Category Archives: Goleiros

Flamengo x Atlético-MG: Santos volta a ser relacionado após um mês e meio, David Luiz segue fora
   22 de junho de 2022   │     19:00  │  0

Santos durante treino do Flamengo nesta segunda — Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Santos durante treino do Flamengo nesta semana — (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Goleiro não ficava à disposição desde empate com Tallres, em maio. Zagueiro treina separado e ainda não tem condição de jogo, assim como Fabrício Bruno, que já está com o grupo.

Santos é a cara nova na lista de relacionados do Flamengo para encarar o Atlético-MG, hoje, às 21h30 (de Brasília), pela partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Por outro lado, David Luiz segue fora e Fabrício Bruno, que está treinando com o grupo, ainda não fica à disposição de Dorival Júnior.

A última partida de Santos, que entrou em campo somente quatro vezes pelo Flamengo, aconteceu no dia 4 de maio, no 2 a 2 com o Talleres, na Argentina, pela Libertadores. Desde então, o goleiro passou por um longo período de recuperação de um estiramento grau dois na coxa, sofrido enquanto treinava passes no Ninho.

O Flamengo vivia a expectativa do retorno de David Luiz, que sentiu desconforto muscular logo no iníco da partida contra o Cuiabá e teve diagnosticado um edema na coxa. O zagueiro fez tratamento intensivo e treina separado, mas ainda está em processo de transição e não tem condição de jogo.

O mesmo vale para Fabrício Bruno, que voltou a treinar normalmente com o grupo nesta semana após quase três meses. O defensor será reavaliado na sexta-feira para saber se já volta contra o América-MG, domingo, ou na viagem para Colômbia pela Libertadores, onde o Flamengo encara o Tolima.

Arivaldo Maia com Cahê Mota – Redação do ge –  Rio de Janeiro

Gatito se torna o goleiro com mais defesas difíceis no Brasileirão 2022
     │     13:00  │  0

Gatito teve grande atuação do Beira-Rio (Arte Lance!)

Gatito teve grande atuação do Beira-Rio (Arte Lance!)

Foto: Lance!

Goleiro vem sendo um dos destaques do Botafogo no campeonato.

Num dos jogos mais disputados – e polêmicos – deste Campeonato Brasileiro, o Botafogo conseguiu uma vitória histórica sobre o Internacional, no Beira-Rio. Com um jogador a menos desde os sete minutos do 1º tempo, quando Philipe Sampaio foi expulso, e tendo ficado dois gols atrás no placar aos 14, o Glorioso bateu o Colorado por 3 a 2, anotando o tento da virada aos 56 da etapa final.

Com grande atuação coletiva da equipe, não faltaram também destaques individuais. Entre eles, Gatito Fernández. O paraguaio precisou realizar quatro defesas complicadas na partida, parando o ataque gaúcho inclusive quando o placar ainda marcava 2 a 0 para os donos da casa. Com a atuação, o camisa 1 se tornou o goleiro com mais intervenções difíceis, de acordo com o site Footstats.

Gatito agora lidera o ranking com 18 defesas, duas a mais do que Tadeu, do Goiás. Confira o top 10:

GOLEIROS COM MAIS DEFESAS DIFÍCEIS NO BRASILEIRÃO 2022

– Dados do Footstats

1º – Gatito – Botafogo – 18

2º – Tadeu – Goiás – 16

3º – Fábio – Fluminense – 14

Cássio – Corinthians – 14

5º – Ronaldo – Atlético-GO – 12

6º – Walter – Cuiabá – 11

7º – Daniel – Internacional – 10

8º- César – Juventude – 9

Cleiton – Red Bull Bragantino – 9

João Paulo – Santos – 9

Muralha – Coritiba – 9

Jandrei – São Paulo – 9

Arivaldo Maia com Redação do Lance!

Série D: Goleiro sofre 10 gols e é acusado de manipulação
   9 de junho de 2022   │     19:00  │  0

ruan carlos no nautico rrRuan Carlos no Náutico-RR – (Foto: Reprodução/ Náutico-RR)

”Estou começando agora no futebol e não tem porque eu fazer isso.” – disse Ruan Carlos, goleiro do Náutico-RR.

RUAN CARLOS SE DEFENDE

”Estou começando agora no futebol e não tem porque eu fazer isso. Só eu e minha família sabemos o esforço que foi feito para eu chegar aqui e mostrar meu trabalho. Eu realmente fiquei muito triste pelo resultado. Não sei se tem alguém envolvido, mas sei que foi muito feio” – disse Ruan.

Após a partida, o gestor do clube de Roraima, Marcelo Pereira, foi a uma delegacia e fez boletim de ocorrência contra os jogadores de seu próprio clube por suspeita de manipulação.

”Fiz o boletim de ocorrência para me precaver. Eu não tenho nada a ver com manipulação de resultados. Não sei se deu um apagão, não estavam com vontade de jogar, os gols saíram naturalmente. Vi ali muito corpo mole. Vou pedir à CBF para investigar esse jogo. Foi esculacho, a gente fica triste porque procuramos fazer o futebol certo, mas olha aí o que acontece” – disse Marcelo Pereira.

O 10 a 2 sofrido pelo Náutico-RR foi a segunda maior da história da competição, atrás apenas de Pelotas 9 a 0 São Caetano em 2020.

Em sua primeira temporada como profissional, o goleiro Ruan Carlos comentou sobre o ocorrido.

”Se for ver o jogo, os gols e procurar detalhadamente, vão ver que nenhum foi culpa minha. Não vinha jogando, meu primeiro jogo foi contra o São Raimundo-RR (dia 5 de março). Tive a oportunidade de jogar ontem e infelizmente, por causa de alguns, sobra tudo pro goleiro. Tenho 19 anos tenho um sonho ainda não preciso tá passando por isso” – comentou o goleiro Ruan Carlos.

”Foi mais feio pra mim que estava no gol. Foi doloroso pra toda minha família, mas eles me mandaram força e falaram que tenho muita coisa boa pela frente ainda” – comentou o jovem goleiro.

PRÓXIMA PARTIDA DO NÁUTICO-RR NA SÉRIE D

O próximo jogo do Náutico-RR na competição será diante do São Raimundo-AM, no próximo sábado (11), às 18h, no Estádio Canarinho, em Boa Vista-RR.

Arivaldo Maia com Futebol Interior

Sem sofrer gols há 584 minutos, Thiago Rodrigues mira marcas de Fernando Prass e Acácio no Vasco
   8 de junho de 2022   │     13:00  │  0

Thiago Rodrigues, goleiro do Vasco — Foto: Daniel Ramalho / CRVG

Thiago Rodrigues, goleiro do Vasco — (Foto: Daniel Ramalho / CRVG)

Atual sequência sem sofrer gols é a maior do time entre todas as vezes que jogou a Série B.

Defesa menos vazada até o momento na Série B do Brasileirão, com três gols sofridos, o Vasco tem na solidez defensiva o principal trunfo na briga pelo acesso. Já são cinco jogos consecutivos com as redes intactas, o que deixa o goleiro Thiago Rodrigues perto de alcançar algumas marcas históricas.

Ao todo, Thiago está há 584 minutos sem sofrer gols (levando em conta os acréscimos dos jogos). O último foi contra o Tombense, aos cinco minutos do primeiro tempo da partida realizada em Muriaé. Essa já é a maior sequência do Vasco sem ser vazado entre todas as vezes que o clube jogou a Série B.

A última vez que o Vasco ficou tanto tempo sem sofrer gols foi há 10 anos, no Brasileirão de 2012, quando o time comandado por Cristóvão Borges ficou sete jogos (da rodada 9 até a 15) sem buscar a bola na própria rede. Na ocasião, a invencibilidade de Fernando Prass durou 748 minutos, recorde do Vasco na era dos pontos corridos.

Para alcançá-lo, Thiago Rodrigues precisa de mais 164 minutos, o que ele conseguirá se não for vazado até a metade do segundo tempo da partida contra o Cruzeiro, na 12ª rodada, mais ou menos.

– Dentro do nosso fundamento defensivo conseguimos o quinto jogo sem ser vazado. Acho que é isso, há um crescimento ali atrás. Desde o começo nossa parte defensiva tem se mostrado muito forte, muito sólida – comentou o goleiro depois do empate com o Grêmio na quinta-feira.

Outra marca que Thiago tem a possibilidade de atingir é a de Acacio, que em 1988 ficou 915 minutos sem sofrer gols na meta do Vasco. É a maior sequência registrada na história do clube no Campeonato Brasileiro.

NOTA DO BLOG:

Antes do CSA, Thiago era, em termos de Brasil, com competente sem o brilho que hoje recebe da imprensa esportiva. Falta citar o CSA, responsável direto pelo seu reconhecimento na mídia. Posso até cometer uma inustiça. Mas, afirmo que ainda não pude ler nenuma referência ao CSA, citada pelo bom goleiro, hoje  no Vasco.

Carné faz análise do ano no CSA: “Números e desempenho dizem sobre o meu trabalho”
   6 de junho de 2022   │     7:00  │  0

Goleiro Marcelo Carné é titular do CSA — Foto: Reprodução/CSA

Goleiro Marcelo Carné é titular do CSA — (Foto: Reprodução/CSA)

Atleta diz que não sofreu gols em 14 partidas na temporada.

O goleiro Marcelo Carné fez uma grande defesa no clássico contra o CRB, na última quarta, e se destacou no empate sem gols no Rei Pelé. Aos 43 do segundo tempo, ele salvou o CSA numa finalização venenosa de Rafael Longuine.

Na coletiva, Carné falou sobre o momento, os seus números e comentou ainda sobre as cobranças da torcida após a eliminação do CSA no Campeonato Alagoano.

– Eu vejo as coisas bem claramente. Acho que as críticas foram num dado momento, ao meu ver, injustas. Por uma situação da gente ter sido eliminado pelo Sport e pelo CRB, principalmente que foi um clássico, que é um jogo que os ânimos ficam exacerbados… Quando (o goleiro adversário) foi decisivo, pegando os pênaltis, e eu não peguei os pênaltis… Então eu acho que de falhas ao longo do ano eu talvez acho que em dois gols acho que eu poderia ter tomado decisões melhores, mas, num contexto geral… Esse último jogo agora foi o décimo quarto da gente sem sofrer gols. Acho que os números e o desempenho dizem sobre o meu trabalho – comentou o goleiro.

Carné diz que compreende o lado emocional da torcida e procura se fortalecer com a família, intensificar o trabalho nos treinos, para evoluir a cada partida.

– E eu entendo perfeitamente que tem a questão do sentimento, então vocês nunca vão me ver discutindo com a torcida, respondendo à torcida, porque eu sei que trabalho e confio bastante no meu trabalho, confio muito no que a gente está fazendo pra saber que a longo prazo as coisas vão se se mostrando.

Arivaldo Maia com Redação do ge – Alagoas