Category Archives: Libertadores

Definidos os jogos das oitavas de final da Libertadores
   14 de maio de 2019   │     14:00  │  0

Com um sorteio realizado em sua sede na noite de ontem, a Conmebol definiu os confrontos das oitavas de final da Libertadores da América/2019.

Veja os confrontos:

River Plate-ARG x Cruzeiro
Godoy Cruz-ARG x Palmeiras
Emelec-EQU x Flamengo
LDU-EQU x Olimpia-PAR
Athletico x Boca Juniors-ARG
Nacional-URU x Internacional
Grêmio x Libertad-PAR
San Lorenzo-ARG x Cerro Porteño-PAR

Dirigente do Flamengo fala do confronto com Emelec:

“Nessa fase da Libertadores são todos grandes times. A trajetória de todos não foi fácil. O Emelec é um grande time. Não tem caminho fácil para ninguém. Temos de fazer o melhor”, afirmou Luiz Eduardo Baptista, vice-presidente de relações externas.

Blog e Gazeta Esportiva

Saiba tudo sobre o sorteio das oitavas de final da Copa Libertadores 2019
   11 de maio de 2019   │     0:03  │  0

Resultado de imagem para Troféu da Libertadores

 

A Copa Libertadores da América 2019 conheceu os clubes classificados ás oitavas de final, nesta semana. Conhecido os times que estarão na fase seguinte da competição, é hora do sorteio.

O sorteio está marcado para a próxima segunda-feira (13), ás 21h. A definição dos confrontos será realizado na sede da Conmebol, em Luque, no Paraguai – a exemplo do que já aconteceu no ano passado.

Os 16 clubes classificados foram divididos em dois potes. No pote 1, estão os primeiros colocados de cada grupo. Já no pote 2, os clubes que se classificaram na segunda colocação de seu grupo. Confira como ficaram os potes.

Pote1: Internacional, Cruzeiro, Olimpia (PAR), Flamengo, Cerro Porteño (PAR), Palmeiras, Boca Juniors (ARG) e Libertad (PAR).

Pote 2: River Plate (ARG), Emelec (EQU), Godoy Cruz (ARG), LDU (EQU), Nacional (URU), San Lorenzo (ARG), Athletico e Grêmio.

Será retirada uma bolinha de dentro de cada um dos potes, contendo o nome de um dos times em seu interior. Portanto, não poderão ocorrer confrontos entre os primeiros colocados. Não há restrição entre clubes do mesmo país e de equipes que compuseram a mesma chave. Com isso, podemos ter confrontos de clubes que já se enfrentaram na fase de grupos.

Não haverá um outro sorteio para às fases seguintes. Portanto, além de conhecer o futuro rival, os clubes já saberão o diagrama dos mata-matas e já saberão qual o caminho até a grande decisão, que será disputada dia 23 de novembro, em Santiago (CHI).

Blog com Lance

 

Fla contraria o ‘quem não faz, leva’ e ganha casca visando o mata-mata
   10 de maio de 2019   │     0:04  │  0

Peñarol x Flamengo

Arrascaeta também perdeu uma boa chance de marcar no início do jogo (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo / Lance)

É comum ver o ditado “quem não faz, leva” sendo usado no futebol. Equipes que criam chances, mas não conseguem marcar e acabam derrotadas. Exemplos não faltam e, por pouco, o Flamengo não entrou para este grupo. O 0 a 0 contra o Penãrol (URU), contrariou tal fala e assegurou a classificação rubro-negra às oitavas de final da Copa Libertadores. Mas, em uma partida muito mais tensa do que deveria ser…

Superior tecnicamente e, porquê não, taticamente, o Flamengo teve o controle da partida por 65 minutos. A mobilidade do ataque rubro-negro funcionou em Montevidéu e a velha formação com Gabigol como centroavante, Bruno Henrique na esquerda, Arrascaeta centralizado e Everton Ribeiro na direita voltou a aparecer. A partida poderia ser definida cedo, mas…

Gabi… gol? Não foi uma noite do camisa 9 justificar o apelido. Ele e Vitinho foram dois personagens que respiraram tão fundo quanto a torcida do Flamengo após o apito final. Das cinco chances claríssimas que o Rubro-Negro teve, quatro foram desperdiçadas pelos atacantes. Não fez, não levou, mas deu uma tensão desnecessária ao jogo.O Peñarol é uma equipe muito limitada tecnicamente. A opção técnico Diego López por Lucas Viatri como centroavante e a entrada do também atacante de área Fernández no intervalo limitaram os uruguaios a cruzarem bolas na área para tentar assustar. Sem efeito. César, novamente seguro durante toda a partida, não fez uma defesa difícil sequer no Campeón Del Siglo.

Mas, então, por quê o Flamengo dominou a partida apenas por 60 minutos? Porque Pará foi expulso na segunda etapa e acabou com qualquer esquema tático existente. Abel Braga armou bem a defesa do Flamengo, mas tem culpa neste cartão vermelho. Desde o primeiro tempo, a maioria das jogadas do Peñarol foram em cima do lateral-direito e era nítido que, cedo ou tarde, levaria a segunda advertência. Quase custou caro.

Arrascaeta teve o domínio da partida no primeiro tempo, Éverton Ribeiro teve destaque na segunda etapa. Rodrigo Caio, Léo Duarte e César foram seguros e deram um fator importante para o Flamengo: casca para o mata-mata. Apesar de não ter sido uma atuação brilhante, a Libertadores cobra mais resultado do que desempenho. Eliminar um pentacampeão dentro da sua casa, apesar dos pesares, ainda é um grande feito.

Blog com Lance

Flamengo perde um caminhão de gols mas avança na Libertadores
   9 de maio de 2019   │     0:04  │  0

Gabigol perdeu quatro chances claras contra o Peñarol

O festejado atacante Gabigol, decepcionante na noite de ontem, perdeu quatro chances claras contra o Peñarol (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O roteiro da Libertadores de 2017 estava se desenhando com a vitória da LDU sobre o San José, na rodada de ontem da Libertadores. O Flamengo perdeu um caminhão de gols, passou sufoco jogando os últimos 30 minutos com um jogador a menos, após a expulsão de Pará, porém, segurou o empate por 0 a 0 com o Peñarol no Uruguai e está classificado para as oitavas de final.

O empate deu ainda o primeiro lugar do Grupo D ao clube de maior torcida do Brasil com os mesmos 10 pontos de LDU e Peñarol, mas com melhor saldo de gols. O time de Abel Braga agora terá a vantagem de fazer o segundo jogo em casa na próxima fase.

Além do Flamengo, no Equador a LDU atropelou o lanterna San José, da Bolívia, por 4 a 0 e carimbou a segunda vaga do grupo para as oitavas de final. Os confrontos da próxima fase serão definidos através de sorteio na próxima segunda-feira, na sede da Conmebol, no Paraguai.

Neste duelo o Flamengo bateu o recorde de gols perdidos: 9 oportunidades reais foram jogadas no lixo. A Nação sofreu, mas, comemorou bastante a classificação.

Texto: Arivaldo Maia e GloboEsporte

Filme repetido: César volta a assumir ‘responsa’ em momento decisivo do Flamengo
   8 de maio de 2019   │     0:04  │  0

César será titular na decisão contra o Peñarol
César será titular na decisão contra o Peñarol (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

 

Por conta de uma lombalgia, Diego Alves vai desfalcar o Flamengo na partida mais importante do semestre, diante do Peñarol, na noite de hoje, em Montevidéu, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. César, portanto, substituirá o camisa 1 na “final” no Uruguai. A situação de assumir a “responsa” em jogo decisivo não é novidade na vida do camisa 37.

Em 2017, na semifinal da Copa Sul-Americana, contra o Junior Barranquilla, na Colômbia, Diego Alves, dono da posição, se lesionou, Muralha não vivia um bom momento e Reinaldo Rueda, então treinador do Flamengo, decidiu por apostar no jovem goleiro, que estava sem atuar há mais de um ano.

Na temporada passada, na reta final do Campeonato Brasileiro, Diego Alves se machucou e deu brecha para César voltar a mostrar que é um “reserva de luxo”. O jovem goleiro fez boas partidas e Dorival Júnior o manteve mesmo como titular no gol rubro-negro até o fim de 2018.

Em 2019, César entrou em campo oito vezes, sendo sete como titular. No último domingo, diante do São Paulo, o camisa 37 fez boas defesas e ajudou o Flamengo a conquistar um empate heroico no Morumbi.

No Uruguai, o Flamengo precisa de, ao menos, de um empate para conseguir a classificação às oitavas de final da Libertadores sem precisar de uma combinação de resultados.

O Flamengo fez o último treino antes de pegar o Peñarol, ontem, no estádio Luis Franzini, às 16h. A tendência é que Abel Braga mande a seguinte equipe a campo: César; Pará, Rodrigo Caio, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Arão e Arrascaeta; Bruno Henrique, Everton Ribeiro e Gabigol.

A bola vai rolar na noite desta quarta-feira às 21h30, no Campeón Del Siglio, nova casa do Peñarol. Um empate classifica do Flamengo para seguir na Libertadores/2019.

Blog e EXTRA