Category Archives: Futebol Feminino

Marta é 1ª mulher a deixar marca na calçada da fama do Maracanã
   12 de dezembro de 2018   │     0:04  │  0

Resultado de imagem para Marta

 

A jogadora alagoana Marta, (foto acima/Veja), eleita seis vezes a melhor do mundo, deixou a marca de seus pés na calçada da fama do estádio do Maracanã na última segunda-feira e, por ser a primeira mulher a receber a honraria, acredita que o feito foi uma vitória das mulheres do esporte brasileiro.

“Estou super feliz com esse reconhecimento e foi algo incrível … é mais uma cerejinha do bolo representando todas as meninas e todas as mulheres que lutam no esporte em geral“, disse ela no estádio.

“Espero que não seja a única e que outras mulheres deixem suas marcas aqui”, acrescentou ela.

Na calçada da fama do Maracanã estão as marcas dos pés de craques como Pelé, Zico e outros que brilharam no estádio e no mundo do futebol.

Marta defendeu apoio dos governos e políticas públicas de incentivo ao esporte brasileiro, começando pela base, nas escolas espalhadas por todo país.

“Peço em nome do esporte e assim a gente poderá cada vez mais ter oportunidade de representar no país e inspirar as crianças a praticar o esporte“, afirmou a camisa 10 do Brasil.

A jogadora acredita que seus feitos no futebol têm ajudado e estimulado as mulheres a buscarem cada vez mais seu espaço na sociedade brasileira.

“Esporte é cultura, te ensina valores e uma ferramenta fundamental para nosso dia a dia”, disse Marta, ao destacar que o futebol é sua vida. “Não sei se daqui a 5 anos vou estar jogando, mas me vejo envolvida no futebol de alguma maneira… meu pensamento é ajudar de alguma maneira“, finalizou a atleta de 32 anos.

Além dos pés, Marta vai ter um espaço com exposição de outras peças ligadas à sua história, como chuteiras, camiseta e troféu que ficarão à disposição dos visitantes do estádio.

Blog e EXTRA

Sorteio do Mundial Feminino de futebol coloca Brasil e Austrália no mesmo grupo
   10 de dezembro de 2018   │     0:03  │  0

Resultado de imagem para Símbolo do mundial feminino de futebol

O sorteio do Mundial Feminino de 2019, realizado pela Fifa em Paris, na França, colocou Brasil e Austrália no mesmo grupo do torneio. Além das australianas, algozes das brasileiras no Mundial de 2015, Itália e Jamaica também compõem o Grupo C da competição.

A seleção brasileira estreia contra a Jamaica, em duelo marcado para o dia 9 de junho, em Grenoble, na França, sede do torneio. O duelo seguinte será diante da Austrália, no dia 13, em Montpellier, e a Itália, no dia 18, em Valenciennes, será o adversário do jogo que encerra a participação do Brasil na primeira fase da competição.

O sorteio foi realizado no La Seine Musicale, um teatro requintado na região metropolitana de Paris. Didier Deschamps, técnico que comandou a França no bicampeonato da Copa do Mundo da Rússia, e o brasileiro Kaká participaram do evento. Os dois ajudaram no sorteio das bolinhas.

As 24 seleções foram separadas em quatro potes, com seis times em cada um, baseada no ranking mundial da Fifa. Como é a anfitriã do campeonato, a França ficou no primeiro pote, na posição A1. As outras equipes foram sorteadas na ordem dos potes, nas chaves de A a F.

Vale lembrar que a Fifa impõe uma restrição geográfica no sorteio dos grupos, isto é, os times que representam a mesma confederação não podem ficar na mesma chave, exceto as equipes europeias, representantes da Uefa, pela grande quantidade de seleções (nove).

A Copa do Mundo de futebol feminino tem início no dia 7 de junho e será encerrada no dia 7 de julho. O jogo de abertura será França x Coreia do Sul, no Parque dos Príncipes, estádio do Paris Saint-Germain, em Paris. As semifinais e a decisão do Mundial serão disputados na cidade de Lyon, nos dias 2, 3 e 7 de julho.

Estadão Conteúdo

Maracanã instala painel em homenagem à jogadora Marta
   5 de novembro de 2018   │     0:03  │  0

Macaque in the trees
A jogadora Marta, eleita cinco vezes a melhor do mundo, inaugurou o Espaço Futebol para Igualdade no Museu da República, com a exposição Mulheres em campo: driblando preconceitos (Foto: Agência Brasil/Fernando Frazão)

Uma parceria entre o Maracanã e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) resultou na instalação, no estádio, de um painel gigante com a foto da jogadora brasileira Marta, considerada a melhor atleta do mundo em seis edições do prêmio The Best, da Federação Internacional de Futebol (Fifa).

A homenagem à rainha do futebol feminino mundial está colocada na torre de vidro do Maracanã, na área externa do equipamento. A alagoana Marta joga atualmente no time Orlando Pride, dos Estados Unidos. O painel da jogadora ficará no Maracanã até janeiro do próximo ano.

“A Marta é um exemplo de atleta e merece todo o reconhecimento possível. Nada mais justo que o Maracanã preste essa homenagem”, disse o presidente do Maracanã, Mauro Darzé.

O painel será um atrativo a mais para os turistas que quiserem conhecer o Estádio Jornalista Mário Filho, mais conhecido como Maracanã. O chamado Tour Maracanã é aberto diariamente das 9h às 17h e conta aos visitantes a história do futebol no Brasil. No local, há relíquias que revelam a passagem do Rei Pelé pelo estádio, camisas de ídolos do futebol e marcas registradas dos pés e mãos de Zico, Jairzinho, Roberto Dinamite, Zagallo, Júlio César, Bebeto, entre outros craques. No final do programa, o visitante tem acesso às arquibancadas e a uma parte do campo.

O Tour Maracanã pode ser feito também em dias de jogos. Nessas ocasiões, a visitação termina uma hora antes da abertura dos portões, informou a assessoria de imprensa do Maracanã. Há ingressos a partir de R$ 25. O programa já recebeu mais de 100 mil visitantes este ano.

Blog com Agência Brasil

Fifa decide duplicar a premiação em dinheiro da Copa do Mundo feminina
   28 de outubro de 2018   │     0:01  │  0

Presidente da Fifa, Gianni Infantino, anunciou mudanças na premiação
Presidente da Fifa, Gianni Infantino, anunciou mudanças na premiação do futebol feminino (Foto: CYRIL NDEGEYA / STR)

 

A Fifa aumentará de 15 (cerca de R$ 55 milhões) para 30 milhões de dólares (cerca de R$ 110 milhões) a premiação em dinheiro da Copa do Mundo de Futebol Feminino. Isso aconteceerá a partir do evento de 2019, na França, conforme já anunciou o presidente da entidade, Gianni Infantino. No entanto, os críticos disseram imediatamente que o aumento não basta.

Após uma reunião do conselho da Fifa em Ruanda, o suíço-italiano também disse que 20 milhões de dólares serão disponibilizados para os preparativos pré-torneio. Isso significa que um total de 50 milhões de dólares serão alocados para as 24 nações participantes.

A premiação em dinheiro é o dobro da que foi concedida no Mundial feminino de 2015, no Canadá. Pela primeira vez, as seleções serão remuneradas pela participação de suas jogadoras, como ocorre na edição masculina.

– É uma mensagem muito importante para o futebol feminino. Isso certamente fortalecerá esta Copa do Mundo ainda mais – disse Infantino em uma coletiva de imprensa.

Mas a união global de jogadores FIFpro disse que as mudanças não bastam para sanar a desigualdade entre as modalidades masculina e feminina no mundo.

– A FIFPro percebe a disposição da Fifa para aumentar a premiação em dinheiro para a Copa do Mundo de Futebol Feminino e fazer melhorias estruturais para apoiar o futebol feminino. Entretanto, apesar destas mudanças, o futebol continua ainda mais longe da meta da igualdade para todos os jogadores de Copa do Mundo, independentemente do gênero – disse a entidade em um comunicado.

Blog com EXTRA

Alagoana Marta supera Messi e Cristiano Ronaldo
   24 de setembro de 2018   │     20:08  │  0

Rainha mais uma vez! Marta é a grande vencedora do troféu de melhor jogadora do mundo da Fifa pela sexta vez. A premiação foi entregue nesta segunda-feira em evento de gala da Fifa, em Londres. A norueguesa Ada Hegerberg, jogadora do Lyon, e a alemã Dzsenifer Marozsan, também do Lyon, eram as adversárias na disputa.

A brasileira já havia vencido em 2006, 2007, 2008, 2009 e 2010 e, com a perda do título no masculino por CR7, se torna a maior vencedora entre todos os atletas no prêmio individual da entidade – tanto ele quanto Messi têm cinco.

– Eu realmente estou sem palavras, pois é um momento fantástico. As pessoas falam: você já foi tantas vezes e se emociona sempre. Sim, faço isso porque representa muito para mim – afirmou Marta, emocionada.

Com tantas conquistas, a camisa 10 da seleção brasileira respondeu se teria ainda espaço em casa para guardar mais um troféu e lembrou da medalha assegurada ainda no colégio lá no começo do sonho de virar atleta.

– Pode ter certeza que há espaço em casa para tudo que já ganhei desde a primeira medalha que ganhei no colégio. Tem um lugar especial para esse também – disse em entrevista após o evento.

Blog com Globoesporte