Category Archives: Fifa

Brasil continua na 3ª posição no ranking da Fifa
   7 de fevereiro de 2019   │     20:42  │  0

A Fifa voltou a divulgar uma atualização do seu ranking e confirmou nesta quinta-feira que a Bélgica continua na liderança da listagem, com 1.727 pontos. O Brasil, por sua vez, se manteve na terceira posição, com 1.676 pontos, logo atrás da França, atual campeã mundial, que sustentou a segunda colocação, com 1.726.

Não houve nenhuma alteração de postos entre as seleções no Top 20 em relação ao dia 20 de dezembro, quando a entidade máxima de futebol havia soltado a atualização anterior do seu ranking. Desta forma, a Croácia, vice-campeã da Copa de 2018, seguiu em quarto lugar, enquanto Inglaterra, Portugal, Uruguai, Suíça, Espanha e Dinamarca completam, nesta ordem, o grupo dos dez primeiros.

As principais novidades da listagem anunciada nesta quinta-feira envolveram os países que disputaram a Copa da Ásia, encerrada no último dia 1º, nos Emirados Árabes. E com destaque para o Catar, que se sagrou campeão da competição e subiu nada menos do que 38 posições, saltando para o 55º posto no geral. Essa é a melhor colocação atingida pelo país árabe desde 1993.

Vice-campeão do torneio continental, o Japão também conquistou uma evolução importante no Top 50. Subiu do 50º para o 27º lugar. Derrotado pelos japoneses na semifinal da competição, o Irã galgou sete posições e agora está em 22º no geral, logo abaixo do Top 20, fechado por Polônia e Peru, que dividem a 20ª colocação, com 1.518 pontos cada.

Outro país que deu um salto importante no Top 50 foi a Coreia do Sul, que passou da 53ª para a 38ª posição. E os Emirados Árabes Unidos, que caíram diante do Catar nas semifinais da Copa da Ásia, subiram 12 postos e agora figuram em 67º no geral.

A seleção do país-sede da Copa do Mundo de 2022 triunfou na edição passada da competição continental ao bater o Japão por 3 a 1 na final realizada no início deste mês. A próxima atualização do ranking da Fifa será publicada no dia 4 de abril.

Blog com O DIA

Com participação de clubes e acionistas, Fifa estuda mudar padrões do futebol
   13 de janeiro de 2019   │     0:01  │  0

FIFA realizará reunião para mudar formatos de algumas competições

 

O futebol pode ter sua configuração mudada a partir desse ano. Em duas semanas, a Fifa, representantes de clubes de futebol, patrocinadores, federações, lobistas, advogados e investidores farão uma reunião para discutirem os novos ramos do futebol mundial.

As partes se reunirão no Marrocos para esboçar acordos que devem ser aprovados em uma nova reunião marcada para março, nos Estados Unidos. As informações são do jornal ” O Estado de S Paulo “.

No centro do debate está a possibilidade da venda dos direitos comerciais da Copa do Mundo para investidores privados, que prometem aumentar em cinco vezes a receita do Mundial, alcançando o valor de US$ 25 bilhões. O plano prevê abrir 50% das ações do evento a bancos e investidores e suspeita-se que um fundo saudita esteja por trás do consórcio.

Os rumores começaram a aparecer depois de Gianni Infantino se reuniu por três vezes com as lideranças sauditas nos últimos meses. Outra proposta é de realizar o Mundial de Clubes a cada quatro anos, substituindo a Copa das Confederações, o que mudaria o formato anual aplicado atualmente. Os clubes europeus querem garantias financeiras para apoiar o projeto, que enfrenta resistência dentro da instituição.

 

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, também colocará em pauta o aumento no número de seleções da Copa do Mundo do Catar, que será realizada em 2022, das atuais 32 para 48 seleções.A mudança já está garantida para 2026, mas o dirigente quer antecipar a medida, o que exigiria que países vizinhos como Bahrein e Arábia Saudita participassem da organização do torneio. A possibilidade de levar jogos para Omã, Turquia e Irã não está descartada.

Por trás de todas as pautas da reunião com as diversas frentes do futebol mundial, Infantino aproveita para fazer lobby para sua reeleição no comando da Fifa. As eleições da presidência da entidade estão marcadas para junho de 2019 e os candidatos serão conhecidos em maio.

Blog com IG Esporte

Infantino quer Copa do Mundo com 48 equipes no Catar
   14 de dezembro de 2018   │     22:09  │  0

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, disse hoje que a maioria das federações nacionais de futebol é a favor da expansão da Copa do Mundo de 2022 no Catar para 48 equipes.

O dirigente afirmou que uma decisão será tomada até março, embora ainda não esteja claro se um torneio ampliado seria viável, já que seria “difícil” de o Catar sediar o evento sozinho.

O Catar está envolvido em uma dura disputa com os vizinhos do Golfo Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Barein, o que dificulta a possibilidade de compartilhar partidas em um torneio ampliado.

Blog com Band Esportes

 

Membro do Comitê de Ética da Fifa, malaio é detido por suspeita de corrupção
   28 de novembro de 2018   │     0:04  │  0

Imagem relacionada

Um membro do Comitê de Ética da Fifa foi preso nas últimas horas sob suspeita de corrupção na Malásia. Sundra Rajoo estava em Zurique, na Suíça para reuniões na entidade máxima do futebol, onde ele ocupa um cargo equivalente ao de um juiz. Mas, ao desembarcar em seu país, foi detido.

No ano passado, depois de afastar antigos juízes e investigadores, o presidente da Fifa, o suíço Gianni Infantino, escolheu uma nova equipe de especialistas “independentes”. Rajoo era um deles e era um dos dois juízes da câmara adjudicatória do Comité de Ética da Fifa.

Desde que ele assumiu o importante cargo na Fifa, seu comitê anunciou decisões de afastamento definitivo de cartolas acusados de corrupção, entre eles o ex-presidente da CBF, Marco Polo Del Nero. A defesa do brasileiro, ao receber a notícia, se mobilizou para avaliar o que fazer diante da suspeita em relação ao juiz.

Processualmente, o caso foi repleto de polêmicas e mesmo o uso supostamente indevido de documentos da Justiça dos Estados Unidos – Del Nero foi indiciado em Nova York por corrupção. Mas os investigadores da Fifa jamais produziram evidências sobre o brasileiro.

Vários outros dirigentes também foram punidos por Rajoo, que havia sido proposto ao cargo pelas associações asiáticas de futebol.

Na Malásia, porém, o juiz conseguiu ser solto e espera pela avaliação do caso em liberdade. Ele apresentou imunidade diplomática. Mas foi obrigado a renunciar de seu cargo no Centro Internacional de Arbitragem. A Fifa, por enquanto, não se pronunciou se Rajoo continuará como seu juiz.

Essa é a segunda notícia constrangedora na semana para a entidade. Na última terça-feira, a Corte do Brooklyn, em Nova York, considerou que a Fifa não tinha direito a receber US$ 28 milhões (mais de R$ 106 milhões) que reclamava dos cartolas que fraudaram o futebol. Para a Justiça norte-americana, os cálculos feitos em Zurique era “frívolos” e concedeu uma compensação de apenas US$ 108 mil (pouco menos de R$ 409 mil).

Blog com Jornal do Brasil

Procurador federal suíço justifica reuniões com Infantino
   27 de novembro de 2018   │     0:01  │  0

Infantino e Lauber teriam se reunido depois de vínculos privilegiados entre o poder judicial da Suíça e a Fifa (Foto: Ludovic Marin/AFP)

Pressionado desde as revelações do Football Leaks, o procurador federal suíço Michael Lauber justificou a legitimidade de suas reuniões com o presidente da Fifa Gianni Infantino.

“Este tipo de reuniões é algo normal e habitual, especialmente nos casos complexos”, defendeu-se Lauber, que supervisiona desde setembro de 2015 as numerosas investigações que se iniciaram após a revelação de um amplo escândalo de corrupção na Fifa.

Lauber convocou uma coletiva de imprensa para responder às críticas recebidas, após o descobrimento de vínculos privilegiados entre o poder judicial da Suíça e a entidade máxima do futebol, que foram revelados pelo Football Leaks, que também confirmou duas reuniões secretas e informais entre Lauber e Infantino em 2016, pouco depois do italiano ser eleito presidente da Fifa.

Ainda de acordo com a Football Leaks, Infantino manteve também uma relação estreita com um procurador de Alto-Valais, Rinaldo Arnold, a quem ofereceu ingressos para partidas de futebol.

Blog com Gazeta Press