Category Archives: Futebol Internacional

Craques, títulos e técnicos fazem de Portugal novo país do futebol
   15 de outubro de 2019   │     0:02  │  0

A exemplo do que costuma fazer nas manhãs que antecedem seus jogos, a delegação da seleção portuguesa saiu na última sexta-feira (11) para uma caminhada ao lado da praia na região de Cascais. O passeio não durou mais do que 15 minutos.

A determinada altura, Cristiano Ronaldo interrompeu o papo descontraído com o assessor Ricardo Regufe, assobiou três vezes para os colegas e fez o sinal de meia volta com a mão direita. No mesmo instante, os jogadores seguiram para o hotel em que a equipe estava hospedada.

A cena presenciada antes da vitória por 3 a 0 contra Luxemburgo, no estádio de Alvalade, em Lisboa, pelas eliminatórias da Eurocopa de 2020, é um retrato do prestígio que Cristiano Ronaldo carrega no dia a dia.

Cinco vezes melhor do mundo, o atacante de 34 anos é o principal rosto hoje do sucesso local.

Ele está na linha de frente de um país cuja população residente estimada gira em torno de 10 milhões de habitantes. Ou, se preferir, com menos pessoas espalhadas por seu território do que as que vivem na cidade de São Paulo. A sua produção de atletas, ainda assim, não sofre com isso e catapultou Portugal para a fase atual, em que se destaca na Europa.

Os portugueses atravessam o melhor momento de sua história em diferentes modalidades do futebol. São os campeões continentais no futebol de campo (Eurocopa e Liga das Nações), futsal (Campeonato Europeu) e futebol de areia (Liga Europeia).

Esse processo de crescimento teve início a partir de 2004.

“Naquele ano, tivemos a realização da Eurocopa em casa. Foram construídos estádios mais modernos, dadas melhores condições de trabalho e tivemos ainda uma mudança em nossa autoestima. Sempre fomos um país um bocadinho cabisbaixo. O [Luiz Felipe] Scolari fez com que acreditássemos que também temos talento. Apenas não sabíamos valorizá-lo”, afirma o ex-meia Maniche, que fazia parte do grupo que perdeu a final para a Grécia.

“Agora, temos jogadores que estão sempre entre os melhores do mundo no futebol [Ronaldo], futsal [Ricardinho] e futebol de areia [Madjer]”, completa.

Não é preciso pagar uma fortuna para acompanhá-los. O ingresso mais caro para ver Cristiano Ronaldo chegar ao seu gol número 699 contra Luxemburgo custava 15 euros (R$ 66), por exemplo. Eles foram vendidos em estandes espalhados em uma rede de supermercado e esgotaram ainda no início do mês. Ao todo, 47.305 mil torcedores estavam em Alvalade, numa sexta à noite.

Além de atletas, o país passou a exportar treinadores. Ao todo, 592 portugueses possuem a licença máxima atualmente.

“Quando as coisas correm bem, o nome de Portugal é naturalmente valorizado. O sucesso do Jorge Jesus no Flamengo não é por acaso. Antes, tivemos o José Mourinho. Sem contar o André Villas-Boas e outros que teríamos de ficar o dia todo aqui a citá-los um a um”, diz Maniche.

Principal referência da escola local, Mourinho venceu campeonatos na Itália, Espanha e Inglaterra. Villas-Boas, por sua vez, ganhou na Rússia. Os dois se somam a uma lista que inclui outros como Leonardo Jardim, Paulo Fonseca, Marco Silva e Vítor Pereira, que ergueram taças na França, Ucrânia, Grécia e China, respectivamente.

Na sede da federação portuguesa de futebol, no centro de Lisboa, existe uma foto gigante do craque Eusébio em sua fachada acompanhada pela frase: “Os gênios vivem para sempre”. A atual geração está fazendo o seu papel para se perpetuar na história e sepultar de vez qualquer imagem negativa que resistia.

“No passado, tínhamos má fama no exterior, falavam da nossa suposta mentalidade fraca, poucos haviam tido sucesso. Essa era a imagem dos portugueses, mas ela mudou”, conclui Paulo Futre, um dos primeiros a brilhar fora do país com o Atlético de Madrid.

Blog com Jornal do Brasil

Neymar entra em sintonia com o torcedor do PSG
   7 de outubro de 2019   │     18:00  │  0

Resultado de imagem para Neymar, no último sábado

 

O técnico do Paris Saint-Germain, Thomas Tuchel elogiou a atuação de de Neymar, (foto acima/Reporter Social), durante a goleada da equipe por 4 a 0, contra o Angers, no último sábado

Autor do quarto e último gol da equipe no jogo, o brasileiro vive dias melhores com a torcida do PSG, e Tuchel comentou a respeito: “Está melhor, mais fácil. Depende dele mostrar de novo e de novo que ele é decisivo. Ele mostrou muitas coisas, tentou muitos dribles. Ele poderia ter feito mais gols, mas ainda é capaz de fazer coisas extraordinárias”.

Blog com GOAL

 

 

Qatar vai inaugurar estádio construído para Copa de 2022
   1 de outubro de 2019   │     0:03  │  0

 

O Estádio Education City será o primeiro a ser inaugurado para Copa do Qatar 2022

O Estádio Education City será o primeiro a ser inaugurado para Copa do Qatar 2022 (Foto: Divulgação)

Ainda falta definir dois dos sete classificados (o campeão da Libertadores e o representante da Ásia), mas, aos poucos, o Mundial de Clubes de 2019, no Qatar, vai ganhando forma. Já se sabe, por exemplo, os estádios da competição e um é uma grande novidade: o Education City, para 40 mil pessoas, será o primeiro palco construído para a Copa de 2022 a ser inaugurado, justamente durante a competição, em dezembro, três anos antes da competição entre seleções.

O primeiro jogo oficial na moderna arena para 40 mil pessoas, construída após a confirmação do Qatar como sede da Copa, será a estreia do Liverpool, na semifinal da competição, dia 18 de dezembro.

Quem vencer a Libertadores – Flamengo, Grêmio, River Plate ou Boca Juniors – vai ter que esperar para jogar na nova joia da península na final, ou na decisão do terceiro lugar. O campeão da Libertadores vai estrear no Estádio Internacional do Khalifa, também sede da Copa de 2022, mas única das oito arenas já pronta que o país utilizará daqui a três anos.

Atualmente, o estádio do Khalifa, construído em 1976, e reformado em 2017, com capacidade para 40 mil pessoas, recebe o Mundial de Atletismo, que vem lidando com as críticas devido ao forte calor. A organização do Mundial de Clubes garante, porém, que os jogos do torneio, disputados no inverno, terão temperaturas entre 15°C e 24°C.

As partidas serão às 17h30 e 20h30 (hora local). O torcedor brasileiro não terá que acordar muito cedo: as partidas serão às 11h e às 14h30, no horário de Brasília. Flamengo ou Grêmio, se chegarem e jogarem a final, só atuarão no horário noturno no Qatar, vespertino no Brasil.

Antes da estreia do Liverpool e do campeão da Libertadores, o Mundial de Clubes acontecerá em um estádio menor, que não será usado em 2022: o estádio Jassin Bin Hammad, para 12 mil pessoas, sediará a abertura, e os dois primeiros jogos.

Blog com EXTRA

Uefa impede o rebaixamento de Alemanha e Croácia
   26 de setembro de 2019   │     0:03  │  0

Manobra ajudou Alemanha a permanecer na liga A (Foto: John Sibley/Reuters)

Com uma manobra para impedir o “rebaixamento” da Alemanha e da Croácia, o Comitê Executivo da Uefa anunciou em reunião em Liubliana, na Eslovênia, o aumento de 12 para 16 seleções na disputa da segunda edição da Liga das Nações. Na primeira, realizada na temporada 2018/2019, o título ficou com Portugal.

Islândia e Polônia, que também haviam caído para a Liga B por terminar na última posição de seus grupos, acabaram favorecidas da mesma forma e se mantêm na principal divisão da Liga das Nações.

A Liga das Nações em sua edição 2020/2021 terá 16 seleções nas ligas A, B e C. Na D serão apenas sete, totalizando 55 seleções participantes. Serão 160 jogos, contra 138 da primeira edição, que, segundo previsões da Uefa, deverá gerar 500 milhões de euros (R$ 2,3 bilhões) na venda de ingressos. O sorteio das chaves será no dia 3 de março, em Amsterdã, na Holanda.

LIGA DOS CAMPEÕES – O Comitê Executivo da Uefa também decidiu que os estádios de São Petersburgo (68 mil lugares), na Rússia; Allianz Arena (75 mil), em Munique, na Alemanha; e o estádio de Wembley, em Londres (90 mil), serão as sedes das finais de 2021, 2022 e 2023, respectivamente, da Liga dos Campeões da Europa. A próxima final, no dia 30 de maio de 2020, será em Istambul, na Turquia.

Ficou decidido também que o estádio Ramón Sánchez Pizjuán, do Sevilha, em Sevilha, na Espanha, vai receber a decisão da Liga Europa de 2021. A próxima, em 27 de maio do ano que vem, será em Gdansk, na Polônia.

Já a Supercopa Europeia de 2021 será no Windsor Park de Belfast (18 mil), na Irlanda do Norte, enquanto que o Europeu de Futsal, em 2022, será em Amsterdã.

Blog com Esportes Band

Aos 41 anos, Buffon volta a jogar pela Juventus e iguala recorde
   23 de setembro de 2019   │     0:02  │  0

Resultado de imagem para buffon

 

Depois de 490 dias, o goleiro Buffon, (foto acima/Marca), voltou a jogar pela Juventus , na vitória sobre o Hellas Verona, em Turim, por 2 a 1. De quebra, o jogador igualou recorde do defensor Paolo Maldini. Ambos jogaram 902 vezes por clubes e são os italianos com mais partidas na carreira.

Por coincidência, o último jogo de Buffon com a camisa da Juventus havia sido contra o mesmo adversário. Na última temporada, o goleiro atuou pelo PSG antes de decidir retornar à antiga casa.

Buffon também está bem próximo a superar outro recorde de Maldini, que jogou 647 vezes na Série A da Itália. O goleiro já atuou em 641 partidas.

Aos 41 anos, Buffon foi peça fundamental para a vitória da Velha Senhora. Ele defendeu chute de Zaccagni, falta de Miguel Veloso e tentativa de Lazovic. Nessa última chance, Miguel Veloso ainda chutou na trave após rebote do goleiro.

Blog com O GLOBO