Category Archives: Copa do Mundo

Brasil e Rússia serão cabeças de chave da Copa; veja candidatos às outras seis vagas
   18 de setembro de 2017   │     0:03  │  0

Brasil de Tite será cabeça-de-chave na RússiaBrasil de Tite será cabeça-de-chave na Copa do Mundo da Rússia (Foto: Mowa Press)

O Brasil estará entre os cabeças-de-chave da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Isso é certo depois que a Fifa manteve o sistema adotado nos dois últimos Mundiais, com o ranking do mês de outubro para definir o primeiro pote do sorteio dos grupos. A honra, além do país anfitrião, cabe aos sete melhores colocados na classificação mundial da entidade, que leva em consideração jogos dos últimos quatro anos.

Na atualização de setembro a Seleção Brasileira aparece em segundo lugar, atrás da Alemanha. Já classificada, a equipe de Tite só depende de si para recuperar a ponta – basta vencer Bolívia e Chile nos jogos que restam -, mas o mais relevante é saber que nenhuma combinação de resultados deixa o Brasil abaixo da terceira colocação.

Caso o Brasil perca as duas partidas, aparecerá no ranking de outubro com 1453 pontos, marca que, além dos alemães, apenas a Argentina poderia superar, vencendo o Peru e pelo menos empatando com o Equador.

Na atual “zona dos cabeças-de-chave”, não há outros campeões mundiais além de Alemanha, Brasil e Argentina. As outras vagas são provisoriamente ocupadas por Portugal, Bélgica, Polônia e Suíça. Enquanto Inglaterra, Uruguai e Itália têm chances quase nulas de serem cabeças, França e Espanha estão na briga para entrar no grupo dos sete primeiros. Os franceses, hoje em oitavo, podem pagar caro pelo tropeço em casa contra Luxemburgo na última data Fifa.

Vale lembrar que portugueses e suíços se enfrentam na rodada final – um deles terá de disputar a repescagem em novembro.

A Fifa usa o ranking de outubro, e não o de novembro, para não dar uma vantagem injusta aos times que jogam os play-offs, enquanto outros, já classificados, jogam apenas amistosos, com peso menor para a pontuação. Participar ou não da repescagem, porém, não influencia na possibilidade de um time ser cabeça-de-chave. Portugal, caso vença Andorra, terá seu lugar garantido caso chegue ao Mundial, independentemente do caminho.

Blog com ESPN

Venda de ingressos para a Copa-2018 já estão disponíveis no site da Fifa
   15 de setembro de 2017   │     0:03  │  0

Resultado de imagem para estádios da copa 2018
Um dos modernos estádios da Rússia construidos para o Mundial de 2018 (Foto: Divulgação)

 

A Fifa anunciou que a venda de ingressos para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, já começou exclusivamente pelo site fifa.com/tickets.

O sistema de vendas é semelhante ao adotado pela Fifa no Mundial do Brasil, em 2014. Nesta primeira fase de venda de ingressos, que irá até 12 de outubro, os torcedores fazem o pedido dos ingressos e, caso exista procura acima do número de entradas à venda, haverá sorteio para determinar quem poderá comprar os tíquetes.

O sucesso ou não dos requerimentos será informado até o dia 16 de novembro, quando começa nova fase de venda. Até o dia 28 de novembro, os ingressos que ainda não foram comprados estarão à venda direta –quem comprar primeiro, leva.

A fase seguinte começa no dia 5 de dezembro, após o sorteio dos grupos da Copa do Mundo (no dia 1º de dezembro). Neste ponto, será possível saber quais serão as seleções que se enfrentarão em cada partida. Repetindo o sistema das fases anteriores, os pedidos podem ser feitos entre 5 de dezembro e 31 de janeiro de 2018. Depois, entre 13 de março e 3 de abril, os ingressos ficarão disponíveis para venda direta exclusivamente no site.

A comercialização das entradas em pontos de venda na Rússia acontecerá apenas na última fase de venda de ingressos, que será realizada a partir de 18 de abril até o fim do Mundial, em 15 de julho.

Para o jogo de abertura, o preço do ingressos para pessoas que não moram na Rússia será entre US$ 220 (R$ 679) e US$ 550 (R$ 1.696). Para russos, há entradas a 3.200 rublos (R$ 173). O público local terá bilhetes mais baratos durante toda a competição na categoria 4, como já ocorreu no Mundial de 2014.

Na fase de grupos do torneio, os bilhetes sairão entre US$ 105 (R$ 323) e US$ 210 (R$ 648). Para a final, variam entre US$ 455 (R$ 1.403) e US$ 1.100 (R$ 3.393).

Quem está no Brasil, poderá comprar ingressos com cartão de crédito ou por transferência bancária internacional.

Blog com FOLHA DE SÃO PAULO

Copa de 2018 na Rússia já tem 8 seleções classificadas
   8 de setembro de 2017   │     0:02  │  0

Resultado de imagem para Símbolo da Copa da Rússia

 

Terminou a penúltima Data Fifa das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Agora, oito seleções já estão classificadas para o torneio: Brasil, México, Irã, Bélgica, Rússia, Coreia do Sul, Japão e Arábia Saudita. Os outros times nacionais terão que entrar em campo em outubro novamente para tentar uma vaga para a competição.

Briga na Europa continua acirrada

Todos os grupos ainda estão indefinidos, há muita disputa entre as seleções pelas duas primeiras colocações de cada chave, cujo o primeiro se classifica diretamente para a Copa do Mundo e o segundo disputa um playoff por uma vaga.

O resultado positivo da Itália sobre Israel e a goleada da Espanha por 8 a 0 sobre Liechtenstein deixaram em aberto a disputa entre espanhóis e italianos pela primeira colocação da chave G e a classificação direta para a Copa do Mundo.

As vitórias da Turquia sobre a Croácia, por 1 a 0, e a da Islândia em cima da Ucrânia, por 2 a 0, embolaram também o grupo mais disputado das Eliminatórias europeias, a chave I, que tem quatro seleções (Croácia, Islândia, Turquia e Ucrânia) brigando ponto a ponto pelas duas primeiras posições. No momento, as seleções croata e islandesa levam a melhor na tabela, com 16 pontos cada, enquanto turcos e ucranianos ambos possuem 14 pontos.

Na América do Sul, só o Brasil está garantido

A única seleção que está tranquila na disputada Eliminatórias da América do Sul é o Brasil, que empatou com a Colômbia em 1 a 1. No momento, sete seleções vão brigar pelas últimas quatro vagas restantes nas últimas duas rodadas finais.

Duas grandes seleções tropeçaram na rodada. O Chile foi derrotado por 1 a 0 pela Bolívia, e a Argentina não saiu de um simples empate de 1 a 1 com a Venezuela, complicando-se nas Eliminatórias. Os argentinos estão em 5º, posição que garante vaga na repescagem, e os chilenos estão fora da zona classificatória. No entanto, quem se deu bem na rodada foi o Uruguai e o Peru.

Ambas seleções venceram seus jogos por 2 a 1 – contra Paraguai e Equador, respectivamente – e subiram na tabela. Os uruguaios ocupam a segunda colocação com 27 pontos. Já os peruanos estão em 4º, com 24.

Rodada nas Eliminatórias da Ásia classifica duas seleções

A fase de grupos das Eliminatórias asiáticas terminou, e quatro seleções estão garantidas para a Copa do Mundo de 2018: Irã, Coreia do Sul, Japão e Arábia Saudita. Austrália e Síria, as terceiras colocadas dos grupos A e B, vão se enfrentar nos playoffs, nos quais apenas uma delas avançará e disputará, na sequência, a repescagem contra uma seleção da Concacaf.

África, Ocêania e Américas Central e Norte também garantiram seleções na Copa

Os grupos das Eliminatórias africanas também estão disputados. Por lá, são cinco grupos com quatro seleções, e apenas o primeiro colocado se classifica. Com isso, há muita concorrência pelas vagas nas Copa do Mundo.

Grandes seleções estão próximas de não participarem, como Gana e Senegal. No entanto, Camarões e Argélia já estão fora do mundial. A fase ruim das grandes abriu espaço para surpresas: as seleções da Uganda, Zâmbia e Burkina Fasso estão muito próximas de disputarem pela primeira vez uma Copa do Mundo.

Na Ocêania, a Nova Zelândia empatou com Ilhas Solomão, mas se classificou para a repescagem. Os neozelandeses vão enfrentar o quinto colocado da América do Sul, que no momento é a Argentina.

Por fim, nas Américas Central e Norte, México já está classificado, e a Costa Rica está próxima de uma vaga. No entanto, em quarto lugar, o Estados Unidos tropeçou nesta rodada e corre sérios riscos de ficar de fora do mundial. A grande surpresa é o Panamá, que está na terceira colocação e pode se classificar para sua primeira Copa do Mundo.

Blog com Agência ANSA

Fox Sports fecha acordo para transmitir Copa do Mundo da Rússia
   27 de agosto de 2017   │     0:04  │  0

Estadio Lujiniki, em Moscou, esta em fase final de reforma para receber a abertura e a final da Copa
Estadio Lujiniki, em Moscou, esta em fase final de reforma para receber a abertura e a final da Copa

A Fox Sports Brasil informou que transmitirá os jogos da Copa do Mundo de 2018. O anúncio foi feito após acerto com a Rede Globo, detentora do direitos da Fifa no Brasil.

Na TV fechada, depois da desistência da ESPN Brasil de negociar com a Globo, os canais SporTV e agora o sinal da Fox transmitirão o Mundial para o Brasil.

A Copa da Rússia vai ter 64 jogos que ocorrerão entre 14 de junho e 15 de julho. Haverá onze cidades sedes: Moscou, São Petersburgo, Kaliningrad, Nizhny Novgorod, Kazan, Samara, Saransk, Volgograd, Rostov-on-Don, Ekaterinburg e Sochi.

Os jogos, para o público brasileiro, vão ocorrer entre o início da manhã e o meio da tarde. As partidas de abertura e a final serão ao meio-dia, pelo horário de Brasília. O que a equivale às 18h pelo horário da Rússia, que estará no verão.

Na TV aberta, até agora, a Rede Globo é a única emissora com os direitos de transmissão do campeonato de seleções.

A Rede Bandeirantes, oficialmente, ainda não desistiu de adquirir os jogos para os seus canais de televisão. O grupo paulista já anunciou que acertou a compra do sinal para sua cadeia de rádio.

Blog com FOLHA DE SÃO PAULO

Com 1 ano para Copa, Rússia tem atrasos e incêndio em estádio
   18 de junho de 2017   │     0:03  │  0

A exatamente um ano da abertura da Copa do Mundo na Rússia, um incêndio atingiu o estádio de Volgogrado que será usado para jogos do torneio. As chamas foram causadas pelo acúmulo de poliestireno expandido, um material de resina termoplástica chamado comercialmente de isopor.

Faíscas de soldagem atingiram o poliestireno e provocaram o fogo, que destruiu uma área de 100 metros quadrados. De acordo com fontes locais, as equipes do Corpo de Bombeiros conseguiram conter as chamas e não houve registro de mortos ou feridos. Faltando 365 para a primeira Copa do Mundo da Fifa no leste europeu, a Rússia ainda está distante de finalizar todos os preparativos e enfrenta uma série de desafios.

Confira

1)Atrasos na obras: Apenas 33% dos estádios que serão usados na Copa do Mundo de 2018 foram entregues até o momento. Das 12 arenas, apenas quatro estão concluídas, número menor que o do Brasil a um ano do Mundial de 2014 (o país tinha 6 estádios prontos).

2)Ameaças de terrorismo: A Rússia é aliada do governo sírio de Bashar al-Assad e mantém soldados no Oriente Médio para lutar contra rebeldes e grupos terroristas, como o Estado Islâmico (EI). Além disso, o país também enfrenta um conflito secular com forças nacionalistas e islâmicas chechenas. Esses dois cenários tornam a Rússia um alvo para atentados.

3)Protestos: Desde o mês passado, líderes opositores como Alexei Navalny convocam manifestações em Moscou e em várias outras cidades do país contra o presidente Vladimir Putin e em protesto pelo fim da corrupção. Somente nesta semana, mais de 1.500 pessoas foram presas nos protestos.

4)Escândalo com Estados Unidos: O governo russo está sendo investigado por sua relação com o líder norte-americano, Donald Trump, e sua possível interferência nas eleições à Casa Branca em 2016. Chamado de “Russiagate”, o escândalo atinge o alto escalão do governo Trump e as agências do FBI e da CIA.

Blog com Agência Brasil