Category Archives: Ex-atletas

Washington lamenta escassez de camisas 9: “Sempre fez a diferença no Campeonato Brasileiro”
   8 de novembro de 2018   │     0:01  │  0

Resultado de imagem para Coração Valente, maior artilheiro de uma só edição do Brasileirão

Acostumado a balançar as redes, Washington, (foto acima/Odiário), com 34 gols no Brasileirão de 2004, ainda é o maior artilheiro em uma única edição da competição. Hoje treinador, o convidado do “Bem, Amigos!” da última segunda-feira, lamentou a escassez dos centroavantes no futebol brasileiro.

– Eu fico triste com isso (ausência de camisas 9 no Brasil), porque era a minha função, minha posição. Centroavante sempre fez diferença no Campeonato Brasileiro. Todos falam, agora quando técnico, quero ter sempre um centroavante. Ainda mais agora, com jogos mais marcados, difícil achar uma oportunidade… Daqui a pouco ele vai e faz 1 a 0, acabou o jogo, ganha o jogo. Não sei se vem da base, se estão trabalhando jogadores que se mexem mais. Você tem que ter o cara que decide para você – destacou Washington.

Coração Valente, maior artilheiro de uma só edição do Brasileirão, valoriza função dos centroavantes no futebol atual: “Ganha jogo”.

Blog com Globoesporte

Maradona vai se explicar a Messi após declaração polêmica, garante advogado
   18 de outubro de 2018   │     0:03  │  0

Maradona comandou Messi na seleção da Argentina (Foto: Reuters)

 

Tem Maradona no meio, sempre tem polêmica. A última delas envolve também o craque Lionel Messi, do Barcelona. Don Diego soltou a seguinte declaração sobre “La Pulga” à imprensa mexicana.

“É inútil querer tornar um líder um homem que vai ao banheiro 20 vezes antes de um jogo”, disse Maradona.

Bom, segundo Matías Morla, advogado de Maradona, a frase não foi um comentário negativo do ex-jogador, que irá conversar com Messi nos próximos dias para esclarecer tudo.

“Maradona vai chamar o Messi para explicar a ele o que quis dizer. Diego está triste, doeu muito o que disse o Kempes. Ele sempre apoiou a seleção… Pela forma dele de falar, se armou essa situação… Messi não tem culpa do fracasso atual da seleção…”, disse Morla à “América 24”.

Sem Messi, a Argentina foi derrotada pela seleção brasileira por 1 a 0, no Superclássico das Américas. Miranda marcou o gol da vitória brasileira.

Blog com EXTRA

 

Cafu sai em defesa de Neymar: ‘por 30 minutos colocam em dúvida toda a carreira dele’
   13 de julho de 2018   │     0:02  │  0

Cafu foi capitão na conquista do pentacampeonato em 2002

Cafu foi capitão na conquista do pentacampeonato em 2002 – (Foto:Reprodução/Instagram)

Mais um craque sai em defesa do camisa 10 da seleção brasileira, Neymar. Depois de Ronaldo, o ex-lateral direito Cafu, que foi campeão mundial com a Seleção em 1994 e 2002, afirmou que o rendimento do craque na equipe não foi esperado, mas que segue como o atual jogador brasileiro dos últimos tempos.

“Todos esperamos muito do craque. Neymar é um craque e esperávamos coisas diferentes dele em campo. Isso é normal e por isso a crítica caiu sobre ele, por tudo o que aconteceu. O rendimento não foi o que esperávamos, foi um pouco menor do que as pessoas esperavam de um craque”, opinou.

Na última quarta-feira, Cafu participou de um amistoso organizado pela Fifa ao lado de vários outros ex-jogadores na Praça Vermelha, em Moscou. Além disso, contou que acha injusta toda a cobrança em cima de Neymar.

“Neymar é o melhor jogador brasileiro dos últimos tempos, mas por 30 minutos colocam em dúvida tudo o que ele fez em toda a carreira. A Copa do Mundo é assim, não perdoa. Mas ele é um bom menino, é inteligente e certamente vai se recuperar”, afirmou.

O ex-craque confessou ainda que não se surpreendeu com a ausência de sul-americanos nas semifinais.

“Sinceramente, não me preocupo, é um cenário que já era previsto pelo que ocorre no futebol mundial. Todas estão bem preparados e chegaram as seleções que mereceram”, analisou.

Capitão da Seleção na conquista do pentacampeonato, o craque achou justa a decisão de Tite de fazer rodízio com a braçadeira de capitão em cada partida do Mundial.

“No começo das Eliminatórias ninguém reivindicou (a braçadeira). Tínhamos um único responsável, que era o Neymar. E Tite, de forma inteligente, decidiu delegar responsabilidades, envolver todos, e imediatamente a seleção cresceu”, comentou.

“A Copa do Mundo é a consequência de todo o trabalho nas Eliminatórias, nos amistosos, mas desgraçadamente por 30 minutos o trabalho de quatro anos foi perdido. Agora colocam tudo em dúvida, mas Tite fez um bom trabalho. Os números são impressionantes”, acrescentou.

Blog com O DIA

Kaká anuncia aposentadoria como jogador profissional
   17 de dezembro de 2017   │     19:18  │  0

Aos 35 anos e exatamente dez após ganhar o prêmio máximo dado a um jogador pela Fifa, Kaká fez o anúncio.

– A minha palavra final é que o ciclo da minha carreira como jogador profissional se encerra aqui.

Além do São Paulo, clube no qual começou a carreira profissional em 2001, Kaká também recebeu proposta para seguir jogando e, depois, se tornar dirigente do Milan, time pelo qual atuava quando foi eleito melhor do mundo em 2007.

E a Itália está entre os possíveis destinos do, agora, ex-jogador que deseja se tornar dirigente.

Leia tudo sobre CRB, CSA e demais clubes na edição desta segunda do seu blog preferido.

Blog com Globoesporte

Ex-Timão e Avaí, Renan anuncia fim da carreira aos 27 anos: “Parar por aqui”
   14 de dezembro de 2017   │     0:01  │  0

   Renan foi concovado para a Seleção em 2010 ao lado de Jefferson e Victor (Foto: Divulgação/CBF)
Renan foi concovado para a Seleção em 2010 ao lado de Jefferson e Victor (Foto: Divulgação/CBF)

 

Chegou ao fim a carreira do goleiro Renan. Aos 27 anos, ele, que defendeu clubes como Avaí, Corinthians e Vitória e chegou à seleção brasileira em 2010, anunciou na manhã desta terça-feira que não voltará a jogar.

O jogador tinha dado uma pausa no futebol após uma passagem pelo Tigres-RJ, em 2016, mas pretendia voltar em 2018. Com a aposentadoria, Renan vai se dedicar agora integralmente à construção civil, já que é dono de uma construtora no município de Governador Celso Ramos, em Santa Catarina.

– Eu decidi que vou parar por aqui. Não vou mais continuar no futebol. Vamos encerrar o ciclo por aqui, que é como se diz. Foi uma opção própria mesmo. Resolvi ir para um outro ramo – afirmou Renan brevemente ao GloboEsporte.com.

Nascido em Nova Trento (SC), Renan surgiu como destaque do Avaí no Brasileirão de 2010. No dia 26 de julho daquele ano, acabou chamado por Mano Menezes na primeira convocação do técnico à frente da seleção brasileira. Foi selecionado, inclusive, ao lado de nomes como Neymar, Ganso, Jefferson e David Luiz, que também enfrentavam a primeira oportunidade com a camisa do Brasil no amistoso contra os EUA.

Cobiçado pelo Benfica, de Portugal, em 2011, Renan acabou se transferindo para o Corinthians por cerca de R$ 5 milhões. Mas, no Timão, caiu rapidamente no esquecimento depois de só atuar em três jogos durante a campanha do título brasileiro de 2011 e cometer algumas falhas.

Sem chances, rodou, por empréstimo, em diversas equipes em busca de sequência: Vitória, Estoril-POR, Guarani-SP, Botafogo-SP, Bragantino, Caxias-RS e, por último, no Tigres-RJ. Teve o vínculo encerrado com o Corinthians em meados de 2016 e foi, então, que nunca mais voltou a jogar profissionalmente.

Blog com Globoesporte