Category Archives: Ex-Dirigentes

Santos confirma exclusão de conselheiro racista
   8 de outubro de 2019   │     0:03  │  0

Lamentável: Adilson Durante Filho, ex-conselheiro do Santos, é excluído por atitude racista (Foto: Reprodução)

O Santos confirmou a exclusão do conselheiro Adilson Durante Filho do quadro social do clube por conta de declarações racistas. Em um áudio que veio a público em abril deste ano, Adilson disse que “mulato é sempre mau-caráter”.

A mensagem causou revolta na torcida, que cobrou providências. Na ocasião, a hastag no Twitter #ExpulsaORacista foi para os Trending Topics (assuntos do momento) do Brasil.

Mesmo com a pressão, a diretoria santista demorou seis meses para dar uma resposta sobre o caso. Em nota, informou que o próprio Adilson solicitou a sua exclusão.

No dia 20 de abril, pouco após o vazamento, Durante Filho enviou carta para o presidente do conselho deliberativo, Marcelo Teixeira, pedindo a sua retirada do quadro associativo.

“Devido ao lamentável episódio de ofensas racistas proferidas por Adilson Durante Filho, o Santos FC comunica que o referido foi excluído do quadro social do Clube, mediante solicitação feita pelo próprio. Mesmo após o pedido de exclusão, uma sindicância foi aberta internamente para apuração do fato com prazo estabelecido de trinta dias”, diz nota no site do clube.

Em abril, Durante Filho havia assumido a autoria da mensagem, disse que ela era de alguns anos atrás e a classificou como “momento de infelicidade”.

No áudio, o conselheiro afirmou que “sempre que tiver um pardo, o pardo o que que é, não é aquele negão, também não é o branquinho. É o moreninho, da cor dele. Desses caras, têm que desconfiar de todos. Todos que tu conhecer. Essa cor é uma mistura de uma raça que não tem caráter. É verdade, isso é estudo. Todo pardo, todo mulato, tu tem que tomar cuidado. Não mulato tipo o Pedro, o Pedro é tipo índio, tipo chileno, essas porras. Estou dizendo mulato brasileiro, entendeu, dos pardos brasileiros. São todos mau-caráter. Não tem um que não seja”, afirmou o conselheiro.

Durante Filho também exercia o cargo de secretário adjunto de turismo da cidade de Santos, pediu afastamento em abril e ainda não retomou a função, segundo assessoria de imprensa da prefeitura.

Blog com Folha de São Paulo

Ex-presidente da Conmebol é banido do futebol
   14 de setembro de 2019   │     0:01  │  0

O Comitê de Ética da Fifa já confirmou o banimento do futebol de Juan Ángel Napout, (foto acima/Primera Edicion), ex-presidente da Associação Paraguaia de Futebol (APF, na sigla em espanhol), da Conmebol e vice-presidente da Fifa, acusado de suborno. Além disso, o ex-dirigente também foi multado em 913 mil euros (cerca de R$ 4,1 milhões).

“A investigação do Sr. Napout está relacionada a uma série de subornos durante o período entre 2012 e 2015, ligados às suas funções na concessão de direitos de televisão e marketing dos torneios CONMEBOL”, explicou a Fifa, em um comunicado oficial, no qual a entidade considerou que Napout “violou o artigo 27 (suborno) do Código de Ética da Fifa.

ENTENDA O CASO

Em agosto do ano passado, Napout foi condenado a nove anos de prisão após audiência de cinco horas em Nova York, nos Estados Unidos. A defesa do paraguaio pedia que ele fosse solto imediatamente, enquanto que a promotoria queria 20 anos de detenção.

O paraguaio Juan Ángel Napout foi preso por envolvimento no escândalo de corrupção no futebol mundial, conhecido como “FifaGate”, que também prendeu o brasileiro José Maria Marin, ex-presidente da CBF.

Napout, de 60 anos, tem “uma personalidade oculta, um lado oculto”, e “perpetuava a noção de que era uma boa pessoa ao mesmo tempo em que recebeu 3,3 milhões de dólares em propinas até ser preso e aceitou receber outros 20 milhões mais”, afirmou a juíza Pamela Chen ao anunciar a sentença na época.

SETENCIADO

Em dezembro de 2017, Napout foi declarado culpado por formação de uma organização criminosa e de fraude financeira na Copa América e na Copa Libertadores, após sete semanas de julgamento na corte federal do Brooklyn, em Nova York.

Blog e Futebol Interior

 

Morre Nicolás Leoz , ex-presidente da Conmebol
   29 de agosto de 2019   │     17:51  │  0

Resultado de imagem para Nicolás Leoz

 

O paraguaio Nicolás Leoz, (foto acima/Trivela), ex-presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), morreu na noite passada. Por meio de seu perfil oficial no Twitter, a entidade que rege o futebol no continente confirmou a informação.

“A Conmebol informa o falecimento de Nicolás Leoz Almirón, ex-presidente da Confederação entre 1986 e 2013”, diz o perfil da entidade. Ele tinha 90 anos de idade e, de acordo com o jornal ABC Color, morreu por complicações cardíacas, no Paraguai.

Dono do cargo máximo no futebol sul-americano durante 27 anos, Nicolás Leoz era um dos cartolas mais poderosos e influentes. No entanto, o paraguaio teve sua longa trajetória arranhada pelo envolvimento no escândalo mundial de corrupção ligada ao futebol e foi condenado a cumprir prisão domiciliar.

O corpo de Nicolás Leoz foi velado nesta quinta-feira, em Assunção. Ele iniciou a carreira como dirigente no Libertad, cujo estádio leva seu nome. Na sequência, presidiu a Liga Paraguaia de Futebol para, posteriormente, assumir a Conmebol.

Blog com Terra Esportes

Luto: morre Marlene Matheus, ex-presidente do Corinthians
   2 de julho de 2019   │     21:12  │  0

Resultado de imagem para Marlene MATHEUS

 

Marlene Matheus, (foto acima/Dourados News), presidente do Corinthians de 1991 a 1993, morreu aos 82 anos nesta terça-feira, em São Paulo. Viúva de Vicente Matheus, histórico mandatário do Timão, ela teve papel importante na política do clube paulista.

A morte foi confirmada por Armando Bravo Alba, advogado dela. A causa ainda não foi informada.

Primeira e única presidente mulher da história do Corinthians, Marlene Matheus pegou um período de transição entre a administração do marido e a chegada de Alberto Dualib ao poder.

No Instagram, o Corinthians se despediu a dirigente.

Blog com Globo Esporte

Francisco Horta sofre um infarto e é internado no Rio
   13 de junho de 2019   │     20:33  │  0

Francisco Horta foi internado no hospital após infarto (Foto: Marco Antônio Teixeira / AGÊNCIA O GLOBO)

Francisco Horta,ex-presidente do Fluminense, sofreu um infarto nesta quinta-feira e foi levado para o Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

A família confirmou a informação, e seu estado é considerado estável. De acordo com seu filho, André Horta, em breve contato com a reportagem, o dirigente “deu apenas um susto”.

O ex-dirigente realizou um cateterismo e segue em observação no Centro de Terapia Intensiva (CTI). Horta deve permanecer internado no hospital, ao menos, até domingo.

Horta foi presidente do Fluminense por um mandato, entre 1975 e 1977, foi responsável pela chegada de Rivelino, Carlos Alberto Torres, Paulo Cezar Caju e outros craques, formando um time que ficou conhecido como “A Máquina Tricolor”.

Em sua curta, mas marcante gestão, o Fluminense foi bicampeão Carioca em 1975 e 1976, e semifinalista dos Campeonatos Brasileiros de 1975 e de 1976.

O Fluminense se manifestou por meio de sua conta oficial no Twitter desejando pronta recuperação ao ex-presidente.

Blog com EXTRA