Category Archives: Dirigentes

Fla tem série de reuniões atrás de respostas para queda
   4 de setembro de 2018   │     0:04  │  0

Diretoria do Fla busca respostas após derrota para o Ceará (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Diretoria do Fla busca respostas após derrota para o Ceará (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Candidato de Eduardo Bandeira de Mello à sucessão presidencial, o vice-presidente de futebol do Flamengo Ricardo Lomba prometeu, após a derrota contra o Ceará, providências para afastar novos resultados surpreendentes como o do último domingo no Maracanã.

Embora exista rotina de reuniões no departamento, os encontros neste início da semana são diferentes. O objetivo é identificar os motivos para queda acentuada de rendimento da equipe após a Copa do Mundo. Nesta terça-feira, antes de embarcar para Porto Alegre, onde enfrenta o segundo colocado Internacional, no Beira-Rio, o vice de futebol se reúne diretamente com os atletas.

Em consulta ao departamento jurídico, o Flamengo ainda avalia se escala Réver, sob pena de pagar R$ 1 milhão pelo estipulado em contrato. Lomba afirma que a decisão será tomada após o treino desta terça-feira. O dia será marcado por novas reuniões no CT do Rubro-Negro.

– Fizemos algumas reuniões. Houve a nossa conversa (Lomba, com o diretor geral Bruno Spindel e o diretor de futebol Carlos Noval), depois eles ainda conversaram com os jogadores, mas eu não participei. Hoje pela manhã temos outra reunião. Quero ver a percepção dos atletas. Vamos nos reunir para ver onde vamos chegar. A reunião é para entender o que está acontecendo e tomar providências – afirmou o vice de futebol do Flamengo.

O grupo de Lomba promove encontro de apoio ao candidato nesta noite num hotel na Zona Sul carioca. No futebol, a cinco pontos do líder São Paulo, e nas semifinais da Copa do Brasil, a missão é clara: espantar a má fase e fazer jus ao investimento alto e constante em atletas.

Questionado se a estratégia de não revezar mais vezes os jogadores em três competições pode pesar no rendimento, Lomba se baseia nas análises internas do departamento de futebol para defender a estratégia.

– Foi a estratégia utilizada e adotada em função de exames feitos. Não posso creditar a queda a isso exceto se considerar o estresse mental. Que aí não é so cansaço físico. Tem a pressão de ganhar os jogos, ganhar o tempo todo. Estamos buscando também essa resposta no departamento de psicologia. Queremos entender o problema para resolver. Cobrando todos envolvidos no processo para encontrar respostas. Não podemos repetir um resultado como esse (derrota para o Ceará) – reiterou Ricardo Lomba.

Blog com Globoesporte

Grêmio faz pedido para adiamento de rodadas e abre debate sobre calendário
   22 de agosto de 2018   │     0:04  │  0

   Romildo Bolzan vê Grêmio prejudicado pelo calendário (Foto: Marcos Ribolli)
Romildo Bolzan vê Grêmio prejudicado pelo calendário (Foto: Marcos Ribolli)

 

O Grêmio fez o pedido para adiar os jogos com Santos e Inter pelo Brasileirão em contato com o secretário-geral da CBF, Walter Feldman. Durante reunião da Conmebol, os dirigentes gremistas aproveitaram para tornar mais “amplo” o debate sobre o calendário nacional. A solicitação à confederação brasileira aconteceu por conta das convocações de Everton e Kannemann para amistosos do Brasil e da Argentina, respectivamente.

Os dois participarão dos amistosos pelas respectivas seleções e desfalcarão o Tricolor no dia 5, contra o Peixe, e no dia 9, no Gre-Nal. Para tentar manter o equilíbrio técnico da competição, Romildo também manteve contato com outros clubes e fez o pedido à CBF para reajustar as datas em ligação telefônica na última sexta-feira para Feldman.

– Os times que estão na ponta jogam sempre com sobreposição de campeonatos. Copa do Brasil, Brasileirão, tudo ao mesmo tempo. Aqueles que disputaram tudo ficam extremamente prejudicados. Que sentem todos para conversar, a Conmebol, a CBF, as federações. Basta que tenhamos bom senso para organizar melhor as datas dos campeonatos – afirmou Romildo, após a vitória contra o Corinthians.

A CBF irá analisar a solicitação gremista a partir de agora. O assunto ficará com o diretor de competições, Manoel Flores. Ainda não há um posicionamento definido sobre a questão e será estudado nos próximos dias.

O Grêmio também quer levar este contato além de um eventual adiamento ou não. No encontro na Conmebol, no Paraguai, o clube tratou de ampliar o debate em torno do calendário e readequar os compromissos das equipes no futuro. Segundo o presidente gremista, os outros dirigentes consultados deram apoio à causa. O contato, portanto, é um início de um debate mais complexo, na visão do mandatário gremista.

O vice de futebol do Inter, Roberto Melo, já havia deixado claro a posição contrária por parte do Inter. E recordou que os desfalques ocorrem historicamente. Lembrou que, em 2009, o time ficou sem Kleber e Nilmar no primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil diante do Corinthians (derrota por 2 a 0) para jogarem pela Seleção.

Blog com Globoesporte

Raí reclama, mas, Fla tem mais árbitros paulistas em seus jogos
   29 de julho de 2018   │     0:02  │  0

Resultado de imagem para Raí falando por falar...

 

A disputa entre Flamengo e São Paulo pela liderança do Campeonato Brasileiro tem se transformado, também, em um jogo de bastidores. Após a derrota para o Grêmio, o executivo de futebol tricolor, Raí, (foto acima/SPFC), e o meio-campista Hudson questionaram o sorteio de árbitros cariocas para partidas do vice-líder. Mas, um levantamento do quadro de juízes desta Série A mostra que o rubro-negro tem lidado com apitadores paulistas em seus jogos com frequência ainda maior.

No domingo, o carioca Wagner do Nascimento Magalhães comandará o duelo tricolor contra o Cruzeiro. Será a terceira partida seguida do São Paulo com um apitador do Rio de Janeiro, depois de Marcelo de Lima Henrique arbitrar a vitória por 3 a 1 sobre o Corinthians e Grazianni Maciel Rocha, a derrota para o Grêmio (2 a 1). Antes, o tricolor vencera o América-MG (3 a 1), na 7ª rodada, sob supervisão de Bruno Arleu de Araujo.

O número de confrontos do tricolor com árbitros cariocas é inferior aos cinco jogos do Flamengo sob comando de árbitros paulistas. A partida contra o Sport, no domingo, terá Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza no apito — será o terceiro jogo nas últimas seis rodadas com um árbitro de São Paulo no comando. Curiosamente, nas outras três ocasiões, o adversário era justamente do estado vizinho: Palmeiras, São Paulo e Santos.

Antes disso, Leandro Bizzio Marinho apitou Flamengo 2 a 0 América-MG, na 2ª rodada; Luiz Flavio de Oliveira, Flamengo 2 a 0 Internacional, na 4ª; Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, Flamengo 2 a 0 Paraná, na 11ª; e novamente Luiz Flavio, Flamengo 2 a 0 Botafogo, na 14ª.

Resumo da Ópera: Raí está falando por falar…

Blog com EXTRA

Raí reclama de critério e quer São Paulo atento com árbitros cariocas
   28 de julho de 2018   │     0:03  │  0

Raí questionou presença constante de árbitros cariocas em jogos do Tricolor (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

 

O diretor-executivo de futebol do São Paulo, Raí, questionou o critério da arbitragem de Grazianni Maciel Rocha na derrota por 2 a 1 para o Grêmio. O dirigente não concordou com os cartões amarelos mostrados para Hudson, Arboleda e Éder Militão, que viraram desfalques para o duelo com o Cruzeiro, amanhã, em Belo Horizonte.

Ainda no primeiro tempo da partida válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, Hudson levou cartão por carrinho em Jael. Pouco depois, em sequência, Arboleda e Militão foram advertidos por falta em Kannemann.

“A gente lamenta que perdemos três jogadores para o jogo contra o Cruzeiro, o que faz pensar nos critérios dos cartões. O Hudson nem foi falta, pegou a bola e tomou o cartão. Em 38 minutos, o São Paulo já tinha três cartões amarelos”, reclamou Raí.

O diretor também alertou sobre a presença constante de árbitros cariocas em jogos do São Paulo, principal concorrente do Flamengo na briga pela liderança do campeonato. Antes de Grazianni Rocha, Marcelo de Lima Henrique comandou o clássico contra o Corinthians no último sábado, no Morumbi. O embate com o Cruzeiro será o terceiro seguido a ser apitado por um juiz do Rio de Janeiro.

Nota do Blog: Na verdade, o que ‘pegou mesmo’ foi a chance do São Paulo de superar o Flamengo na tabela, assumindo a liderança, o que poderá acontecer nas próximas rodadas sem nenhum problema. Uma vitória contra o Grêmio não motivaria nenhuma reclamação. Não existiu nenhum erro da arbitragem nos jogos recentes do clube paulista. Então, reclamar do que?

Textos: Gazeta Press e Arivaldo Maia

Pelas redes sociais, presidente do Galo dispara: “Essa CBF é um lixo!”
   24 de julho de 2018   │     0:03  │  0

Presidente Sérgio Sette Câmara disparou contra CBF (Foto: Bruno Cantini/ Atlético-MG)

 

O duelo entre Palmeiras e Atlético-MG no último domingo segue repercutindo. O Verdão conseguiu um gol nos acréscimos do segundo tempo para garantir o triunfo por 3 a 2 no Allianz Parque. Após a partida, jogadores reclamaram muito da arbitragem, discurso que foi ecoado pelo presidente do clube, Sérgio Sette Câmara.

Por meio de sua rede social, o dirigente alvinegro usou duras palavras para criticar o árbitro do jogo, Péricles Bassols, e também a CBF. “Vagabundo, ladrão e mal intencionado! Essa CBF é um lixo! Fora com essa ‘comissão de arbitragem’ pelo bem do futebol”, escreveu.

A reclamação foi principalmente em relação ao último lance da partida, no qual Péricles Bassols assinalou uma falta em disputa entre Ricardo Oliveira e Edu Dracena. Na sequência, aos 48 minutos, o Palmeiras fez o terceiro gol e decretou o triunfo.

Na saída de campo, Elias e Ricardo Oliveira também fizeram duras críticas. O atacante questionou os critérios do juiz, enquanto o meia pediu que os clubes brasileiros se unam para melhorar a arbitragem no país, pedindo inclusive a introdução do árbitro de vídeo.

Blog com Gazeta Press