Category Archives: Copa do Brasil

Flamengo roda elenco, bate ponto contra o Grêmio e ganha ainda mais consistência
   17 de setembro de 2021   │     15:00  │  0

Renato muda e vê Rodrigo Caio voltar em alto nível, Thiago Maia tomar conta do meio de campo, Ribeiro manter bom momento, Matheuzinho acirrar disputa com Isla e Pedro ir bem.

No aspecto competitivo, a partida era quase protocolar. Nem o Grêmio imaginava reverter o 4 a 0 do jogo da ida e seguir vivo na Copa do Brasil. Restava ao Flamengo buscar algo que tornasse o duelo que marcou a volta do público no Maracanã interessante em termos técnicos. Renato apostou na troca de peças visando dar descanso para uns e ritmos para outros. Deu certo.

 

Renato Gaúcho na vitória do Flamengo sobre o Grêmio, pela Copa do Brasil, no Maracanã — Foto: André Durão

Renato Gaúcho na vitória do Flamengo sobre o Grêmio, pela Copa do Brasil, no Maracanã — (Foto: André Durão)

A 14ª vitória em 16 jogos valeu mais do que a marca de melhor início de um treinador na história do Flamengo ou a vaga nas semifinais da Copa do Brasil para pegar o Athletico-PR. Renato Gaúcho colocou a cabeça no travesseiro com a convicção de que a cada partida faz mais jus ao chavão de que “mais importante do que ter um time, é ter elenco”.

A 14ª vitória em 16 jogos valeu mais do que a marca de melhor início de um treinador na história do Flamengo ou a vaga nas semifinais da Copa do Brasil para pegar o Athletico-PR. Renato Gaúcho colocou a cabeça no travesseiro com a convicção de que a cada partida faz mais jus ao chavão de que “mais importante do que ter um time, é ter elenco”.

Em relação ao já esfacelado time que iniciou a vitória sobre o Palmeiras no fim de semana, foram sete mudanças. Esperar um Flamengo envolvente coletivamente era algo improvável, como se provou no decorrer do primeiro tempo. Faltava entrosamento. Individualmente, porém, muitos jogadores davam mostras de sua utilidade nas retas finais do Brasileirão, da Copa do Brasil e da Libertadores.

Thiago Maia e Everton Ribeiro tiveram grande atuação diante do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Thiago Maia e Everton Ribeiro tiveram grande atuação diante do Grêmio — (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

De volta após quase dois meses, Rodrigo Caio teve seu primeiro teste e passou por cima da falta de ritmo. Dominante no combate direto, nas bolas aéreas e nas antecipações, fez grande partida ao lado de um Léo Pereira que mais uma vez aproveitou bem a oportunidade.

Pela direita, Matheuzinho voava e era a melhor opção ofensiva da etapa inicial. A disputa pela vaga com Isla está cada vez mais aberta. O jovem dialogou muito com Everton Ribeiro, que manteve o alto nível da Seleção e foi eleito em votação popular o melhor em campo.

Thiago Maia, porém, foi quem mais chamou a atenção. Atuando como primeiro volante na vaga do poupado Willian Arão, pareceu mais à vontade e dominando o espaço do que quando joga mais avançado. Firme no combate direto, foi vertical na saída de bola e ainda se aventurou em boas arrancadas ao ataque.

Se o Flamengo coletivamente tinha dificuldade para criar, cada jogador dava mostras de como pode render melhor ou também de como não fica à vontade. O segundo caso se aplica a Vitinho, que não repetiu as últimas boas atuações. Muito espetado pelo meio, se perdeu entre os zagueiros do Grêmio em alguns momentos quase que como um centroavante, enquanto Gabriel saía muito da área. Acabava abrindo um latifúndio no meio de campo.

Outra peça do setor, Andreas Pereira foi melhorando no decorrer da partida. A qualidade técnica com a bola é indiscutível, principalmente nos passes longos. O belga, por sua vez, ainda busca um equilíbrio na ocupação de espaços para facilitar suas ações de marcação.

Blog com ge – Rio de Janeiro

Sólido na defesa e fatal no ataque, Atlético-MG consolida força em três frentes por taças
     │     12:00  │  0

Galo tem dificuldades no 1° tempo, mas volta a ser decisivo na etapa final e despacha Fluminense para ir à semifinal da Copa do Brasil; clube briga também pelo Brasileiro e Libertadores.

O torcedor do Atlético-MG já viu esse filme. Um começo travado (mas paciente frente a um rival fechado), um ajuste no intervalo e o domínio fatal para matar o jogo no segundo tempo. O Galo repetiu essa fórmula contra o Fluminense, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Venceu por 1 a 0, no Mineirão (já havia vencido por 2 a 1 no Rio), e segue na luta pelo título. Ou melhor, pelos títulos. São três frentes. Três esperanças para a torcida.

O líder do Campeonato Brasileiro (com sete pontos de vantagem) é também semifinalista da Copa do Brasil e da Libertadores. Campanhas robustas. O Atlético vai cumprindo a longa caminhada como protagonista, e sem priorizar torneio. Cuca tem conseguido tirar o melhor do elenco.

Atlético-MG x Fluminense — Foto: Divulgação/Mineirão

Atlético-MG x Fluminense — Foto: Divulgação/Mineirão

O Galo busca soluções a cada jogo, diante do que cada partida pede. Carrega essa peculiar característica. A equipe se transforma no segundo tempo (sem necessariamente passar sufoco na etapa inicial). Não tem cansaço da maratona. Tem alternativa para achar o gol. E vem sendo fatal.

Se impõe coletivamente. Quando não é possível, conta com as individualidades. E tem de sobra. Hulk, Nacho Fernández, Zaracho, Savarino, Vargas e, agora, Diego Costa.

Blog com Rodrigo Fonseca – Redação do ge – Belo Horizonte

Athletico, Atlético-MG e Flamengo garantem R$ 15 milhões em premiação na Copa do Brasil; Fortaleza ultrapassa R$ 17 milhões
     │     5:00  │  1

Athletico, Atlético-MG e Flamengo garantem R$ 15 milhões em premiação na Copa do Brasil; Fortaleza ultrapassa R$ 17 milhões

(Foto: Arte/ge)

Premiação do Fortaleza é maior por ele ter disputado as duas primeiras fases; semifinais terão Athletico x Flamengo e Atlético-MG x Fortaleza nas semanas de 20 e 27 de outubro.

Garantidos na semifinal da Copa do Brasil, Athletico, Atlético-MG e Flamengo abocanharam R$ 15,1 milhões só em premiações no torneio. Também classificado, o Fortaleza ultrapassou os R$ 17,2 milhões. A próxima fase terá Athletico x Flamengo e Atlético-MG x Fortaleza.

O Athletico eliminou o Santos com duas vitórias por 1 a 0. O Fla aplicou 6 a 0 no agregado contra o Grêmio (4 a 0 na ida, 2 a 0 na volta). O Galo também venceu as duas contra o Fluminense (2 a 1 e 1 a 0). E o Fortaleza ganhou do São Paulo por 3 a 1 após 2 a 2 na ida.

As semifinais serão nos dias 20 e 27 de outubro. E as finais, em 8 e 12 de dezembro. A ordem dos confrontos será definida por sorteio.

O Fortaleza tem uma premiação maior, de R$ 17,2 milhões, porque ele é o único semifinalista que vem desde a primeira fase da Copa do Brasil. Com isso, o clube cearense – diferente dos outros três clubes – recebeu R$ 990 mil na primeira fase e R$ 1,07 milhão na segunda fase.

Athletico, Atlético-MG e Flamengo entraram direto na terceira fase do torneio. Com isso, esses três clubes garantiram R$ 15,1 milhões ao todo: R$ 1,7 milhão da terceira fase, R$ 2,7 milhões das oitavas, R$ 3,45 milhões das quartas e R$ 7,3 milhões das semifinais.

Quem avançar para a decisão vai garantir, pelo menos, mais R$ 23 milhões – esse é o valor dado ao vice-campeão. Quem conquistar a Copa do Brasil vai abocanhar mais R$ 56 milhões.
Ou seja, Athletico, Atlético-MG e Flamengo podem receber, ao todo, R$ 71,1 milhões em caso de título. Já o prêmio do Fortaleza chegaria a R$ 73,2 milhões.

Blog com Redação do ge – Rio e Janeiro

 

Copa do Brasil: Quartas de final terão Fluminense x Atlético-MG e Flamengo x Grêmio; veja os duelos
   9 de agosto de 2021   │     7:00  │  0

CBF definiu os próximos confrontos da Copa do Brasil (:Foto: Divulgação/CBF)

A CBF já realizou o sorteio para os duelos das quartas de final da Copa do Brasil, como também definiu o chaveamento final do principal torneio mata-mata do futebol brasileiro. Não houve qualquer tipo de direcionamento ou divisão de potes.

Os duelos desta fase estão marcados para as semanas de 25 de agosto e 1 de setembro. Athletico-PR, Grêmio, São Paulo e Fluminense terão o mando de campo no jogo de ida. Quanto a Santos, Flamengo, Fortaleza e Atlético-MG, os clubes terão o mando de campo no jogo da volta da Copa do Brasil.

CONFRONTOS E MANDOS DE CAMPO NAS QUARTAS DE FINAL DA COPA DO BRASIL:

Athletico-PR x Santos
Grêmio x Flamengo

São Paulo x Fortaleza
Fluminense x Atlético-MG

O vencedor de Santos e Athletico-PR irá enfrentar o ganhador de Grêmio e Flamengo. No outro lado da chave, quem levar a melhor entre São Paulo e Fortaleza irá medir forças com Fluminense ou Atlético-MG na outra semifinal.

Os vencedores dessas duas semifinais irão para a grande decisão da Copa do Brasil.

Com a participação nas quartas de final garantida, os oitos times do sorteio garantiram mais R$ 3,45 milhões em premiações na Copa do Brasil. Se avançar à semifinal, cada clube receberá mais R$ 7,3 milhões e, em caso de título, o vencedor embolsaria outros R$ 56 milhões.

As quartas de final serão disputadas em jogos de ida e volta, com a presença do árbitro de vídeo (VAR) e sem o gol qualificado, o “gol fora”.

Blog com O DIA

 

Diego Torres recebeu dois amarelos na Copa do Brasil, mas não estava pendurado contra o Fortaleza
   5 de agosto de 2021   │     6:00  │  0

Diego Torres teve os cartões amarelos zerados na Copa do Brasil — Foto: Robson Mafra/AGIFDiego Torres teve os cartões amarelos zerados na Copa do Brasil — (Foto: Robson Mafra/AGIF)

De acordo com o regulamento, os cartões foram zerados. Diego Torres recebe dois amarelos na Copa do Brasil, mas não estava pendurado contra o Fortaleza. De acordo com o regulamento, os cartões foram zerados após a segunda fase.

De acordo com o regulamento, os cartões foram zerados após a segunda fase.

O CRB entrou em campo na tarde passada para enfrentar o Fortaleza sem jogadores pendurados. De acordo com o regulamento da Copa do Brasil, os cartões amarelos foram zerados após a segunda fase.

Até agora, apenas o meia Diego Torres recebeu dois amarelos na competição. O primeiro foi na partida contra o Goianésia. Depois, na vitória sobre o Paysandu, pela segunda fase. Mas, conforme o artigo 36, o jogador ficou livre dos cartões.
Art. 36 – Ao final da Segunda Fase os cartões amarelos serão zerados, o que não inclui o cartão vermelho, cuja suspensão automática decorrente permanece em vigor.

Supervisor do CRB, Marcos Lima Verde conversou com o ge AL e explicou o que diz o regulamento. Ele ainda confirmou que na equipe não tem jogadores com dois amarelos.

– Cumpre o artigo. O Diego recebeu os cartões nas duas primeiras fases e foram zerados. Assim, não temos ninguém pendurado. O regulamento tem que ser bem estudado e temos que ficar atentos a cascas de banana. Cada competição tem uma história, um formato, e temos que ficar atentos ao que diz cada artigo.

Ontem, o CRB recebeu o Fortaleza, às 16h30, no Rei Pelé. Foi o jogo de volta pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Na ida, o time alagoano perdeu por 2 a 1, na Arena Castelão. NO duelo de volta perdeu por 1 x 0.

Blog com Lance!