Category Archives: Eliminatórias

AFA mantém discrição em negociação com Sampaoli via celular
   18 de abril de 2017   │     0:01  │  0

Resultado de imagem para Sampaoli no Sevilha
Sampaoli deverá ser o comandante da Argentina, apesar da resistência do Sevilha (Foto: Divulgação)

 

Após a nota de repúdio do Sevilla em relação ao assédio da Associação Argentina de Futebol a Jorge Sampaoli, técnico da equipe andaluz, o presidente da entidade que regula o futebol albiceleste, Claudio Tapia, não irá mais se reunir com o treinador pessoalmente na Espanha.

Tapia seguirá trabalhando em silêncio. Por conta da forte resistência do Sevilla, o presidente da AFA tentará prosseguir com as negociações de maneira discreta, e a comunicação com o favorito ao cargo, por ora, terá de acontecer por telefone.

Segundo o diário Clarín , Tapia já teria iniciado as tratativas com Sampaoli por whatsapp e deve se reunir com o advogado do treinador Fernando Baredes.

Ainda que o Sevilla se recuse a liberar Sampaoli, a AFA ainda pode ter o treinador caso pague a multa rescisória avaliada em 1,5 milhão de euros, o equivalente a R$ 5 milhões. Caso a entidade que regula o futebol argentino coloque o valor milionário na mesa, o time espanhol não poderá segurar Sampaoli.

Ainda assim, Tapia seguirá para a Europa para conversar com Lionel Messi, que irá depor na Fifa no próximo dia 4 de maio na esperança de que sua punição seja ao menos reduzida. A Conmebol suspendeu o craque argentino por quatro jogos após ofender o árbitro auxiliar brasileiro Emerson Augusto de Carvalho na vitória sobre o Chile.

Blog com Terra Esportes

Maradona defende Bauza e pede mais pressão sobre jogadores da Argentina
   31 de março de 2017   │     0:01  │  0

Resultado de imagem para Maradona

Maradona é favorável ao trabalho do técnico Bauza na Seleção da Argentina (Foto: Divulgação)

Diego Maradona defendeu a continuidade de Edgardo Bauza como técnico da seleção argentina, mas pediu colocar “pressão” em alguns jogadores, que na sua opinião, “não podem ter uma queda brusca de rendimento” como ocorreu na partida contra a Bolívia, onde Lionel Messi não pôde jogar por ter sido suspenso pela Fifa.

“O que mais me impressionou da seleção foram os jogadores novos, jogadores que nunca jogaram juntos. E que os rapazes não foram notados na camisa. Isso é o mais grave”, afirmou ex-jogador, em entrevista para a rádio “Rivadavia”, da Argentina.

Após a última derrota de 2 a 0 para os bolivianos, em La Paz, Maradona lembrou que “hoje” a seleção de seu país estaria na repescagem para a Copa do Mundo da Rússia, e ressaltou que a Argentina “não pode deixar de estar em um Mundial tão prestigiado”.

“E a verdade me deu muita pena ver que não tivemos reação, que jogamos mal. As linhas estavam separadas. E cada vez que precisava tocar a bola, o jogador mais próximo estava a 30 metros” afirmou.

O ex-jogador é contra os pedidos de saída do treinador e apostou que Bauza “conseguirá a classificação” para depois tomar as “medidas necessárias”.

“Agora é um ferro quente que tem Bauza na mão. Ele terá que aguentar”, disse Maradona, criticando a atuação argentina no último jogo.

“Não éramos um time de futebol. Isso me deixou muito mal. É preciso avaliar um monte de coisas no futebol argentino. É preciso dar prioridade as pessoas que conhecem o futebol”, argumentou.

Diego afirmou que há jogadores “para armar uma boa equipe” e que eles “não podem cair tanto de rendimento na seleção”, disse.

Blog com Terra Esportes

‘Cortaram as pernas do Messi e da seleção argentina’, diz dirigente da AFA
   30 de março de 2017   │     0:04  │  0

Messi desfalca a Argentina pelos próximos quatro jogosMessi desfalca a Argentina pelos próximos quatro jogos (Foto: Victor R. Caivano / AP)

Jorge Miadosqui, secretário de seleções da AFA ( Associação do Futebol Argentino), manifestou toda a sua insatisfação com a suspensão imposta pela Fifa a Lionel Messi. Por ter xingado o auxiliar brasileiro Emerson Carvalho, contra o Chile, Messi foi suspenso por quatro jogos.

“Cortaram as pernas do Messi e da seleção argentina. Leo está sentido, com muita bronca, como estamos todos nós”, disse o dirigente, segundo o jornal catalão “Sport”.

“Nos surpreende a decisão que foi tomada. Estamos na bronca pela forma como isso aconteceu, a poucas horas da partida contra a Bolívia”, acrescentou o cartola.

Miadosqui garantiu, por fim, que a AFA vai recorrer da decisão.

“Messi tem bons antecedentes, então podemos tentar baixar a sanção”, finalizou.

Para complicar, na Bolívia os argentinos perderam por 2 x 0, deixando o grupo dos quatro melhores. Com 22 pontos o time de Messi ocupa agora o 5º lugar nas Eliminatórias Sul-Americanas.

Blog com EXTRA

 

 

 

 

Tite agradece a Deus e avisa após garantir vaga na Copa: ‘Vai ter caipora’
     │     0:02  │  0

Resultado de imagem para Tite na Seleção

Tite continua seu trabalho com o Brasil já garantido na Copa da Rússia (Foto: Gazeta Online)

Tite agradeceu ao “Papai do Céu” pela vaga conquistada pelo Brasil para a Copa do Mundo da Rússia. Quando o jogo do Peru acabou, com vitória dos donos da casa sobre o Uruguai, em Lima, o treinador da seleção estava em sua última resposta após a oitava vitória nas Eliminatórias. Era madrugada de quarta-feira. Tite não se conteve ao saber que o Brasil estava confirmado. “Vai ter caipora”, disse, olhando para a mulher e outros familiares presentes na sala de imprensa do Itaquerão. “Obrigado, Pai do Céu”. Sua primeira missão desde que assumiu o lugar de Dunga estava realizada.

“Minha alegria é de poder dividir isso com as pessoas, com minha família, com os torcedores, com aquele garoto que invadiu o campo de treino outro dia. Estou participando de uma coisa legal. Esse é o meu prazer.” O treinador, no entanto, não quer saber de ver a seleção tirar o pé agora que já está garantida – foi a primeira equipe a obter a vaga pelas Eliminatórias. Em suas declarações, pediu exatamente o contrário. Tite admitiu que ainda falta muito e que vai trabalhar para dar consistência ao time.

“Temos de consolidar a equipe. Na medida que tu repetes o desempenho, e não oscila, vai criando consistência. Ela fica marcante, pesada. Não é só não tomar gol. É encontrar, se consolidar. A seleção não está pronta”, admitiu.

Para que seus comandados não percam o foco, Tite tratou de deixar um recado a eles. Disse com todos as letras que o grupo não está fechado, que o time pode ter alteração se alguém bobear. Lembrou da troca de posição entre Willian e Philippe Coutinho, que era reserva e virou titular. As vagas estão abertas, em sua opinião.

“Pega o (caso do) Willian, que estava num momento fabuloso no time. Aí, ele teve uma queda e o Coutinho entrou muito bem nos dois últimos jogos. Deixa um deles jogar mal para ver o que acontece. Tem o Dani (Daniel Alves) na lateral, e aí tem o Fagner, o Mariano, o Fabinho.” As declarações deixam claro que o treinador do Brasil não vai permitir que a equipe tire o pé. “Se você está com confiança, se o time está crescendo, então não tem de ter medo de ser feliz. Só assim o Brasil vai se consolidar.”

A seleção volta a jogar somente em junho, em amistosos na Austrália, um deles contra a Argentina. Em agosto, retoma as Eliminatórias, primeiro contra o Equador e depois diante da Colômbia. O Brasil tem mais quatro jogos para fazer na competição sul-americana, mas agora em uma condição diferente, já com o passaporte para a Rússia carimbado.

Blog com A TARDE

Tite confirma Seleção e diz que fechou treinos para ser mais duro com os jogadores
   28 de março de 2017   │     0:04  │  0

Resultado de imagem para Tite, da seleção do brasil

O técnico Tite está feliz com o alto rendimento da Seleção do Brasil (Foto: Divulgação/CBF)

O Brasil está confirmado para enfrentar o Paraguai na noite de hoje, jogo válido pelas Eliminatórias para o Mundial da Rússia: Alisson, Fagner, Marquinhos, Miranda, Marcelo, Casemiro, Renato, Paulinho, Coutinho, Neymar, Firmino.

Veio do próprio Tite a confirmação da escalação da seleção brasileira para a partida da noite de hoje na Arena Corinthians. Questionado após ter aplicado dois treinos fechados, domingo e segunda-feira, o técnico deu nome aos 11 titulares. A única alteração em relação à vitória por 4 a 1 sobre o Uruguai será a entrada de Fagner no lugar do suspenso Daniel Alves.

Tite, inclusive, disse que fechou dois treinos para poder exigir mais dos jogadores.

– Estou me adaptando, me reinventando na função de técnico da Seleção. É pouco tempo. Em alguns momentos oportunos eu fechava treinos, e entendi que esse era o momento de ter um pouquinho mais de privacidade porque posso gritar mais forte, chamar uma concentração maior. Ficamos felizes de dividir alegria, mas tem hora que vou dentro, não quero que o cara fique disperso – afirmou o treinador.

O Paraguai vai jogar sob pressão forte  contra o técnico Arce, repudiado pela torcida e imprensa  do seu País.

Blog com GloboEsporte