entendimentos entre Ademar de Sena, Diretor Comercial da TV Gazeta e das emissoras AM e FM da Org. Arnon de Mello, do contato publicitário Edmilson Santana, de Joanny Guedes, do Departamento de Marketing, com aval de Ronaldo Oliveira, dirigente maior da Casa das Tintas, além da destacada agência, Lyra Comunicação, ficou definido no dia de ontem o patrocínio por mais 1 ano de duração do ‘Campo do Arivaldo’.

Com seis boletins divulgados na programação líder da Rádio Gazeta de Alagoas, de segunda à sábado, o narrador esportivo do Timaço, Arivaldo Maia, destaca o dia a dia dos nossos clubes num bate-papo informal, às 08, 10, 11, 14, 17 e 21 horas.

Ocupando uma faixa nobre na programação mais ouvida da maior emissora alagoana, os boletins deixam o ouvinte bem informado, principalmente com relação ao nosso futebol, e destacam às promoções vitoriosas da Casa das Tintas, líder absoluta no comércio de Maceió e Arapiraca.

Jogadores elegem Milton Leite melhor narrador de TV
   1 de janeiro de 2014   │     0:05  │  0

Jogadores da Série A do Brasileirão elegem o melhor narrador esportivo do Brasil

Milton Leite

Qual é o melhor narrador do futebol brasileiro na televisão? Para os jogadores da Série A do Brasileirão, o vencedor é Milton Leite, da Globo e do SporTV. Autor dos bordões “que beleza!” e “Segue o jogo”, o profissional disparou na frente dos colegas.

Na votação para o considerado pior narrador esportivo da televisão brasileira, uma surpresa: Galvão Bueno, da Globo, ficou com o “prêmio”. A situação, porém, é curiosa: Galvão, eleito o pior, é também considerado o terceiro melhor; Milton Leite está em terceiro entre os piores.

É isso o que aponta um levantamento do UOL Esporte, que ouviu 108 jogadores, de 13 equipes que disputaram a Série A do Campeonato Brasileiro. A série “Pesquisão 2014” vem divulgando nos últimos dias as preferências dos boleiros sobre seus colegas, treinadores, árbitros, estádios, profissionais de TV, entre outros quesitos.

Neste trabalho, a reportagem ouviu jogadores de Botafogo, Atlético-MG, Atlético-PR, Chapecoense, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Palmeiras, Santos, São Paulo e Vasco.

Na eleição do melhor narrador, Milton Leite, venceu com impressionantes 33,33% dos votos. Cléber Machado, segundo colocado, teve 20,37%; Galvão Bueno ficou com a terceira colocação (18,52%). Já na escolha do pior do Brasil, o título ficou com Galvão, que teve 22,64% dos votos; Alex Escobar vem em seguida, com 10,38%. Milton Leite, o campeão,  foi escolhido pelos jogadores o terceiro pior narrador do país. Confira a lista completa.

Jogadores de futebol elegem o melhor narrador do país:

  • 33,33%

    Milton Leite (Globo/SporTV)

  • 20,37%

    Cléber Machado (Globo)

  • 18,52%

    Galvão Bueno (Globo)

  • 14,81%

    Luís Roberto (Globo)

  • 5,56%

    Luiz Carlos Júnior (SporTV)

  • 3,7%

    Paulo Andrade (ESPN)

  • 1,85%

    Rogério Corrêa (Globo/SporTV)

  • 0,93%
    Jota Júnior (SporTV)
    Blog com UOL Esporte

Pai de Emerson Fittipaldi morre aos 92 anos no Rio
   11 de março de 2013   │     11:15  │  0

O ex-radialista Wilson Fittipaldi, também conhecido como Barão,é pioneiro da narração de Fórmula 1 no Brasil

O ex-radialista Wilson Fittipaldi, também conhecido como Barão, é pioneiro da narração de Fórmula 1 no Brasil

 

O ex-radialista Wilson Fittipaldi, pai dos ex-pilotos Emerson Fittipaldi e Wilsinho Fittipaldi, morreu na madrugada desta segunda-feira, aos 92 anos. Ele estava internado desde o dia 25 de fevereiro no Hospital Copa D’Or, na zona sul do Rio de Janeiro. A causa da morte não foi divulgada.

Conhecido como Barão, Wilson Fittipaldi foi um dos pioneiros na locução de corridas no Brasil e narrou o primeiro dos dois títulos mundiais do filho Emerson na Fórmula 1, em 1972. Ele Trabalhou por vários anos na Rádio Panamericana (atual Jovem Pan). Além disso, participou da fundação da Confederação Brasileira de Automobilismo.

No Twitter, Emerson Fittipaldi confirmou a morte do pai à 1 hora da madrugada desta segunda-feira e deixou mensagens de agradecimento. “O Brasil e o automobilismo perderam essa pessoa que tanto amou esse esporte fantástico. Graças a ele eu entrei nesse esporte que eu amo muito”, disse o ex-piloto.

Em outra rede social, o Instragram, Emerson publicou uma foto com o pai, com os dizeres: “Muita saudade do meu pai querido. Obrigado por tudo que você fez pela nossa família!”, escreveu.

O corpo de Wilson Fittipaldi será transferido para o Cemitério da Paz, no Morumbi, zona sul de São Paulo, onde será realizado o velório. O sepultamento está marcado para 14h desta terça-feira.

Locutor Luiz Noriega morre aos 82 anos de idade
   28 de dezembro de 2012   │     0:06  │  0

Luiz Noriega foi um dos pioneiros da narração esportiva no Brasil

 

Morreu na noite da última quarta-feira o jornalista Luiz Noriega. Considerado um dos principais nomes da locução esportiva do Brasil, o paulista de 82 anos de idade faleceu vítima de uma infecção generalizada, deixando a mulher Ângela, os filhos Renata, Fernanda e Maurício e netos.

Noriega iniciou sua carreira na rádio Difusora, de Olímpia, ainda na década de 1940 e nos anos seguintes se tornaria um dos principais nomes do jornalismo esportivo nacional. Locutor, narrador e comentarista, foi integrante do programa Campeões da Bola da TV Gazeta e das equipes da TV Tupi e TV Cultura.

O jornalista também trabalhou na Federação Paulista de Tênis, entidade da qual foi vice-presidente e atuava como assessor de imprensa.

O corpo de Luiz Noriega foi velado na Beneficência Portuguesa e sepultado no Cemitério São Paulo, em Pinheiros.