Category Archives: Libertadores

LDU conta com boa fase para enfrentar o São Paulo
   20 de setembro de 2020   │     23:00  │  0

Na próxima terça-feira, o São Paulo vai ter um confronto decisivo para o andamento da temporada. A equipe irá enfrentar a LDU em Quito, 2850m acima do nível do mar, com a pressão altíssima de voltar aos Brasil com os três pontos. Para desespero do Tricolor, os equatorianos estão jogando bom futebol e voltaram bem pós-parada.

O Campeonato Equatoriano regressou no dia 15 de agosto. Desde então, a LDU disputou nove jogos. Desses, eles só foram derrotados uma vez, um revés de 2 a 0 para o Aucas. Nos últimos cinco jogos, o time de Pablo Repetto soma três vitórias e dois empates.

Mesmo sem um de seus principais jogadores, a LDU têm dois fatores ao seu lado: altitude e o retrospecto do São Paulo fora de casa. Na primeira rodada, os comandados de Fernando Diniz viajaram para Juliaca, 3850m acima do nível do mar, e sentiram o efeito. O resultado foi uma partida apática e derrota para o Binacional, estreante na Libertadores.

Para piorar, o São Paulo sofre para conseguir resultados longe do Morumbi. O Tricolor vem de uma sequência negativa, com cinco derrotas seguidas e nenhuma vitória nas últimas dez partidas fora de casa na Libertadores. Para continuar com chances na competição, o São Paulo vai precisar vencer uma boa equipe e espantar os fantasmas do passado.

Blog com LANCE

São Paulo vai para o Equador com seis desfalques
     │     20:00  │  0

O São Paulo realizou na manhã deste domingo (20) o último treino antes de embarcar para o Equador, onde encara a LDU em um jogo considerado como “crucial” para o time na Libertadores. O elenco seguiu neste domingo (20) em voo fretado até a cidade de Quito, 2850m acima do nível do mar.

Para a partida, Fernando Diniz não contará com o jogador mais importante do meio-campo Tricolor: Daniel Alves. O camisa 10 voltou a treinar nos gramados na quarta-feira (16) após sofrer uma fratura no antebraço contra o Athletico-PR, mas sua presença no duelo da próxima terça-feira (22) é descartada.

Rojas é outro jogador que está em situação similar a de Dani Alves. O equatoriano está em processo final de recuperação de uma ruptura do tendão quadricipital no joelho direito. Ele voltou a fazer atividades físicas e com a bola nesta semana, mas não deve viajar com o elenco pois não disputa uma partida há mais de um ano.

Mais dois jogadores são-paulinos estão no departamento médico e são desfalques certos: Liziero e Walce. O primeiro passou por uma cirurgia no tornozelo direito. O zagueiro também se recupera de uma cirurgia, no entanto, a dele foi no joelho esquerdo.

A situação do São Paulo no grupo D é complicada. Com apenas quatro pontos, o Tricolor está em terceiro lugar e precisa ganhar da LDU, líder com seis pontos, para não depender dos outros adversários nas últimas duas rodadas.

Blog com LANCE

 

Flamengo dá respaldo ao técnico Dome
     │     12:30  │  0

A diretoria do Flamengo se pronunciou pela primeira vez depois da goleada sofrida para o Independiente Del Valle, por 5 a 0, pela Copa Libertadores. Coube a Marcos Braz, vice-presidente de futebol, dar respaldo ao trabalho do técnico Domènec Torrent. O dirigente garantiu que o clube não pensou em demitir o treinador espanhol.

“Dome está dentro de um planejamento nosso, inclusive já temos o planejamento do jogo contra o Palmeiras. Em nenhum momento foi discutida a saída do Dome, em nenhum momento. Existe uma unidade dentro da diretoria. Todos vieram trabalhar, fizemos extensas reuniões para discutir parte de premiação e outras coisas que são consideradas importantes. E em nenhum momento essa hipótese (demissão do Dome) foi pensada”, declarou Braz.

“O resultado do jogo foi impensável. Em nenhum campeonato o Flamengo pode perder por 5 a 0, não faz parte da história do Flamengo e da história vitoriosa desta diretoria do clube. Derrota está dentro do esporte. Existem derrotas e derrotas. É uma derrota muito expressiva, 5 a 0. Mas passou. Talvez temos até que pedir desculpas pelo resultado, mas estou falando em relação ao jogo. Os jogadores se empenharam dentro do que podiam, nós jogamos a mais de 2.800 metros. Não é desculpa. Apenas estou lembrando isso. Então o que eu posso falar é que existe uma unidade e nunca se atribuiu a saída do técnico nesta viagem”, completou o dirigente.

Marcos Braz também rechaçou que exista foco de insatisfação por parte dos jogadores com o trabalho de Dome.

“Em nenhum momento (jogadores relataram dificuldade de entender o Dome). Isso tudo parte de um processo de integração, de filosofia de trabalho e que precisa de maturação. Eu entendo a torcida, entendo os companheiros de clube e todos os segmentos. A insatisfação com o resultado que passou. Eu e a diretoria respeitamos esses posicionamentos. Mas a gente também tem de ser um pouquinho mais frio porque temos informações, análises internas. A gente sabe que precisa de tempo para construir. E este tempo, hoje, está sendo dado. A relação do Dome com elenco é boa”, declarou o dirigente rubro-negro.

Respaldado pela diretoria, Dome prepara o Flamengo para mais um compromisso pela Libertadores no Equador. O Rubro-Negro enfrenta o Barcelona, terça-feira, às 19h15, pelo Grupo A. O Fla está na segunda colocação da chave, com seis pontos, três a menos do que o Del Valle.

Blog com Gazeta Press

Chocolate: Flamengo vacila na altitude e leva 5 a 0
   18 de setembro de 2020   │     5:00  │  1

(Foto: AFP)

 
Flamengo irreconhecível decepcionou ao ser goleado no Equador (Foto: AFP)

 

Em seu retorno à Copa Libertadores, o Flamengo voltou a apresentar atuação irregular e sofreu uma dura derrota na fase de grupos, na noite passada. No primeiro tropeço na competição, os atuais campeões foram goleados pelo Independiente Del Valle pelo contundente placar de 5 a 0, na altitude de 2.850 metros de Quito, no Equador. O time brasileiro vinha de duas vitórias na competição.

Cauteloso demais na cidade equatoriana, o Flamengo oscilou mais uma vez, como vinha fazendo no Brasileirão. Mais preocupado em se defender do que em atacar ao longo da maior parte do jogo, a equipe brasileira abusou dos erros no meio-campo, falhou na marcação e esqueceu da criatividade e da intensidade que lhe são tão comuns desde o ano passado. Como consequência, fez provavelmente sua pior partida do ano.

Diante destas fragilidades, o Fla se tornou alvo fácil do bem armado Independiente, que vive grande fase na temporada. Desde a retomada do futebol, após a paralisação causada pela pandemia, os equatorianos não perderam. Agora soma dez jogos de invencibilidade, com sete vitórias e três empates, com 25 gols marcados.

Com o tropeço, o Fla figura agora no segundo lugar do Grupo A, com três pontos. Está atrás justamente do rival equatoriano, que soma nove pontos e aproveitamento de 100% até agora. Junior Barranquilla e Barcelona de Guayaquil, os outros dois times da chave, ainda se enfrentam nesta quinta-feira. Ambos ainda não pontuaram.

Pela quarta rodada do Grupo A, o time brasileiro enfrentará o Barcelona na terça da próxima semana, fora de casa.

O JOGO – Com Diego no meio-campo e sem Bruno Henrique, o Flamengo mostrou no primeiro tempo a mesma cautela com que Domènec Torrent escalou a equipe. A altitude equatoriana, claro, também influiu na postura. Mais concentrado na defesa e no meio-campo, o time carioca propôs pouco jogo na etapa inicial.

Assim, abriu espaço para o time da casa, com mais iniciativa. O Independiente exibia melhor ritmo de jogo, trocava passes com mais facilidade e envolvia o Flamengo. Com o passar do tempo, o domínio foi ficando claro, até que se traduziu em vantagem no placar. Foi aos 39, quando Moisés Caicedo fez linda jogada, com um corta-luz no início do lance, antes de completar para as redes.

Do outro lado, Gerson e Diego faziam partida apática, sem qualquer criatividade. Era evidente a preocupação dos jogadores do Flamengo com o eventual desgaste físico de atuar na altitude. Tolhido, o time brasileiro passou mais tempo assistindo ao rival do que buscando o ataque.

A situação, que já era ruim, se tornou ainda mais difícil no segundo tempo. Domènec até tentou, ao trocar Diego por Bruno Henrique. Mas, antes mesmo do atacante tocar na bola, o Independiente chegava ao segundo gol. Logo aos três minutos, Preciado fez bela jogada, deixando três marcadores para trás e tabelando com Murillo. De fora da área, bateu firme e colocado, no ângulo de César.

A vantagem dos equatorianos foi ampliada nove minutos depois, desta vez com Gabriel Torres. Em um contra-ataque sem reação do Fla, ele investiu pela esquerda, cortou para dentro e caprichou no chute, no canto esquerdo do goleiro brasileiro: 3 a 0.

Numa última tentativa de reduzir o estrago, Domènec mudou o setor ofensivo da equipe brasileira, com Thiago Maia, Michael e Pedro em campo. Não foi o suficiente para sequer conter o ímpeto dos anfitriões.

Aos 35, o Independiente transformou a derrota em goleada num lance sintomático do domínio dos anfitriões. Beder Caicedo iniciou a jogada no meio-campo e, mesmo sem imprimir velocidade, avançou com facilidade pela defesa brasileira e cruzou com tranquilidade para a área. Sánchez surpreendeu a zaga com um toque de calcanhar para as redes.

Antes do apito final, o time da casa ainda teve tempo para anotar o quinto gol, quase em ritmo de treino. Aos 46, Beder Caicedo finalizou de fora da área, sem maior resistência da defesa carioca, e acertou o canto direito de César.

ESTADÃO Conteúdo

Del Valle arrebenta o Flamengo na altitude de Quito
   17 de setembro de 2020   │     23:22  │  4

O Flamengo perdeu para o Independiente del Valle por 5 a 0 nesta quinta-feira, em Quito, no Equador. A partida foi válida pela terceira rodada do Grupo A da Libertadores. A equipe da casa marcou o primeiro gol da partida com Moisés Caicedo. Apesar da superioridade na primeira etapa, com o placar de 1 a 0, a partida foi para o intervalo com o time rubro-negro com chances de reagir. Com a entrada de Bruno Henrique, a postura parecia ser diferente, mas o gol de Preciado, aos 3 minutos do segundo tempo foi um balde de água fria e o Flamengo sentiu. A partir daí o jogo se desenhou tranquilo para o del Valle, que marcou mais três gols, com Gabriel Torres, Jhon Sánchez e Beder Caicedo.

Com a derrota, o Flamengo fica com seis pontos, na segunda colocação do Grupo A. O Del Valle soma 9 pontos e se isola na liderança. O time rubro-negro volta a campo na próxima terça-feira, contra o Barcelona-EQU, no Equador. Já o Independiente del Valle encara o Junior, em Barranquilla, na mesma data.

Já já mais detalhes do vexame.

Blog com ge.globo