Category Archives: Ex-jogadores

Rivaldo ‘pega pesado’ com Tite
   19 de novembro de 2019   │     0:01  │  0

A Seleção Brasileira entrou em campo para realizar o Superclássico das Américas contra a Argentina, e com uma atuação muito abaixo da esperada, foi derrotada por 1 a 0, gol de Lionel Messi.

No entanto, além da atuação ruim, outro fato chamou atenção durante a partida. Tite escolheu Lucas Paquetá como camisa 10 da equipe, e foi substituído logo no intervalo, o que gerou duras críticas de um outro camisa 10 da Seleção, o ex-jogador Rivaldo.

Em seu Instagram, o pentacampeão do mundo criticou Tite, afirmou que é preciso ter mais respeito com a camisa 10 da Seleção Brasileira e saiu em defesa do jogador do Milan.

Deram a camisa 10 para o Paquetá contra a Argentina. Camisa que é respeitada mundialmente. Esta camisa não é para ficar no banco e muito menos sair no intervalo, porque é a camisa que o mundo conhece e respeita porque foi usada e honrada por Pelé, Rivelino, Zico, Rivaldo, Kaká, Ronaldinho, Neymar. O jogador não tem culpa, mas a comissão técnica sim, pois eles sabem do peso desta camisa e também que poderia queimar o garoto de 22 anos que pode ter um grande futuro com a seleção brasileira – disse Rivaldo, antes de completar.

Da mesma forma que o treinador quis proteger o Rodrygo, que está jogando muito bem no Real Madrid, para esse jogo, poderia ter protegido o Paquetá de jogar com essa camisa. Todos nós sabemos que Brasil e Argentina nunca será um jogo amistoso – finalizou.

Blog  com Lance

Zé Roberto admite dificuldade do Palmeiras pelo título
   13 de novembro de 2019   │     0:05  │  0

Zé Roberto disputou mais de 130 partidas pelo Palmeiras e conquistou dois títulos (Cesar Greco/Palmeiras)

Campeão da Copa do Brasil e Brasileirão com o Palmeiras, Zé Roberto, (foto acima/Cesar Greco/Palmeiras), se aposentou com a camisa alviverde e entrou para a história do clube. No entanto, o ex-lateral não está tão confiante no título nacional, assim como ocorreu em 2016. Em entrevista ao LANCE!, o ex-jogador de 45 anos admitiu que alcançar o Flamengo não será fácil e aproveitou também para comentar a chegada de técnicos estrangeiros no país.

– Acho difícil, mas enquanto existem chances, os jogadores tem que acreditar. São apenas seis rodadas, com 10 pontos do Flamengo à frente. É difícil, mas o futebol é imprevisível, coisas acontecem quando a gente menos espera. A equipe precisa pensar jogo após jogo, vitória após vitória. Enquanto o Palmeiras tiver esperança, tem que brigar até o final – comentou Zé Roberto.

O ano de 2019 no Brasil teve dois técnicos estrangeiros como protagonistas. Desde o início da temporada no Santos, Sampaoli tem feito ótimo trabalho no Santos, com 32 vitórias em 57 jogos e na terceira posição do Brasileirão. O trabalho mais notável fica por conta de Jorge Jesus, que transformou a maneira do Flamengo jogar. Lider isolado do campeonato, o Flamengo só perdeu duas partidas sob comando do português.

– A vinda dos técnicos de fora para cá é uma tendencia. São treinadores que vejo mais preparados em relação aos que estão aqui, com uma bagagem maior, em um degrau acima. Quando você tem um time em que você consegue colocar as ideias táticas e a equipe compra essa ideia, fica mais fácil. O futebol brasileiro tem que aprender, tem que crescer e com esses técnicos vai melhorar muito o nível – disse Zé, que emendou:

– O Flamengo tem essa filosofia, de um treinador europeu, com muitos jogadores que já atuaram na Europa. Então, quando o Jorge Jesus chegou com as novas ideias, os atletas abraçaram esse novo sistema. No Santos, o Sampaoli, mesmo com um investimento menos, conseguiu mudar a metodologia de jogo. Por ser um entendedor de futebol, conseguiu tirar o melhor de cada jogador – encerrou ex-atleta, que somou passagens por Santos e Flamengo.

Blog com Lance

 

Ronaldo cobra punição a clubes por casos de racismo no futebol italiano
   11 de novembro de 2019   │     0:03  │  0

Resultado de imagem para Ronaldo Fenômeno, hoje

O ex-jogador Ronaldo, (foto acima/Veja), condenou os recentes casos de racismo no Campeonato Italiano e cobrou da Liga italiana punições aos clubes para evitar que tais episódios se repitam.

“Lamentáveis e repugnantes os casos de discriminação racial no último final de semana, no Campeonato Italiano. A Liga deveria se posicionar com seriedade e rigor. No mínimo, com punições que abrangessem perda de pontos, portões fechados nos jogos seguintes e aplicação de multa. Racismo é crime!”, postou ele.

Ronaldo, que jogou na Itália de 1997 a 2002 defendendo a Inter de Milão (onde ganhou o apelido de “Fenômeno”), disse ainda que cabe às instituições não dar espaço para esse tipo de acontecimento e que elas têm “uma responsabilidade enorme diante de casos antidesportistas e criminosos”.

Na rodada do final de semana, o atacante Mario Balotelli, do Brescia, foi alvo de ataques racistas da torcida do Verona. O jogador protestou em campo, ameaçou deixar o jogo, mas a partida foi retomada normalmente.

Blog com Jornal do Brasil

Maradona rebate filha, diz estar ‘saudável’ e que doará dinheiro quando morrer
   6 de novembro de 2019   │     0:03  │  0

Resultado de imagem para Maradona, hoje

 

O argentino Diego Maradona, (foto acima/Record), está envolvido em mais uma polêmica em sua vida. Desta vez com a própria filha. O astro, atual técnico do Gimnasia La Plata, contradisse a filha Gianinna ao garantir estar “muito saudável” e antecipou que, quando morrer, doará o dinheiro que acumulou na sua carreira no futebol.

Em suas redes sociais, Gianinna comentou que “estão matando (Diego Maradona) por dentro sem que ele perceba”. “Vocês se lembram que havia um zoológico onde era possível tirar fotos com um leão gigante? Ele ficava preso, era impossível domar a fera. Qualquer semelhança com a realidade é pura coincidência. Rezem por ele”, escreveu em seu Instagram.

Maradona respondeu à filha através de um vídeo publicado em sua conta na mesma rede social. “Não estou morrendo, nada. Durmo tranquilamente porque estou trabalhando. Dói muito perder para o Estudiantes (por 1 a 0, no sábado passado). Não sei o que Gianinna quis dizer e o que interpretará. Sei que agora, enquanto envelheço, se preocupam mais com o que você deixa de fazer do que com o que está fazendo”, afirmou.

“E digo a todos que vou doar. Vou doar tudo o que fiz na vida quando morrer, mas não agora. Estou muito saudável”, completou o astro argentino.

Maradona está em litígio com Claudia Villafañe, ex-mulher e mãe de duas filhas do astro argentino, Dalma e Gianinna, acusada por ele de roubar pertences pessoais. Villafañe, inclusive, entrou na polêmica na internet ao publicar na própria conta no Instagram. “Se você tem coragem de postar um vídeo no Instagram falando de nossa filha, espero que tenha amanhã para se apresentar ao tribunal, já que até agora nunca foi”, escreveu.

ESTADÃO Conteúdo

Ídolo do Botafogo passa por cirurgia no coração
   4 de outubro de 2019   │     12:30  │  0

Roberto Miranda é ídolo do Botafogo

 Roberto Miranda é ídolo do Botafogo e do futebol brasileiro  (Foto: Divulgação/Botafogo)

 

A situação de saúde de Roberto Miranda teve um capítulo feliz. O ídolo do Botafogo, que estava internado desde julho por conta de um aneurisma, passou por uma cirurgia no coração na última sexta-feira, no Hospital Vitória, localizado no Rio de Janeiro. O procedimento cirúrgico foi positivo e o ex-atleta passa bem.

Roberto Miranda sofreu um aneurisma, doença causada quando uma artéria do sistema sanguíneo se rompe e pode provocar uma hemorragia. Desde então, o ex-atacante faz pequenos exames com objetivo de estabilizar o quadro. Esta foi a primeira vez que o ídolo do Botafogo passou por um procedimento cirúrgico.

A cirurgia no coração já estava programada anteriormente e foi considerada um sucesso. Roberto Miranda passa bem e, agora, passa por um repouso, mas continuará sob observação médica diária. Desde julho, o Botafogo se colocou à disposição da família do ex-atacante para ajudar com o que fosse necessário.

Roberto Miranda foi revelado pelo Botafogo e acumula 152 gols em 351 jogos disputados pelo clube de General Severiano. Pelo Alvinegro, ele conquistou três Campeonatos Cariocas (1962, 1967 e 1968), uma Taça Rio-São Paulo (1968) e foi campeão da Copa do Mundo de 1970 com a Seleção Brasileira.

Blog com O DIA