Category Archives: Dirigentes

Thiago Paes revela prioridades de contratações do CRB para 2023
   29 de novembro de 2022   │     7:00  │  0

Thiago Paes aponta prioridades de contratações do CRB para 2023 — Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com

Thiago Paes aponta prioridades de contratações do CRB para 2023 — (Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com)

Jovem Executivo de futebol regatiano justifica procura por peças pontuais para reforçar elenco.

O CRB tem prioridades de contratações para 2023. Em processo de reformulação do elenco, o executivo de futebol Thiago Paes conversou com o ge nesta segunda-feira e revelou quais posições o clube busca no mercado.

– Hoje, a gente está no mercado buscando um zagueiro, um primeiro volante, um lateral-esquerdo e um extremo. São as quatro posições que o clube entende que ainda é deficitário.

Ele também justificou o motivo de buscar essas peças.

– A gente só tem um lateral-esquerdo, que é o Guilherme Romão, um primeiro volante, que é o Jalysson, e a gente busca mais um, zagueiro, mais um pra completar o setor e um extremo aí que possa, de fato, elevar o nível de todo elenco. Essas quatro posições são as que o clube tem uma atenção especial no mercado.

O CRB anunciou até agora três reforços para a próxima temporada: o zagueiro Saimon, o lateral-direito Hereda e o volante Anderson Leite. Além deles, o técnico Umberto Louzer também será cara nova em 2023.

Dentre as renovações de contrato, cinco atletas ampliaram o vínculo com a equipe regatiana: o goleiro Vitor Caetano, o lateral-esquerdo Guilherme Romão, o meio-campista Juninho Valoura, o atacante Gabriel Conceição e o zagueiro Gilvan.

Arivaldo Maia com Redação do ge – Alagoas

 

Mais um desfalque no CSA: Raimundo Tavares anuncia saída do departamento de futebol
   19 de novembro de 2022   │     7:00  │  0

Raimundo Tavares deixa o comando do futebol do CSA — Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com

Raimundo Tavares deixa o comando do futebol do CSA — (Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com)

Ex-dirigente diz que Herbson Paulino vai conduzir trabalho de montagem do elenco.

Chegou ao fim mais uma passagem de Raimundo Tavares no comando do futebol do CSA. Em entrevista ao ge, o ex-dirigente anunciou a saída do departamento.

– O Herbson (Paulino) é quem está cuidando (do departamento de futebol). Eu tive uma conversa com o Omar, o Omar contratou ele (Herbson) como executivo, ele quem vai ficar, eu continuo como conselheiro nato, como torcedor, sempre ajudando no que eu posso, mas literalmente fora desse contexto do futebol.

Raimundo Tavares assumiu o convite para retornar ao futebol do CSA em julho deste ano, durante a Série B. Chegou com a missão de ajudar para tentar salvar o rebaixamento do time no Brasileiro e participou de contratrações como as dos técnicos Alberto Valentim e Roberto Fernandes, além de jogadores como Canteros, Elton, Lucas Lourenço, Rogério, Jonathan.

Com o rebaixamento para a Série C e a crise política instalada no clube, Raimundo chegou a iniciar um trabalho de pacificação entre o presidente licenciado do Conselho Deliberativo, Rafael Tenório, e o presidente-executivo, Omar Coêlho.

Porém, as incertezas no planejamento para a próxima temporada pesaram para decisão de Raimundo Tavares deixar o departamento de futebol azulino.

NOTA DO BLOG

O Blog afirma, sem dúvidas, que é mais um ‘gol contra’ do CSA no seu momento mais duro dos últimos tempos.

Homem de bem, experiente no mundo do futebol, torcedor do CSA acima de tudo, e meu amigo pessoal, Raimundo é filho do inesquecível ex-governador José Tavares, cuja família, em grande parte, torce pelo CRB, maior rival dos azulinos.

É um colaborador que vai fazer falta ao presidente Omar Coêlho.

Torço muito pela recuperação do CSA e por sua volta para o Brasileiro da Série B.

Grande clube de Alagoas, com prestígio em todo o Brasil,  o CSA merece mais.

Como sempre evidencio nas minhas narrações, “SOU ALAGOANO”.

Os dois maiores clubes do nosso futebol precisam caminhar juntos, alimentando uma rivalidade histórica.

Arivaldo Maia

Blog e Denison Roma – Redação do ge – Alagoas

 

 

Real Madrid projeta possível final contra o Flamengo no Mundial: ‘Será uma honra’
   18 de novembro de 2022   │     12:00  │  0

Florentino Pérez assinou carta que parabenizava conquista do Flamengo (Foto: FRANCK FIFE / AFP)

Florentino Pérez assinou carta que parabenizava conquista do Flamengo (Foto: FRANCK FIFE / AFP)

Foto: Lance!

Clube espanhol parabenizou a conquista da Libertadores do Rubro-negro.

O Flamengo deu mais um passo para a internacionalização da marca. Após o título da Libertadores, o presidente Rodolfo Landim recebeu uma carta do Real Madrid. A mensagem assinada pelo mandatário do clube espanhol, Florentino Pérez, parabenizava a conquista recente do rubro-negro carioca e projetava um possível encontro entre as equipes no Mundial de Clubes.

O torneio organizado pela Fifa ainda não tem data ou local definidos. Contudo, as expectativas para a realização do evento, que deve ocorrer entre fevereiro e março de 2023, são altas.

No entanto, o encontro entre Flamengo e Real Madrid no torneio não é certo. Para que o grande embate aconteça, é preciso que as duas equipes alcancem a final da competição.

A carta foi inicialmente divulgada pelo jornalista Gabriel Reis. Esta não foi a primeira vez que o clube espanhol entrou em contato com o Flamengo. Aliás, as duas equipes mantêm uma relação sadia e costumam interagir nas redes sociais.

Veja a carta na íntegra:

“Quero transmitir em nome de nossa diretoria e de todos que fazem parte do Real Madrid nossas felicitações pelo título da Copa Libertadores conquistado no último dia 29 de outubro, em Guayaquil.

Esse triunfo em uma das competições mais prestigiadas do mundo engrandece ainda mais a instituição que presides. O Clube de Regatas do Flamengo é um dos mais queridos e admirados do mundo do futebol.

Para nós será uma grande honra participar junto do Flamengo do próximo Mundial de Clubes. Estou confiante de que será uma oportunidade magnífica para seguir fortalecendo nossa história relação de amizade.

Reitero minhas felicitações ao membros do conselho que presides, aos jogadores, ao corpo técnico, a todos os componentes do clube e, por fim, a toda a sua torcida.

Com todo afeto, Florentíno Pérez

Arivaldo Maia com Redação do Lance!

Que bom: presidente do Conselho Deliberativo, Rafael Tenório admite comprar SAF do CSA
     │     9:30  │  0

 

Rafael Tenório não esconde interesse em comprar SAF do CSA — Foto: Augusto Oliveira/Ascom CSA

Rafael Tenório não esconde interesse em comprar SAF do CSA — (Foto: Augusto Oliveira/Ascom CSA)

Presidente do Conselho Deliberativo estima que passivo ao final de 2022 será de R$ 11 milhões.

O tema Sociedade Anônima do Futebol (SAF) volta à tona no CSA. Marcada para o próximo dia 23, no CT Nelson Peixoto Feijó, a reunião do Conselho Deliberativo também vai abordar o assunto.

Presidente licenciado do conselho e ex-presidente executivo do clube, Rafael Tenório conversou ontem com o ge e não escondeu o interesse em investir para transformar o CSA numa SAF.

“Tenho interesse em participar do investimento para salvar a instituição.”

Conhecedor do projeto de lei que aprovou a Sociedade Anônima do Futebol no Congresso Nacional, Rafael explicou que o clube, uma vez transformado em SAF, não perde qualquer direito de participar de competições.

– A SAF terá direitos de participar de competições em substituições de clubes, na mesma situação, sem qualquer prejuízo de ordem desportiva, conforme determina o Artigo 2 da Lei Federal Nº 14.193, de 06 de agosto de 2021.

O dirigente também explicou o que acontece caso o CSA seja transformado numa Sociedade Anônima do Futebol.

– Vamos imaginar que alguém compre 90% do CSA. Os 10% que ficarão, o CSA ficará como clube social, terá um presidente e o lucro que se der do investimento será dividido entre o clube e a SAF. A parte do clube será destinada para o lado social e de esportes olímpicos, enquanto o futebol fica com a SAF. Toda responsabilidade de pagamento de folha salarial e manutenção do futebol é da SAF.

Rafael Tenório ainda comentou o atual momento financeiro do clube.

– Quem assumir hoje recebe um passivo até dezembro deste ano que está estimado em cerca de R$ 11 milhões. Além disso, precisa de recursos para início de trabalho e montagem do elenco para o próximo ano.

Arivaldo Maia com Denison Roma – Redação do ge – Alagoas

Supervisor do CRB aponta viagens mais difíceis no Brasileiro; confira
     │     7:00  │  0

Marcos Lima Verde é o encarregado de viagens do CRB — Foto: Leonardo Freire/GloboEsporte.com

Marcos Lima Verde é o encarregado, entre outras obrigações, das viagens do CRB — (Foto: Leonardo Freire/GloboEsporte.com)

Responsável pela organização das viagens, Marcos Lima Verde cita dificuldades enfrentadas.

O trabalho dentro de campo em 2022 acabou, mas o planejamento do CRB para a próxima temporada já anda em pleno vapor. E de olho em 2023, é preciso fazer um balanço dos desafios superados no ano que está terminando.

Supervisor do clube, Marcos Lima Verde é o responsável também pela organização das viagens durante as competições. Em entrevista ao ge, ele apontou as logísticas mais complicadas durante a Série B de 2022.

– A logística mais complicada deste ano foi a que fizemos uma junção, que nós fomos jogar contra o Grêmio, viajamos na véspera, jogamos no outro dia lá em Porto Alegre e no dia seguinte ao jogo, continuamos na cidade e treinamos na segunda. Na terça-feira, viajamos pra São Paulo, desembarcamos, e fizemos aquele jogo contra o Novorizontino. De São Paulo, capital, fomos para São José do Rio Preto, de ônibus, e foi uma viagem com duração aproximada de seis horas. Chegamos, no outro dia treinamos no Mirassol, retornamos para o hotel, fomos jogar no outro dia em Novo Horizonte, distante cerca de um hora e meia, de São José do Rio Preto… Após o jogo, a gente jantou em Novo Horizonte e fomos para Campinas. De Campinas, retornamos a Maceió. Foi uma viagem de oito dias, uma junção, onde esse trecho de Novo Horizonte é umas das logísticas mais complicadas que existem.

Além da viagem para o interior paulista, o supervisor também citou outra complicada de preparar.

– A (logística) do jogo do Tombense, em Muriaé, também não é uma logística fácil. Você tem que descer normalmente no Rio e, de lá, pegar o ônibus e seguir para Muriaé, que dá cerca de quatro horas… Ficar lá, treinar, concentrar, jogar e depois retorna para o Rio pra pegar o vôo lá.
Lima Verde disse o que precisa ser feito para que tudo dê certo e o melhor seja disponibilizado à delegação.

– Então são duas logísticas complicadas, difíceis, que requerem muita habilidade, muito jogo de cintura, muito pensar na frente, dinamismo pra fazer uma logística boa. Então, dessas duas, ainda acho que a de Novo Horizonte seja mais complicada. Mas a do jogo do Tombense também não é fácil. Mas que nós conseguimos fazer, com êxito, da melhor maneira possível e sendo uma logística que acredito que agradou a todos dentro das possibilidades.

NOTA DO BLOG

Fico feliz em ver um profissional alagoano ser prestigiado pelo CRB. A competência do nosso Lima Verde ultrapassa fronteiras.

Como ele, existem outros profissionais ligados ao futebol do nosso Estado, também competentes.

Arivaldo Maia

Blog com Redação do ge – Alagoas