Category Archives: Fifa

Fifa decide que Cardiff City vai pagar 6 milhões de euros por Sala
   2 de outubro de 2019   │     0:02  │  0

A Fifa anunciou decisão que obriga o Cardiff City a pagar 6 milhões de euros (cerca de R$ 27 milhões) ao Nantes pela contratação do argentino Emiliano Sala, que morreu em acidente aéreo quando viajava da França ao País de Gales para se apresentar ao clube britânico. O time francês havia negociado o jogador por 15 milhões de libras, quase 17 milhões de euros na cotação atual (R$ 77 milhões).

A decisão foi tomada pelo Comitê do Estado dos Jogadores em reunião realizada no dia 25, quarta-feira da semana passada. Mas foi anunciada somente nesta segunda. “O Comitê do Estado dos Jogadores da Fifa estabeleceu que o Cardiff City FC deve pagar ao FC Nantes a soma de 6 milhões de euros, o que corresponde à primeira parcela do acordo, segundo as regras de transferência”, registrou a Fifa, em comunicado.

Os dois clubes já foram notificados, segundo a entidade. Mas ainda não se manifestaram sobre a decisão. Os times têm um prazo de dez dias para requisitarem cópia da decisão. Eles podem vir a apelar contra a decisão junto à Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês).

A Fifa entrou na intermediação da disputa entre os dois clubes em fevereiro, quando o Nantes fez reclamação formal contra o não pagamento da primeira parcela da transferência do jogador. O Cardiff se recusava a pagar o valor de 6 milhões de euros após o acidente aéreo que matou Sala.

Em agosto, a Fifa se manifestou publicamente cobrando uma conciliação entre os dois clubes, o que não aconteceu. Por isso, o caso foi direcionado ao Comitê do Estado dos Jogadores.

O atacante Emiliano Sala morreu no fim de janeiro em acidente que ainda está sendo investigado pelas autoridades. Contratado pelo Cardiff, o jogador de 28 anos viajava de Nantes para se juntar ao seu novo clube quando a aeronave particular que o transportava desapareceu do contato com os radares da ilha de Guernsey, em 21 de janeiro.

Sala estava no Nantes desde 2015, tendo passado por outros clubes da França na sua carreira profissional. Naquela que seria a maior transação da sua história, o Cardiff iria adquiri-lo por 15 milhões de libras. O clube, na época, ainda disputava o Campeonato Inglês – foi rebaixado para a segunda divisão ao fim da temporada.

ESTADÃO Conteúdo

Brasil cai para a terceira colocação do ranking da Fifa
   20 de setembro de 2019   │     0:02  │  0

Resultado de imagem para Logo do ranking da Fifa

Ontem, a Fifa divulgou um novo ranking de seleções, e o Brasil, que antes ocupava a vice-liderança, perdeu o posto para a França, e agora é o terceiro. A líder segue sendo a seleção belga, algoz da equipe canarinho na última Copa do Mundo, na Rússia.

O maior avanço do ranking ficou por conta de Granada, ilha caribenha que subiu da 173° para a 163° colocação. Já as maiores quedas ficaram por conta de Nicarágua e Eswatini (antiga Suazilândia), que perderam 11 posições. A primeira agora surge em 148°, ao passo que a segunda figura na 150° colocação.

Outro destaque foi a seleção de Kosovo, que após uma boa exibição durante as eliminatórias para a Eurocopa, alcançou o 119° lugar, a melhor colocação de sua história.

Blog com Terra Esportes

Fifa destaca o Fla: “Único no mundo com 40 milhões de torcedores”
   30 de agosto de 2019   │     0:04  │  0

Post da Fifa destaca o feito do Rubro-Negro — Foto: Fifa.com

Post da Fifa destaca o feito do Rubro-Negro  (Foto: Fifa.com)

Nas nuvens com a classificação para as semifinais da Libertadores depois de 35 anos, a torcida do Flamengo pode ficar ainda mais orgulhosa. Nas redes sociais, a Fifa destacou:

“O ÚNICO time no mundo que tem 40 milhões de torcedores em seu país”, destacou a publicação da Fifa, que ainda chamou de “supertime” o Rubro-Negro. O destaque ficou em cima de Rafinha, Filipe Luís, Arrascaeta, Gerson, Bruno Henrique e Gabigol.

Com o empate por 1 a 1 com o Internacional na segunda partida das quartas de final, o Flamengo de Jorge Jesus enfrenta o Grêmio nas semifinais – primeira partida dia 2 de outubro, em Porto Alegre, jogo final no Rio de Janeiro, dia 23 de outubro.

Blog com Globo.com

Brasil desbanca França no ranking da Fifa
   26 de julho de 2019   │     22:30  │  0

O título da Copa América, diante de sua torcida, fez a Seleção Brasileira subir no ranking da Fifa,  foi atualizado. O time comandado pelo técnico Tite desbancou a França e subiu para o segundo lugar, aproximando-se da líder Bélgica, que sustentou a ponta por uma margem de apenas 20 pontos.

O Brasil, que vinha figurando em terceiro lugar desde o fim da Copa do Mundo da Rússia, chegou aos 1.726 em razão dos resultados na competição continental. Assim, superou os atuais campeões mundiais, que somam agora 1.718 após partidas das Eliminatórias da Eurocopa de 2020.

Com os pontos somados na Copa América, a Seleção Brasileira já vislumbra o topo. Isso porque a Bélgica, líder desde o Mundial da Rússia, tem 1.746. Desta forma, o Brasil aumentou suas chances de voltar ao primeiro lugar ainda neste ano, a depender dos resultados deste segundo semestre.

A subida brasileira não foi a única mudança no Top 10, movimentado em razão das competições continentais disputadas nas Américas, e na África nas últimas semanas. Mesmo sem brilhar na Copa América, o Uruguai ganhou três posições e subiu para o quinto posto, atrás da Inglaterra, que sustentou o quarto lugar.

As seleções de Portugal e Croácia perderam uma colocação cada, figurando agora em sexto e sétimo lugares, respectivamente. Entre as equipes sul-americanas, Colômbia e Argentina entraram no Top 10. Os colombianos, por sinal, brilharam ao conquistarem cinco colocações. Agora estão em oitavo. Os argentinos subiram um posto e agora aparecem em 10º. E a Espanha, em nono, perdeu duas colocações.

Campeão da Copa Ouro, a competição continental organizada pela Concacaf, o México também se destacou na atualização do ranking da Fifa. O time mexicano subiu seis posições e agora figura em 12º. Vice-campeões, os Estados Unidos galgaram oito postos e figuram em 22º.

Já a Argélia, campeã da Copa Africana de Nações, saltou nada menos que 28 colocações. Ocupa no momento o 40º lugar. Porém, segue atrás do vice-campeão Senegal, que obteve duas posições e está em 20º na lista da Fifa.

A próxima atualização do ranking acontecerá em 19 de setembro, de acordo com a entidade que rege o futebol mundial.

Confira a lista dos 10 primeiros colocados do ranking da Fifa:

1º – Bélgica, 1.746 pontos

2º – Brasil, 1.726

3º – França, 1.718

4º – Inglaterra, 1.652

5º – Uruguai, 1.637

6º – Portugal, 1.631

7º – Croácia, 1.625

8º – Colômbia, 1.622

9º – Espanha, 1.617

10º – Argentina, 1.610

Blog com Terra Esportes

Agora em outubro tem Copa do Mundo Sub-17 no Brasil
   10 de julho de 2019   │     22:00  │  0

Emblema da Copa do Mundo Sub-17, que será disputada no Brasil em 2019 (Foto: Divulgação / Fifa)

A Fifa e o Comitê Organizador Local (COL) divulgaram o emblema oficial da Copa do Mundo Sub-17, que será disputada no Brasil em 2019. A logo teve como inspiração a rica história e as paisagens diversificadas do país, com vários elementos distintivos reunidos na forma do troféu do torneio.

A competição será disputada entre 26 de outubro e 17 de novembro de 2019. Serão 24 equipes, com atletas que são promessas de seus países, utilizando quatro serão os estádios do torneio: o Bezerrão, em Gama, cidade satélite de Brasília, como o palco principal. Já em Goiânia, dois estádios farão parte do torneio: o da Serrinha, do Goiás, e o Olímpico, que costuma ser usado pelo Atlético-GO. Única sede fora do Centro Oeste, Cariacica, cidade na região metropolitana de Vitória, no Espírito Santo, é o município onde fica o Estádio Kléber Andrade.

– Estou convencido de que, com a sua enorme paixão e a sua ampla experiência em organizar eventos esportivos de primeira classe, o Brasil e a CBF serão ótimos anfitriões para a Copa do Mundo Sub-17 da FIFA deste ano – disse o diretor de Torneios e Eventos da FIFA, Colin Smith

– Acredito que os quatro estádios escolhidos oferecem as instalações e o tamanho certos para esta competição. Estamos muito entusiasmados de levar este torneio a lugares que nunca tinham sediado um evento da FIFA. Graças à excelente cooperação e à contribuição da CBF e do Comitê Organizador Local, tenho certeza de que conseguiremos proporcionar a todas as seleções, torcidas e dirigentes as melhores condições possíveis – disse o dirigente.

Blog com EXTRA