Category Archives: Goleiros

Martín recebe ofertas de Libertad e Cerro e vai negociar rescisão com o Vasco
   11 de dezembro de 2018   │     0:02  │  0

Martín Silva Vasco — Foto: Felipe Schmidt

Martín Silva tem poucas chances de continuar defendendo o Vasco — (Foto: Felipe Schmidt)

Reserva na reta final do Campeonato Brasileiro depois que Fernando Miguel foi efetivado na equipe titular, Martín Silva corre o risco de nem se reapresentar ao Vasco no dia 3 de janeiro. Diante dos últimos acontecimentos, o uruguaio se viu com o caminho livre para procurar outro clube, apesar de ainda ter contrato. Cerro Porteño e Libertad, do Paraguai, já fizeram propostas consideradas vantajosas, e seu empresário vai negociar a recisão.

A diretoria do Vasco alega que ainda não recebeu ofertas oficiais pelo atleta, mas vai analisar por todos os aspectos quando eles chegarem até a mesa do presidente Alexandre Campello. Extraoficialmente, o desejo é que uma possível saída renda ao clube cerca de R$ 1,5 milhão mais a amortização da dívida com o uruguaio, de cerca de R$ 700 mil.

A ideia dos clubes paraguaios era que Martín entrasse na Justiça para deixar o Vasco sem multa por causa da dívida referente a direitos de imagem antigos. O goleiro, no entanto, não pensa nesta possibilidade. Mas o débito deve facilitar uma negociação para saída.

Martín entende que seu prestígio no Vasco foi ladeira abaixo desde a saída do preparador Fabio Tepedino no meio do ano. Depois que Alberto Valentim chegou e Fernando Miguel aproveitou bem as oportunidades, o processo se acentuou.

Alberto Valentim não se opõe a Martín permanecer em 2019, mas o goleiro confessou a pessoas próximas de que não gostaria de seguir o trabalho com o atual treinador.

Hoje, internamente a avaliação é de que o custo benefício do uruguaio, de 35 anos, não é satisfatório.

Blog com Globoesporte

Vanderlei está no radar de Fla e São Paulo, diz presidente do Santos
   25 de novembro de 2018   │     0:03  │  0

Imagem relacionada

Com a temporada chegando ao fim, o planejamento para 2019 já começou e goleiro Vanderlei, do Santos, (foto acima/Ivan Storti/Santos FC), foi procurado por Flamengo e São Paulo, de acordo com José Carlos Peres, presidente do Peixe. Desde a última temporada, ele é um dos destaques do time da Vila Belmiro, chegando a ser colocado como um dos goleiros cotados para a Copa do Mundo da Rússia.

– Vanderlei está nos nossos planos. Flamengo quer, São Paulo também. Todo mundo quer ele e o Bruno Henrique – disse Peres, em entrevista à Band Sports.

No caso do Flamengo, a situação de Diego Alves, contratado no ano passado, é uma incógnita. Fazendo atividades em horários distintos aos do elenco desde uma áspera discussão com o técnico Dorival Júnior (dias depois de se recusar a viajar para enfrentar o Paraná ao saber que seria reserva), o futuro no Rubro-Negro é incerto. Atualmente, o grupo conta com César, Thiago e Gabriel Batista.

Já o Tricolor paulista, conta com Sidão, contratado após boas atuações pelo Botafogo, e Jean, que chegou depois de bom Brasileiro no Bahia, mas nenhum deles conseguiu engrenar na temporada e o gol passou a ser um dos problemas na caminhada deste ano.

Vanderlei está no Santos desde 2015, após passagens por Londrina, Olimpia-SP, Paranavaí e Coritiba.

Blog e Lance

Elenco do Fla não toma partido de Diego Alves e goleiro segue isolado no CT
   12 de novembro de 2018   │     0:02  │  0

Diego Alves se machucou no treinamento desta terça-feira
Diego Alves está isolado e sem apoio até dos companheiros de clube (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

 

Passadas três semanas da crise que colocou de lados opostos no Flamengo o goleiro Diego Alves e o técnico Dorival Júnior, o comportamento do elenco rubro-negro se mantém o mesmo, sem tomar partido junto à direção. Desde que o problema aconteceu e após ele se agravar com a discussão entre as partes, a postura dos jogadores foi de escutar os relatos sem se comprometer com qualquer versão.

Mesmo entre as principais lideranças do Flamengo, como Diego, Réver e até mesmo Juan, a atitude foi imparcial e focada em não deixar que o episódio atrapalhasse o rendimento do time nas partidas do Campeonato Brasileiro.

Com o afastamento virtual de Diego Alves, que passou a treinar em horário alternado para não gerar ainda mais constrangimento durante o tratamento de uma entorse no joelho direito, o comportamento do elenco se manteve idêntico.

Nos últimos dias, Diego Alves recebeu alguns atletas em tratamento, casos de Geuvânio e Thiago Ennes, para treinarem no mesmo horário que ele. Antes, isolado, o goleiro vinha filmando as atividades, mostrando horários e os locais – seja o Centro de Treinamento ou a sua casa, onde tratava no horário de treino do elenco.

A única manifestação relevante ao longo de todo o processo foi do capitão Réver, que classificou o episódio como falta de maturidade. O técnico Dorival Júnior prefere não comentar, mas expôs sua hierarquia. Diego Alves segue em silêncio e se manifesta através das redes sociais apenas para registrar a situação delicada que vive.

O entendimento do Flamengo é que a postura do jogador é orientada por advogados e por seu empresário, Eduardo Maluf, que também não se manifestou.

Do lado do clube, a posição é aguardar o fim da temporada para que a proposta que o representante do jogador alega ter do Oriente Médio seja oficializada. A multa rescisória é de dez milhões de euros. Com contrato até 2020, Diego Alves tem mercado e a expectativa é que haja consenso para a liberação a medida que um interessado se manifestar em breve.

A tentativa do Flamengo é evitar que o caso vá à Justiça. Diego Alves prometeu dar sua versão ao fim da temporada, que inclui desmentir o técnico Dorival Junior.

Blog com EXTRA

Assim como no Flamengo, Diego Alves já recusou a reserva e causou desconforto no Valencia
   10 de novembro de 2018   │     0:01  │  1

 


Diego Alves Corinthians x Flamengo — Foto: Ale Cabral/Estadão Conteúdo

Diego Alves no jogo Corinthians x Flamengo  (Foto: Ale Cabral/Estadão Conteúdo)

São quase três semanas de desconforto em um casamento que começou promissor e caminha para um fim melancólico. Diego Alves e o Flamengo passaram mais uma semana em uma guerra fria que se arrasta desde que o goleiro se recusou a viajar para ficar na reserva de César, diante do Paraná, e aumentou depois da discussão com o técnico Dorival Junior na frente do grupo.

Esse tipo de desgaste, porém, não é inédito para Diego Alves. Aliás, chama atenção a semelhança do caso atual com uma situação vivida em 2013, quando defendia o Valencia. Na época, o goleiro de irritou ao perder o posto de titular para Vicente Guaita.

Na época, Diego não se conformou em perder o duelo contra o gigante Real Madrid, ficando na reserva. O técnico do Valencia, naquele momento, era Nico Estevez – que assumiu após a saída de Miroslav Djuic. A imprensa local chegou a noticiar que o brasileiro precisou ser contido durante uma discussão. Ele foi multado pelo clube espanhol.

O incidente marcou o início de um desgaste com o clube onde, por muito tempo, foi adorado. No fim da temporada de 2016, se envolveu em polêmica com o então companheiro Enzo Perez (hoje no River Plate). Ele foi acusado de debochar das vaias da torcida em uma foto tirada com o jogador argentino no vestiário.

Desde a semana passada, o Rubro-Negro bateu o martelo de que os treinos do restante do elenco não contarão com a presença do goleiro, que, por sua vez, registra todas as atividades feitas fora do turno regular.

O clube não comenta oficialmente o episódio e segue o mantra de que se trata de um “assunto interno”. O Flamengo também se vê respaldado juridicamente e entende que não há nada que obrigue o profissional nem a ser titular, nem a trabalhar no mesmo horário dos companheiros.

Blog com Globoesporte

 

Flamengo: Thiago, mais um destaque da vitoriosa base, renova contrato até 2020
   9 de novembro de 2018   │     0:01  │  0

   Thiago assina novo vínculo ao lado de Noval — Foto: Divulgação/Flamengo
Destaque da sua nova safra de bons goleiros,Thiago assina novo vínculo com o ‘Mais querido do Brasil’ ao lado de Noval (Foto: Divulgação/Flamengo)

 

Cuidando da sua retaguarda, o Flamengo anunciou o novo contrato com outro goleiro prata da casa: Thiago.

Agora, o camisa 30, de 22 anos, tem vínculo com o clube até dezembro de 2020.

Thiago chegou ao Flamengo em 2010, quando tinha 14 anos.

Está no elenco profissional desde 2016. Na última temporada, chegou a tomar a posição de titular de Alex Muralha, mas perdeu o espaço com a chegada de Diego Alves e o bom rendimento de César.

No momento, com a lesão de Diego Alves e toda a indefinição envolvendo o camisa 1, é o segundo goleiro do Rubro-Negro.

Blog com Globoesporte