Category Archives: CSA

Fernandes ainda dá esperança ao torcedor do CSA: “Com três vitórias, a gente pode conseguir o objetivo”
   2 de outubro de 2022   │     13:30  │  0

Técnico diz que maior tempo de preparação do Guarani pesou para a derrota no confronto direto.

O técnico Roberto Fernandes foi comedido na coletiva após a derrota para o Guarani, de virada na última sexta-feira, por 2 a 1, e procurou não desanimar a torcida azulina para sequência da Série B.

A Equipe continua na zona de rebaixamento e precisa se superar na reta final para evitar o rebaixamento. Faltam ainda seis jogos na Série B.

– Não adianta lamentar. Nós precisamos aí de vitórias, eu acredito ainda que com três vitórias a gente pode conseguir o objetivo – comentou o treinador, projetando a reta final do campeonato.

– Restam seis jogos e isso dá um percentual de aproveitamento de 50%, percentual que acredito que a gente não conseguiu ter ao longo desse campeonato. Então, agora é a hora da superação pra que a gente possa buscar o resultado que interessa e garantir a permanência.
“Mas eu acredito que era aquele tipo de jogo que a gente iria estar jogando até agora e as coisas não funcionaram bem.”

Fernandes ainda analisou o desempenho da equipe e apontou o peso do adversário ter mais tempo de preparação.

– A equipe começou fazendo um bom jogo, buscando pressionar o adversário, criou algumas situações e chegou ao primeiro gol. Curiosamente, depois que fizemos o gol, fomos diminuindo o ritmo da nossa equipe, o tempo a mais que o Guarani teve de se preparar pra esse jogo – foram cinco dias a mais -, eu acho que acabou pesando um pouco, porque a gente faz o primeiro gol e inexplicavelmente o ritmo de jogo começa a baixar. E aí o Guarani começa a crescer e chega ao empate.

Roberto Fernandes ainda apontou outro fator que dificultou as ações azulinas, principalmente no segundo tempo.

– No momento que chegou ao empate, a equipe sentiu um pouco isso aí, voltamos pro intervalo, conversamos com os atletas, buscamos orientar algumas situações e levamos um gol super, mega, hiper precoce.

“Um gol cedíssimo no segundo tempo e, a partir daí, o que a gente viu foi uma equipe martelar, criar oportunidades, mas esbarrou no sistema defensivo do Guarani.”

O técnico também comentou sobre as substituições na etapa final.

– Fizemos modificações sempre buscando a melhora da equipe, modificando situações de construção da nossa equipe, por exemplo, pelo meu lado esquerdo, tanto o Barcelos quanto o Diego são jogadores destros. Então colocamos o Mercado ali pra se ter profundidade na linha de fundo pelo lado esquerdo, como a gente tinha pelo lado direito com o Osvaldo – argumentou Fernandes, apontando novamente o desgaste.

– Aí o desgaste foi batendo em alguns atletas e no momento que foi desgastando a gente foi substituindo, sempre buscando a equipe se tornar mais ofensiva, e as últimas substituições são aquelas do desespero, quando a gente colocou praticamente quatro atacantes, pra que essa bola fosse alçada na área, porque essa jogada de cruzamento poderia, se tivesse sido feito com mais eficácia, causar dano ao adversário.

NOTA DO BLOG

Ontem, após atualização, o Site INFOBOLA colocou o CSA com 63% de chances para cair.

Essa conta feita pelo excelente Roberto Fernandes, não sei se bate com os cálculos matemáticos. Sua opinião, entretanto, com o treinador azulino não poderia ser diferente.

É um percentual muito alto, mas, sou alagoano e vou torcer até o minuto final da última partida, já que o nosso futebol não pode ficar sem o CSA na Série B.

Tem camisa, imensa torcida e linda história no futebol brasileiro.  Necessitamos dos dois  maiores clubes de Alagoas – CSA e CRB –  na Série B.

Nunca fui encantado pela Série A. Poderemos ter estrutura para tal mais adiante. Agora não!

Arivaldo Maia e Redação do ge – Alagoas

 

Elton comenta derrota do CSA em confronto direto: “A gente não pode baixar a cabeça”
     │     9:30  │  0

Elton disse que não estava nos planos a derrota para o Guarani — Foto: Reprodução/Instagram

Elton disse que não estava nos planos a derrota para o Guarani — (Foto: Reprodução/Instagram)

Experiente, atacante de 37 anos tenta tranquilizar a torcida: “Depende só da gente ainda”.

A derrota de virada para o Guarani complicou a situação do CSA na reta final da Série B. Na 32ª rodada, a equipe se manteve na zona de rebaixamento e agora faz as contas para se livrar do rebaixamento.

Em entrevista à repórter Andrea Resende, do Sportv, o atacante Elton analisou o momento do CSA no Brasileiro e não escondeu a frustração com o revés da última sexta-feira.

– É difícil falar num momento desse. A gente sabia que era um jogo dificílimo, porém, a gente estava jogando em casa, sabia da importância da vitória, conseguiu sair na frente, mas infelizmente acabou tomando a virada. A gente tentou de todas as formas e agora é ver o que errou, o que pode melhorar porque a gente não pode baixar a cabeça. A gente está num momento importante no campeonato onde a gente tem seis jogos pela frente e vamos trabalhar.

Na próxima terça-feira, o CSA encara o Grêmio fora de casa. O centroavante disse o que precisa ser feito para voltar de Porto Alegre com a vitória.

– Continuar fazendo o nosso trabalho, buscando sair o mais rápido dessa zona incômoda e na terça-feira já temos mais um confronto dificílimo contra o Grêmio. Vamos trabalhar bem, trabalhar firme, pra buscar a vitória.

Experiente, Elton tentou tranquilizar a torcida e ressaltou que o CSA ainda depende somente de si.

– Acho que a gente tem que ter tranquilidade, a gente sabe que uma derrota dentro de casa, contra um adversário direto ali, não estava nos nossos planos, mas a gente tem jogadores experientes aqui, a gente tem que ter tranquilidade, calma, porque depende só da gente ainda.

O CSA tem seis jogos pra fazer o melhor, sair dessa zona e se livrar do ‘Fantasma’ da Zona de Rebaixamento.

Arivaldo Maia com Redação do ge – Alagoas

Hoje, Roberto Fernandes pode mudar sistema contra o Guarani
   30 de setembro de 2022   │     7:00  │  0

Roberto Fernandes não sabe se conta com Lucas Barcelos contra o Guarani — Foto: Morgana Oliveira/Ascom CSA

Roberto Fernandes não sabe se conta com Lucas Barcelos contra o Guarani — (Foto: Morgana Oliveira/Ascom CSA)

Atacante Lucas Barcelos sentiu fisgada na coxa e ainda não tem presença garantida no jogo.

O técnico Roberto Fernandes tem uma dúvida na escalação do CSA para o confronto direto contra o Guarani, nesta sexta-feira, às 19h, no Estádio Rei Pelé.

O atacante Lucas Barcelos deixou a última partida sentindo uma fisgada na coxa direita e está sob cuidados junto ao departamento médico. Nessa quarta-feira, deu voltas ao redor do gramado enquanto os companheiros treinavam com bola.

Caso o atacante não tenha condições de jogo, Roberto Fernandes deve alterar o sistema tático da equipe.

Suspenso na vitória contra o Tombense, por conta da expulsão diante da Chapecoense, Rickson vira uma opção para atuar no meio-campo. Assim, o CSA saíria do 4-3-3 para o 4-4-2, priorizando a marcação no meio campo.

No gol, Marcelo Carné deve voltar. Apesar das boas atuações do substituto Paulo Ricardo, contra Chapecoense e Tombense, o treinador foi cauteloso e disse que o titular tem um histórico que precisa ser levado em conta.

Uma provável escalação deve ter: Marcelo Carné; Lucas Marques, Guilherme Paraíba, Lucão e Diego Renan; Geovane, Gabriel e Yann Rolim; Lucas Barcelos (Rickson), Osvaldo (Lucas Barcelos) e Elton.

Arivaldo Maia com Redação do ge – Alagoas

CSA vence o Tombense, mas segue no Z4 da Série B: 2 a 0
   26 de setembro de 2022   │     22:26  │  0

Comemoração do CSA com a importante vitória conquistada sobre o Tombense – (Foto: AILTON CRUZ)

Azulão continua na 17ª posição na tabela e fez seus gols com Élton e Lucas Barcelos, ambos no primeiro tempo.

Em jogo nesta segunda-feira (26), o CSA conseguiu uma importante vitória sobre o Tombense, em jogo isolado que fechou a 31ª rodada da Série B do Brasileiro. O confronto foi disputado no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

Os gols do Azulão, que dominou a partida e teve mais volume de jogo, ao menos no primeiro tempo, foram de Élton e Lucas Barcelos, ambos na etapa inicial. Detalhe: este foi o 11º gol de Barcelos com a camisa azulina. Veja como foi o Tempo Real!

Mesmo com este resultado, o Azulão segue na 17ª posição, ainda no Z4, com 35 pontos, ao menos até o início 32ª rodada, quando enfrentará o Guarani, precisando vencer, que também tem 35 pontos e ocupa a 16ª posição, por ter uma vitória a mais. Enquanto isso, o Tombense do ex-técnico azulino Bruno Pivetti, ocupa o 12º lugar, com 40 pontos.

Pela 32ª rodada, Azulão e Gavião voltam a campo ainda nesta semana. O time azulino na sexta-feira (30), de novo no Rei Pelé, onde recebe o Guarani, às 19 horas. E o time mineiro joga um dia antes, na quinta-feira (29), em casa, no Estádio Soares de Azevedo, em Muriaé-MG, contra o Novorizontino, também às 19 horas.

Arivaldo Maia, Fernanda Medeiros e Raphael Alves – Gazetaweb

 

Hoje: Roberto Fernandes tem retorno de Diego Renan e deve contar com Gabriel contra o Tombense
     │     7:00  │  0

Gabriel deve voltar ao CSA contra o Tombense — Foto: Morgana Oliveira/Ascom CSA

Gabriel deve voltar ao CSA hoje contra o Tombense — (Foto: Morgana Oliveira/Ascom CSA)

Machucado, Werley deve desfalcar a equipe no jogo desta segunda; Marcelo Carné está suspenso.

O técnico Roberto Fernandes ganhou opções para escalar a equipe do CSA no confronto contra o Tombense, segunda, no Rei Pelé. Após cumprir suspensão, o lateral Diego Renan está de volta e deve reassumir a posição.

Outra novidade na formação deve ser o retorno do meia Gabriel. Recuperado da lesão no tornozelo direito, sofrida contra o Vasco, e recondicionado fisicamente, ele tem tudo para começar de primeira na partida que fecha a 31ª rodada da Série B.

As baixas certas são o goleiro Marcelo Carné e o volante Rickson, ambos expulsos. O clube, por outro lado, não deu informações sobre o quadro clínico do zagueiro Werley, que deixou o jogo contra a Chapecoense machucado. A tendência é que não jogue, inclusive.

Substituto no jogo passado, Guilherme Paraíba deve ser o escolhido para formar a dupla de zaga com Lucão. No meio, a opção deve ser por Gabriel.

A provável formação do CSA tem: Paulo Ricardo; Igor, Guilherme Paraíba, Lucão e Diego Renan; Geovane, Giva Santos, Gabriel e Lourenço; Lucas Barcelos e Elton.

Hoje, o CSA recebe o Tombese às 20h, no Rei Pelé. Com 32 pontos, o time alagoano ocupa a 17ª colocação, na Zona de Rebaixamento, e precisa vencer para não se afundar ainda mais no Z-4. A equipe mineira está na 12ª posição, com 40 pontos.

Arivaldo Maia com Redeção do ge – Alagoas