Category Archives: Conmebol

Conmebol diz que 8 brasileiros são investigados na Libertadores e Sul-Americana
   23 de fevereiro de 2019   │     0:01  │  0

Imagem relacionada

 

A Conmebol confirmou que 21 clubes são alvos de investigação do seu tribunal disciplinar por problemas ocorridos nas listas de inscritos das suas duas principais competições de clubes. São oito brasileiros, sendo eles o Atlético Mineiro e o São Paulo na Copa Libertadores, além de Botafogo, Santos, Bahia, Fluminense, Corinthians e Chapecoense, todos esses na Sul-Americana.

“21 clubes participantes da Libertadores e da Sul-Americana apresentaram erros nas etapas de envio de listas de jogadores. Diante dessa situação, a Conmebol atuou diligentemente e, de acordo com os procedimentos regulamentares, encaminhou esses erros ao Tribunal Disciplinar para estudo e consideração. Portanto, enquanto o Tribunal Disciplinar não tomar uma decisão sobre o assunto, a competição continua normalmente”, anunciou a Conmebol, em comunicado.

A entidade destaca que a responsabilidade pelos eventuais erros é todos dos clubes e das federações nacionais. “A apresentação no tempo e na forma das listas de jogadores é de responsabilidade exclusiva dos clubes e associações membros, e em nenhum caso atribuível à Conmebol”, disse.

Os clubes sob investigação na Libertadores são Atlético Mineiro, São Paulo, Universidad de Chile, Palestino e Libertad. Já os da Sul-Americana são Botafogo, Santos, Bahia, Fluminense, Corinthians, Chapecoense, Colo-Colo, Deportes Antofagasta (Chile), Unión La Calera (Chile), Unión Española (Chile), Sol de América (Paraguai), Independiente de Campo Grande (Paraguai), Deportivo Santaní (Paraguai), Guaraní (Paraguai), Estudiantes de Mérida Fútbol Club (Venezuela) e Zulia (Venezuela).

Antes mesmo do anúncio da Conmebol, a Associação Nacional de Futebol Profissional do Chile havia revelado a investigação. Mas assumiu a responsabilidade para si no caso dos seus filiados alvos do tribunal, apontando que cometeu um erro no envio da lista de inscritos dos clubes.

Neste ano, um time já foi punido pela utilização de um jogador irregular na Libertadores. O Barcelona de Guayaquil acabou sendo sancionado com um placar desfavorável de 3 a 0 numa partida em que havia vencido o uruguaio Defensor por 2 a 1 pelo uso do colombiano Sebastian Perez. Posteriormente, o clube equatoriano foi eliminado da competição.

Agora, diante do novo incidente, pediu a paralisação da Libertadores. A Conmebol defende, porém, que o caso é diferente. “É importante ressaltar que o caso do jogador Sebastián Pérez do Club Barcelona é substancialmente diferente, considerando que os regulamentos da Fifa relativos ao registro do referido jogador não foram cumpridos. Neste caso, o Club Barcelona o incluiu em sua lista de boa fé, apesar de ainda estar registrado na Federação Mexicana de Futebol de acordo com a decisão dos órgãos judiciais”, afirma.

ESTADÃO Conteúdo

São Paulo estreia na Libertadores em 6 de fevereiro; Palmeiras joga na Colômbia
   22 de dezembro de 2018   │     0:03  │  0

O São Paulo fará o seu primeiro jogo no dia 6 de fevereiro, uma quarta-feira, contra o Talleres, na cidade de Córdoba, na Argentina, a partir das 21h30. O duelo da volta será exatamente sete dias depois, no mesmo horário, no estádio do Morumbi, na capital paulista.

Caso avancem na competição, Atlético-MG e São Paulo jogarão nas duas semanas seguintes pela terceira e última fase preliminar. Daí, se conseguirem a classificação, já estão na fase de grupos, que tem seu início previsto para o dia 5 de março.

Na primeira rodada, entre 5 e 7 de março, todos os outros seis clubes brasileiros na disputa, já garantidos na fase de grupos, farão as suas estreias como visitante. O Palmeiras jogará na Colômbia contra o Junior Barranquilla; o Athletico-PR terá pela frente o Deportes Tolima, também em solo colombiano; o Cruzeiro estará na Argentina para pegar o Huracán; o Grêmio visitará o Rosario Central, também no país vizinho; o Flamengo atuará na Bolívia contra um rival a ser definido; e o Internacional poderá estrear na capital paulista se o São Paulo avançar.

SUL-AMERICANA – Os seis representantes do Brasil jogarão pela primeira fase da competição no mês de fevereiro. A primeira a estrear é a Chapecoense, campeã em 2016, que jogará contra o Unión La Calera, no Chile, no dia 5. O Botafogo faz seu primeiro jogo no dia seguinte contra o Defensa y Justicia, da Argentina, no Rio de Janeiro, e o Bahia recebe o Liverpool, do Uruguai, em Salvador, no dia 7.

Na segunda semana de jogos, será a vez dos outros três clubes estrearem. O Santos joga no Uruguai contra o River Plate, no dia 12, o Fluminense recebe o Deportivo Antofagasta, do Chile, no Rio de Janeiro, no dia seguinte, e o Corinthians encara o Racing, da Argentina, em São Paulo, no dia 14. Os duelos de volta acontecerão entre os dias 19 e 27.

ESTADÃO Conteúdo

Campeão da Libertadores vai ganhar R$ 47 milhões em 2019
   17 de dezembro de 2018   │     23:14  │  0

A Conmebol anunciou uma injeção financeira na Libertadores que vai equiparar o maior torneio do continente aos valores da milionária Copa do Brasil. A premiação, que já tinha dobrado de US$ 3 para US$ 6 milhões de 2017 para 2018, agora passará a ser de US$ 12 milhões, segundo apurou o GloboEsporte.com. Ou seja, o campeão em 2019 vai faturar uma bolada de aproximadamente R$ 47 milhões, bem próximo dos R$ 50 milhões da mais rica competição brasileira.

Atlético-MG, Athletico, Cruzeiro, Flamengo, Grêmio, Internacional, Palmeiras e São Paulo estarão na briga pela premiação recorde a nível sul-americano. Um aumento das cifras já estava previsto a partir do ano que vem, quando a Conmebol passará a receber os valores do novo contrato de transmissão televisiva até 2022. Porém, ainda não estava definido como seria repartida a quantia para os torneios. Presidente da entidade, Alejandro Domínguez irá anunciar oficialmente os novos prêmios à noite, durante o sorteio da Libertadores e da Sul-Americana.

Outra novidade será o aumento do cachê de participação dos brasileiros, uma reivindicação antiga dos clubes, já que o país representa mais de 50% do faturamento da entidade com os torneios que organiza. Na reunião com Alejandro Domínguez, que durou uma hora e meias e contou também com a presença da CBF, os dirigentes explicaram como vai funcionar a redistribuição interna dos valores de cotas de televisão no Brasil a partir de 2019 e ouviram da Conmebol que ela também irá abandonar o modelo de distribuição igualitária entre seus filiados.

Participaram do encontro Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras; Mário Celso Petraglia, presidente do Comitê Deliberativo do Atlético-PR; Benecy Queiroz, supervisor do Cruzeiro; Roberto Melo, vice de futebol do Internacional; Carlos Amodeo, CEO do Grêmio; Luiz Eduardo Baptista, o BAP, vice de relações externas do Flamengo; Fernando Bracalle, diretor adjunto de futebol do São Paulo; além de Rogério Caboclo, Fernando Sarney e Manoel Flores, respectivamente presidente, vice-presidente e diretor de competições da CBF.

Blog com Globoesporte

Reunião em La Paz começa a definir sedes da Copa América no Brasil
   19 de setembro de 2018   │     0:01  │  0

A Copa América de 2019, no Brasil, começou a ter uma definição durante encontro encerrado ontem na Bolívia. Em La Paz, o Conselho Executivo da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) se reuniu com dirigentes de países sul-americanos para analisar e fechar quais serão os estádios da próxima edição do torneio, a ser realizado em junho do próximo ano.

O encontro teve início na tarde da última segunda-feira, terminando no final da tarde passada. O representante brasileiro foi Rogério Cabloco, presidente eleito da CBF para o mandato de 2019 a 2023.

A principal indefinição sobre a Copa América é sobre os estádios. Em São Paulo, por exemplo, a Arena Corinthians desistiu de receber partidas do torneio. Allianz Parque e Morumbi são os candidatos a compartilharem o papel de sede na capital paulista. A casa são-paulina, inclusive, é a favorita a receber a partida de abertura da competição, em 7 de junho.

No encontro, o comitê organizador do torneio, representado por Caboclo, apresentou o relatório dos estádios para a análise dos presentes. Entre outras pendências importantes, estão a sede em Porto Alegre, que poderá ser a Arena Grêmio, o Beira-Rio ou ambos. A tendência é o Maracanã ser apontado como o palco da final, em 30 de junho.

Estádios

O torneio tem como estádios definidos, além do Maracanã, o Mineirão, em Belo Horizonte, e a Fonte Nova, em Salvador. A competição terá os dez países da América do Sul e mais os convidados Japão e Catar. A Copa América representa uma nova chance para o técnico Tite conquistar o primeiro título no comando da seleção brasileira.

ESTADÃO conteúdo

Lambança: final única da Libertadores 2019 será em Santiago; final da ‘Sula’ será em Lima
   17 de agosto de 2018   │     0:04  │  0

A partir do ano que vem, duas competições importantes para os nossos clubes, a Taça Libertadores e a Copa Sul-Americana, (foto: Reprodução / Conmebol), serão disputadas com a decisão em um jogo só. pior ainda: nesta semana a Conmebol divulgou os locais que receberão as decisões dos torneios em 2019. A final da Liberta será em Santiago (Chile) e a da “Sula” será em Lima (Peru).

“Estas decisões obedecem ao objetivo estratégico de potenciar o desenvolvimento esportivo do futebol sul-americano mediante maiores recursos, mais investimentos e melhores padrões em todos os níveis. Além de gerar mais renda para reinvestir no desenvolvimento esportivo, a final única será uma grande oportunidade para a América do Sul dar um grande salto em infraestrutura esportiva, organização de eventos, controles de segurança, conforto e atenção nos estádios e na promoção regional e mundial dos nossos torneios, clubes e jogadores. As finais únicas da CONMEBOL Libertadores e da Sul-Americana serão eventos que inspirarão todos os sul-americanos a pensarem grande”, disse Alejandro Domínguez, presidente da entidade.

Em 2018, as competições seguem no mesmo formato dos últimos anos. Na Libertadores, são seis clubes brasileiros ainda vivos na briga pelo título: Flamengo, Cruzeiro, Santos, Corinthians, Palmeiras e Grêmio (atual campeão). Na ‘Sula’, são cinco: Botafogo, Bahia, Fluminense, Atlético-PR e São Paulo.

Lamentável que os clubes brasileiros não contestaram essa decisão. Chegar na decisão, notadamente da Libertadores, em casa, soma bastante. Serão finais em ambientes diferentes, sem torcidas dos clubes classificados e sem faturamento que justifique o investimento para chegar às finais da competição.

Blog com EXTRA