Category Archives: Libertadores

Técnico do Lanus acredita na virada sobre o Grêmio
   29 de novembro de 2017   │     0:03  │  0

Jorge Almirón confia que Lanus pode ser campeão da Libertadores (Foto: Divulgação)

Depois da derrota por 1 a 0 para o Grêmio no jogo de ida, o Lanus precisa vencer hoje para levantar a taça da Libertadores da América pela primeira vez. Mesmo assim, o técnico da equipe argentina, Jorge Almirón, demonstrou otimismo em entrevista coletiva cedida, em que manifestou confiança na capacidade de seus comandados.

“São 90 minutos muito importantes. Temos que fazer um jogo inteligente. Ser pacientes e não nos desesperar”, disse o treinador. “Não posso assegurar o resultado mas vamos dar tudo. Estou convicto de que a equipe está à altura. Já demonstrou nesta Copa”.

O Lanus recebe o Grêmio logo mais às 21h45 pela volta da final da Libertadores. O clube de Porto Alegre joga pelo empate para se sagrar campeão do torneio pela terceira vez, mas não contará com o zagueiro Walter Kannemann, que cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Blog com Gazeta Press

Arena do Grêmio rompe marca de 900 mil torcedores em 2017
   24 de novembro de 2017   │     0:02  │  0

Grêmio venceu o Lanús por 1 a 0 no jogo de ida da final na Copa Libertadores (FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA)

 

A vitória do Grêmio pelo placar de 1 a 0 contra o Lanús, na primeira partida da final da Copa Libertadores, contou com o presença de 55.188 torcedores na Arena. O número não bateu o recorde de público que o estádio já recebeu, de ‎55.337 torcedores na final da Copa do Brasil em 2016, porém ajudou o clube a romper a barreira de 900 mil torcedores presentes na Arena em jogos de 2017.

Nesta temporada, o estádio gremista recebeu, em público total, 900.319 pessoas. Esse número vai aumentar já que o time gaúcho ainda tem mais uma partida na Arena em 2017, contra o Atlético-GO, no domingo, às 17h (de Brasília), pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os números de torcedores na Arena vêm de uma crescente. Inaugurado em 2013, o local recebeu, naquela temporada, 774.615 torcedores. Após leve queda no ano seguinte, com 765.272, a presença de público no estádio começou a bater recordes. Em 2015, foram 857.188 e, em 2016, a contagem chegou a 876.641. Desde do ano de fundação, a Arena teve uma elevação de presença de público em mais de 14%.

Além do bom futebol que o clube gremista vem apresentando nas últimas temporadas, essa elevação de público na Arena também pode ser associada às classificações do Grêmio para a Copa Libertadores e à conquista da Copa do Brasil em 2016. Nos últimos dois anos, o Tricolor Gaúcho garantiu vaga para a Copa Libertadores da América, campeonato sul-americano mais disputado.

Blog com Gazeta Press

Grêmio abre vantagem sobre o Lanús na decisão
   22 de novembro de 2017   │     23:19  │  0

Dispensado pelo São Paulo, Cícero fez história por outro time tricolor (foto: Nelson Almeida/AFP)

O sonho do tricampeonato da Copa Libertadores da América está muito perto de se concretizar para o Grêmio. Nesta quarta-feira, na Arena, o Tricolor gaúcho bateu o Lanús pelo placar de 1 a 0, na primeira partida da final continental. O gol da partida foi marcado por Cícero.

A Arena teve a presença de mais de 55 mil torcedores. Com o resultado, o time brasileiro dependerá de um empate no confronto na Argentina para conquistar o título do torneio da Libertadores. Como não existe o gol qualificado na decisão, qualquer derrota pela diferença mínima levará o duelo para as penalidades máximas.

Após conseguir a classificação para a final, o Grêmio optou por utilizar os titulares durante o Campeonato Brasileiro para manter o ritmo de jogo dos atletas. O técnico Renato Gaúcho teve em campo o time completo e escalou Fernandinho e Jailson no meio de campo. O Lanús, que preferiu poupar os jogadores no Campeonato Argentino durante 22 dias, para utilizá-los apenas nas decisões, também teve a equipe principal em campo.

Blog com Gazeta Esportiva

Renato nega que derrota na Arena influenciará no jogo da Libertadores
   24 de outubro de 2017   │     0:01  │  0

Renato Portaluppi disse que postura será outra no importante duelo diante do Barcelona-EQU (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

O Grêmio sofreu uma inesperada derrota por 3 a 1 para o Palmeiras, dentro de sua arena, e viu suas chances de título no Campeonato Brasileiro ficarem muito pequenas. O Tricolor, porém, ainda sonha com o título da Libertadores, seu principal objetivo da temporada, com o primeiro jogo das semifinais, diante do Barcelona-EQU, amanhã. Apesar da atuação ruim diante do Verdão, principalmente no segundo tempo, o técnico Renato Portaluppi minimizou a situação, afirmando que o espírito do time será outro diante dos equatorianos.

“Esta derrota vai ficar aqui dentro da Arena. O voo vai ser só com conversas a respeito do jogo contra o Barcelona. Lógico que não gostaríamos de perder, mas a partir de agora é só Libertadores. Somos os únicos brasileiros na competição. Tenho um grupo maravilhoso e vou levantar a moral deles. Temos que focar para quarta-feira”, disse o treinador tricolor, de forma confiante.

Outro detalhe importante da derrota para o Palmeiras é que o Grêmio entrou com um time praticamente reserva em campo, o que minimiza a atuação abaixo do esperado. O técnico Renato Portaluppi mostrou irritação ao ser questionado mais uma vez sobre a opção por poupar jogadores no Campeonato Brasileiro e atribuiu parte do desempenho ruim à cabeça dos atletas estarem no confronto da Copa Libertadores.

“O torcedor do Grêmio compreende. Já estou cansado deste assunto de preservar ou não a equipe. Aqui tem pessoas que pensam o planejamento do time. Amanhã será outra equipe, espírito, vontade. É difícil você colocar na cabeça do grupo antes de um jogo tão importante que tem que pensar no Palmeiras. Agora focamos no jogo contra o Barcelona”, explicou.

O importante confronto diante do Barcelona-EQU, pelas semifinais da Copa Libertadores, está marcado para a  noite desta quarta-feira, às 21h45(de Brasília), no Estádio Monumental Isidro Romero Carbo, em Guayaquil. O duelo de volta acontece na semana seguinte, no mesmo dia da semana e horário, na Arena do Grêmio.

Blog com Gazeta Press

Libertadores: River vence Wilstermann por 8 x 0
   21 de setembro de 2017   │     22:39  │  0

O que fazer quando são precisos quatro gols de vantagem para obter uma classificação? Marcar os quatro. Em cada tempo. O River Plate exagerou em sua “remontada”. Massacrou o Jorge Wilsterman na noite desta quinta-feira. E propiciou aos mais de 60 mil presentes no Monumental de Nuñez uma noite histórica.

Goleou o time boliviano por 8 a 0, após levar 3 a 0 no jogo de ida, em Cochabamba. O atacante Scocco, ex-Internacional, teve, seguramente, a melhor atuação de sua vida. Marcou cinco dos oito gols do time de Marcelo Gallardo. O River está vivo. E se agiganta na luta pelo tetra.

O River Plate ficou perto da maior goleada da história da Libertadores. Em 1970, o Peñarol fez 11 a 2 no Valencia-VEN e, até hoje, tem a maior vitória da competição. O Próprio River, também em 1970, fez 9 a 0 no Universitario de La Paz-BOL. É a sexta maior goleada do torneio e a maior em um jogo válido por um mata-mata desde que o torneio ganhou o atual formato, em 2000.

Na Sul-Americana o Fluminense perdeu por 2 x 1 para a LDU, no Equador, mas, apesar da derrota, avançou para enfrentar o Flamengo nas quartas de final.

Blog com Globoesporte