Category Archives: Dirigentes

Zagueiros com passagens pela Seleção entram na mira do Flamengo, diz site
   1 de abril de 2019   │     0:04  │  0

Rodolfo Landim

Rodolfo Landim, presidente do Fla, quer mais zagueiros no plantel  (Delmiro Junior/Parceiro/Agência O Dia)

O Flamengo tem dois novos alvos para reforçar sua zaga para o restante de 2019: Jemerson, do Monaco-FRA, e Gil, do Shandong Luneng-CHN, ambos com passagens pela seleção brasileira. As informações são do portal “Uol”.

No entanto, segundo a publicação, as negociações não devem ser fáceis. Mesmo com os jogadores em reta final de contrato, os clubes devem exigir uma compensação financeira para liberá-los.

Para contar com Jemerson, o Rubro-Negro deverá ter que desembolsar cerca de 5 milhões de euros (R$ 22 milhões). O vínculo do atleta com a equipe francesa vai até julho de 2020. Outra opção é a prolongação do contrato com os franceses e um empréstimo ao clube carioca.

Já Gil, de 31 anos, tem contrato com os chineses até janeiro do próximo ano. Para sua liberação imediata, os chineses exigem cerca de R$ 30 milhões.

Blog com O DIA

Datas e horários das semifinais do Campeonato Paulista
   28 de março de 2019   │     23:17  │  0

A Federação Paulista de Futebol divulgou nesta quinta-feira as datas e os horários das partidas das semifinais do Campeonato Paulista. Os confrontos são São Paulo x Palmeiras e Corinthians x Santos.

Veja abaixo os duelos:
Jogos de ida:
São Paulo x Palmeiras: sábado, às 18h, no Morumbi (Premiere)

Corinthians x Santos: domingo, às 16h, na Arena Corinthians (TV Globo e Premiere)

Jogos de volta:

Palmeiras x São Paulo: domingo (07/04), às 16h, na arena do Palmeiras (TV Globo e Premiere)

Santos x Corinthians: segunda-feira (08/04), às 20h, no Pacaembu (Premiere)

Assim como ocorreu nas quartas de finais, as semifinais também terão a utilização o VAR (árbitro-assistente de vídeo).

Palmeiras (29 pontos) e Santos (27) têm as duas melhores campanhas até o momento. O Corinthians (23) é o terceiro colocado, enquanto o São Paulo (21) é o quarto.

Blog com GloboEsporte

Presidente de tribunal rebate Palmeiras após reclamações sobre VAR: “Vamos parar de chorar”
   27 de março de 2019   │     0:02  │  0

Resultado de imagem para Antônio Olim do TJD paulista

O presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo, Antônio Olim, (foto acima/Massa News), rebateu as reclamações do Palmeiras sobre o uso de árbitro de vídeo no empate por 1 a 1 com o Novorizontino, sábado passado.

Em entrevista ao canal Fox Sports, o Delegado Olim, como é conhecido, também disse ser torcedor do Verdão.

– A Federação investiu nesse VAR, custou uma fortuna isso, primeiro mundo, a Federação faz o melhor pelo futebol, mas sempre tem um contra. O que eles queriam? O juiz estava certo, mas cada um tem sua opinião. (…) Eu sou palmeirense, mas é difícil lidar com o Palmeiras. Eu sou palmeirense, mas se jogar Palmeiras, Juventus ou Portuguesa para mim é tudo igual – afirmou Olim.

– Chamar de Paulistinha, quer esculachar? Desculpa, isso é uma vergonha para o Palmeiras, vamos ganhar na bola, no jogo, vamos parar de chorar – completou.

Na mesma entrevista, Olim criticou o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte. De acordo com o presidente do TJD, é Galiotte o principal responsável pela ruptura entre clube e Federação Paulista de Futebol:

– Vamos juntar, vamos nos unir. O Palmeiras é um grande clube, mas esse cara (Maurício Galiotte) pensa num mundinho pequeno, tem de pensar no Palmeiras, e não pensar num timinho.

Olim ainda reiterou o fato de ser palmeirense:

– Eu sou palmeirense, mas não tenho culpa nenhuma dessa última final e continuam com essa história. Está comprovado que a bola não pegou na mão e eles estão aí brigando. Toda hora é a mesma história. Se não gostar, problema deles, não estou aqui para agradar ninguém. Vamos ganhar no campo e com futebol bom. Tem de ter bom senso. O futebol é dentro de campo.

Blog com GloboEsporte

Palmeiras e FPF trocam farpas nas redes sociais depois de polêmica com o VAR
   25 de março de 2019   │     0:03  │  0

O que era para ser um dia histórico no sábado passado se tornou mais um capítulo da guerra entre Palmeiras e Federação Paulista de Futebol (FPF). No primeiro jogo com a utilização do VAR no Estadual, clube e entidade trocaram farpas nas redes sociais e fizeram com que a partida que terminou empatada por 1 a 1 contra o Novorizontino, em Novo Horizonte (SP), tivesse o resultado como um mero detalhe, assim como o gol do estreante Arthur Cabral e mais uma defesa de pênalti do goleiro Fernando Prass.

O motivo da nova revolta palmeirense é a não marcação de um suposto toque de mão de Murilo Henrique na jogada que resultou no gol do Novorizontino. Os jogadores queriam que o VAR entrasse em ação para tentar anular o lance, mas o árbitro Raphael Claus nem consultou o vídeo. Só o fez depois para flagrar um pênalti de Antônio Carlos, no segundo tempo.

“Eu estava de frente para o lance. A bola bateu na mão. Os caras se complicam à toa. O VAR veio para ajudar, porque ele (árbitro) não foi ver o monitor que ele tem? Ele se complica à toa, ou não”, ironizou Fernando Prass. “A gente fica meio sem saber o que pensar”, completou. O técnico Felipão se esquivou. “Nem me pergunta. Deus me livre”, quando questionado sobre o lance.

Depois do jogo, a Federação Paulista divulgou um vídeo, em seu Twitter, que mostra Murilo Henrique dominando a bola. “Lance checado, todos os ângulos analisados, gol legal”, escreveu. O Palmeiras respondeu pouco depois. “Federação Paulista defende o indefensável. É a mesma postura do Paulistinha do ano passado”.

A mensagem alviverde se refere à confusão na decisão do ano passado, quando a arbitragem marcou um pênalti para o Palmeiras na decisão contra o Corinthians, mas depois anulou a jogada. Os palmeirenses alegam até hoje que houve interferência externa, algo que chegou a ser investigado, mas por falta de provas o caso foi arquivado. Na ocasião, o presidente Maurício Galiotte chamou a competição de “Paulistinha”.

Após a polêmica que culminou no título do Corinthians em pleno estádio Allianz Parque, Galiotte decretou o rompimento do Palmeiras com a FPF. Tanto que no dia seguinte, na festa de encerramento do torneio organizado pela entidade, os jogadores do clube foram proibidos de comparecer e receber seus respectivos prêmios individuais.

ESTADÃO Conteúdo

Lugano pode sair do São Paulo para ser candidato à presidência da AUF
   3 de março de 2019   │     0:01  │  0

Lugano tem a possibilidade de deixar o cargo de direção do Tricolor (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

 

Ídolo do São Paulo e atualmente superintendente de relações institucionais do clube, Diego Lugano pode deixar a equipe da capital paulista. Segundo noticiou o jornal uruguaio Ecos, o ex-zagueiro é o nome preferido de setores do futebol local para concorrer à presidência da Associação Uruguaia de Futebol (AUF). Caso isso ocorra, Lugano teria que deixar o Tricolor.

O dirigente de 38 anos tem o apoio da Associação de Futebolistas Uruguaios (AFU) e da Associação de Futebolistas Amadores do Interior (AFAI) para lançar candidatura, já que Pedro Bordaberry, atual presidente do comitê de regularização da AUF e interinamente no comando, decidiu não ser candidato ao cargo.

A eleição está marcada para o dia 21 de março. Por conta disso, Lugano deve tomar sua decisão o mais rápido possível.

Na última sexta-feira, o ídolo da torcida são-paulina acompanhou os atletas durante os comandos do interino Vagner Mancini. Em determinado momento, Lugano conversou com Bruno Alves, Anderson Martins e Arboleda, defensores que podem ser os titulares no compromisso deste domingo, contra o Bragantino.

Blog com Gazeta Esportiva