Category Archives: Copa do Mundo

De ‘papelão mundial’ a ‘escândalo’: imprensa internacional critica suspensão de Brasil x Argentina
   6 de setembro de 2021   │     6:00  │  0

A imprensa internacional criticou a suspensão da partida entre Brasil e Argentina, que seria realizada neste domingo na Arena Neo Química, em São Paulo. O jogo foi interrompido por funcionários da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) após descumprimento de regras sanitárias por parte da equipe argentina.

Agentes da Anvisa entraram no gramado para determinar a deportação de quatro jogadores argentinos que não cumpriram quarentena. Houve confusão com a chegada dos servidores federais, e a seleção da Argentina deixou o campo na sequência. O time brasileiro aproveitou para fazer um treino.

Em seu portal, o jornal argentino “Olé” destacou em sua manchete: “Papelão mundial brasileiro”. O periódico ainda escreveu: “Membros de saúde se meteram no campo para deter jogadores da Premier League (liga inglesa). Escândalo total. Argentina se retirou. E a seleção de Tite apoiou os jogadores de Scaloni. Foi suspensa”.

Imprensa europeia

O espanhol “Marca” também classificou a decisão como um “escândalo”. “Suspenso Brasil x Argentina”, publicou em seu portal. O português “A Bola” noticiou a suspensão da partida e ressaltou que “no centro da polêmica estão quatro jogadores argentinos que representam clubes ingleses e que, segundo as regras determinadas pelo governo brasileiro, deviam ter cumprido um período de quarentena como todos os estrangeiros que entram no Brasil provenientes da Inglaterra”.

A BBC, por sua vez, escreveu: “Brasil x Argentina suspenso após jogadores visitantes serem acusados de violação à Covid-19”. Os britânicos chamaram a interrupção de “intervenção dramática”.

O italiano “Gazzetta dello Sport” classificou o episódio como “inacreditável” e publicou: “Brasil x Argentina interrompido após 7 minutos por ‘falta de quarentena'”.

Blog com o Globo

Espanha e Portugal oficializam candidatura dupla para serem sede da Copa de 2030
   5 de junho de 2021   │     5:00  │  0

sede da Fifa na Suíça

(Imagem: Agênia Brasil)

O namoro entre Espanha e Portugal para serem sedes conjuntas da Copa do Mundo de 2030 foi oficializado nesta quinta-feira, após quase dois anos de tratativas. Bandeiras das duas seleções foram hasteadas em estádios de ambos os países firmando o acordo que será sacramentado antes do amistoso desta sexta-feira.

Espanha e Portugal estarão frente a frente no Wanda Metropolitano, estádio do Atlético de Madrid, fazendo o amistoso clássico dos 100 anos. Nele estarão diversas autoridades dos países para o anúncio oficial da candidatura dupla. Além dos dirigentes, estarão entre os convidados o presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, e o primeiro-ministro português, António Costa.

“Este amistoso será o início de um projeto que unirá espanhóis e portugueses na escolha de sediar a Copa do Mundo”, anunciou a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF). “RFEF e Federação Portuguesa de Futebol (FPF) vão tornar visível a força desta candidatura no ato anterior ao jogo entre as suas seleções, cem anos após o seu primeiro jogo.”

Com a união, os países acreditam que largam com grande favoritismo na escolha para 2030. Os presidentes da RFEF, Luís Rubiales, e da FPF, Fernando Soares Gomes da Silva, receberão o apoio institucional dos mais altos representantes de ambos os países para organizarem a candidatura de Espanha e Portugal para o Mundial de 2030.

O Rei Felipe VI, o presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, o primeiro-ministro português, António Costa, e o presidente da república portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, darão visibilidade ao projeto, que promete unir os cidadãos e torcedores dos dois países. A solenidade de parceria será transmitida ao vivo na Espanha e em Portugal.

Além do Wanda Metropolitano, o Palácio das Telecomunicações, sede da Câmara Municipal de Madri, também refletirá a união dos países pelo Mundial de 2030. As fachadas de ambos serão iluminadas com as cores das bandeiras espanhola e portuguesa.

Apenas Ásia, que sediará a Copa de 2022, no Catar, o Concacaf, sede de 2026, não poderão participar do sorteio da sede de 2030, informou a Fifa. A candidatura de Espanha e Portugal, portanto, terá diversos concorrentes, como Marrocos, Grécia, Bulgária, Sérvia e Romênia, além da parceria tripla entra Argentina, Uruguai e Paraguai, até então dispostos a lutar pela competição de 2030.

Blog com informações do ESTADÃO Conteúdo

Filme sobre Baggio explora pênalti do tetra e briga com pai
   29 de maio de 2021   │     9:00  │  0

‘Divino Baggio’ conta a história de Roberto Baggio

‘Divino Baggio’ conta a história de Roberto Baggio – 

(Foto: Stefano C. Montesi/Netflix)

Roberto Baggio ficou marcado pelo pênalti perdido na final da Copa do Mundo de 1994. O italiano chutou para fora e fez a festa da torcida brasileira que confirmou a conquista do tetracampeonato mundial.

Esse erro acaba no centro de ‘Divino Baggio’, um filme de ficção da Netflix sobre a vida do ex-jogador italiano, que entrou no catálogo da operadora de streaming nesta semana.

Se você é apaixonado por futebol e espera rever grandes jogadas do talentoso atacante, esqueça. Apesar de explorar o pênalti perdido por Baggio, o filme acaba deixando o futebol um pouco de lado e explorando os dramas pessoais do ex-jogador.

A difícil relação com o pai, que parece nunca estar satisfeito com as conquistas do filho, e as contusões seguidas ajudam na construção de uma narrativa de superação. Grande parte da história contada pela diretora Letizia Lamartine se passa entre o Mundial de 1994 e o de 2002.

A participação de Baggio na Copa do Mundo de 1990 não é lembrada, por exemplo.

O filme deixa o telespectador com uma dúvida logo no começo quando Florindo, pai de Baggio, diz que o filho fez uma promessa após a Itália perder a decisão do Mundial de 1970 para o Brasil. “Eu estava lá desolado, você veio até mim e disse ‘vou ganhar a Copa contra o Brasil por você, prometo'”, disse.

Essa suposta promessa acaba conduzindo toda a carreira de Baggio. O camisa 10 teve a chance de cumprir o acordo na competição nos Estados Unidos, mas acabou como grande vilão. No filme, pesadelos mostram o peso que ex-jogador, melhor do mundo no ano anterior, sentiu.

A produção também mostra o lado religioso de Baggio e mostra com o budismo foi importante para a sua evolução como jogador. Ele mudou completamente o estilo de vida ao conhecer a crença.

O filme é uma boa pedida para aqueles que não sabem nada sobre aquele cara que errou um pênalti e fez Galvão Bueno pirar na transmissão da Rede Globo com o seu famoso: “acabou, acabou… é tretra!”. E vale também para os apaixonados pelo futebol que poderão mergulhar em uma outra camada de um dos maios importantes jogadores da história do futebol italiano.

Andrea Arcangeli caracterizado como Roberto Baggio

Andrea Arcangeli caracterizado como Roberto Baggio – 

(Foto: Stefano C. Montesi/Netflix)

 

Blog com Equipe portal

 

Fifa divulga cidades-sede e estádios do Mundial Feminino de 2023 na Oceania
   3 de abril de 2021   │     14:45  │  0

Sydney Football Stadium irá receber partida

Sydney Football Stadium irá receber partida 

A Fifa já divulgou as cidades-sede e estádios que receberão os jogos do Mundial Feminino de 2023, que será realizada em conjunto por Austrália e Nova Zelândia, dois países da Oceania. Ao todo, nove cidades e 10 estádios participarão da competição.

Sydney, Adelaide, Brisbane, Melbourne e Perth serão as cidades australianas que sediarão partidas, enquanto que Auckland, Dunedin, Hamilton e Wellington serão as neozelandesas.

O primeiro jogo será disputado no estádio Eden Park, em Auckland. Já a final será no estádio Olímpico de Sydney. As semifinais ocorrerão uma em cada país. A tabela com a distribuição dos confrontos por estádio será divulgada ainda em 2021.

Esta será a primeira edição do Mundial Feminino que será realizada em dois países simultaneamente. Além disso, será a primeira vez que o torneio terá 32 equipes – nas duas últimas edições, 24 seleções participaram.

“Aproveitando o incrível sucesso da França-2019 dentro e fora do campo, a Copa do Mundo Feminina da Fifa de 2023 e as 9 cidades-sede da Austrália e da Nova Zelândia não só apresentarão os melhores jogadores do mundo, mas também uma plataforma poderosa para unir e inspirar pessoas, transformar vidas e criar um legado duradouro para o futebol feminino na Austrália e na Nova Zelândia e em todo o mundo”, disse o suíço Gianni Infantino, presidente da Fifa.

Blog com o CORREIO DO POVO/RS

Europa inicia Eliminatórias para Copa de 2022 com restrições de público
   22 de março de 2021   │     19:45  │  0

Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 já devem começar na Europa

Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 já devem começar na Europa – 

Com algumas exceções, principalmente em regiões da ex-União Soviética, as Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2022 começará esta semana com arquibancadas vazias devido às medidas de combate à Covid-19, três meses antes da Eurocopa.

O Cazaquistão representa bem esse período de incerteza. Se por um tempo parecia que 30% do estádio Nur-Sultan seria ocupado para receber a França no domingo, por enquanto esta informação não foi oficializada e, segundo fontes próximas, poderia finalmente ser disputado a portas fechadas.

Os jogos sem público serão realizados por toda a Europa, incluindo nas doze cidades que vão receber a Eurocopa (11 de junho a 11 de julho), adiada um ano devido à pandemia.  A Uefa fixou o dia 7 de abril como prazo limite para que cada cidade-sede confirme em quais condições (com ou sem público) e proporções (quanto de ocupação das arenas esportivas) serão disputados os jogos que irão receber, diante de um desejo da entidade que comanda do futebol europeu de receber espectadores.

A Hungria continua com os jogos sem torcedores e a sediar encontros de clubes estrangeiros. Sobre os duelos da Eurocopa, o porta-voz da Federação Húngara, Jeno Sipos, disse à AFP que “vão indicar à Uefa quantos espectadores” será possível receber em Budapeste no prazo fixado para as 12 cidades-sede.

Bucareste como opção

O público também não estará presente no Azerbaijão, e por isso Baku foi excluída dos eventos testes para Eurocopa, uma péssima indicação sobre a manutenção da cidade como sede da competição continental. Já Bucareste planeja 25% de ocupação dos estádios nos quatro jogos da Eurocopa que irá receber, mas encontros da seleção da Romênia pelas Eliminatórias contra Macedônia e a Alemanha serão à portas fechadas.

Na Dinamarca, o Copenhagen Parken está programado para sediar quatro duelos da Eurocopa. Neste sentido, a Federação Dinamarquesa (DBU) lançou uma campanha para “relançar o futebol” na quarta-feira, apelando ao regresso dos torcedores às arquibancadas nas competições nacionais. Já o duelo entre Dinamarca e Moldávia pelo torneio classificatório para o Mundial no Catar será sem público.

Um pouco mais ao norte, as condições de entrada na Noruega são muito rígidas, com quarentena obrigatória, o que levou ao cancelamento de vários eventos esportivos. O jogo da seleção norueguesa com a Turquia, agendado para 27 de março e que seria em Oslo, foi transferido para Málaga (Espanha), sem público.

A Noruega, liderada pelo atacante Erling Haaland, do Borussia Dortmund, já estará na província espanhola porque três dias antes jogará com o Gibraltar, em Marbella. Na Inglaterra e no País de Gales, o plano do governo para o levantamento progressivo das medidas de combate ao coronavírus prevê o retorno dos espectadores aos estádios, em meados de maio, com capacidade máxima de 10.000 pessoas ou um quarto da capacidade do estádio.

Já no Uzbequistão, os jogos do campeonato são disputados como se nada tivesse acontecido, em estádios lotados, a única exceção em um conjunto de países em que a bola de futebol ainda permanece confinada.

Blog com o CORREIO DO POVO/RS