Category Archives: Copa do Brasil

Copa do Brasil: Corinthians x Fla, amanhã, em São Paulo
   25 de setembro de 2018   │     11:39  │  0

Maurício Barbieri trata o jogo contra o Corinthians como o mais importante do FlaMaurício Barbieri trata o jogo contra o Corinthians como o mais importante do Fla (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

O Flamengo vai jogar a vida contra o Corinthians nesta quarta-feira, às 21h45, na Arena Corinthians, pela semifinal da Copa do Brasil. Se passar, vai disputar a segunda final consecutiva da competição. Por isso, o técnico Maurício Barbieri vê o confronto entre os dois maiores clubes do Brasil como “o mais importante do ano” para o Rubro-negro, que já foi eliminado da Copa Libertadores e ocupa a quarta posição no Campeonato Brasileiro.

– Jogo mais importante do ano. Se tratando de Copa do Brasil. Vamos fazer de tudo para passar, mas não diminui a responsabilidade no Brasileiro. (…) O tempo é curto. Tem que pensar mais na recuperação dos jogadores. Tem escolhas importantes a fazer. Farei de acordo com as características do adversário. Não posso adiantar as escolhas para vocês – disse na coletiva de imprensa, na manhã desta terça-feira.

Na partida de ida, no Maracanã, o placar não saiu do 0 a 0. O Corinthians foi extremamente defensivo , mas o Flamengo não soube aproveitar melhor para conseguir passar a barreira e buscar os gols. Agora, no segundo jogo, o treinador rubro-negro espera um rival mais aberto.

– Acho que a tendência é que eles mudem a postura. O próprio Jair disse que, em São Paulo, seria outra postura. Acho que vão sair mais, se expor. A torcida vai exigir isso deles. Caso eles permaneçam na postura mais defensiva, temos que ter calma, serenidade, para encontrar os espaços (…) Acredito que não vão entrar novamente com três volantes e vão adotar essa postura diferente do que fizeram aqui – disse o treinador.

Diego não está garantido

Sobre o retorno de Diego, que ficou fora da vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-MG, no domingo, pelo Brasileiro, Barbieri não quis confirmar a escalão do seu camisa 10. Ele cumpriu suspensão por conta da expulsão no clássico contra o Vasco. Sem o craque, o treinador optou por dois volantes, Cuéllar e Willian Arão, como titulares.

– Diego é um jogador de qualidade indiscutível. A carreira dele mostra isso. Tem peso muito grande para o elenco. Ele fez uma parte do treino ontem e vamos ver como ele estará hoje. Vamos fazer escolhas que possam dar resultados. Ele pode ficar fora, assim como qualquer outro jogador.

Blog com EXTRA

 

Sorteio de árbitro da semifinal gera novo desgaste entre Flamengo e CBF: ”Absolutamente revoltante”
   12 de setembro de 2018   │     0:04  │  0

   Bráulio da Silva Machado vai apitar Flamengo x Corinthians (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)
Bráulio da Silva Machado vai apitar Flamengo x Corinthians, hoje, no Maracanã (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)

 

Depois de expor publicamente o desconforto com a decisão da CBF de manter a semifinal da Copa do Brasil para a noite de hoje, o Flamengo se mostrou incomodado novamente com a entidade. O novo desgaste envolve a definição do árbitro do jogo diante do Corinthians, no Maracanã. Por sorteio, Bráulio da Silva Machado apitará o confronto.

O sorteio não caiu bem para o presidente Eduardo Bandeira de Mello. Explica-se, em junho deste ano, o próprio dirigente disparou contra a atuação do juiz catarinense no confronto entre Flamengo e Palmeiras, em São Paulo. Na época, Bandeira questionou a falta de critério do árbitro e citou especificamente o lance de uma entrada dura de Felipe Melo em Vinicius Junior, punida com cartão amarelo. O presidente disse que o jogador alviverde deveria ter ”saído de camburão do estádio”.

Houve também questionamento em relação ao acréscimo de tempo. O árbitro encerrou a partida antes do que havia assinalado após a expulsão do goleiro alviverde Jaílson. A partida foi encerrada quando o Rubro-Negro tinha a bola, cauiando irritação do lado dos cariocas. Com a arbitragem confusa, houve confusão e expulsões.

Há cerca de 10 dias, Bandeira questionou com veemência a decisão da CBF de manter a semifinal da Copa do Brasil colada com os amistosos da seleção. Ele considerou a decisão descabida e arbitrária.

– Só o fato de ele ter sido incluído no sorteio já demonstra falta de respeito ao Flamengo. Isso, a convocação do Paquetá para um amistoso inexpressivo e a negativa em adiar a partida, são evidências da interferência no equilíbrio da competição. Absolutamente revoltante – disse o presidente.

Flamengo e Corinthians disputam o primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil, logo mais às 21h45, no Maracanã. O jogo de volta será dia 26, em São Paulo.

Blog com Globoesporte

CBF rejeita pedido de adiamento feito pelo Flamengo; Bandeira lamenta “decisão arbitrária e descabida”
   1 de setembro de 2018   │     0:04  │  0

Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo (Foto: Bruno Cassucci)

Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo (Foto: Bruno Cassucci)

O pedido de adiamento feito pelo Flamengo para o primeiro jogo contra o Corinthians, pela semifinal da Copa do Brasil, foi recusado pela CBF. A intenção do Rubro-Negro era mudar a data do dia 12 para o dia 19 de setembro, mas a entidade não acatou a soliticação.
Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo, lamentou a decisão.

– Estamos muito decepcionados pois a CBF demonstrou que não respeita a competição que ela própria organiza. Está interferindo no equilíbrio técnico do principal torneio mata mata do futebol brasileiro. A situação já era inadmissível pois a motivação era a realização de amistosos inexpressivos da seleção.

Com as eliminações na Libertadores na última quarta-feira, tanto Flamengo quanto Corinthians ficaram com a semana do dia 19 livre para uma possível mudança. Algo que poderia facilitar o adiamento, na visão de Bandeira.

A mudança faria com que dois titulares rubro-negros, Cuéllar e Lucas Paquetá, pudessem atuar. Convocados por suas seleções, os jogadores não estarão disponíveis na data confirmada para o jogo no Maracanã. Além deles, Trauco também fica fora, e Fagner é o desfalque pelo lado do Corinthians.

O presidente rubro-negro disse que a mudança na data do jogo não era do interesse da equipe paulista. As outras partes envolvidas na semifinal da Copa do Brasil também deixaram claro para a CBF que não tinham o interesse no adiamento do jogo.

A partida de volta segue marcada para o dia 26 de setembro, na Arena Corinthians. O vencedor de Flamengo x Corinthians faz a final da Copa do Brasil contra o vencedor de Cruzeiro x Palmeiras.

Blog com Globoesporte

Copa do Brasil: Flamengo começa a decidir semifinal no Maracanã
   22 de agosto de 2018   │     12:46  │  0

Copa do Brasil (Foto: Divulgação / CBF)

 

O Flamengo começa em casa o confronto válido pelas semifinais da Copa do Brasil, contra o Corinthians. A definição ocorreu nesta quarta-feira, em sorteio realizado pela CBF. Sendo assim, o jogo do dia 12 de setembro será no Maracanã. A volta acontecerá em 26 de setembro, na Arena Corinthians.

Vale lembrar que tanto flamenguistas quanto corintianos estão desfalcados por causa dos compromissos da seleção brasileira (Lucas Paquetá e Fagner respectivamente). Na véspera do jogo se ida, o Brasil enfrenta El Salvador em um amistoso nos Estados Unidos.

O Palmeiras também começa em casa o confronto com o Cruzeiro, na outra semifinal. A primeira partida, dia 12 de setembro, será na Arena Palmeiras. No dia 26, acontece o jogo do Mineirão.

Pela participação nas semifinais da Copa do Brasil, cada time recebe R$ 6,5 milhões em cota de participação. A classificação à final já assegura, no mínimo, mais R$ 20 milhões, porque este é o prêmio para o vice-campeão. A vitória na decisão rende ao campeão R$ 50 milhões.

Blog com EXTRA

Corinthians bateu Marcelinho e teve queda histórica em decisões com Fla
   19 de agosto de 2018   │     0:03  │  0

Resultado de imagem para Fala x Corinthians

 

O duelo válido pelas semifinais da Copa do Brasil será o sexto decisivo entre Corinthians e Flamengo. A vantagem está do lado do time carioca, que se saiu melhor em três dessas ocasiões – na última delas, impôs uma queda marcante para a história do rival, que já havia conquistado um título diante do rubro-negro Marcelinho Carioca.

Em 2010, temporada em que comemorou o seu centenário, o Corinthians ainda era obcecado para conquistar a Copa Libertadores da América. E o time de Mano Menezes se credenciou ao título, que só viria dois anos depois, fazendo a melhor campanha da fase de grupos do torneio continental.

Pior time entre os classificados ao mata-mata, o Flamengo mostrou força diante do Corinthians. Sob chuva no Maracanã, abriu caminho para obter a vaga nas quartas de final com um gol de pênalti do centroavante Adriano, que seguiria para o clube do Parque São Jorge no ano seguinte.

No Pacaembu, o Corinthians até entusiasmou a sua torcida. Fez 2 a 0, placar necessário para avançar, com gols do zagueiro David Braz (contra) e de Ronaldo, flamenguista na infância, no primeiro tempo. A frustração veio na segunda etapa, quando o centroavante Vagner Love, campeão brasileiro como corintiano em 2015, descontou.

O último sucesso corintiano em um jogo decisivo contra o Flamengo valeu troféu, embora de pequena expressão. Seis temporadas antes de cair para o oponente também nas quartas de final do Torneio Rio-São Paulo, o Corinthians disputou com o adversário carioca a Supercopa do Brasil.

Marcelinho rubro-negro
Tratava-se um confronto entre o campeão brasileiro (Corinthians) e o vencedor da Copa do Brasil (Flamengo) de 1990, mas só atraiu 2.706 pagantes ao Morumbi. Quem foi ao estádio viu Neto marcar o único gol da decisão contra a equipe de Vanderlei Luxemburgo e Marcelinho Carioca, que ainda viria a se tornar um ídolo alvinegro.

Predecessor de Marcelinho, Neto teve outra grande atuação contra o Flamengo nas quartas de final da Copa do Brasil. Marcou dois gols no Pacaembu, um deles olímpico, na vitória por 4 a 2 do jogo de volta, no Pacaembu. Como haviam vencido por 2 a 0 no Maracanã, contudo, os gols dos ídolos Zico e Júnior bastaram aos rubro-negros em São Paulo.

O Corinthians tivera a experiência de reverter uma derrota por 2 a 0 para o Flamengo em 1984. Nas quartas de final do Campeonato Brasileiro, o time liderado por Sócrates deu o troco com um 4 a 1 no Morumbi, que recebeu 123.435 pessoas, público digno dos times que têm as maiores torcidas do Brasil.

Blog com Gazeta Esportiva