Category Archives: Goleiros

Diego Alves deve ter o seu contrato rescindido pelo Flamengo
   22 de outubro de 2018   │     17:11  │  0

Diego Alves em ação no treino rubro-negro
Diego Alves em ação no treino rubro-negro (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

 

A segunda-feira foi de folga para o Flamengo, mas quem disse que o dia não foi movimentado? Para a diretoria, foi. O Rubro-Negro trabalha nos bastidores para resolver a situação do goleiro Diego Alves, que se recusou a viajar para Curitiba para enfrentar o Paraná após ser barrado pelo técnico Dorival Júnior.

O que se fala dentro do clube é que ele deve ter o contrato rescindido caso não peça desculpas aos seus companheiros. O departamento jurídico já estuda a situação. A informação foi publicada primeiro pelo jornalista Mauro Cézar, da Espn Brasil, e confirmada pelo Jogo Extra.

O empresário do jogador, Eduardo Maluf, está chegando ao Rio de Janeiro e nesta terça-feira deve se reunir com o clube.

Diego, de 33 anos, tem contrato com o Flamengo até 31 de dezembro de 2020. Ele foi contratado no ano passado junto ao Valencia e, até o momento, fez 68 jogos pelo clube com 30 vitórias, 20 empates e 18 derrotas.

César voltou ao time titular depois da lesão muscular de Diego Alves e não saiu mais. Nos últimos três jogos, três vitórias maiúsculas contra Corinthians (3 x 0), Fluminense (3 x 0) e Paraná (4 x 0), com três boas atuações.

Blog com EXTRA

 

Diego Alves é barrado e se recusa a viajar; Flamengo vê ato de indisciplina e aplicará punição
     │     0:04  │  0

Resultado de imagem para Diego Alves, goleiro do Flamengo

 O experiente goleiro Diego Alves pode até ser desligado do Flamengo (Foto: Torcedores.com)

Dois Diegos, um destino, duas reações. Dorival Junior optou por manter diante do Paraná a escalação do Flamengo que venceu Corinthians e Fluminense, mesmo com Diego Alves e Diego Ribas recuperados de lesões musculares.

O meia ficou no banco de reservas em Curitiba, na vitória do Mengão da noite de ontem por 4 x 0, entrando ao longo da partida. O goleiro se sentiu injustiçado e pediu dispensa da partida. O clube vê o ato como indisciplina e avalia qual punição aplicar.

A decisão será comunicada somente na reapresentação do elenco, amanhã, no Ninho do Urubu. O clube não fala oficialmente sobre o tema antes dessa data. A insatisfação com Diego Alves, por sua vez, é coletiva: diretoria, comissão técnica e jogadores, que apontam falta de companheirismo na atitude.

A diretoria tratará do tema em reunião no Rio de Janeiro na segunda-feira e o futuro do goleiro no elenco está em risco. O martelo está batido de que Diego Alves será punido de alguma maneira.

O GloboEsporte.com falou com o vice-presidente de futebol e candidato à presidência, Ricardo Lomba, que foi objetivo ao comentar o ocorrido:

– Vamos tratar o assunto internamente.

Toda polêmica teve início no início da tarde de sábado, quando os jogadores já se encaminhavam para o ônibus que os levaria ao aeroporto Santos Dumont. Diego Alves foi comunicado por Dorival Junior e pelo preparador de goleiros, Rogério Maia, de que César era o novo dono da posição e não gostou nada da notícia.

O goleiro se disse injustiçado, citou marcas pessoais em defesa própria, e se recusou a viajar para Curitiba como reserva. Gabriel Batista foi chamado às pressas para substituí-lo. De volta aos treinamentos no início da semana, após lesão na coxa, Diego ja tinha indícios de que seria barrado durante as atividades.

O episódio gerou insatisfação coletiva nos bastidores. Os jogadores tratam como completamente desnecessária e individualista a atitude do goleiro, que é visto como um dos líderes do elenco, na reta final do Brasileirão, e apoiaram a decisão de Dorival Júnior de manter César.

O clima ficou pesado para Diego Alves e, no panorama atual, a tendência é de que não seja mais utilizado pelo treinador. Mais do que surpresa, a reação coletiva foi de decepção com o gesto.

Novo titular da meta rubro-negra, César assumiu a posição juntamente com a chegada de Dorival Júnior. O último jogo de Diego Alves foi pela semifinal da Copa do Brasil, quando se lesionou, mas permaneceu em campo, sendo questionado pelo gol sofrido em chute de Pedrinho de fora da área.

Na noite de ontem o Flamengo, agora vice-líder, arrebentou com o Paraná. O  Rubro-Negro marcou com Paquetá na primeira etapa e goleou na fase final com Vitinho, Uribe e Dourado. Cariocas enfrentam no sábado o líder Palmeiras. Na lanterna, paranaenses atingem marca negativa: 16 partidas sem vitória.

A vitória contra o Paraná deixou o Flamengo com 58 pontos na tabela, a quatro do Palmeiras. O Rubro-Negro dormiu na vice-liderança. Hoje, o Internacional enfrenta o Santos, em Porto Alegre. Flamengo e Palmeiras fazem o grande duelo da 31ª rodada, no Maracanã, no sábado, 19h.

Blog com Globoesporte

Mailson releva pouca idade para substituir ídolo Magrão no Sport
   19 de outubro de 2018   │     0:03  │  0

Sem perder, Mailson já fez quatro jogos pelo Sport neste Brasileirão (Foto: Williams Aguiar/SCR)

 

A nove rodadas do final do Campeonato Brasileiro, Mailson se vê com uma grande responsabilidade. Aos 21 anos de idade, o jovem goleiro terá de substituir Magrão, lesionado, na meta do Sport, que luta pela permanência na elite do futebol nacional. A pouca bagagem, porém, não preocupa o garoto, que se vê bem preparado para suprir a ausência do ídolo à altura.

“Eu fico feliz por mim e triste pelo Magrão, pois ele vinha bem nos jogos, estava pegando tudo ali atrás. Agora é a reta final, temos que dar o nosso melhor em cada treino, trabalhar concentrado, para sair dessa situação”, afirmou, em entrevista reproduzida pelo site oficial do clube. “Tenho ele como um ídolo. É um sonho jogar ao seu lado. Ser substituto dele também é uma honra. Só que no futebol existem as lesões e estou preparado para quando chegarem as chances”, completou.

Cria das categorias de base, Mailson já defendeu o gol do Leão em cinco partidas pela equipe principal. Nesta temporada, foram quatro jogos com o jovem de titular, com duas vitórias e dois empates (contra Botafogo, Paraná, Bahia e Grêmio). Invicto, o arqueiro, inclusive, não foi vazado em duas das partidas. Mesmo assim, ele acredita estar ainda melhor a esta altura do ano.

“Eu estava mais nervoso naqueles jogos. Agora estou com mais maturidade, concentrado, sabendo da responsabilidade que é defender um clube grande como o Sport. O elenco também me dá muita confiança e estou feliz pela oportunidade”, apontou.

Com uma fratura no braço, Magrão não joga mais em 2019. Portanto, Mailson deve assumir seu posto já a partir da próxima rodada, a de número 30 do Brasileirão 2018. O duelo é contra o Vasco, amanhã, na Ilha do Retiro, a partir das 19h (no horário de Brasília). O Sport ocupa a 19ª colocação da tabela, com 27 pontos ganhos, cinco a menos que o Vitória, primeiro fora da zona do rebaixamento.

Blog com Gazeta Esportiva

Goleiro Magrão está fora do Campeonato Brasileiro/2018
   16 de outubro de 2018   │     0:03  │  0

Resultado de imagem para Magrão, do Sport, ontem

Magrão, do Sport, (foto acima/Globo Esporte), está fora do Campeonato Brasileiro. O goleiro sofreu uma fratura no antebraço direito na partida contra o Atlético Paranaense, e precisará passar por uma cirurgia. O jogador foi levado a um hospital em Curitiba, onde foi submetido a um exame de imagem e recebeu os primeiros cuidados.

Magrão retornou ontem ao Recife, com os demais membros da delegação do Sport. À tarde foi reavaliado pelo departamento médico do clube, quando foi iniciado um estudo mais apurado para estabelecer uma data para o seu retorno em condições normais de trabalho.

Jogador mais velho do Brasileirão, com 41 anos, Magrão tem uma carreira profissional de mais de 20 anos. Só no Sport são 13 temporadas, mais de 700 jogos, nove títulos e 33 pênaltis defendidos – o que ele conta como a vibração de quem faz um gol. O goleiro tem contrato com o clube pernambucano até dezembro de 2019.

Bastante emocionado, Magrão lamentou principalmente o fato de não poder mais ajudar seus companheiros a tirar o Sport da zona de rebaixamento da competição. “Para mim foi uma tristeza muito grande pelo momento que o Sport vive. Eu queria estar no campo para ajudar meus companheiros. Mas infelizmente foi constatada uma fratura e o sentimento é de muita tristeza”, disse.

Magrão contou ainda que no momento da contusão, até pela vontade de continuar em campo, ainda tinha esperanças de que não fosse nada muito sério. “Na hora eu achei que tivesse sido aquele choque no cotovelo, porque adormeceu o braço. Mas depois veio a dor e eu sentia um estralo quando girava a mão. Tentei continuar o jogo, falei com o médico, mas a dor só aumentava. Depois vimos que a melhor opção era eu sair, pois eu não tinha nenhuma condição de ajudar a equipe naquele momento”, afirmou.

Mesmo abatido, o goleiro pediu apoio e reforçou a confiança em Mailson, seu provável substituto. “O Mailson é um menino que quando foi acionado mostrou muita personalidade, tranquilidade, e nesse momento a gente precisa que o torcedor abrace ele, apoie. E apoie também todos os jogadores, porque o momento nosso pede que todos possam se unir para tirar o Sport dessa situação”, completou.

O Sport é o penúltimo colocado do Brasileirão com 27 pontos, à frente apenas do Paraná, que tem 17. O time volta a campo no sábado, quando vai enfrentar o Vasco, pela 30.ª rodada, no Recife.

ESTADÃO conteúdo

Com Real Madrid em crise, Navas fala da ausência de CR7: ‘Deixou uma lacuna’
   14 de outubro de 2018   │     0:04  │  0

Goleiro Keyloy Navas admitiu que a saída de CR7 deixou uma lacuna grande no RealGoleiro Keyloy Navas admitiu que a saída de CR7 deixou uma lacuna grande no Real (Foto: Tatyana Makeyeva / Reuters)

A surpreendente derrota do Real Madrid para o CSKA por 1 a 0, na Liga dos Campeões, ligou o alerta para uma crise no clube. Foi o terceiro jogo consecutivo sem vencer e sem marcar gols. Os alarmes soaram e aumentaram quando o goleiro Keylor Navas lembrou a lacuna deixada por Cristiano Ronaldo, que trocou o clube pela Juventus.

“Cristiano deixou uma lacuna em um nível muito alto. Não é segredo, não se pode tapar o sol com uma peneira. Mas faz parte do passado e não podemos viver disso”, disse o costa-riquenho, em declarações ao jornal “Marca”.

O goleiro ainda vive uma questão pessoal na equipe porque disputa com o belga Thibaut Courtois a titularidade no gol. O técnico Julen Lopetegui tem revezado os dois arqueiros nas competições disputadas pelo Real Madrid.

“Para mim é um privilégio jogar futebol e nunca vou baixar os braços. Respeitamos as opções de Lopetegui para a baliza e só me preocupo em estar preparado para ser titular. Não sei se vou jogar frente ao Alavés, há que perguntar isso ao treinador. Estou sempre pronto”, assegurou Navas.

Blog com EXTRA