Category Archives: Conmebol

Reunião em La Paz começa a definir sedes da Copa América no Brasil
   19 de setembro de 2018   │     0:01  │  0

A Copa América de 2019, no Brasil, começou a ter uma definição durante encontro encerrado ontem na Bolívia. Em La Paz, o Conselho Executivo da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) se reuniu com dirigentes de países sul-americanos para analisar e fechar quais serão os estádios da próxima edição do torneio, a ser realizado em junho do próximo ano.

O encontro teve início na tarde da última segunda-feira, terminando no final da tarde passada. O representante brasileiro foi Rogério Cabloco, presidente eleito da CBF para o mandato de 2019 a 2023.

A principal indefinição sobre a Copa América é sobre os estádios. Em São Paulo, por exemplo, a Arena Corinthians desistiu de receber partidas do torneio. Allianz Parque e Morumbi são os candidatos a compartilharem o papel de sede na capital paulista. A casa são-paulina, inclusive, é a favorita a receber a partida de abertura da competição, em 7 de junho.

No encontro, o comitê organizador do torneio, representado por Caboclo, apresentou o relatório dos estádios para a análise dos presentes. Entre outras pendências importantes, estão a sede em Porto Alegre, que poderá ser a Arena Grêmio, o Beira-Rio ou ambos. A tendência é o Maracanã ser apontado como o palco da final, em 30 de junho.

Estádios

O torneio tem como estádios definidos, além do Maracanã, o Mineirão, em Belo Horizonte, e a Fonte Nova, em Salvador. A competição terá os dez países da América do Sul e mais os convidados Japão e Catar. A Copa América representa uma nova chance para o técnico Tite conquistar o primeiro título no comando da seleção brasileira.

ESTADÃO conteúdo

Lambança: final única da Libertadores 2019 será em Santiago; final da ‘Sula’ será em Lima
   17 de agosto de 2018   │     0:04  │  0

A partir do ano que vem, duas competições importantes para os nossos clubes, a Taça Libertadores e a Copa Sul-Americana, (foto: Reprodução / Conmebol), serão disputadas com a decisão em um jogo só. pior ainda: nesta semana a Conmebol divulgou os locais que receberão as decisões dos torneios em 2019. A final da Liberta será em Santiago (Chile) e a da “Sula” será em Lima (Peru).

“Estas decisões obedecem ao objetivo estratégico de potenciar o desenvolvimento esportivo do futebol sul-americano mediante maiores recursos, mais investimentos e melhores padrões em todos os níveis. Além de gerar mais renda para reinvestir no desenvolvimento esportivo, a final única será uma grande oportunidade para a América do Sul dar um grande salto em infraestrutura esportiva, organização de eventos, controles de segurança, conforto e atenção nos estádios e na promoção regional e mundial dos nossos torneios, clubes e jogadores. As finais únicas da CONMEBOL Libertadores e da Sul-Americana serão eventos que inspirarão todos os sul-americanos a pensarem grande”, disse Alejandro Domínguez, presidente da entidade.

Em 2018, as competições seguem no mesmo formato dos últimos anos. Na Libertadores, são seis clubes brasileiros ainda vivos na briga pelo título: Flamengo, Cruzeiro, Santos, Corinthians, Palmeiras e Grêmio (atual campeão). Na ‘Sula’, são cinco: Botafogo, Bahia, Fluminense, Atlético-PR e São Paulo.

Lamentável que os clubes brasileiros não contestaram essa decisão. Chegar na decisão, notadamente da Libertadores, em casa, soma bastante. Serão finais em ambientes diferentes, sem torcidas dos clubes classificados e sem faturamento que justifique o investimento para chegar às finais da competição.

Blog com EXTRA

 

CRB tem desafio no Castelão/CE; Cabo pode mudar o CSA
   24 de abril de 2018   │     10:37  │  1

O técnico Júnior Rocha ainda não informou a escalação do CRB. Depois do treino tático realizado com portões fechados na tarde de ontem, em Fortaleza, antes da terceira rodada do Brasileiro, é provável que o Galo tenha alterações na sua formação. Sábado passado contra o Vila, o time evoluiu na etapa final e isso deve ser decisivo para a nova escalação.

O treinador deixou algumas pistas do que pode fazer para a partida da noite de hoje, logo mais às 21h30, contra o Fortaleza. O volante Willians Fernandes foi mal no último jogo, saiu ainda no intervalo, e a tendência é que Feijão volte à equipe. Outra mudança pode ser no ataque.

Neto Baiano jogou mais que Rafael Costa contra o Vila, é o artilheiro do time no ano, com 12 gols, e tem mais chances de comandar o ataque na Arena Castelão.

O zagueiro Flávio Boaventura perdeu espaço no elenco, nem viajou, e Everton Sena pede passagem. Foi bem no último jogo. Assim, a provável formação do Galo tem: João Carlos; Diogo Mateus, Everton Sena, Anderson Conceição e Diego; Feijão, Lucas, Edson Ratinho e Tinga; Diego Rosa e Neto Baiano.

Rocha disse que já pode ser cobrado pelos dois primeiros jogos, derrotas contra o Campinense e Vila Nova, mas vai precisar de tempo para fazer os ajustes necessários. Ele fala que o objetivo é dar equilíbrio tático à equipe.

– Eu gosto de pressão na bola, lá em cima, mas, para isso, a gente precisa treinar muito mais. Eu gosto de futebol ofensivo, mas não vulnerável. Não posso priorizar a parte ofensiva e esquecer a parte defensiva. Precisamos de equilíbrio – comentou Rocha.

MARCELO CABO TESTA ALTERAÇÕES NO CSA

O técnico Marcelo Cabo mostrou que costuma usar um jogador improvisado em outra posição. Ele deixa, geralmente, para mudar a função e o esquema do time durante o segundo tempo. Na sexta, o volante Edinho acabou a partida como zagueiro, e o atacante Niltinho recuado para o meio-campo. Soltou o time ao ataque e, com pouco mais de dois meses no CSA, o treinador indica que pretende variar o esquema mais vezes durante a Série B.

Quando Ferrugem foi regularizado, Cabo destacou as características de jogo do volante. É mais um que vai entrar na lista para variar o esquema do time. Ele estreou na sexta, contra o São Bento.

– Pretendo usar o Ferrugem como segundo volante, um jogador que faça o corredor, tem a saída, ele tem a qualidade de romper linha. Um jogador com técnica apurada e tem a saída pela direita muito boa, mal comparando como o que o Everton Heleno fazia aqui. Um volante que sai, pisa na área, finaliza bem à distância e posso usar também como extremo pelo lado direito e lateral. O Ferrugem faz bem o lado direito, com exceção de zagueiro – disse o treinador, antes da última partida.

Cabo disse que essa variação é uma característica de jogo que o agrada e não pretendia deixar o time apenas em um esquema. Ele já usou, durante o Alagoano e Nordestão, o lateral Celsinho e o volante Dawhan como zagueiros, o lateral Lennon mais avançado no meio-campo e Taiberson como centroavante.

Blog com matérias do Globoesporte/AL

Didira pensa grande e confia no título
   29 de março de 2018   │     17:36  │  0

A decisão que começa neste domingo mexe com torcidas e jogadores de ambas as equipes. Pelo Azulão, Didira é um dos que não escondem o desejo de levantar a taça pelo time do Mutange, após deixar escapar o título nas duas últimas temporadas.

Para o meio-campista, inclusive, nem a disputa pela artilharia já estaria encerrada – o atacante Neto Baiano, do CRB, tem oito gols, enquanto Didira soma cinco até aqui -, defendendo que o CSA precisa vencer a primeira partida, com mando de campo do Azulão, para fazer o jogo da volta “com mais tranquilidade”.

“Todo o grupo está voltado para esses dois jogos. Nesta primeira partida, precisamos buscar uma vitória para ter tranquilidade no confronto da volta. Além do mais, o CRB é mais qualificado que o ASA, sem querer desmerecer o time de Arapiraca, que complicou muito a nossa vida nas semifinais, fazendo um duelo histórico. E se entrarmos em campo com a mesma determinação do jogo anterior, tenho certeza de que sairemos com o resultado positivo”, analisou Didira.

Ainda segundo o jogador campeão da Série C em 2017, o time azulino não pensa em revanche contra o tricampeão alagoano. Ele reforça que o clássico será decidido no detalhe, mas que, desta vez, a história será diferente. “Acertamos a trave nas últimas finais e quase não chegamos à decisão neste ano, mas, com Deus no comando, desta vez será diferente”, assegurou.

Já quando perguntado sobre seu momento no Azulão, disse ter superado a fase de altos e baixos da temporada passada. “Agora, estou tendo uma boa sequência de jogos. E sei muito bem o que é uma decisão de Alagoano. Por isso, vou fazer o possível para ajudar meus companheiros dentro de campo. Para mim, o título estadual com o CSA seria a cereja no bolo”, emendou Didira, que faz uma convocação à torcida. “Que o torcedor lote o estádio e nos apoie até o último minuto”.

E Didira também falou sobre a decisão da comissão técnica em realizar a preparação final no Estádio Nelson Peixoto Feijó, na Via Expressa, distante do CT Gustavo Paiva, no Mutange. Para o jogador, a medida foi assertiva porque seria capaz de blindar o elenco de “espiões”.

“Todas as vezes em que treinamos aqui [no CT Gustavo Paiva], sempre surge alguém, até do próprio clube, para levar informações para o outro lado [adversário]. Portanto, vai ser importante treinar no Nelsão”, comentou o meio-campista, acrescentando não procurar saber quem vai estar do outro lado. “Não me preocupo com o outro time. Meu pensamento é em dar o meu melhor pelo CSA”.

Blog com Bruno Soriano/Gazetaweb

CSA tenta 1ª vitória na Copa do Nordeste
     │     16:03  │  0

Mesmo com o foco do CSA estando em Maceió, na primeira partida da decisão do título alagoano contra o CRB, no próximo domingo, no Estádio Rei Pelé, a equipe azulina estará em campo logo mais às 19 horas, no Estádio Castelão, em São Luís-MA, para a sua despedida da Copa do Nordeste.

Ainda sem vencer na competição, o CSA tentará se despedir com uma vitória, mesmo com o Grupo D já estando definido, com Ceará e Sampaio Corrêa classificados.

O CSA mandou um time completamente reserva para a partida desta noite. São jogadores que complementam o elenco e alguns oriundos das divisões de base. Oito atletas complementam os relacionados azulinos, vindos da base. São eles: o zagueiro Johnatan Vital, o lateral direito Da Silva, o lateral esquerdo Toinho, os volantes Neto e Charlles, o meia Victor e os atacantes Daniel e Elly.

Nem mesmo o técnico Marcelo Cabo viajou para São Luís. O time será comandado por Rodolfo Oliveira, auxiliar técnico do Azulão, mas Jacozinho e Bebeto Moraes, técnico do sub-20, também estão em São Luís.

O time realizou ontem o único treino na capital do Maranhão, no Estádio Nhozinho Santos.

Aguarde mais detalhes.

Blog com Gazetaweb