Category Archives: Narradores

Phelps revela crises de depressão ‘pós-olímpica’ e diz que considerou suicídio
   24 de janeiro de 2018   │     0:04  │  0

Michael Phelps

O americano Michael Phelps, (foto acima), nadador mais vitorioso da História, revelou que sofreu graves episódios depressivos durante a carreira. Um deles o levou a pensar em suicídio depois dos Jogos Olímpicos de Londres-2012.

“Depois de cada Olimpíada, creio que tive um período de depressão”, explicou o agora aposentado esportista, em uma conferência de Chicago, Illinois.

Da competição de Londres, que lhe rendeu quatro medalhas de ouro, sucede-se uma crise que o levou “ao fundo do poço”. Ele superou a depressão e voltou a disputar os títulos na Olimpíada do Rio, na qual anunciou a aposentadoria.

“Não queria nadar mais, nem sequer queria viver mais (…) Então pensamos em suicídio. Nunca estive tão mal, fiquei enclausurado na minha casa durante três ou cinco dias, sem comer, apenas dormindo, sem vontade de viver”, revelou o americano.

Phelps ficou um ano fora do esporte até superar a depressão e voltar às piscinas para se sagrar o maior campeão da História, com 23 títulos olímpicos.

A primeira depressão pós-olímpica ocorreu depois de Atenas-2004, na qual venceu seis provas. Quatro anos mais tarde, após romper o recorde do compatriota Mark Spitz ao ganhar oito medalhas de ouro em Pequim-2008, o americano recorreu ao álcool. Uma foto sua com maconha rodou o mundo.

“Foi para escapar dos problemas com que tive de lidar”, argumentou o nadador, que encontrou um novo sentido ao ser pai de Boomer, em 2016, e se casar com Nicole Johnson, ex-Miss Califórnia.

Blog com EXTRA

Galvão Bueno cogita ir à Copa do Catar… como comentarista
   3 de outubro de 2017   │     0:03  │  0

Galvão: "Para falar a verdade, nunca quis me aposentar"
Galvão: o brilhante narrador interminávelllllllllllllllllllllllllll, terá 72 anos na Copa do Catar (Foto: Sergio Zalis/TV Globo)

 

O narrador Galvão Bueno dizia que se aposentaria após a Copa de 2014 no Brasil. Mudou de ideia, conforme admitiu em entrevista à VEJA naquele ano e, com contrato com a Rede Globo até 2019, é presença garantida no Mundial da Rússia. Mais uma vez, Galvão diz que esta será sua última Copa – ao menos como narrador. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo publicada na última segunda-feira, o “vendedor de emoções” cogitou ir à Copa do Catar, em 2022, em outras funções.

Sobre seus planos frustrados de aposentadoria, Galvão despistou. “Isso foi um mal-entendido. Eu não sei fazer outra coisa. Eu amo o que faço. (…) Naquele momento não me via fazendo a transmissão dos Jogos da Rússia em 2018… Muito provavelmente a Rússia seja a derradeira, a 12ª Copa do Mundo, é uma história”, afirmou o narrador, durante o Galvão Bueno Invitational Embrase de Golfe, no São Fernando Golf Club, em Cotia (SP).

O jornalista carioca admitiu a possibilidade de ir ao Catar, possivelmente como comentarista, posição na qual iniciou a carreira, antes de narrar sua primeira Copa do Mundo, em 1974. “Sim, posso ir como comentarista ou âncora, projetar algo para o Catar, se a saúde estiver bem… Na Copa do Catar vou estar com 72 anos…”

Blog com VEJA

 

Documentário explica a revolução que o narrador Osmar Santos fez no rádio
   2 de agosto de 2015   │     0:03  │  0

Osmar Santos, um dos maiores narradores da história do rádio esportivo no Brasil

Osmar Santos, um dos maiores narradores da história do rádio esportivo no Brasil

Maior investimento da ESPN Filmes em 2015, o documentário “Osmar Santos: Vai Garotinho que a Vida é Sua!” foi exibido pela primeira vez na última terça-feira, às 20h30.

O documentário reconstitui, de forma cronológica, a trajetória do Garotinho com base em depoimentos da mãe, Clarice, de dois irmãos, de um filho e de muitos colegas de profissão, além dos ex-jogadores Neto, Casagrande e Vladimir.

Vai da infância de Osmar Santos na roça, onde já se dedicava a imitar os narradores que ouvia no rádio, aos dias de hoje, em que se ocupa pintando telas com uma técnica própria que desenvolveu.

Os depoimentos de Juca Kfouri, Fausto Silva, Paulo Soares, Edison Scatamachia, Juarez Soares, Roberto Carmona, Joseval Peixoto, Wilson Matos, Pedro Panvéchio e dos irmãos Oscar Ulisses e Osório Santos ajudam a entender a pequena revolução que Osmar operou na narração esportiva de rádio.

Com seus bordões, os efeitos sonoros em estúdio e as muitas referências históricas e culturais que misturava às narrações, o Garotinho desenvolveu um estilo novo e moderno, posteriormente muito imitado.

Osmar Santos também é lembrado pelo papel importante que teve, ainda durante a ditadura, ao participar como locutor da campanha das Diretas Já, em 1984. Como se recorda Juca Kfouri, o narrador era então funcionário da Globo, que inicialmente tratou com muita timidez do movimento democrático em seus veículos.

A recordação do acidente que, em 1994, quase causou sua morte e afetou a sua fala, é naturalmente o momento mais emocionante do filme, sublinhado por um depoimento da mãe.

Convencional, “ Vai Garotinho que a Vida é Sua!” é mais uma grande reportagem do que um documentário, mas cumpre muito bem a função de deixar um registro da importância da trajetória do narrador e do homem Osmar Santos.

 

Texto: Maurício Stycer/UOL

Casa das Tintas renova parceria com a Rádio Gazeta garantindo o ‘Campo do Arivaldo’ por mais 1 ano
   27 de janeiro de 2015   │     0:09  │  1

82828282882casadastintas

São seis boletins transmitidos de segunda à sábado na programação líder de audiência da Rádio Gazeta de Alagoas. No Campo do Arivaldo destaca principalmente o futebol, a grande paixão do povo brasileiro.

Nos horários de 08, 10, 11, 14, 17 e 21 horas, você ouve Arivaldo Maia e fica informado de verdade. A iniciativa de Ademar de Sena e Gilberto Lima, dirigentes da Org. Arnon de Mello, está na programação da maior emissora de Alagoas desde 2011.

O patrocínio exclusivo da Casa das Tintas, líder no seu ramo, comandada por Ronaldo Oliveira, um dos empresários de maior sucesso em Alagoas, permite sua continuação até o final de 2015. Os boletins são produzidos e editados com informações atualizadas. O editor-chefe é Genaldo Ramalho, com apoio de Lúcio Mário.

O Campo do Arivaldo foi um programa de muito sucesso criado por Edécio Lopes, batendo inúmeros recordes de audiência na programação da Rádio Gazeta. Sua reedição como boletim é uma homenagem ao público que acompanha a carreira do narrador Arivaldo Maia, por iniciativa da Org. Arnon de Mello.

Vale acrescentar que o mesmo trabalho também é apresentado na programação da Rádio Palmeira FM 104.1 de Palmeira dos Índios, com cobertura publicitária do radialista Anselmo Robério.

Irmão prevê recuperação total de Osmar de Oliveira
   20 de maio de 2014   │     0:08  │  0

Osmar de Oliveira, médico e comentarista, continua internado em São Paulo

Osmar de Oliveira, médico e comentarista, continua internado em São Paulo

Melhorou o estado de saúde do comentarista da Osmar de Oliveira. Ele está internado no Hospital AC Camargo, no bairro da Liberdade, região central de São Paulo, e nas últimas horas apresentou um bom quadro de evolução, de acordo com seu irmão, César, que também é médico.

“Ele (Osmar) apresentou uma melhora significativa de ontem para hoje, principalmente com a função renal. O nível de consciência é de quase 100%. Só está sonado devido aos medicamentos”, disse. “Ele deve ficar uns quatro dias na UTI até que o rim tenha uma melhora. Só vai para o quarto com muita segurança”.

Osmar de Oliveira teve complicações no seu quadro de saúde após passar por um procedimento cirúrgico. Doutor Osmar, médico, jornalista e que também é conhecido por ser torcedor do Corinthians, está em tratamento por conta de um tumor na próstata.

Na web, algumas personalidades como o jornalista Milton Neves já divulgaram mensagens de apoio a Osmar de Oliveira. “O Dr. Osmar sempre teve 5 excessos: o caráter, a competência,  a lealdade, o corintianismo e o cigarro. Este tem sido o problema de um bom homem”, escreveu.

Em seu perfil nas redes sociais, o Corinthians também desejou melhoras a Osmar de Oliveira.