Category Archives: Dirigentes

Alvo da Justiça, presidente do Benfica tem casa pichada
   15 de julho de 2020   │     18:40  │  0

Luís Filipe Vieira é alvo da justiça portuguesa — Foto: Reprodução / Site Oficial

Luís Filipe Vieira é alvo da justiça portuguesa — Foto: Reprodução / Site Oficial

Alvo da Justiça em Portugal, o presidente do Benfica, Luis Filipe Vieira, teve sua casa pichada em Lisboa, em manifestações que seriam de torcedores do clube. De acordo com o jornal “A Bola”, fãs entraram no condomínio fechado onde fica a residência do dirigente e pintaram na fachada frases como “Demissão!”, “Rua!” e “Sai do Benfica!”.

As pichações ainda teriam a “assinatura” “De sócios para presidente”. O incidente teria ocorrido horas depois de Luis Filipe Vieira prestar depoimento ao Ministério Público português sobre uma acusação de fraude fiscal. O dirigente seria suspeito de irregularidades no pagamento de 1,8 milhão de euros, feitos em 2018, por serviços de informática que supostamente não teriam sido prestados.
Na última segunda, um grupo de torcedores já havia protestado à frente do Estádio da Luz, esperando a chegada da delegação do Benfica para o duelo contra o Vitória de Guimarães. Na ocasião, uma faixa teria sido mostrada com dizeres para Luis Filipe Vieira: “Com tantos sacos e só tu que não vais para o saco” – uma referência ao nome da operação que tem o mandatário como alvo, Saco Azul.
Por conta da investigação, o Conselho de Administração de Valores Mobiliários (CMVM) suspendeu as negociações de ações do clube até que sejam divulgadas novas informações sobre o caso. O jornal “O Jogo” afirma que a Procuradoria-Geral da República confirmou que três pessoas foram indiciadas em inquérito aberto – e o presidente do Benfica seria uma delas.
Em meio à polêmica judicial, Luis Filipe Vieira segue com outra preocupação envolvendo o futebol brasileiro: a tentativa de contratar Jorge Jesus. O técnico do Flamengo, seu amigo pessoal, seria o grande objetivo do mandatário para a próxima temporada. O Mister segue em silêncio sobre o possível retorno ao clube, enquanto se prepara para enfrentar o Fluminense na decisão do Campeonato Carioca, nesta quarta-feira.
Blog e Globo Esporte

Presidente quer usar Jesus nas eleições do Benfica
     │     9:45  │  0

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, (foto acima/FOX Sports), está na disputa para se reeleger no cargo nas eleições do clube, que acontecem em outubro deste ano, e a contratação de Jorge Jesus é a principal promessa da campanha do candidato.

Segundo o jornal O Jogo, Vieira ofereceu ao técnico do Flamengo um contrato de quatro anos, mesmo período de um possível novo mandato dele na presidência benfiquista.

O mandatário português teria a intenção de igualar o salário que Jesus recebe no Brasil, além da promessa de reforços para o elenco da equipe. Um desfecho é esperado até o fim da noite de hoje, quando o Flamengo faz a final do Campeonato Carioca contra o Fluminense.

Jesus, inclusive, teria manifestado às pessoas próximas a ele o desejo de retornar ao Benfica. Todas as negociações ainda se dão no âmbito pessoal, e o Rubro-Negro ainda não foi contactado. O novo vínculo do comandante com o clube, assinado em junho deste ano, vai até a metade de 2021.

Blog com Gazeta Esportiva

Rafael Tenório fala sobre a saída de Raimundo Tavares
   14 de julho de 2020   │     0:01  │  0

Rafael Tenório diz que encara saída de Tavares com naturalidade — Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com

Rafael Tenório diz que encara saída de Tavares com naturalidade — Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com

O presidente do CSA, Rafael Tenório, falou sobre a saída de Raimundo Tavares do departamento de futebol do clube. Em entrevista ao GloboEsporte.com, Tenório disse como recebeu a notícia do desligamento.

– Eu vejo isso com muita naturalidade. O Raimundo ocupa esse cargo há cinco anos, fazer futebol não é fácil, é estressante demais, a cobrança é muito grande, lidar com jogadores e empresários é uma das tarefas mais difíceis que existem, então eu encaro essa saída dele com naturalidade. Ainda mais sabendo que o cargo que ele ocupava não é remunerado.

Perguntado se descumpriu algum acordo com Raimundo Tavares, como foi alegado pelo antigo gestor do futebol, Tenório tentou amenizar a situação.

– Eu não vou comentar as declarações do Raimundo. Sei que ele está cansado, ainda mais num momento de pandemia como esse que estamos atravessando, e respeito a decisão dele. Confesso que, se pudesse, eu também me afastaria por um tempo para descansar. Quanto ao Conselho Deliberativo, sei que estará muito bem entregue enquanto o Raimundo estiver ausente.

O presidente também falou como ficará o departamento de futebol do CSA com a saída de Tavares.

– O departamento de futebol vai continuar como está. Nós contratamos o Marcelo Barbarotti para fazer esse trabalho que vem fazendo, é um profissional muito qualificado e tem o nosso respeito para continuar exercendo o cargo que ocupa no CSA.

Blog com Globo Esporte/AL

 

“Dá até vontade de chorar”, diz presidente do Sport
   12 de julho de 2020   │     22:00  │  0

Milton Bivar assumiu a presidência do Sport em 2019 — Foto: Imagens: Emerson Paixão

Milton Bivar assumiu a presidência do Sport em 2019 — Foto: Imagens: Emerson Paixão

Um suspiro, às vezes, pode dizer até mais do que palavras. Foi assim que o presidente do Sport, Milton Bivar, reagiu antes de começar a responder uma pergunta determinante para a temporada de 2020: como tem sido gerir um clube de Série A, com muitas dívidas, no período de pandemia?

Na sala do Conselho Deliberativo do Sport, devidamente paramentado, de máscara, para evitar o contágio pela Covid-19, o mandatário relata a rotina de quem, em um cenário atípico de calamidade pública, precisa fazer malabarismos para administrar as finanças.

“Às vezes, dá até vontade de chorar. De coisas assim que você procura: ‘Poxa, essa semana não teve ninguém que deu um empurrãozinho, ajudou aqui.’ Sabe? Tem dia que é assim, acontece. Mas você acaba se acostumando.”

Milton Bivar assumiu o Sport no ano passado diante de uma crise financeira que se mostrou ainda mais grave do que o imaginado, segundo a própria diretoria. Ali, o Rubro-negro havia sido recém-rebaixado à Série B do Brasileiro em um cenário conturbado, com meses de salários atrasados com elenco e funcionários.
“Eu estou me acostumando a esse dia a dia. Às vezes, ligar e dizer: ‘É do Sport Club do Recife’. E ouvir: ‘Não, não está’. Brincadeira, né?! Mas infelizmente você tem que se acostumar com o dia a dia dessas coisas todas.”

O acesso à Série A de 2020 foi a esperança de alívio nos cofres do Leão, ainda que não o suficiente. Mas com a paralisação, o que era difícil, ficou ainda pior. Pois o Sport perdeu receitas com sócios, patrocinadores e renda das bilheterias no estádio. Atualmente, o clube acumula dívidas na Fifa, na Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e na Justiça do Trabalho.

“Hoje o Sport tem um para receber e cinco para pagar. Então, você tem que diminuir essa relação. Próximo ano, temos que ter um para pagar e três para receber, e aí vai melhorando. Porque quando você fica um para um, vou receber R$ 50 milhões, vou pagar R$ 50 milhões. Mas no momento a situação do Sport não é. Cada R$ 1 que o Sport receber, deve R$ 5.”

Blog com Globo Esporte/PE

Sem público até o fim, Paulistão retorna dia 22
     │     17:00  │  0

O governo de São Paulo autorizou o reinício da primeira divisão (Série A1) do Campeonato Paulista a partir de 22 de julho. Segundo o governador João Doria, os jogos deverão ocorrer sem público e em cidades que estejam na fase amarela, a terceira das cinco que integram o Plano São Paulo, que é o programa de flexibilização das atividades no estado.

A previsão é que o Paulistão termine em 8 de agosto, mesmo dia previsto para o início das Séries B e C do Campeonato Brasileiro e um dia antes do começo da Série A. A coincidência de datas não preocupa ao presidente da FPF.

“Temos um entendimento e diálogo constante com o presidente da Confederação Brasileira de Futebol [CBF], Rogério Caboclo. Acharemos o melhor caminho. Isso será cuidado quando tivermos a definição dos finalistas, mas, será definido em comum acordo com a CBF”, conclui Paulo Menezes, coordenador do Centro de Contingência.

Blog com Agência Brasil