Category Archives: Dirigentes

Márcio Lessa se diz impedido de disputar eleição no CRB
   11 de julho de 2019   │     11:00  │  0

O conselheiro Márcio Lessa está na bronca com a atual gestão do Conselho Deliberativo do CRB. Pré-candidato na eleição para o conselho, Lessa alega que está sendo impedido de colocar o nome na disputa, marcada para hoje. Chegou até a gravar vídeo para protestar.

Em entrevista ao GloboEsporte.com, o conselheiro afirma que há mais de dez dias tenta um contato com o atual presidente do conselho, Fernando Paiva, mas está sendo ignorado. Como se não bastasse a falta de resposta de Paiva, Márcio Lessa diz que o local indicado no edital de convocação para registrar as candidaturas não funciona.

– Eu estou nesse exato momento no Casarão. Está desativado o local de inscrição e, infelizmente, o presidente do Conselho Deliberativo nem atende as minhas ligações e nem me atende. Eu não tenho como fazer a minha inscrição. Estou com a documentação, mas o Casarão está fechado. Desde a quinta-feira da semana passada que venho e desde o dia 29 de junho que eu tento falar com o presidente do conselho e não consigo porque não sou atendido por ele. Como também ele não me passou a atual relação dos conselheiros do CRB. Isso é uma informação que só ele tem. No entanto, a outra candidatura (de Kennedy Calheiros, candidato da situação) foi recebida no restaurante. Mas o local determinado pelo edital está desativado.

O GloboEsporte.com entrou em contato com o presidente do Conselho Deliberativo do CRB, Fernando Paiva, que se defendeu das acusações.

– Eu me coloquei à disposição do candidato Márcio Lessa para receber a documentação de registro da candidatura dele até mesmo no meu e-mail, e ele pode fazer isso até as 23h59 da última quarta-feira. Se ele foi no Casarão e estava fechado, ele tinha outros meios de registrar a candidatura dele, assim como uma chapa composta por sócios-torcedores o fez. Ele me pediu a relação dos conselheiros do clube para fazer campanha e eu o informei que ele pode consultar a lista no site do próprio clube. O CRB precisa de união e não o contrário.

Blog com Globo Esporte/AL

CRB vai eleger novo presidente do Conselho Deliberativo
   6 de julho de 2019   │     17:00  │  0

Fernando Paivai é o atual presidente do conselho — Foto: Rafael Brito/GloboEsporte.com

Fernando Paivai é o atual presidente do conselho — (Foto: Rafael Brito/GloboEsporte.com)

A eleição para o Conselho Deliberativo do CRB está com data marcada. A assembleia que vai eleger o novo presidente do grupo de conselheiros será realizada na próxima quinta-feira, dia 11 deste mês, num centro empresarial da capital alagoana, a partir das 19h.

De acordo com o estatuto do clube, poderão votar os conselheiros natos, os conselheiros, os sócios-proprietários e sócios-torcedores integrantes das categorias Galo Fiel Diamante e Galo Fiel Ouro. Para participar da eleição, os sócios-torcedores têm que fazer parte do quadro de sócio há, pelo menos, dois anos.

Nomes

O conselheiro Márcio Lessa colocou o nome à disposição, e pode ser o substituto de Fernando Paiva, atual presidente. Outro nome que pode surgir na disputa é o de Kennedy Calheiros.

O mandato do conselho é válido para o triênio 2019/2022, e as inscrições das chapas podem ser feitas até o dia 10 de julho, em horário comercial (8 às 12h e 14 às 18h, de segunda à sexta), na sede administrativa do clube, que fica localizada no bairro de Jaraguá.

Blog com Globo Esporte/AL

Presidente da Liga Espanhola não aprova Neymar
   1 de julho de 2019   │     17:16  │  0

Javier Tebas não vê retorno de Neymar à Espanha com bons olhos — Foto: Getty Images

Javier Tebas não vê retorno de Neymar à Espanha com bons olhos — (Foto: Getty Images)

Neymar vai ou não para o Barcelona? A princípio, a saída do brasileiro do Paris Saint-Germain para o clube catalão seria boa para o Campeonato Espanhol, que contaria com mais uma grande estrela e, consequentemente, teria ainda mais visibilidade. Porém, o presidente da La Liga (Campeonato Espanhol), Javier Tebas, não se mostra a favor do retorno do atacante. Em entrevista à rádio espanhola Onda Cero, Tebas afirmou que os problemas extracampo de Neymar não são um bom exemplo para a imagem da competição.

– Prefiro outros tipos de jogadores. Neymar é um grande jogador, mas, se não dá exemplo fora de campo, prefiro que não volte à La Liga.

O dirigente não fecha as portas para o brasileiro. Mas ele pede que, caso volte, Neymar apresente um comportamento melhor, dentro e fora dos gramados. O atacante é acusado de agressão e estupro pela modelo Najila Trindade Mendes de Souza durante encontro íntimo em Paris no mês de maio.

– Nós trabalhamos duro na imagem do campeonato, uma imagem com valores, e queremos preservá-la. Quanto mais grandes jogadores tivermos, melhor para a competição. Mas, no caso do Neymar, minha opinião é que esse comportamento fora de campo não é apropriado. Não é bom para a competição. Na minha opinião, pode voltar se conseguir se comportar melhor.

 

Presidente do Galo ganha R$ 10 mil por vazamento de telefone na web
   14 de junho de 2019   │     0:01  │  0

O processo se desenrolava desde 2018 após a eliminação da Copa do Brasil- (Foto: Divulgação/Atlético-MG)

 

O presidente do Atlético-MG, Sérgio Sette Câmara, (foto acima/Divulgação/Atlético-MG), ganhou uma ação que movia na justiça contra o torcedor Kaio Filipe Ferreira de Aquino que vazou o número telefônico do dirigente na internet, gerando invasões e ataques de torcedores a Sette Câmara em 2018.

O presidente do Galo terá direito a uma indenização no valor de R$ 10 mil reais por danos morais. A divulgação do número de Sette Câmara aconteceu logo a eliminação do Galo na Copa do Brasil do ano passado, para a Chapecoense.

A juíza Daniella Paraíso Guedes Pereira, do Rio Grande do Norte, terra natal de Kaio, deu ganho de causa ao mandatário atleticano e julgou procedente o pedido de R$ 10 mil. Kaio vai pagar também os 10% do valor da causa em honorários advocatícios.

Blog com Terra Esportes

Mando de campo do CSA não foi negociado com Roni
   25 de maio de 2019   │     20:34  │  0

Ex-jogador Roni,agora empresário, opera maioria dos jogos dos clubes cariocas fora do Rio (Foto: Arquivo Pessoal)

 

Além do jogo da tarde de hoje entre Botafogo e Palmeiras, o estádio Mané Garrincha, em Brasília, foi palco de uma operação da Polícia Civil do Distrito Federal que resultou na prisão do empresário e ex-jogador Roni, que comprou o mando de jogo da tarde de hoje e que não tem nenhum negócio com o CSA. Houve busca e apreensão em vários endereços, entre eles o próprio estádio. Também foi detido o presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, Daniel Vasconcelos.

A operação tem por base um inquérito da Divisão de Repressão aos Crimes contra a Ordem Tributária (Dicot). A suspeita é que um grupo criminoso fraudava dados dos jogos, informando uma arrecadação a menos do que realmente houve para pagar menos taxas ao governo do Distrito Federal.

Segundo a Polícia Civil, a operação “visa reprimir a atuação de um grupo criminoso especializado em fraudar o erário na realização de jogos de futebol, oportunidade que elaboram os boletins financeiros (borderô) inserindo dados falsos, informando a arrecadação menor, conseguindo com isso pagar menos impostos e, no caso do Distrito Federal, menor valor de aluguel do estádio, uma vez que tanto os tributos quanto o aluguel são calculados com base na arrecadação total”.

Também de acordo com a Polícia Civil, há indícios de crimes de estelionato, associação criminosa, falsidade ideológica e sonegação fiscal. Já as buscas ocorreram nas cidades de Brasília, Luziânia (GO), que fica próxima ao DF, e Goiânia. Entre os alvos também está a Federação Brasiliense de Futebol (FBF).

A operação que levou à prisão de Roni se chama “Episkiros”, um jogo de bola na Grécia antiga que guarda semelhanças com o futebol. O GLOBO não conseguiu entrar em contato com funcionários da empresa de Roni.

A Confederação Brasileira de Futebol disse que não vai comentar, mesmo com o amistoso da seleção brasileira sendo lá em Brasília daqui a dez dias, no dia 5 de junho, contra o Qata

Roni  não foi o comprador do mando de campo do jogo CSA x Flamengo. O dirigente Raimundo Tavares afirmou há poucos instantes ao companheiro Jorge Moraes que a negociação do clube azulino foi com outro empresário.

Blog e EXTRA